Mais um dia de jogos pela Copa São Paulo de Futebol Júnior. Durante a quinta-feira (11), foram realizadas 16 partidas válidas para segunda fase da competição, onde foi possível conhecer os primeiros classificados para a terceira fase da Copinha. E não faltou emoção nas partidas.

Confira abaixo os placares e os resumos dos jogos:

 Guarani 2 (3 x 4) 2 Atlético-PR 

Em Fernandópolis, o Atlético-PR buscou o empate por 2 a 2 com o Guarani no estádio Cláudio Rodante e levou a decisão para os pênaltis. Gabriel Mesquita, debaixo das traves, defendeu duas cobranças e decidiu a vaga por 4 a 3.

 Votuporanguense 0 x 3 Criciúma Criciúma Logo

Após um primeiro tempo muito disputado na arena, o Criciúma conseguiu abrir o placar com Claudinho, aos 23 da segunda etapa. Atrás no placar, o CAV se jogou todo ao ataque, e o Tigre se aproveitou, ampliando com Julimar, aos 40 minutos. Ainda deu tempo de Mateus marcar o terceiro e sacramentar a classificação da equipe catarinense à próxima fase.

Figueirense 1 x 0 Novorizontino 

O Figueirense foi heroico e conseguiu vencer o Novorizontino por 1 a 0, em duelo disputado na noite desta quinta-feira, no estádio Jorjão, em Novo Horizonte. A equipe catarinense contou com um pênalti desperdiçado pelo Tigre do Vale no primeiro tempo e marcou no início da segunda etapa para se garantir na próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Santos 1 (5 x 4) 1 Mirassol 

O Santos precisou da disputa de pênaltis para confirmar classificação à terceira fase da Copinha. Depois do empate por 1 a 1 no tempo normal, o Peixe contou com uma defesa de Renan Pastre para vencer por 5 a 4 nas penalidades e avançar no torneio. Walison Madalena abriu o placar para o Peixe, enquanto Lucas empatou no segundo tempo. Kaio Jorge, de 15 anos, bateu o pênalti decisivo para classificar a equipe da Baixada.

 Atlético-GO 1 (2 x 4) 1 Boavista 

Com um início promissor, o Boavista saiu na frente logo aos 21 minutos, com Storck. Sávio, aos 33 do segundo tempo, empatou para o Dragão. O resultado levou a disputa para os pênaltis. Mesmo desperdiçando uma penalidade, o Verdão se classificou com o resultado de 4 a 2.

 Internacional 1 (4 x 3) 1 XV de Jaú 

O goleiro Carlos Miguel foi, literalmente, gigante na tarde desta quinta-feira, no duelo entre Inter e XV de Jaú pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, em Osvaldo Cruz. Com 2,02m, o arqueiro colorado defendeu dois pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo normal e tornou-se o herói do clube gaúcho, que segue em frente na competição. Os gols nos 90 minutos foram marcados por Brenner, para o Inter, e Gustavo, para o XV.

 Penapolense 0 (4 x 1) 0 Mogi Mirim 

O Penapolense precisou dos pênaltis para eliminar o Mogi Mirim na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Após um 0 a 0 no tempo normal, o CAP fez 4 a 1 nas penalidades sobre o Sapão e está garantido entre os 32 melhores times da Copinha. O duelo foi disputado na tarde desta quinta-feira, no estádio Tenentão, em Penápolis.

Marília 2 (3 x 4) 2 Desportiva Paraense

A Desportiva Paraense segue fazendo história na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Mesmo jogando no estádio Abreuzão lotado nesta quinta-feira, a equipe do Norte do Brasil eliminou o Marília por 4 a 3 nos pênaltis após empatar o jogo no tempo normal em 2 a 2. O MAC saiu na frente com dois gols de vantagem, mas a SDP conseguiu empatar com gols relâmpago.

Ponte Preta 0 x 1 Botafogo-SP

De nada adiantou o aproveitamento de 100% na primeira fase da Copa São Paulo. A Ponte Preta de futebol envolvente sucumbiu logo no primeiro duelo eliminatório. Após suportar uma forte pressão no começo, o Botafogo-SP não se intimidou com a campanha adversária e venceu por 1 a 0 nesta quinta-feira à noite, em Franca. O gol foi do atacante Micael.

 São Paulo 2 x 0 Chapecoense 

Sob chuva intensa em Ribeirão Preto, o São Paulo contou com dois gols de Toró para bater a Chapecoense por 2 a 0, nesta quinta-feira, e avançar à terceira fase da Copinha. Depois de um primeiro tempo equilibrado, o atacante fez a diferença e classificou o Tricolor. O próximo adversário será o Botafogo-SP, que já duelou com o São Paulo na fase de grupos – a equipe da capital paulista venceu por 4 a 0. O reencontro está marcado para sábado, às 21h (de Brasília), em Ribeirão.

 Paraná 3 x 2 Batatais

O Tricolor saiu atrás no placar depois que Lucas Gaspar, aos 39 minutos da primeira etapa, aproveitou lançamento e desviou para a rede. O empate veio na etapa final, aos seis minutos, com Silva. Rodrigo Carioca decretou a virada. Quando a vitória parecia decidida, Victor marcou de falta, aos 41 minutos. Mas, Silva novamente, aos 43 minutos, garantiu o triunfo paranista, 3 a 2.

 Cruzeiro 1 (3 x 1) 1 Rio Branco-SP 

Mais uma vez, o Cruzeiro teve dificuldades na Copa São Paulo. Porém, conseguiu se superar e, com Brazão inspirado, venceu o Rio Branco nas penalidades máximas. No tempo normal, Vitinho marcou para o time celeste, ainda no primeiro tempo, enquanto Thiago Junior empatou para a equipe paulista na etapa final. Agora, a Raposa vai enfrentar o Paraná, pela terceira fase da competição.

 Botafogo 0 x 2 Desportivo Brasil 

O Desportivo Brasil não teve muitas dificuldades para neutralizar o Botafogo, nesta quinta-feira, em partida válida pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A equipe paulista venceu o duelo por 2 a 0, eliminou o Alvinegro da competição e garantiu uma vaga na próxima fase da Copinha. O time vai enfrentar o vencedor da partida entre Londrina e Capivariano

 Londrina 2 (4 x 3) 2 Capivariano 

Foi com emoção. O Londrina garantiu vaga na terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior ao eliminar o Capivariano por 4 a 3 nos pênaltis, depois de um empate em 2 a 2 no tempo normal. Invicto na competição e com 100% de aproveitamento na primeira fase, o Tubarãozinho esteve na frente do placar por duas oportunidades, cedeu o empate, liderou toda a disputa de pênaltis até perder a última cobrança, mas com a defesa do goleiro Biagi no último pênalti cobrado pelo time paulista, assegurou a vaga na próxima fase da competição.

 Vitória 4 x 1 Ituano 

O Vitória contou com uma noite extremamente inspirada do atacante Eron para garantir vaga na terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O atacante fez três gols da equipe baiana na vitória por 4 a 1 sobre o Ituano, em jogo disputado na noite desta quinta-feira, no estádio Novelli Júnior, em Itu, debaixo de muita chuva.

 Vila Nova 0 (4 x 5) 0 Primavera-SP 

Primavera-SP e Vila Nova fizeram um jogo acirrado e que terminou empatado por 0 a 0 no estádio Ítalo Mário Limongi, em Indaiatuda. Nos pênaltis, o time da casa levou a melhor e venceu por 5 a 4 para avançar à terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui