Quando cita-se um dos maiores craques de futebol da atualidade, ou um jogador de futebol que num futuro próximo será eleito o “melhor do mundo”, é inevitável não mencionar o nome de Neymar, que atualmente joga pelo Paris Saint-Germain e é o principal jogador da Seleção brasileira.

Neymar da Silva Santos Júnior nasceu no dia 5 de fevereiro de 1992 no município de Mogi das Cruzes, que se situa na região metropolitana de São Paulo. Ao contrário do que muitos imaginam, ele iniciou a sua carreira futebolística nas categorias de base da Portuguesa Santista – em 1998 – e não nas categorias de base do Santos.

Não obstante, Neymar chegou as categorias de base do alvinegro praiano (Santos) em 2003, quando tinha apenas 11 anos de idade. Porém, o que mais se sabe da carreira de Neymar? Como foi a sua transição para o profissional do Santos? Quais feitos ele atingiu até aqui?

Santos

Categorias de base 

Como foi dito anteriormente, Neymar passou a ser jogador da base do Santos no ano de 2003 e desde que chegou nas categorias de base do alvinegro praiano já mostrava que tinha talento com a bola nos pés e por este motivo passou a ser visto como uma “joia”. Ainda nas categorias de base, Neymar conheceu o seu futuro amigo e companheiro de clube na equipe principal, Paulo Henrique Ganso, atualmente joga pelo Sevilha da Espanha.

Em 2006, Neymar viajou para a Espanha visando fazer um teste no Real Madrid que contava com jogadores como Zinedine Zidane, Ronaldo fenômeno e Robinho na época. O menino de 14 anos foi aprovado nos testes da equipe espanhola. Inclusive, chegou a ser registrado na Federação Madrilenha de Futebol.

Percebendo que poderia perder a sua “joia”, a diretoria do Santos resolveu agir e pagou 1 milhão de reais para que ele continuasse na base do clube e se tornasse jogador profissional lá e assim sendo, ele ficou por 6 anos na base do clube até subir para a equipe principal.

A Carreira e os números de Neymar nos clubes que jogou

Profissional do Santos

2009

A estreia de Neymar no profissional do Santos foi em 07/03/2009, quando ele ainda tinha 17 anos de idade, na partida contra o Oeste, no estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, pelo campeonato paulista como pode ser visto no vídeo abaixo.

Na semana seguinte, em 15/03/2009 o jovem de 17 anos fez o seu primeiro gol pelo profissional do Santos foi contra o Mogi Mirim, no estádio Urbano Caldeira, Vila Belmiro, também pelo campeonato paulista.

O destaque fica por conta das semifinais desta competição aonde Neymar fez o gol da vitória de 2-1 sobre o Palmeiras, assim, chegando a final do Paulistão. O menino de 17 anos disputava a sua primeira final profissional contra o Corinthians, porém, o alvinegro do Parque São Jorge levou a melhor na final.

Apesar de não ter se destacado na decisão, acabou sendo eleito a revelação do Paulistão. Na sua primeira disputa do Campeonato brasileiro, obteve destaque ao lado de Paulo Henrique Ganso, mas ao final do campeonato, o Santos foi apenas o décimo segundo colocado.

Números de Neymar na sua primeira temporada como profissional do Santos: disputou 48 jogos; fez 14 gols, dos quais 10 foram pelo Brasileirão, 3 pelo Paulistão e 1 pela Copa do Brasil; proveu 9 assistências; levou 8 cartões amarelos e esteve em campo por 2697 minutos no ano de 2009.

2010

Inegavelmente, 2010 foi o ano da ascensão de Neymar. O menino já fez gols na temporada passada e nesta, ele triplicou o número de gols marcados em relação ao ano de 2009. Naquela época o Santos jogava o futebol “mais vistoso” do Brasil.

Além de Neymar, o time contava com jogadores como André (atualmente joga pelo Sport), Paulo Henrique Ganso e Robinho (recentemente assinou com o Sivasspor da Turquia), assim, a equipe foi apelidada de “Meninos da Vila”.

O menino de 18 anos conseguiu o feito de marcar 5 gols em 5 clássicos, marcou 3 gols só contra o São Paulo, além de marcar contra o Corinthians e também contra o Palmeiras na campanha em que o Santos sagrou-se campeão do Paulistão 2010 ao bater o Santo André na final.

O segundo título do ano viria na Copa do Brasil, competição na qual vale destacar as goleadas sobre o Naviraiense e também sobre o Guarani por 10-0 e 8-1 respectivamente, vale ressaltar que diante do Guarani, Neymar fez 5 dos 8 gols da partida.

Em 28/07/2010, final da Copa do Brasil daquele ano, o menino de 18 anos marcou um dos 2 gols no triunfo sobre o Vitória por 2-0 no primeiro jogo da final. Mesmo com a derrota por 2-1 em Salvador-BA.

Portanto, o Santos sagrava-se campeão da Copa do Brasil de 2010, Neymar foi o artilheiro desta competição com 11 gols marcados e em decorrência disso, o Santos garantia vaga direta para a Copa Libertadores da América de 2011.

Neymar foi o artilheiro da Copa do Brasil 2010.

Após todas estas conquistas com o clube e os feitos que atingiu até aqui, Neymar passou a ser especulado em clubes da Europa e não demorou muito para as propostas do “velho continente” chegarem até a diretoria do Santos.

O alvinegro praiano recusou propostas do West Ham e do Chelsea, ambos da Inglaterra, propostas cujos valores giravam em torno de 12 milhões de libras e 20 milhões de libras, porém, o clube da Baixada Santista as recusou, pois Luís Álvaro de Ribeiro, presidente em exercício naquele momento, e o Pelé conseguiram convencer Neymar da Silva Santos (pai) e o filho pela permanência dele no clube da Baixada Santista, acordo selado em 23/08/2010.

Na sequência da temporada, com a vaga para a Libertadores 2011 garantida, o Santos terminou o Brasileirão apenas na oitava posição. Ainda assim, Neymar foi o vice-artilheiro desta competição com 17 gols marcados, atrás apenas de Jonas, atacante do Grêmio naquela época e que atualmente joga pelo Benfica de Portugal.

Números de Neymar na sua segunda temporada no Santos: disputou 60 jogos; fez 42 gols sendo 17 só pelo Brasileirão, 14 pelo Paulistão e 11 pela Copa do Brasil; proveu 20 assistências; levou 23 cartões amarelos; levou 1 cartão vermelho e esteve em campo por 5030 minutos no ano de 2010.

2011

Após um ano de 2010 muito bem-sucedido, quando se falava no Santos todas as atenções se voltavam para o Neymar e também para a volta de Elano ao clube que o projetou para o futebol, o Santos.

Pelo Paulistão o clube da Baixada Santista chegava a final pelo terceiro ano seguido e o adversário era o mesmo time que o derrotou na decisão do campeonato paulista de 2009, o Corinthians.

No Pacaembu, o resultado do confronto entre os 2 alvinegros (Corinthians e Santos) foi um empate em 0-0, em compensação, no jogo da volta, na Vila Belmiro, o alvinegro praiano levou a melhor, vitória por 2-1 com Neymar marcando um dos 2 gols deste triunfo. Em suma: o Santos se tornava bicampeão paulista e pela décima nona vez era campeão estadual.

Paralelamente a disputa do Paulistão, o Santos também competia pela Copa Libertadores da América, caiu num grupo que contava com o Colo-Colo do Chile, o Cerro Porteño do Paraguai e o Deportivo Táchira da Venezuela e mesmo “aos trancos e barrancos” e com uma troca no comando técnico do clube (sai Adilson Batista e entra Muricy Ramalho), o Santos consegue se classificar para a fase de mata-mata desta competição.

O primeiro passo rumo ao título da América estava dado. O adversário das oitavas-de-finais era o América do México. O alvinegro da Baixada Santista ganhou na Vila Belmiro pelo placar de 1-0 e segurou a pressão lá no México e com um empate em 0-0 a vaga para a fase seguinte estava selada. Nas quartas-de-final o adversário era o Once Caldas da Colômbia que havia eliminado a equipe de melhor campanha da fase de grupos, o Cruzeiro.

O Santos bateu o Once Caldas lá na casa do adversário pelo placar de 1-0 e na partida de volta, no Pacaembu, Neymar fez o gol do Santos no empate em 1-1, com este resultado, o clube da baixada santista avançava para a fase seguinte.

No confronto das semifinais, o adversário era um “velho conhecido”, pois era a mesma equipe que o Santos havia enfrentado na fase de grupos, o Cerro Porteño do Paraguai.

O jogo de ida foi no Pacaembu e o Peixe (Santos) precisava ganhar pelo fato do jogo da volta ser no estádio da equipe adversária e foi o que aconteceu, triunfo do alvinegro praiano pelo placar de 1-0.

O jogo da volta era em Assunção no Paraguai e mesmo com a vantagem do empate e/ou uma derrota por 1 gol desde que fizesse gols (por este motivo o gol fora de casa é importante) o clube da baixada santista foi para cima e saiu para o intervalo com uma vantagem de 3-1 no placar com Neymar fazendo o terceiro gol da equipe santista.

No segundo tempo, precisando fazer 5 gols e não vendo outra saída os paraguaios vieram para o tudo ou nada e mesmo tendo mais volume de jogo na segunda etapa da partida o máximo que o Cerro Porteño conseguiu foi um empate em 3-3 e com este resultado o Santos garantia a sua vaga para a final da Copa Libertadores da América 2011.

O clube adversário que o Santos teria pela frente era o Peñarol do Uruguai. A primeira partida foi disputada no Estádio Centenário em Montevidéu, Uruguai. Apesar do empate em 0-0, o jogo foi movimentado com chances para os dois lados e Neymar não foi “caçado” em campo, pois além de ter sido bem marcado, ele sofreu muitas faltas e por esta razão não teve um bom desempenho nesta partida.

O jogo da volta foi no Pacaembu, jogo no qual o Santos encerrou um jejum de 48 anos (1963) sem conquistar o título da Copa Libertadores da América. O primeiro gol da vitória de 2-1 sobre os uruguaios foi de Neymar. Assim, pela terceira vez na sua história, o clube da baixada santista conquistava a América.

A estreia de Neymar pelo Brasileirão (campeonato brasileiro) só ocorreu na décima segunda rodada, num jogo eletrizante contra o Flamengo na Vila Belmiro, cujo placar da partida foi de 5-4 para os visitantes.

Apesar da derrota, Neymar fez 2 dos 4 gols da sua equipe neste jogo e um deles foi uma “pintura” que levou o prêmio de gol mais bonito do ano de 2011 – FIFA Puskás Award (Prêmio Puskás).

Falando em Brasileirão, Neymar ganhou um novo apelido após a trigésima segunda rodada do campeonato brasileiro ao fazer 4 gols em uma única partida, também passou a ser conhecido como “Neymito”, pois foi a maior pontuação na história de um jogador no Cartola FC (37,50 pontos), famoso fantasy game criado pela globo.com.

Ainda convém lembrar que neste jogo contra o Atlético Paranaense, Neymar teve 2 gols anulados. Enquanto o campeonato brasileiro se aproximava do fim, mais precisamente em 09/11/2011, Neymar estendia o seu vínculo com o clube da baixada santista até o ano de 2014.

Apesar do fim Brasileirão ter chegado ao fim, o ano ainda não havia acabado para a equipe santista que ainda tinha o Mundial Interclubes pela frente e o primeiro adversário do Santos foi o Kashiwa Reysol do Japão, jogo no qual o alvinegro praiano não teve tantas dificuldades para obter uma vitória pelo placar de 3-1 com Neymar marcando 1 dos 3 gols do triunfo santista.

Porém, o Santos teve de decidir a final do Mundial Interclubes 2011 contra o Barcelona da Espanha e Neymar foi anulado pelos zagueiros Carles Puyol, Gerard Piqué e Éric Abidal. Inquestionavelmente, o Barcelona sobrou em campo e mereceu a vitória pelo placar de 4-0. Após o término do jogo, Neymar conquistou o prêmio “Bola de Bronze” por ter sido eleito o terceiro melhor jogador da competição.

Cartola FC: Os 10 jogadores que mais pontuaram na história
Neymar comemorando um dos gols na goleada de 4-1 sobre o Atlético-PR no campeonato brasileiro.

Números de Neymar na sua terceira temporada no Santos: disputou 47 jogos; fez 24 gols, dos quais 13 foram pelo Brasileirão, 6 pela Copa Libertadores da América, 4 pelo Paulistão e 1 pelo Mundial Interclubes; proveu 9 assistências; levou 21 cartões amarelos; levou 2 cartões vermelhos e esteve em campo por 4185 minutos no ano de 2011.

2012

Em 05/02/2012, data do seu vigésimo aniversário, Neymar marcou o gol de número 100 da sua carreira, em partida válida pelo Paulistão na derrota por 2-1 para o Palmeiras.

Desses 100 gols, 82 foram marcados com a camisa do Santos e 18 com a camisa da Seleção Brasileira, incluindo as Seleções de base. “Neymito” teve uma atuação de gala numa partida válida pela fase de grupos da Copa Libertadores da América 2012 contra o Internacional de Porto Alegre, jogo no qual ele fez um hat-trick; ocorre quando um jogador faz 3 ou mais gols em uma única partida, na vitória de 3-1 sobre o Internacional.

Vale destacar que 1 dos 3 gols que Neymar fez nesta partida foi comparado ao gol que ele fez contra o Flamengo no ano anterior, aliás um gol que foi eleito o mais bonito do ano de 2011.

O jovem de 20 anos de idade seguiu tendo ótimas atuações tanto no Paulistão quanto na Copa Libertadores da América e em um dos jogos no qual se destacou ele fez outro hat-trick, desta vez na goleada de 5-0 sobre o Guaratinguetá, além de fazer um dos 2 gols na vitória de 2-0 sobre o The Strongest da Bolívia.

Voltando a falar de campeonato paulista, “Neymito” fez o seu centésimo gol com a camisa santista na semifinal do Paulistão no clássico San-São, partida na qual o Santos bateu o São Paulo em pleno Morumbi pelo placar de 3-1 com os 3 gols da equipe santista sendo anotados pela “joia” de 20 anos.

Assim, entrando para a lista dos maiores artilheiros da história do Santos Futebol Clube. Paralelamente a isso, em 10/05/2012, em partida válida pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores da América 2012, Neymar marcou 2 dos 8 gols santistas contra o Bolívar chegando a marca de 106 gols e em decorrência disso, ele superou a marca de Serginho Chulapa com 104 gols e tornou-se o maior artilheiro do clube na era pós-Pelé.

O Guarani comandado pelo técnico Vadão não foi páreo para o Peixe que além de disputar a sua quarta final seguida de Paulistão, sagrava-se tricampeão (2010, 2011 e 2012) da competição. Vale ressaltar que Neymar foi o artilheiro do Estadual com 20 gols marcados e eleito o melhor atacante do campeonato paulista de 2012.

Após o título do Paulistão pelo terceiro ano seguido, a equipe santista voltou a priorizar a Libertadores. O adversário das quartas-de-final era o Vélez Sarsfield da Argentina. O Santos sofreu para passar pelos argentinos, pois perdeu o jogo da ida por 1-0 e na Vila Belmiro venceu a partida pelo mesmo placar que a equipe santista havia sido derrotada lá em Buenos Aires, portanto o jogo teve de ser decidido nos pênaltis onde o alvinegro praiano venceu por 4-2, como não houve necessidade da quinta cobrança, Neymar não bateu nenhum pênalti neste jogo.

O adversário da fase seguinte, das semifinais, era um velho conhecido do “peixe”, o Corinthians, na época comandado pelo atual treinador da Seleção Brasileira (Tite). O jogo da ida foi disputado no estádio Urbano Caldeira, Vila Belmiro e mesmo jogando em casa o Santos perdeu pelo placar de 1-0, gol marcado pelo Emerson Sheik.

No jogo da volta, Neymar tentou ajudar a sua equipe ao marcar o gol do Peixe, porém, o meio-campo Danilo acabou com o sonho santista de conquistar a América pela quarta vez na sua história. Com esse empate em 1-1 o Santos dava adeus a competição.

Por ser o atual campeão da Copa Libertadores da América o Santos tinha de enfrentar o campeão da Copa Sul-americana de 2011, a Universidad de Chile. Em 22/08/2012, o Santos empatou com os chilenos em 0-0 e em 26/09/2012, jogo da volta. Neymar inaugurou o placar na vitória de 2-0 sobre a Universidad de Chile e por conseguinte, o Peixe conquistava mais um título, a Recopa Sul-americana 2012.

Em 03/11/2012, partida válida pela trigésima quarta rodada do campeonato brasileiro, Neymar fez 3 dos 4 gols do Santos na vitória por 4-0 sobre o Cruzeiro em pleno Mineirão e na última rodada do Brasileirão (01/12/2012), Neymito fez 2 dos 3 gols no triunfo de 3-1 sobre o Palmeiras e assim, terminou a competição como o maior goleador, atrás apenas de Fred do Fluminense e Luís Fabiano do São Paulo. Porém, rumores sobre uma possível transferência de Neymar para o Barcelona já começavam a circular na mídia.

Números de Neymar na sua quarta temporada no Santos: disputou 47 jogos; fez 43 gols, dos quais 20 foram pelo Paulistão, 14 pelo Brasileirão, 8 pela Copa Libertadores da América e 1 pela Recopa Sul-americana; proveu 19 assistências; levou 16 cartões amarelos; levou 1 cartão vermelho e esteve em campo por 4193 minutos no ano de 2012.

2013

Neymar começou o campeonato paulista de 2013 fazendo o que mais sabe fazer, gols. Em 19/01/2013 Neymar fez 2 dos 3 gols da equipe santista na vitória por 3-1 sobre o São Bernardo. Quatro dias após este jogo, Neymito voltou a marcar gol, desta vez no triunfo de 3-0 sobre o Botafogo de Ribeirão Preto. Neste último jogo, Neymar protagonizou um lance “daqueles” ao dar um chapéu no zagueiro adversário com a sola do pé.

Em 03/02/2013 Neymar marcou 1 dos 3 gols no clássico San-São e também proveu duas assistências nesta partida, em outras palavras, a “joia” santista marcava muitos gols e era decisivo nos clássicos.

Falando em gols, Neymar voltou a fazer 4 gols em um jogo só. Desta vez, a vítima do jovem santista foi o União Barbarense, jogo no qual o Santos venceu pelo placar de 4-0 em 13/04/2013. O campeonato paulista seguiu e pela quinta vez seguida o clube da baixada santista chegava numa final do Paulistão, porém, desta vez o Santos teve de se contentar com o vice-campeonato, pois o campeão paulista de 2013 foi o Corinthians.

Como é praxe no Brasil, fim dos estaduais e início do campeonato brasileiro e em 26/03/2013, em partida válida pela primeira rodada do Brasileirão, durante a execução do hino nacional antes do início do jogo contra o Flamengo, Neymar estava visivelmente emocionado, pois esta era a sua última partida com a camisa do Santos.

O vídeo abaixo mostra os bastidores do jogo entre Santos e Flamengo. O último jogo de Neymar vestindo a camisa do Santos.

Números de Neymar na sua quinta e última temporada no Santos: disputou 23 jogos; fez 13 gols sendo só 12 pelo Paulistão e 1 pela Copa do Brasil; proveu 8 assistências; levou 4 cartões amarelos; levou 1 cartão vermelho e esteve em campo por 2025 minutos antes de se transferir para o Barcelona da Espanha.

Títulos que conquistou no Santos: Copa Libertadores da América 2011; Recopa Sul-americana 2012; Copa do Brasil 2010 e Paulistão 2010, 2011 e 2012.

O vídeo abaixo mostra todos os gols de Neymar enquanto ele defendia o Santos

Barcelona

2013-14

Apresentação de Neymar no Camp Nou, estádio do Barcelona.

No dia 25 de maio de 2013 a contratação de Neymar pelo Barcelona foi enfim oficializada. O primeiro valor divulgado desta negociação foi de 57 milhões de euros.

Mas o valor total da transação pode ter sido entre 86 milhões de euros e 95 milhões de euros. Em 03/06/2013, em sua apresentação oficial, o jovem de 21 anos foi recepcionado por 56 mil torcedores e depois de passar nos exames médicos assinou um contrato com o clube blaugrana (Barcelona) até junho de 2018.

A estreia de Neymar em partidas oficiais com a camisa do Barcelona ocorreu no dia 18 de agosto de 2013 na primeira rodada da La Liga (campeonato espanhol), quando o jovem de 21 anos entrou no lugar do chileno Alexis Sánchez, atualmente joga pelo Manchester United da Inglaterra, aos 18 minutos do segundo tempo, jogo no qual o Barcelona derrotou o Levante pelo placar de 7-0.

Em 21/08/2013 Neymar marcava o seu primeiro gol em partidas oficiais com a camisa do Barcelona na Supercopa da Espanha (competição na qual a disputa é entre o campeão do campeonato espanhol e o campeão da Copa do Rei).

A primeira partida entre as equipes foi no estádio Vicente Calderón e terminou com um empate em 1-1. Em 18/09/2013 Neymar jogou a sua primeira partida pela UEFA Champions League (Liga dos Campeões da Europa) na vitória por 4-0 sobre o Ajax da Holanda.

O jovem de 21 anos passou a se destacar em clássicos lá na Espanha, em jogo válido pela décima rodada da La Liga diante do maior rival do clube blaugrana, o Real Madrid, Neymar foi o destaque da partida ao fazer o primeiro gol na vitória por 2-1 sobre o rival, além de prover uma assistência para Alexis Sánchez marcar o segundo gol do Barcelona no jogo.

Em 11/12/2013 Neymar fez o seu primeiro hat-trick pelo clube espanhol e isso aconteceu na Liga dos Campeões da Europa, na goleada de 6-1 sobre o Celtic da Escócia, partida válida pela fase de grupos da competição europeia.

Em 16/01/2014 Neymito teve de sair de campo aos 24 minutos do primeiro tempo, devido a uma lesão no tornozelo direito, mas ainda assim o Barcelona venceu o Getafe pelo placar de 2-0, assim passando para a fase seguinte da Copa do Rei.

Após 30 dias de afastamento para se recuperar da lesão que havia sofrido, Neymar entrou aos 17 minutos do segundo tempo e ainda por cima, fez um belo gol na vitória de 6-0 sobre o Rayo Vallecano quando o Barcelona já tinha uma vantagem de 5-0 no placar, em partida válida pela vigésima quarta rodada do campeonato espanhol.

Paralelamente a isso, a Liga dos Campeões da Europa ainda estava em andamento, em jogo válido pelas quartas-de-final desta competição, o clube blaugrana teria pela frente o Atlético de Madrid, no jogo de ida, Neymar fez o gol do empate em 1-1 entre as duas equipes espanholas. Porém, no jogo da volta, o Barcelona perdeu para os colchoneros (Atlético de Madrid) pelo placar de 1-0 e assim sendo, o clube blaugrana estava eliminado da UEFA Champions League 2013-14.

Números de Neymar na sua primeira temporada no Barcelona: disputou 41 partidas; fez 15 gols, dos quais 9 foram pela La Liga, 4 pela UEFA Champions League, 1 pela Supercopa da Espanha e 1 pela Copa do Rei; proveu 15 assistências; levou 9 cartões amarelos e esteve em campo por 2838 minutos em campo na temporada 2013-14.

2014-15

Após sua primeira temporada com a camisa do Barcelona, Neymar voltou a campo no amistoso contra o León do México após se recuperar da lesão mais grave de toda a sua carreira, a lesão na coluna durante a disputa da Copa do mundo FIFA de 2014, neste jogo contra a equipe mexicana, marcou 2 dos 6 gols na vitória por 6-0 sobre o León.

Em 13/09/2014, jogo válido pela terceira rodada da La Liga, Neymar fez os 2 gols da vitória de 2-0 sobre o Athletic Bilbao. Em 27/09/2014 Neymito fez mais um triplete, 3 gols, com a camisa do Barcelona, desta vez fez 3 gols em partida válida pela sexta rodada do campeonato espanhol na vitória de 6-0 sobre o Granada e não parou por aí, Neymar seguiu fazendo mais gols pela equipe blaugrana e 1 destes gols foi no clássico contra o Real Madrid, porém, o Barcelona jogava fora de casa e perdeu esta partida pelo placar de 3-1. Em 25/10/2014 Luis Suárez estreou pela equipe blaugrana e a partir daí ele, o menino Ney e o Messi passaram a formar o “badalado” trio MSN.

O trio MSN

Coincidentemente na estreia de Suárez, Neymar marcou o gol da derrota do Barcelona com um passe do uruguaio e assim, a parceria entre estes 3 ótimos jogadores começava aí.

Neymar começou o ano de 2015 com uma ótima atuação diante dos Colchoneros (Atlético de Madrid), um jogo que valia vaga para as semifinais da Copa do Rei, marcou 2 dos 3 gols da vitória blaugrana sobre o Atlético de Madrid por 3-2, em pleno Vicente Calderón.

Um desses gols marcado por Neymar foi o seu gol de número 20 na temporada 2014-15. O brasileiro foi uma das peças-chave para o Barcelona chegar a final da Copa do Rei e bater o Athletic Bilbao na decisão pelo placar de 3-1.

Além disso, Ney também foi importante para o Barcelona na disputa da UEFA Champions League, pois em 21/04/2014 Neymar chegou a marca de 30 gols nesta temporada ao marcar os 2 gols da vitória do Barcelona sobre o Paris Saint-Germain por 2-0 em partida válida pelas quartas-de-final da Liga dos Campeões da Europa.

Falando em Liga dos Campeões, os jogadores que compõem o trio MSN foram de suma importância para que o Barcelona conquistasse a Europa pela quinta vez na história do clube, pois além de Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar foram os artilheiros desta competição com 10 gols cada um.

A trajetória até o título se desenhou da seguinte forma> o Barcelona foi o primeiro colocado do grupo F com 5 vitórias e apenas uma derrota.

Este grupo contava com Ajax da Holanda, Paris Saint-Germain da França e o APOEL FC do Chipre. O adversário da equipe blaugrana nas oitavas-de-final era o Manchester City da Inglaterra e os espanhóis passaram para a fase seguinte pelo placar agregado de 3-1.

Mais uma vez o Barcelona tinha o Paris Saint-Germain pela frente, desta vez pelas quartas-de-final da Liga do Campeões, Neymar e Suárez deram “conta do recado”, pois o placar agregado foi de 5-1 para os espanhóis sendo que desses 5 gols, 3 foram marcados pelo brasileiro e 2 marcados pelo uruguaio.

Na semifinal o adversário do time espanhol era o Bayern de Munique da Alemanha e mais uma vez o Neymar foi decisivo ao marcar 3 dos 5 gols do Barcelona sendo que desses 3 gols que ele marcou, 1 foi na vitória de 3-0 no Camp Nou e os outros 2 foram marcados na derrota de 3-2 lá na Alemanha, ou seja, o placar agregado foi de 5-3 para a equipe blaugrana e os espanhóis teriam a chance de conquistar o quinto título da UEFA Champions League.

O adversário da final era a Juventus da Itália que havia eliminado o campeão da Liga dos campeões do ano anterior, o Real Madrid, mas mesmo assim a equipe italiana não foi capaz de deter o trio de ataque do Barcelona e com isso perderam a partida pelo placar de 3-1 e novamente, Neymar foi decisivo, pois marcou o terceiro gol e assim sendo, o Barcelona era o campeão da UEFA Champions League 2014-15.

Portanto, pode-se concluir que o Barça conquistou tudo o que podia conquistar na temporada 2014-15, ou seja, foi campeão da La Liga, da Copa do Rei e da UEFA Champions League. Quanto a Neymar, além de ser o artilheiro da Liga dos Campeões da Europa ao lado de seu companheiro de clube, Messi e ao lado de Cristiano Ronaldo, ele se tornou o oitavo jogador da história a ser campeão da Copa Libertadores da América e campeão da Liga dos Campeões da Europa e também vale ressaltar que ele foi o primeiro jogador da história a marcar gols em finais de 2 torneios continentais, Libertadores e UEFA Champions League.

Números de Neymar na sua segunda temporada no Barcelona: disputou 51 partidas; fez 39 gols, dos quais 22 foram pela La Liga, 10 pela UEFA Champions League e 7 pela Copa do Rei; proveu 11 assistências; levou 8 cartões amarelos e esteve em campo por 4098 minutos em campo na temporada 2014-15.

2015-16

Neymar celebrando o gol de placa que marcou contra a equipe do Villareal.

Devido a caxumba, Neymar perdeu as decisões da Supercopa da UEFA e da Supercopa da Espanha, mas aos poucos ele foi readquirindo ritmo de jogo e em 17/10/2015, em jogo válido pela oitava rodada do campeonato espanhol, ele marcou 4 dos 5 gols na vitória de 5-2 sobre o Rayo Vallecano.

Em 21/11/2015, o Barcelona impôs uma derrota de 4-0 ao Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu e só para variar, mais uma vez, Neymar fez um gol na equipe merengue e ainda por cima deu um passe de calcanhar para Iniesta fazer um dos outros 4 gols da equipe blaugrana.

Não obstante, em 08/11/2015, em partida válida pela décima primeira rodada da La Liga, Neymar marcou um gol antológico, mais precisamente um dos gols mais bonitos de toda a sua carreira, no qual o brasileiro deu um chapéu, de costas, num zagueiro, e finalizou forte com a perna direita sem deixar a bola cair no chão, o terceiro da vitória por 3-0 sobre o Villareal, em decorrência deste triunfo o Barcelona alcançava a liderança do campeonato espanhol e como reconhecimento e merecimento por tudo o que fez até aquele momento, em 30/11/2015, o brasileiro foi selecionado para concorrer ao prêmio FIFA Ballon d’Or (bola de ouro da FIFA) ao lado de seu companheiro de clube, Lionel Messi e do português Cristiano Ronaldo do Real Madrid e posteriormente, Neymar ficou em terceiro, se bem que ele foi o primeiro jogador brasileiro a estar na disputa do bola de ouro da FIFA depois de Kaká em 2007.

Após um período sem fazer gols, Neymar voltou a balançá-la somente na final da Copa do Rei diante do Sevilha, marcando o segundo gol da equipe da Catalunha (Barcelona) na vitória por 2-0, encerrando a temporada 2015-16 com 31 gols em 50 partidas. Quanto ao Barcelona, esta temporada só não foi completa porque o clube não se sagrou campeão da Liga dos Campeões, mas em compensação conquistou o doblete (Campeonato espanhol e a Copa do Rei).

Números de Neymar na sua terceira temporada no Barcelona: disputou 50 partidas; fez 31 gols, dos quais 24 foram pela La Liga, 4 pela Copa do Rei e 3 pela UEFA Champions League; proveu 27 assistências; levou 11 cartões amarelos e esteve em campo por 4434 minutos em campo na temporada 2015-16.

2016-17

Devido a sua presença na Seleção brasileira durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro e nos 2 jogos para as Eliminatórias da Copa do mundo FIFA de 2018, Neymar só pôde estrear pelo Barcelona na temporada 2016-17 no dia 10 de setembro de 2017, em jogo válido pela terceira rodada do campeonato espanhol contra o Deportivo Alavés, partida na qual a equipe catalã perdeu por 2-1 em pleno Camp Nou.

Em 13/09/2016, o camisa 11 do Barcelona, Neymar, fez o seu segundo jogo por esta temporada. Este jogo foi contra o Celtic da Escócia, em partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da UEFA Champions League. Aliás, nesta partida a equipe da Catalunha venceu os escoceses pelo placar de 7-0 com uma ótima atuação de Neymar, pois além de marcar 1 dos 7 gols da partida, o camisa 11 deu 4 passes para gol, assistências, num único jogo, sendo o primeiro jogador a atingir esta marca em uma única partida na Liga dos Campeões da Europa.

Neymar encerrou o ano de 2016 marcando menos gols do que nas temporadas anteriores com a camisa do Barcelona, porém, pela segunda temporada seguinte ele estava entre os 5 maiores “assistentes” do campeonato espanhol.

Em 01/02/2017, após uma atuação “apagada” no jogo da primeira semifinal contra o Atlético de Madrid. Não obstante, 3 dias após este jogo, o brasileiro logo se redimiu na vitória por 3-0 sobre o Athletic Bilbao, em partida válida pela vigésima primeira rodada da La Liga. Em 11/02/2017, Neymar marcou um dos 6 gols da goleada da equipe catalã sobre o Deportivo Alavés pelo placar de 6-0 e em decorrência disso, ele superou uma marca que pertencia a Ronaldinho Gaúcho e chegou a marca de 95 gols pela equipe blaugrana, tornando-se o terceiro brasileiro a marcar mais gols pelo clube catalão, atrás apenas de Rivaldo e Evaristo.

Antes do jogo da volta pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões no dia 8 de março de 2017, o Barcelona havia perdido o jogo da ida pelo placar de 4-0 e todos sabiam que seria difícil reverter tal vantagem e o Neymar e os demais jogadores do Barcelona provaram que era possível reverter uma vantagem de 4 gols de diferença.

O camisa 11 do Barça foi o autor de 2 dos 6 gols da vitória no Camp Nou e também proveu uma assistência para Sergi Roberto determinar o resultado desta partida, triunfo do Barcelona pelo placar de 6-1 sobre o Paris Saint-Germain, em outras palavras, uma virada histórica.

Esta não era a primeira vez que o brasileiro era decisivo diante da equipe francesa. Coincidentemente, o atual clube de Neymar da Silva Santos Júnior. Em 02/04/2017, o camisa 11 do Barcelona marcou o seu gol de número 100 com a camisa do clube catalão em jogo válido pela vigésima nona rodada do campeonato espanhol na vitória por 4-1 sobre o Granada e também vale ressaltar que nesta mesma partida o Neymar proveu mais uma assistência.

Em 27/05/2017, a equipe blaugrana chegava a mais uma final da Copa do Rei e o adversário era o Deportivo Alavés, neste jogo o brasileiro marcou o seu gol de número 105 com a camisa da equipe da Catalunha, também vale destacar que este foi o seu último gol com a camisa do Barcelona em partidas oficiais. A despedida de Neymar pelo clube catalão foi no dia 29 de julho de 2017, em partida válida pela International Champions Cup de 2017.

Números de Neymar na sua quarta e última temporada no Barcelona: disputou 45 partidas; fez 20 gols, dos quais 13 foram pela La Liga, 4 pela UEFA Champions League e 3 pela Copa do Rei; proveu 27 assistências pela segunda vez consecutiva; levou 15 cartões amarelos; levou 1 cartão vermelho e esteve em campo por 3972 na temporada 2016-17.

Títulos que conquistou com o Barcelona: UEFA Champions League 2014-15; Mundial Interclubes 2015; Supercopa da UEFA 2015; La Liga 2014-15, 2015-16 e Copa do Rei 2014-15, 2015-16 e 2016-17.

O vídeo abaixo mostra todos os gols de Neymar enquanto ele defendia o Barcelona.

Paris Saint-Germain

2017-18

Neymar era oficialmente anunciado como jogador do PSG.

Em 03/08/2017, Neymar era oficialmente anunciado como jogador do Paris Saint-Germain, que teve de desembolsar 222 milhões de euros (o equivalente a cerca de 821 milhões de reais) para ter o brasileiro em definitivo.

O camisa 10 do Paris Saint-Germain antes da chegada de Neymar era o meio-campo argentino Javier Pastore, contudo, o argentino cedeu a camisa 10 a ele como ato de boas-vindas.

O brasileiro foi oficialmente apresentado no clube francês assinando contrato até junho de 2022 e atualmente conta com um salário de 12 milhões de reais por mês segundo o site UOL Esporte. Além disso, Neymar foi apresentado no estádio Parc des Princes no dia 5 de agosto, diante de um público de 40 mil pessoas antes do jogo entre PSG e o Amiens, válido pela primeira rodada da Ligue 1 (campeonato francês).

Os primeiros passos de Neymar no Paris Saint-Germain> O brasileiro estreou pelo seu novo clube em 13/08/2017, em jogo válido pela segunda rodada do campeonato francês da temporada 2017-18, contra o Guingamp no Stade du Roudourou, Neymar deu um passe para Edinson Cavani abrir o placar da partida e fechou o placar ao fazer um gol com o passe do uruguaio (Cavani), marcando o seu primeiro gol com a camisa do Paris Saint-Germain e fechando a vitória por 3-0 sobre o Guingamp.

Na rodada seguinte da Ligue 1, jogando pela primeira vez no Parc des Princes como jogador do PSG contra o Toulouse, Neymar fez uma ótima partida e além diss, marcou 2 dos na vitória do Paris Saint-Germain por 6-2 sobre o Toulouse. Em 08/09/2017, o brasileiro e o uruguaio, juntamente com a mais nova aquisição do Paris Saint Germain (Kylian Mbappé), passaram a formar um trio que ficaria conhecido como trio”MCN”.

Kylian Mbappé, Edinson Cavani e Neymar. Em outras palavras, trio MCN.

Em 22/11/2017, Neymar se igualou a Rivaldo entre os jogadores brasileiros com mais gols marcados pela UEFA Champions League. Ele atingiu esta marca ao fazer 2 gols na vitória do Paris Saint-Germain sobre o Celtic da Escócia, ao qual o PSG venceu pelo placar de 7-1.

Em 17/01/2018, o brasileiro fez o seu primeiro hat-trick com a camisa do clube parisiense em jogo válido pela vigésima primeira rodada da Ligue 1, na vitória por 8-0 sobre o Dijon, pois do 8 gols da partida ele foi autor de 4 deles e também deu passes para outros 2 gols da partida, de Di María e Mbappé.

Em 27/01/2018, Neymar teve outra grande atuação com a camisa do PSG no triunfo por 4-0 sobre o Montpellier em que o brasileiro assumiu a vice-artilharia da Ligue 1 ao marcar 2 dos 4 gols deste jogo. Recentemente, em 03/02/2018, véspera do seu vigésimo sexto aniversário, Neymar fez o seu gol de número 350 na carreira, na vitória do Paris Saint-Germain sobre o Lille, partida na qual o clube parisiense venceu pelo placar de 3-0.

Números de Neymar na sua primeira temporada no PSG até este momento: disputou 26 partidas; fez 27 gols, dos quais só 18 foram pela Ligue 1, 6 pela UEFA Champions League, 2 pela Copa da França e 1 pela Copa da Liga Francesa; proveu 16 assistências; levou 5 cartões amarelos; levou 1 cartão vermelho e esteve em campo por 2337 minutos até aqui.

O vídeo abaixo mostra os melhores lances de Neymar no seu novo clube, o Paris Saint-Germain.

Brasil

O Desempenho de Neymar na Seleção Brasileira

Categorias de base da Seleção brasileira (sub-17, sub-20 e sub-23)

Antes de chegar a Seleção Principal, Neymar também defendeu o seu país nas seleções de base. A primeira vez que vestiu a “amarelinha” foi no ano de 2009, quando defendeu a Seleção na Copa do mundo FIFA sub-17 de 2009, porém, o Brasil caiu no grupo da Seleção que viria a ser a campeã deste torneio (Suíça) e assim sendo, caiu na fase de grupos deste mundial, mas apesar disso, a “joia” santista marcou um gol na partida de estreia contra o Japão, jogo no qual o Brasil venceu o Japão por 3-2. Por outro lado, jogando pelo sub-20, obteve resultados melhores. Neymar fazia parte do elenco campeão do Campeonato sul-americano sub-20 de 2011, resultado que classificou a Seleção brasileira para as Olimpíadas de Londres 2012.

Não obstante, na primeira partida do Sul-americano sub-20, Neymar marcou os 4 gols da vitória do Brasil sobre o Paraguai pelo placar de 4-2. Ao fim do Sul-americano, foi o artilheiro da competição com 9 gols marcados.

Posteriormente conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de Londres em 2012, mas em 2016, jogando as Olimpíadas do Rio de Janeiro, ajudou o seu país a conquistar algo que nem mesmo Pelé e tantos outros grandes ex-jogadores do Brasil conquistaram, a medalha de ouro.

Seleção Principal

Antes do início da Copa do mundo FIFA de 2010 havia uma “pressão pública” que exigia que Dunga convocasse para aquela Copa, os 2 “meninos da Vila”, Neymar e Paulo Henrique Ganso, mas mesmo assim Carlos Caetano Bledorn Verri (Dunga) não cedeu a esta pressão e por conseguinte o Brasil caiu nas quartas-de-final diante da Holanda.

Após a eliminação da Seleção brasileira na Copa de 2010 a palavra de ordem da CBF era “renovação” e com a escolha de Mano Menezes como técnico da Seleção esse processo se iniciou e em 26/07/2010 pela primeira vez na sua carreira, Neymar era convocado para a Seleção Principal.

A convocação era para o amistoso contra os Estados Unidos, na Nova Jersey e em 10/08/2010, Neymar começava a construir a sua história pela Seleção brasileira ao marcar o primeiro gol da vitória por 2-0 sobre a seleção norte-americana.

O vídeo abaixo mostra a estreia de Neymar pela Seleção Principal de seu país, Brasil.

Após ficar de fora da convocação seguinte devido a um atrito com Dorival Júnior, técnico do Santos naquela época, foi chamado novamente pela Seleção em 29/10/2010, para outro amistoso, desta vez contra a Argentina, amistoso que o Brasil por 1-0.

Em 01/03/2011 deu a seguinte declaração: “estar na Seleção brasileira é um privilégio, conta com grandes jogadores e eu estou feliz de estar entre eles”. Em 27/03/2011, em amistoso contra a Escócia, Neymar teve a sua melhor atuação com a “amarelinha” até aquele momento ao marcar os 2 gols da vitória por 2-0 sobre a Escócia, um deles de pênalti, sofrido por ele mesmo.

Copa América 2011

Em 08/06/2011, Mano Menezes anunciou a lista de convocação do Brasil para a Copa América 2011 e o nome de Neymar estava nesta lista, em outras palavras, ele disputaria a sua primeira competição pela Seleção Principal. Neymar chegou à Argentina, sede da Copa América 2011, como um dos principais protagonistas da Seleção “canarinho”.

Nos 2 primeiros jogos deste torneio, diante das seleções da Venezuela e Paraguai respectivamente, o jovem que se destacou pela Libertadores 2011 e pelo Sul-americano sub-20, teve um desempenho inicial abaixo das expectativas, porém, no último jogo da fase de grupos da Copa América 2011, ele fez 2 dos 4 gols do Brasil na vitória sobre o Equador pelo placar de 4-2. O adversário das quartas-de-final da Copa América era uma Seleção que a Seleção brasileira já havia enfrentado na fase de grupos, o Paraguai.

Após o empate em 0-0 no tempo regulamentar e na prorrogação, o Brasil foi eliminado pelo Paraguai na disputa de pênaltis.

Desempenho de Neymar na Copa América 2011: disputou 4 partidas; fez 2 gols; não levou nenhum cartão e esteve em campo por 331 minutos nesta Copa América.

Neymar foi convocado para as partidas do Superclássico das Américas 2011, os jogos foram realizados nos dias 14 e 28 de setembro de 2011, contra a Argentina. O resultado do primeiro jogo foi um empate em 0-0, mas no segundo, o Brasil venceu a seleção alviceleste pelo placar de 2-0 sendo que o jovem de 19 anos, marcou o segundo gol da partida e este foi o primeiro título que Neymar conquistou vestindo a camisa da Seleção de seu país.

Olimpíadas Londres 2012

Em 11/05/2012, Neymar foi convocado para disputar as Olimpíadas de Londres e no aquecimento para esta competição a Seleção brasileira enfrentou a Seleção do Reino Unido em 20/07/2012, amistoso no qual o Brasil venceu a seleção britânica pelo placar de 2-0. Neymar teve participação direta nesses gols, pois converteu uma cobrança de pênalti e deu um passe para gol.

A estreia da Seleção brasileira de futebol nas Olimpíadas de Londres foi no dia 26 de julho de 2012 contra o Egito, jogo no qual Neymar marcou um dos 3 gols na vitória por 3-2 sobre os egípcios. Na partida seguinte o adversário do Brasil era a seleção do Belarus, neste jogo o jovem Ney teve uma atuação impecável na qual fez um dos 3 gols da vitória e também proveu duas assistências para os companheiros marcarem os outros 2 gols.

Em 05/08/2012, num confronto válido pelas quartas-de-final da Olimpíadas contra a seleção de Honduras, Neymar converteu uma cobrança de pênalti e deu um passe para Leandro Damião fazer outro gol no triunfo por 3-2 sobre os hondurenhos. Em 11/08/2012 o Brasil disputou a final das Olimpíadas Londres 2012 contra o México no estádio mais popular do Reino Unido, Wembley, mas desta vez, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 2-1 e assim, teve de se contentar com a medalha de prata.

Ainda falando sobre o ano de 2012, Neymar marcou o seu primeiro hat-trick com a camisa da seleção “canarinho” no dia 10 de setembro em um amistoso contra a China, nesta partida ele fez 3 dos 8 gols da vitória do Brasil sobre os chineses pelo placar de 8-0. Em 19/09/2012, Neymar marcou um dos gols da vitória de 2-1 sobre a Argentina e também proveu uma assistência para o outro gol da seleção brasileira e em decorrência disso, o Brasil se sagrava campeão do Superclássico das Américas 2012.

Desempenho de Neymar nas Olimpíadas Londres 2012: disputou 6 jogos; fez 3 gols; proveu 4 assistências; não levou nenhum cartão e esteve em campo por 526 minutos nesta edição das Olimpíadas.

