Voltou ao Peixe por empréstimo por cerca de R$6,6 milhões, como esperança da equipe da Vila para a conquista da quarta Libertadores do time e também para as disputas das outras competições.

Mas o que realmente aconteceu foi o contrário. Eliminado da Libertadores nas oitavas, da Copa do Brasil nas quartas e foi direto ao Z-4 do Brasileirão, não se sabia ao certo qual seria o destino do Peixe em 2018, e se a contratação de Gabigol foi uma furada ou não. A torcida a cada partida vaiava a equipe, e mais ainda Gabigol, que não fazia jus ao nome.

Eis que o menino da Vila resolve brilhar, se tornando uma máquina de fazer gols, tirando o Peixe da zona de rebaixamento e levando até a 8ª posição na classificação do Brasileirão, junto a esse feito se tornou o artilheiro isolado do Brasileirão com 12 gols.

Se comparar com sua passagem na Internazionale onde participou de 12 jogos e marou apenas 1 gol, ou sua passagem no Benfica, onde participou de 3 jogos e não balançou as redes. Esta temporada tem sido sua melhor desde que saiu, deixando os  torcedores do Peixe sonharem com algo maior, já que o G-6 da Libertadores pode se tornar G-7.

Será uma nova era do Santos ? Era Gabigol ?

Artilheiros do Brasileirão:

  • 1º Gabriel (Santos) 12 gols
  • 2º Pedro (Fluminense)  10 gols
  • 3º Róger Guedes (Atlético Mineiro) 9 gols
    Ricardo Oliveira (Atlético Mineiro) 9 gols
  • 4º Nenê (São Paulo) 8 gols
 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
 

Deixe uma resposta