O jogador Lionel Messi anunciou nesta segunda-feira (30) que os jogadores do Barcelona aceitaram reduzir seus salários em 70% durante a pandemia do novo coronavírus. Pelas redes sociais, Messi também afirmou que o time principal do Barcelona irá doar uma quantia para que os funcionários do clube espanhol recebam 100% do salário.

“De nossa parte, chegou o momento de anunciar que, além de reduzir em 70% nossos salários durante o estado de alarme, vamos fazer contribuições para permitir que os funcionários do clube recebam 100% dos seus pagamentos enquanto dure essa situação”, informou o camisa 10 do Barça.

Os atletas do Barcelona foram criticados por terem rejeitado a primeira oferta do clube. No entanto, Messi esclareceu que os jogadores e a diretoria tiveram algumas divergências nas negociações do corte salarial.

Veja Também!  Pré-jogo – Tudo sobre Marítimo x Vitória de Setúbal – Escalações e Histórico – Campeonato Português

“Queremos deixar claro que nossa vontade foi sempre de aplicar uma redução no salário que recebemos, porque entendemos perfeitamente que se trata de uma situação excepcional e somos os primeiro que sempre temos ajudado o clube quando ele nos pede. O acordo demorou alguns dias porque simplesmente nós estávamos buscando uma fórmula para ajudar o clube e também seus funcionários nesses momentos tão difíceis”, salientou o astro.

A Espanha ultrapassou a China no número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, atingindo 85.195 casos confirmados da doença, informou o Ministério da Saúde do país nesta segunda-feira (30).

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
Veja Também!  Como assistir Famalicão x Porto Futebol AO VIVO - Campeonato Português 2020
 

Deixe uma resposta