A edição da Copa do Mundo de 1938 teve como sede a França. Isso gerou revolta por parte de alguns países sul-americanos, pois seria a 2° Copa do Mundo seguida na Europa, o que rendeu o boicote de quase todas as seleções da América que participariam em 1938 (exceto Brasil e Cuba).

Foram no total 16 participantes (porém a Áustria abandonou a competição depois), contando com 4 países estreantes na principal competição do mundo, sendo eles: Cuba, Polônia, Índias Holandesas (atual Indonésia) e Noruega. O formato foi mata-mata em jogo único.

Seleção Brasileira

Liderado por Leônidas da Silva, a Seleção Brasileira fez até então sua melhor campanha em Copas, onde foi apenas eliminado pela Itália nas semifinais, após ter vencido a Polônia em um jogo de 11 gols, que terminou em 6-5. Já nas Quartas, venceu em uma partida extra com a Tchecoslováquia. Apesar de ter perdido para a Itália, o Brasil encerrou sua campanha vencendo a Suécia e sagrando-se terceiro colocado da Copa da França de 1938

O Artilheiro

Leônidas da Silva foi o artilheiro da Copa de 1938. O atacante Brasileiro marcou um total de 7 gols em 5 jogos, sendo 3 deles na vitória de 6-5 contra a Polônia, esse que foi o 1° hat-trick de um jogador do Brasil em Copas. Leônidas também foi responsável pelo gol de empate e o da virada contra a Suécia na disputa pelo 3° lugar. Algo curioso sobre ele é que o último e decisivo gol contra os poloneses foi marcado com seus pés descalços.

Os Finalistas

Itália

Os italianos vinham para a Copa com um grande favoritismo por ser a atual campeã do Mundo. Tinham como principal jogador o Giuseppe Meazza, que havia participado do time campeão em 1934. Entretanto, a Itália chegou à final avançando com placares apertados e teria de vencer a embalada Hungria para conquistar o bicampeonato e se tornar a seleção com mais Copas na história.

Hungria

A seleção húngara não tinha o mesmo favoritismo dos italianos, mas chegou até a final com muita facilidade, marcando um total de 13 gols em somente 3 jogos. A Hungria vinha para sua primeira Final em Copas e sonhava com o título inédito.

A Final

No jogo decisivo, a Itália mostrou o porquê do seu favoritismo. Ainda no início do jogo, o placar foi aberto por Colaussi, e com menos de 10 minutos, a Hungria reagiu e deixou tudo igual. Mas a Itália voltou à frente no placar com Piola. 8 minutos depois, empatou e ainda no primeiro tempo, ampliou com Colaussi novamente. O placar permaneceu por um bom tempo em 3-1 para a Itália, e assim, o título chegava cada vez mais perto. Mas à 20 minutos do fim, a Hungria descontou e deixou tudo em aberto para a reta final do jogo. Para acabar com as esperanças dos húngaros, Piola, o mesmo autor do segundo gol, marcou mais um e deu o bicampeonato à Itália!

Visão Geral

  • Participantes: 16
  • Partidas: 18
  • Campeão: Itália (1° título)
  • Vice-Campeão: Hungria
  • 3° colocado: Brasil
  • 4° colocado: Suécia

Curiosidades

  • Até 2014, a partida entre Brasil e Polônia foi a partida em que a seleção sul-americana mais sofreu gols em uma partida de Copa;
  • Ainda sobre Brasil e Polônia, essa foi a partida com mais gols em uma fase eliminatória de Copa, e também a que uma seleção mais marcou gol e saiu derrotada (junto com a Suíça na Copa de 1954 quando perdeu por 7-5 para a Áustria);
  • A Áustria saiu da Copa por conta da anexação dos austríacos com os alemães, onde tiveram que jogar na mesma seleção;
  • O principal motivo da escolha da sede foi em homenagem a um dos mais importantes presidentes da FIFA, Jules Rimet;
  • A Hungria teve o melhor ataque com 15 gols marcados;
  • A maior goleada foi Sueca, sendo 8-0 Suécia;
  • A Copa de 1938 teve uma média de 4,67 gols por partida, 2° maior recorde história das Copas.

Outras Edições

Copa do Mundo 1930

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui