A cada fase que a Croácia avançava nesta Copa, a pergunta se repetia: vai superar a geração de 1998, que chegou ao terceiro lugar na Copa da França? Nesta quarta, a resposta veio. Com uma vitória por 2 a 1 sobre a Inglaterra, após a terceira prorrogação seguida, a seleção xadrez desta vez não precisou dos pênaltis para se classificar para a primeira final da sua história – Mandukic fez o gol da virada no começo do segundo tempo da prorrogação. Trippier abriu o placar de falta no primeiro tempo, mas Perisic igualou no segundo. Agora, a Croácia vai enfrentar a França, domingo, na grande decisão, tentando evitar o bicampeonato do adversário, e buscando colocar mais um campeão inédito na galeria das Copas.

Assistir

À Inglaterra resta lamentar a eliminação, com o artilheiro Harry Kane passando em branco em mais um jogo. A defesa bobeou no gol de Mandzukic, que apareceu livre entre dois zagueiros ingleses. A torcida, que cantou durante toda a Copa do Mundo “It is coming home” pelas ruas de Moscou, vai ter que esperar mais um ciclo de quatro anos para tentar disputar uma final – a única foi em casa, na Copa de 1996, no seu único título mundial. A disputar a amarga decisão do terceiro lugar.

Os horários das decisões do título e do terceiro lugar são diferentes. No sábado, às 11h (de Brasília), em São Petersburgo, o Bélgica e Inglaterra jogam para decidir quem fica com o simbólico bronze. E no domingo, ao meio-dia, no mesmo Estádio Olímpico Lujnik desta semifinal, França e Croácia decidem quem fica com o título da 21ª Copa do Mundo.

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.