Copa das Confederações de 2013

Como era de se esperar, o novo técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, convocou o Neymar para a disputa da Copa das Confederações de 2013. A outra novidade é que esta era a primeira vez que Ney ia vestir a camisa de número 10 da Seleção “canarinho”, antes utilizada por Oscar, ao invés da camisa 11. O primeiro gol da Copa das Confederações de 2013 foi marcado por Neymar na vitória brasileira por 3-0 sobre o Japão.

Vale ressaltar que este gol do mais novo camisa 10 do Brasil foi indicado ao Prêmio Puskás. Neymar voltou a ser destaque no confronto contra o México no qual marcou o primeiro gol da partida e depois deu o passe para o gol de Jô para dar números finais ao jogo: triunfo da seleção brasileira sobre o México pelo placar de 2-0 e como consequência, o Brasil se classificava para a fase final desta edição da Copa das Confederações.

Desta vez, o Brasil teria pela frente a Seleção da Itália e mais uma vez, pela terceira vez seguida, Neymar foi eleito o melhor jogador em campo na vitória da Seleção “canarinho” por 4-2 sobre os italianos, pois o camisa 10 marcou um belo gol de falta nesta partida. Esta vitória fez com que o Brasil se classificasse na primeira colocação do grupo A e assim, depois de passar pelo Uruguai na semifinal, a seleção brasileira teria pela frente a campeã da última Copa do Mundo e também a atual campeão da Eurocopa, a Espanha. Na final contra a seleção espanhola, Neymar foi eleito novamente o melhor jogador em campo, jogo no qual marcou 1 dos 3 gols da vitória brasileira de 3-0 sobre a Espanha. Ao fim desta competição, Neymar terminou a Copa das Confederações de 2013 como o vice-artilheiro e também foi eleito o melhor jogador da competição (Bola de Ouro).

Desempenho de Neymar na Copa das Confederações de 2013: disputou 5 partidas; fez 4 gols; proveu 4 assistências; levou 1 cartão amarelo e esteve em campo por 411 minutos nesta Copa das Confederações.

Copa do Mundo FIFA de 2014

Antes do início da Copa do mundo FIFA de 2014, mais precisamente no dia 5 de março de 2014, Neymar marcou mais um hat-trick com a camisa da Seleção brasileira em amistoso contra a África do Sul em Joanesburgo. Porém, o que mais chamou a atenção nesta partida foi a conduta de Neymar, pois com uma atitude simples ele marcou a vida de Ayo Dosumu de 7 anos de idade naquela época. Enquanto o menino corria em campo após o apito final, os seguranças já se preparavam para tirá-lo de lá, mas o camisa 10 pediu para deixá-lo, pegou o garoto no colo e o levou para o centro do gramado, com outros jogadores. Tirou foto com o garoto fazendo pose. Depois, o menino ainda foi levantado por todos os jogadores como um troféu.

Em 07/05/2014, Felipão anunciou a lista de jogadores convocados para a Copa do Mundo FIFA de 2014 onde o Brasil disputaria a Copa como país sede e indubitavelmente, Ney estava nesta lista. Em 12/06/2014, na partida de abertura da Copa do mundo disputada na Arena Corinthians contra a Seleção da Croácia, Neymar foi de suma importância, pois fez os 2 gols da virada por 3-1 e além disso, foi eleito o melhor jogador da partida. Na terceira e última partida na fase de grupos desta competição, o camisa 10 voltou a fazer 2 gols num único jogo, contra a Seleção de Camarões e novamente, Neymar foi eleito o melhor jogador da partida. Classificado para a fase de mata-mata da Copa do Mundo FIFA de 2014, o Brasil teria pela frente um adversário que Luiz Felipe Scolari não queria enfrentar, o Chile. Muito bem marcado em campo, Neymar teve uma atuação discreta, porém, mesmo com o jogo terminando empatado em 1-1 e em decorrência disso, a partida ter sido decidida nos pênaltis, o camisa 10 foi decisivo de novo, pois converteu a última cobrança de pênalti que classificou a seleção brasileira para a fase seguinte. O adversário do Brasil nas quartas-de-final era outra Seleção sul-americana, a Colômbia. Apesar da vitória por 2-1 da seleção brasileira esta partida ficou marcada por um baque, Neymar saiu lesionado de campo após uma entrada dura do colombiano Zúñiga. Esse acontecimento chocou o país e também os companheiros de seleção brasileira e sem o seu principal craque, a Copa do mundo acabou para o Brasil após este ocorrido, pois na partida seguinte, sem o Neymar, o Brasil era eliminado de forma vexatória pela Seleção da Alemanha. A Seleção brasileira terminou a Copa do Mundo FIFA de 2014 em quarto lugar.

Marcelo e Neymar
Neymar após a entrada de Zúñiga. A lesão mais grave da carreira do camisa 10.

Desempenho de Neymar na Copa do mundo FIFA de 2014: disputou 5 partidas; fez 4 gols; proveu uma assistência; levou 1 cartão amarelo e esteve em campo por 357 minutos nesta Copa do mundo.

Copa América 2015

Após ficar em quarto lugar na Copa do Mundo FIFA de 2014, Luiz Felipe Scolari não era mais o treinador da Seleção brasileira e com isso, quem reassume este cargo é Carlos Caetano Bledorn Verri, Dunga. Logo, o novo técnico decidiu fazer de Neymar o capitão da Seleção brasileira. Em 14/10/2014, pela primeira vez na sua carreira, em um amistoso, o camisa 10 fez os 4 gols da vitória do Brasil por 4-0 sobre a Seleção do Japão. Aos 22 anos de idade, Neymar atingiu mais um feito, marcar 40 gols em 58 partidas com a camisa da Seleção brasileira e assim, se tornou o quinto maior goleador pela Seleção de seu país.

Em 14/06/2015, o Brasil estreava pela Copa América 2015 no Chile e logo na primeira partida nesta competição, o camisa 10 e agora capitão da Seleção brasileira, novamente se destacou com a “amarelinha”: Neymar marcou um gol e deu um passe para Douglas Costa marcar no fim do jogo e garantir a vitória sobre o Peru por 2-1. Na segunda partida da Copa América 2015, derrota para a Colômbia por 1-0 e após o apito final o camisa 10 foi expulso e ainda por cima, a CONMEBOL puniu Neymar com 4 jogos de suspensão.

Em outras palavras, mesmo que o Brasil chegasse a final da Copa América não ia poder contar com o seu principal jogador e sem poder contar com o camisa 10, mais uma vez a Seleção brasileira foi eliminada nas quartas-de-final desta competição e coincidentemente, mais uma vez eliminada pelo Paraguai e assim como ocorreu na Copa América 2011, o Brasil caiu nos pênaltis.

Ainda em 2015, a Seleção brasileira teve de iniciar as Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018 sem o seu principal atleta, Neymar. Por qual motivo a seleção “canarinho” não pôde contar com ele? Em razão da suspensão imposta pela CONMEBOL na expulsão contra a Colômbia na segunda rodada da fase de grupos da Copa América 2015 e assim sendo, o camisa 10 só voltou a atuar pela Seleção brasileira em 14/11/2015 no empate em 1-1 com a Seleção da Argentina.

Desempenho de Neymar na Copa América 2015: disputou 2 partidas; fez 1 gol; proveu uma assistência; levou 2 cartões amarelos; levou 1 cartão vermelho e esteve em campo por 180 minutos nesta Copa América.

Olimpíadas Rio de Janeiro 2016 

A CBF tentou contar com Neymar não somente nas Olimpíadas do Rio, mas também para a disputa da Copa América Centenário, porém, o Barcelona só o liberou para as Olimpíadas. Sem poder contar com Neymar, o Brasil teve uma campanha pífia nesta Copa América, sendo eliminado ainda na fase de grupos desta competição após uma derrota por 1-0 para a Seleção do Peru. Esta eliminação precoce causou a demissão de Dunga do cargo de técnico da Seleção brasileira.

