A primeira edição da Copa do Mundo foi realizada em Uruguai em 1930. A decisão de onde seria a primeira sede foi tomada em uma Conferência em Barcelona, no dia 18 de Maio de 1929. Os jogos foram realizados entre os dias 13 e 30 de Julho, envolvendo 13 seleções divididas em quatro chaves:

  • Grupo 1: Argentina, Chile, França e México.
  • Grupo 2: Iugoslávia, Brasil e Bolívia.
  • Grupo 3: Uruguai, Romênia e Peru.
  • Grupo 4: Estados Unidos, Paraguai e Bélgica.

Todos os jogos foram disputados na capital, em Montevidéu. A grande maioria no Estádio Centenário. 

Seleção Brasileira

O Brasil realizou uma campanha ruim, já que o país enfrentava problemas políticos na época, a Federação não liberou alguns jogadores e o time foi formado às pressas. No Grupo 2, nossa seleção estreou com derrota de 2 a 1 para Iugoslávia. Não passou para as semifinais e terminou a competição em sexto lugar. 

Brasil-copa-1930 Tudo sobre a Copa do Mundo de 1930
Em pé: Brilhante, Fernando, Hermógenes, Nilo, Carvalho Leite, Itália, Fausto e Santana; Agachados: Teóphilo, Benevenuto, Benedito, Velloso, Doca, Russinho e Preguinho;

O Artilheiro

Guillermo Stábile, conhecido no time por sua personalidade forte e seu egoísmo na hora de jogar, Stábile realizou o marco histórico por ser o primeiro artilheiro da Copa. Ele ganhou visibilidade somente na segunda partida da Argentina contra México, quando entrou no lugar de Roberto Cherro, fazendo três gols na vitória por 6 a 3, tornando-se o primeiro argentino a realizar o chamado “hat-trick” em Copas. Uma curiosidade sobre ele? Guillermo era chamado de “O Infiltrador”, pois seus gols eram marcados sempre dentro da pequena área.

Stábile01 Tudo sobre a Copa do Mundo de 1930
Rodeado pelos colegas após pôr a Argentina na frente na final de 1930: seu último gol em Copas e pela seleção

Os Finalistas

ARGENTINA

Seu time era o favorito na época. Argentina tinha craques como Guillermo Stábile e Luis Monti. O retrospecto de Argentina e Uruguai era positivo para a terra do artilheiro: 38 vitórias, 26 empates e 30 derrotas. E perder para os donos da casa, na final, não estava em seus planos e pegou todos de surpresa.

URUGUAI

Era a segunda seleção favorita ao título. Estavam todos empolgados, pois vencera os torneios Olímpicos, antes da Copa, em 1924 E 1928.
Cabeça do Grupo 3 ganhou do Peru logo na estréia por 1 a 0. Nas semifinais goleou a Iugoslávia por 6 a 1, com dois gols e Anselmo, três gols de Cea e um gol de Iriarte.

A Final 

A disputa ficou entre Uruguai e Argentina, no Estádio Centenário com aproximadamente 90 mil torcedores e o país anfitrião levou a melhor no placar de 4 a 2. O jogo começou conturbado, já que os times queriam jogar com suas próprias bolas e a FIFA teve que intervir decidindo que no primeiro tempo se jogasse com a bola argentina e no segundo tempo jogasse com a bola uruguaia. Os gols do Uruguai foram feitos por: Dorado, Cea, Iriarte e  “Manco” Castro e os da Argentina foram feitos por: Paucelle e Stábile, que foi o artilheiro da Primeira Copa do Mundo, com oito gols.  O árbitro da partida foi o bélgico John Langenus.

Visão Geral

  • Participantes: 13 
  • Partidas: 18 
  • Campeão: Uruguai (1° Título) 
  • Vice-Campeão: Argentina
  • 3° Colocado: Estados Unidos
  • 4° Colocado: Iugoslávia

Curiosidades

  • Não houve eliminatórias e apenas treze nações se inscreveram: sete da América do Sul, quatro da Europa e duas da América do Norte;
  • A FIFA escolheu Uruguai como sede porque o mesmo completaria seu centenário em 1930; 
  • Além do Estádio do Centenário, outros dois também foram usados: o Estádio Pócitos e o Estádio Parque Central.
  • Argentina teve o melhor ataque da Copa, com 10 gols.
  • A maior goleada foi entre Argentina e Estados Unidos, onde a seleção latina ganhou por 6 a 1.
Inscreva-se no nosso canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here