A edição da Copa do Mundo de 1938 teve como sede a França. Isso gerou revolta por parte de alguns países sul-americanos, pois seria a 2° Copa do Mundo seguida na Europa, o que rendeu o boicote de quase todas as seleções da América que participariam em 1938 (exceto Brasil e Cuba).

Foram no total 16 participantes (porém a Áustria abandonou a competição depois), contando com 4 países estreantes na principal competição do mundo, sendo eles: Cuba, Polônia, Índias Holandesas (atual Indonésia) e Noruega. O formato foi mata-mata em jogo único.

Seleção Brasileira

Liderado por Leônidas da Silva, a Seleção Brasileira fez até então sua melhor campanha em Copas, onde foi apenas eliminado pela Itália nas semifinais, após ter vencido a Polônia em um jogo de 11 gols, que terminou em 6-5. Já nas Quartas, venceu em uma partida extra com a Tchecoslováquia. Apesar de ter perdido para a Itália, o Brasil encerrou sua campanha vencendo a Suécia e sagrando-se terceiro colocado da Copa da França de 1938

O Artilheiro

Leônidas da Silva foi o artilheiro da Copa de 1938. O atacante Brasileiro marcou um total de 7 gols em 5 jogos, sendo 3 deles na vitória de 6-5 contra a Polônia, esse que foi o 1° hat-trick de um jogador do Brasil em Copas. Leônidas também foi responsável pelo gol de empate e o da virada contra a Suécia na disputa pelo 3° lugar. Algo curioso sobre ele é que o último e decisivo gol contra os poloneses foi marcado com seus pés descalços.

Os Finalistas

Itália

Os italianos vinham para a Copa com um grande favoritismo por ser a atual campeã do Mundo. Tinham como principal jogador o Giuseppe Meazza, que havia participado do time campeão em 1934. Entretanto, a Itália chegou à final avançando com placares apertados e teria de vencer a embalada Hungria para conquistar o bicampeonato e se tornar a seleção com mais Copas na história.

Hungria

A seleção húngara não tinha o mesmo favoritismo dos italianos, mas chegou até a final com muita facilidade, marcando um total de 13 gols em somente 3 jogos. A Hungria vinha para sua primeira Final em Copas e sonhava com o título inédito.

A Final

No jogo decisivo, a Itália mostrou o porquê do seu favoritismo. Ainda no início do jogo, o placar foi aberto por Colaussi, e com menos de 10 minutos, a Hungria reagiu e deixou tudo igual. Mas a Itália voltou à frente no placar com Piola. 8 minutos depois, empatou e ainda no primeiro tempo, ampliou com Colaussi novamente. O placar permaneceu por um bom tempo em 3-1 para a Itália, e assim, o título chegava cada vez mais perto. Mas à 20 minutos do fim, a Hungria descontou e deixou tudo em aberto para a reta final do jogo. Para acabar com as esperanças dos húngaros, Piola, o mesmo autor do segundo gol, marcou mais um e deu o bicampeonato à Itália!

Visão Geral

  • Participantes: 16
  • Partidas: 18
  • Campeão: Itália (1° título)
  • Vice-Campeão: Hungria
  • 3° colocado: Brasil
  • 4° colocado: Suécia

Curiosidades

  • Até 2014, a partida entre Brasil e Polônia foi a partida em que a seleção sul-americana mais sofreu gols em uma partida de Copa;
  • Ainda sobre Brasil e Polônia, essa foi a partida com mais gols em uma fase eliminatória de Copa, e também a que uma seleção mais marcou gol e saiu derrotada (junto com a Suíça na Copa de 1954 quando perdeu por 7-5 para a Áustria);
  • A Áustria saiu da Copa por conta da anexação dos austríacos com os alemães, onde tiveram que jogar na mesma seleção;
  • O principal motivo da escolha da sede foi em homenagem a um dos mais importantes presidentes da FIFA, Jules Rimet;
  • A Hungria teve o melhor ataque com 15 gols marcados;
  • A maior goleada foi Sueca, sendo 8-0 Suécia;
  • A Copa de 1938 teve uma média de 4,67 gols por partida, 2° maior recorde história das Copas.

Outras Edições

Copa do Mundo 1930

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.