Apesar de ter sido convocado para a Seleção Olímpica, Neymar tinha 24 anos de idade, mas vale ressaltar que todas as seleções que disputam as Olimpíadas podem convocar no máximo 3 atletas acima dos 23 anos. Rogério Micale, técnico das seleções de base do Brasil deu a braçadeira de capitão para o camisa 10.

Durante a disputa das Olimpíadas, Neymar teve 2 jogos “apagados” nos empates diante das Seleções da África do Sul e do Iraque, o que gerou muitas críticas por parte da imprensa e da torcida, pois naquele momento a seleção brasileira corria o risco de ser eliminada na fase de grupos desta competição e assim sendo, jogadores como o próprio Neymar, Gabriel Barbosa (Gabigol), Gabriel Jesus e Luan trataram de responder aos críticos com uma vitória por 4-0 sobre a Seleção da Dinamarca. Com este triunfo o Brasil garantiu a sua classificação para a próxima fase da competição.

Na fase de mata-mata das Olimpíadas, a Seleção brasileira tinha pela frente a Colômbia e neste jogo, Neymar marcou 1 dos 2 gols da vitória do Brasil por 2-0 sobre os colombianos. Na fase seguinte a Seleção brasileira tinha pela frente a Honduras e mais uma vez o camisa 10 foi um dos destaques da partida ao marcar o primeiro e o último gol da goleada de 6-0 sobre os hondurenhos.

Na final, diante da Alemanha, Neymar marcou mais um gol em uma cobrança de falta e assim, inaugurou o placar, mas Max Meyer empatou a partida para os alemães e após a insistência do empate em 1-1 nos 90 minutos. A partida foi para a prorrogação, porém, ainda assim o empate persistia e esta final teve de ser decidida nos pênaltis. Na última cobrança o camisa 10 converteu e consequentemente o Brasil conquistou pela primeira vez na sua história o “tão sonhado” ouro olímpico.

Desempenho de Neymar nas Olimpíadas Rio de Janeiro 2016: disputou 6 partidas; fez 4 gols; proveu 3 assistências; levou 1 cartão amarelo e esteve em campo por 570 minutos nesta edição das Olimpíadas.

 Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018

Após um início ruim nas Eliminatórias, o que coincidia com a suspensão de Neymar, o Brasil finalmente se acertou após a chegada de Adenor Leonardo Bachi, Tite. Indubitavelmente, a chegada de Tite fez bem à Seleção brasileira e também fez muito bem a Neymar, pois diante da Seleção do Equador, primeira partida na era Tite, o camisa 10 marcou o seu primeiro gol nas Eliminatórias e proveu uma assistência na vitória por 3-0 sobre os equatorianos e assim, Neymar voltou a viver grande fase com a “amarelinha”.

Na segunda partida, o camisas 10 foi fundamental no triunfo sobre a Seleção da Colômbia por 2-1 com gol e assistência. Em 07/10/2016, Neymar teve mais uma grande atuação com a camisa da Seleção brasileira ao marcar 1 dos 5 gols diante da Bolívia, além de prover duas assistências na vitória por 5-0 sobre os bolivianos. Em 11/11/2016, o confronto era contra a Seleção da Argentina e o camisa 10 teve uma de suas melhores atuações com a “amarelinha”, pois neste confronto contra os argentinos, Neymar fez um gol e deu um passe para outro gol na vitória por 3-0 sobre a Argentina.

Em 24/03/2017, o camisa 10 da Seleção brasileira foi um dos destaques na goleada por 4-1 sobre o Uruguai com um gol e uma assistência. Em 28/03/2017, Neymar marcou mais um dos seus 6 gols pelas Eliminatórias e desta vez marcou um dos gols do triunfo brasileiro por 3-0 sobre a Seleção do Paraguai e após esta vitória a Seleção brasileira era a primeira a se classificar para a Copa do mundo FIFA de 2018. Ao final das Eliminatórias, Neymar foi o terceiro maior goleador com 6 gols marcados, atrás apenas do seu companheiro de PSG, Edinson Cavani da Seleção do Uruguai com 9 gols e Felipe Caicedo da Seleção do Equador com 7 gols.

Desempenho de Neymar nas Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018: disputou 14 partidas; fez 6 gols; proveu 9 assistências; levou 6 cartões amarelos e esteve em campo por 1233 minutos nestas Eliminatórias para a Copa do mundo.

Títulos que Neymar conquistou pela Seleção Brasileira: Campeonato Sul-americano sub-20 2011; Superclássico das Américas 2011, 2012 e 2014; Medalha de Prata nas Olimpíadas de Londres 2012; Copa das Confederações 2013 e Medalha de Ouro nas Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016.

O vídeo abaixo mostra 50 dos 53 gols de Neymar pela Seleção Principal do Brasil.

 

Prêmios individuais conquistados por Neymar:

  • Revelação do Campeonato Paulista: 2009

  • Melhor jogador do Campeonato Paulista2010

  • Melhor segundo atacante do Campeonato Paulista2010, 20112012 e 2013

  • Melhor jogador da Copa Libertadores da América: 2011

  • Bola de Ouro da Revista Placar: 2011

  • Bola de Prata da Revista Placar: 2010 e 2011

  • Bola de Prata Hors Concours da Revista Placar: 2012

  • Chuteira de Ouro da Revista Placar: 2010, 2011 e 2012

  • Prêmio Arthur Friedenreich2010 e 2012

  • Troféu Armando Nogueira: 2011 e 2012

  • Melhor jogador do Campeonato Brasileiro pelo Prêmio Craque do Brasileirão2011

  • Melhor segundo atacante do Campeonato Brasileiro pelo Prêmio Craque do Brasileirão20102011 e 2012

  • Melhor segundo atacante do Campeonato Brasileiro pelo Troféu Mesa Redonda: 2010 e 2011

  • Melhor jogador do Campeonato Sul-Americano de Futebol Sub-202011

  • Terceiro melhor jogador do Mundial de Clubes da FIFA2011

  • Melhor jogador das Américas pelo jornal uruguaio El País: 2011

  • Melhor jogador jovem do mundo pela revista World Soccer: 2011

  • Prêmio FIFA Ferenc Puskás: 2011

  • Seleção da Copa Libertadores2012

  • Melhor jogador da Recopa Sul-Americana2012

  • Melhor jogador da Copa das Confederações2013

  • Melhor jogador da partida da Copa do Mundo de 2014: Brasil 3×1 Croácia, Brasil 4×1 Camarões

  • Seleção da Copa do Mundo FIFA: 2014

  • Samba de Ouro: 2014, 2015. 2017

  • Melhor jogador americano da La Liga de 2014–15

  • Time do Ano da UEFA: 2015

  • FIFPro World XI: 2015, 2017

  • Terceiro melhor jogador do mundo pela FIFA Ballon d’Or2015

  • 5º melhor jogador do ano de 2016 (The Guardian)

  • 6º melhor jogador do ano de 2016 (Marca)

Considerações finais

Portanto pode-se concluir que Neymar já é uma realidade e além de ser goleador, o camisa 10 da Seleção brasileira e do PSG também é “garçom”, pois, consegue deixar os companheiros de clube e de Seleção em condições de fazer os seus gols e assim sendo, já foi o jogador com o maior número de assistências nas seguintes competições: Copa Libertadores da América 2012, Copa do Rei da Espanha 2014-15, Mundial Interclubes de 2015 e a Liga dos Campeões da Europa nas temporadas 2015-16 e 2016-17. Mesmo que Neymar não ganhe o Prêmio FIFA Ballon d’Or (prêmio de melhor jogador do mundo) de 2017, será apenas uma questão de tempo para que ele conquiste este prêmio e ele também conquistará títulos tanto pelo PSG quanto pela Seleção brasileira.

E vocês? Também acham que num futuro próximo Neymar será eleito o melhor jogador do mundo?

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui