Quando cita-se um dos melhores centroavantes da atualidade que joga em uma das 5 maiores ligas do futebol europeu, o nome do eficiente centroavante do Paris Saint-Germain e da seleção do UruguaiEdinson Cavani, deve ser levado em conta.

Edinson Roberto Cavani Gómez nasceu em 14/02/1987 na cidade de Salto, Uruguai. Proveniente de uma família de futebolistas, tais como o seu pai, Luís “Gringo” Cavani e o seu irmão mais velho, Walter Guglielmone que chegou a jogar pelo Pelotas-RS em 2012. Cavani deixou a cidade de Salto aos 15 anos de idade e ingressou nas categorias de base do Danubio Fútbol Club de Montevidéu, capital do Uruguai. Porém, o que mais se sabe sobre a carreira deste centroavante uruguaio? Por quais clubes ele jogou? Quais feitos ele atingiu ao longo de sua carreira profissional?

 

A Carreira e os Números de Cavani nos clubes em que jogou

 

Danubio

Cavani celebrando um dos gols que fez enquanto defendia o Danubio.

O que se sabe sobre o início da carreira profissional de Edinson Cavani é que ele jogou nas divisões de base do Danubio até 2005 e estreou pela equipe profissional do mesmo no ano seguinte, mais precisamente no dia 9 de abril de 2006.

Cavani fez parte do elenco vencedor do Campeonato Apertura 2006-07 e logo na sua primeira temporada com a camisa do Danubio ele marcou 7 gols, sendo que ele fez os seus primeiros gols pela equipe principal em 21 de maio de 2006 diante do Liverpool Fútbol Club de Montevidéu.

Após boas atuações pelo Danubio e pela Seleção sub-20 do Uruguai, houve rumores de uma possível transferência para os seguintes clubes: Milan, Juventus e Boca Juniors. Porém, o clube que o contratou foi o Palermo da Itália.

  • Números de Cavani na sua 1ª Temporada no Danubio
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2005-06
15 *7 2 ? ? ?

Pd – Partidas disputadas; Gm – Gols marcados; A – Assistências; CA – Cartões amarelos; CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

* 7 gols dos quais 4 foram pelo Clausura e 3 pela Copa Artigas

  • Números de Cavani na sua 2ª e última Temporada no Danubio
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2006-07
15 *5 2 ? ? ?

* Gols válidos pelo Apertura

Títulos que conquistou no Danubio

  • Campeonato Uruguaio 2006-07
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols que Cavani marcou com a camisa do Danubio
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 13 de outubro de 2013 por Fabri Perez

Palermo

2006-07

Como foi dito anteriormente, Cavani despertou o interesse de grandes clubes europeus, tais como Juventus e Milan. Entretanto, em 29/01/2007, o presidente do Palermo, Maurizio Zamparini, anunciou a assinatura do uruguaio de 19 anos de idade e em 31/01/2007 a proposta foi oficialmente confirmada e Edinson Cavani foi contratado pelo valor de 4.475 milhões de euros (o equivalente a 18 milhões e 700 mil reais).

A estreia do jovem uruguaio com a camisa do Palermo ocorreu no dia 11 de março de 2007, em partida válida pela 28ª rodada do campeonato italiano. Cavani entrou aos 10 minutos do segundo tempo no lugar de Franco Brienza, até aquele momento o Palermo estava perdendo o jogo pelo placar de 1-0 para a Fiorentina e 17 minutos depois (27 minutos do segundo tempo) o jovem uruguaio salva a sua equipe de uma derrota em casa ao marcar o gol que decretou o resultado da partida, empate em 1-1.

Na rodada seguinte, Cavani ganhou a oportunidade de jogar uma partida do início ao fim, 90 minutos, e novamente o jovem uruguaio mostrou serviço ao inaugurar o placar do jogo contra a Sampdoria aos 8 minutos do segundo tempo, porém, 3 minutos depois, Quagliarella empatou o jogo para os donos da casa e a decretou o resultado do jogo: empate em 1-1. Assim, terminava a primeira temporada de Cavani no futebol italiano.

  • Números de Cavani na sua 1ª Temporada no Palermo
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2006-07
7 *2 2 3 454

* Gols válidos pela Serie A

2007-08

Na sua segunda temporada vestindo a camisa do Palermo, Cavani disputou vaga entre os titulares com os seguintes jogadores: Fabrizio Miccoli e Amauri (nasceu no Brasil, mas se naturalizou italiano). Era raro o jovem uruguaio começar jogando ou jogar uma partida durante os 90 minutos devido a fase de Amauri, que terminou a temporada 2007-08 como o artilheiro do clube “Rosanero” (Palermo).

Os únicos jogos que Cavani jogou durante os 90 minutos foram diante de Livorno, Genoa, Fiorentina, Cagliari e Siena pela Serie A, inclusive, ele marcou 2 gols dentre estas 5 partidas nas quais o jovem uruguaio começou como titular, um jogo pela Copa da Itália contra a Udinese e 2 jogos contra o Mladá Boleslav da República Tcheca pela Copa da UEFA, competição atualmente conhecida como UEFA Europa League.

Assim, terminava a temporada 2007-08 para Cavani, se compararmos sua média de gols desta temporada com a passada, nota-se que a média de gols do uruguaio caiu de 0,29 para 0,14, mas vale ressaltar que em 30/05/2008, foi anunciada a transferência de Amauri para a Juventus e com isso o jovem uruguaio passou a ter mais chances de “cavar” uma vaga entre os titulares.

  • Números de Cavani na sua 2ª Temporada no Palermo
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2007-08
37 *5 1 3 2135

* Gols válidos pela Serie A

2008-09

Em virtude da saída de Amauri, Cavani finalmente passa a ser o centroavante titular do clube rosanero e assim sendo, passou a formar dupla de ataque com Fabrizio Miccoli e juntos, os 2 foram responsáveis por 28 dos 57 gols marcados pela equipe do Palermo na Serie A. Devido à sua compostura na frente do gol, Cavani ganhou um novo apelido, “El Matador”.

Inclusive, pela primeira vez na carreira desde que foi contratado pelo Palermo, o jovem uruguaio fez 2 gols em uma única partida em 15 de março de 2009, em partida válida pela 28ª rodada do campeonato italiano na vitória por 5-2 sobre o Lecce. Isso sem contar que as boas atuações fizeram com que Edinson Cavani passasse a ser convocado para a seleção principal do Uruguai.

  • Números de Cavani na sua 3ª Temporada no Palermo
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2008-09
36 *15 3 2 3145

* 15 gols dos quais 14 foram pela Serie A e 1 pela Copa da Itália

2009-10

Cavani seguiu repetindo as boas atuações, continuou marcando gols e a parceria com Fabrizio Miccoli continuava “afinada”, pois ambos foram responsáveis por 32 dos 59 gols marcados pelo clube rosanero na Serie A 2009-10.

Diferentemente da temporada passada onde cada um marcou 14 gols, desta vez o uruguaio fez 13 gols, enquanto Miccoli fez 19 gols. Indubitavelmente, esta foi a melhor temporada do Palermo nos últimos anos porque o clube teve chances de se classificar para a UEFA Champions League (Liga dos Campeões), no entanto, não se classificaram para esta competição, mas em compensação, o clube rosanero conseguiu se classificar para a Copa da UEFA 2010-11.

Vale ressaltar que Cavani repetiu o feito de fazer 2 gols em uma única partida, desta vez o fez em 16 de maio de 2010, em jogo válido pela última rodada do campeonato italiano na vitória por 2-1 sobre o Atalanta. A evolução de Cavani despertou o interesse de outro clube italiano, o Napoli. Portanto, esta foi a última temporada de Edinson Cavani pelo Palermo.

  • Números de Cavani na sua 4ª e última Temporada no Palermo
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2009-10
37 *15 2 7 2838

* 15 gols dos quais 13 foram pela Serie A e 2 pela Copa da Itália

  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de Cavani com a camisa do Palermo pela Serie A, Campeonato italiano
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 21 de julho de 2013 por FZisback4football

Napoli

2010-11

Em 17 de julho de 2010, Cavani foi oficialmente anunciado como jogador do Napoli e assim sendo, assinou um contrato de 5 anos. A transferência, no entanto, foi um empréstimo de 5 milhões de euros, mais uma opção/obrigação de compra total por 12 milhões de euros.

Em outras palavras, Cavani custou 17 milhões de euros (o equivalente a 68 milhões de reais) aos cofres do Napoli. A estreia do uruguaio com a camisa do clube napolitano ocorreu no dia 19/08/2010 em partida de ida da rodada de play-off da Europa League 2010-11 diante do Elfsborg da Suécia, mas vale ressaltar que “El Matador” entrou no decorrer do jogo, ao qual o Napoli venceu pelo placar de 1-0, mas no jogo da volta lá na Suécia, partida disputada em 26/08/2010, o uruguaio começou entre os 11 titulares e “mostrou serviço” ao marcar os 2 gols da vitória por 2-0 sobre os suecos.

Com este triunfo a equipe napolitana garantiu vaga na fase de grupos da Europa League daquela temporada. Três dias após esta partida, em 29/08/2010, o Napoli estreava pela Serie A e mais uma vez Cavani provava o seu valor ao marcar o gol da equipe napolitana no empate em 1-1 diante da Fiorentina. Na rodada seguinte o uruguaio marcou mais um gol, o seu primeiro gol diante da torcida napolitana (estádio San Paolo) no empate em 2-2 diante do Bari.

Em 02/12/2010, Cavani marcou o seu primeiro hat-trick – ocorre quando um jogador faz 3 gols ou mais num único jogo – na carreira em partida válida pela fase de grupos da UEFA Europa League diante do Utrecht da Holanda.

Porém, mesmo com os 3 gols do uruguaio, a equipe napolitana e os holandeses empataram em 3-3. Em 15/12/2010, Cavani marcou um gol aos 47 minutos do segundo tempo diante do Steua Bucareste da Romênia, inclusive, este foi o gol da vitória que classificou o Napoli para a fase mata-mata da UEFA Europa League 2010-11.

Em 09 de janeiro de 2011, mais um hat-trick. A “nova vítima” do “El Matador” foi a Juventus, jogo no qual o uruguaio marcou os 3 gols da vitória por 3-0 sobre a “Velha Senhora” (Juventus) em partida válida pela 19ª rodada do campeonato italiano.

O uruguaio gostou de fazer 3 gols em uma única partida e em 30/01/2011 ele repetiu o feito e marcou mais um hat-trick. Desta vez ele marcou os 3 gols da vitória por 4-0 sobre a Sampdoria em partida válida pela 22ª rodada da Serie A.

Em 20/03/2011, o uruguaio fez um dos 2 gols no triunfo por 2-1 sobre o Cagliari em jogo da 30ª rodada da Serie A e como consequência, o Napoli estava na briga pelo título do campeonato italiano, pois ainda restavam 8 rodadas para o término do campeonato e a equipe napolitana estava a apenas 3 pontos atrás do líder, o Milan.

Na rodada seguinte, mais precisamente em 03/04/2011, em jogo válido pela 31ª rodada da Serie A, “El Matador” justificou o apelido e mais uma vez marcou um hat-trick. Desta vez o uruguaio fez 3 gols na vitória por 4-3 sobre o Lazio e em decorrência disso, Cavani se tornou o maior goleador na história do Napoli em uma única temporada, 25 gols pela Serie A.

Em 08/05/2011, pela primeira vez em toda a sua carreira profissional, o uruguaio levou um cartão vermelho na derrota por 2-1 diante do Lecce e como senão bastasse, foi suspenso por duas partidas e como ainda restavam duas rodadas para o término do campeonato italiano, este foi o seu último jogo com a camisa do Napoli na temporada 2010-11.

“El Matador” terminou a seria A como o vice-artilheiro da competição, ficando atrás apenas de Antonio Di Natale da Udinese que marcou 26 gols. Em 19/05/2011, o uruguaio estendeu o seu vínculo com o clube napolitano até o ano de 2016.

  • Números de Cavani na sua 1ª Temporada no Napoli
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2010-11
47 *33 9 8 1 3833

* 33 gols dos quais 26 foram pela Serie A e 7 pela UEFA Europa League

2011-12

Na temporada 2010-11 o Napoli terminou a Serie A em terceiro lugar e como recompensa, conquistou uma vaga para a disputa da UEFA Champions League (Liga dos Campeões 2011-12) e logo na sua estreia pela Liga dos Campeões da Europa, Cavani marcou um gol no empate em 1-1 com o Manchester City em partida disputada em 14/09/2011.

Quatro dias após este jogo, em 18/09/2011, “El Matador” mostrava que os hat-tricks iriam continuar ao marcar os 3 gols da vitória por 3-1 sobre o Milan, em jogo válido pela 3ª rodada do campeonato italiano.

Em 22/11/2011, Cavani marcou os 2 gols da vitória por 2-1 sobre o Manchester City na UEFA Champions League e como consequência, esta vitória fez com que o Napoli, juntamente com o Bayern de Munique da Alemanha, se classificasse para as oitavas-de-final da Liga dos Campeões.

Veja Também!  Narração Online de Vasco x São Paulo Futebol AO VIVO – Campeonato Brasileiro

Em 21/12/2011, Cavani marcou 2 dos 6 gols na vitória por 6-1 da equipe napolitana sobre o Genoa e com isso, o Napoli terminava o ano de 2011, metade da temporada europeia, na 5ª colocação.

Cavani celebrando o gol que marcou na vitória sobre o Chelsea pelas oitavas-de-final da UEFA Champions League.

Nesta temporada, o uruguaio marcou “apenas” um hat-trick, isso ocorreu nas primeiras rodadas do Campeonato Italiano diante da equipe do Milan e apesar de não ter marcado mais de 3 gols nos jogos, em alguns destes, ele conseguia ao menos fazer 2 gols, como na partida diante da Fiorentina no dia 17 de fevereiro de 2012, em jogo válido pela 24ª rodada da Serie A, ao qual o Napoli bateu a Fiorentina pelo placar de 3-0. Em 21/02/2012, o uruguaio foi fundamental na vitória da equipe napolitana por 3-1 sobre o Chelsea em jogo válido pelas oitavas-de-final da UEFA Champions League.

Além de marcar 1 gol nesta partida, ele ainda deu duas assistências para os outros 2 gols do jogo que foram marcados pelo argentino Ezequiel Lavezzi. Porém, no segundo jogo (a partida da volta) em Londres, na Inglaterra, o Chelsea “devolveu” os 3-1 do jogo de ida e na prorrogação conseguiu o que precisava, mais um gol para se classificar para a fase seguinte da Liga dos Campeões.

Após a eliminação da UEFA Champions League, o Napoli voltou a se concentrar na Serie A e “El Matador” voltou a ser decisivo ao marcar 2 gols, desta vez, nos últimos 10 minutos de jogo diante da Udinese, em partida válida pela vigésima oitava rodada do campeonato italiano e estes 2 gols do uruguaio evitaram a derrota do Napoli e assim sendo, o jogo terminou com um empate em 2-2 e com isso, a equipe napolitana ainda tinha chances de se classificar para a Liga dos Campeões 2012-13.

Não obstante, em 21/03/2012, Cavani fez o segundo gol da vitória por 2-0 sobre o Siena em partida válida pela semifinal da Copa Itália e com isso o Napoli garantia a vaga para disputar a final desta competição.

Em 21/04/2012, Cavani celebrou o seu jogo de número 200 pela Serie A ao marcar um dos gols da vitória por 2-0 sobre o Novara em partida válida pela 34ª rodada do campeonato italiano.

O uruguaio ainda fez mais 3 gols nas 3 rodadas seguintes e assim, totalizando 23 gols no campeonato, encerrou a Serie A como o terceiro maior goleador, ficando atrás apenas de Zlatan Ibrahimovic do Milan com 28 gols e de Diego Milito da Internazionale com 24 gols. Apesar de não ter conseguido a vaga para a UEFA Champions League, o Napoli ainda tinha uma disputa em jogo nesta temporada: o título da Copa Itália. Em 20/05/2012, a equipe napolitana conquistou o título desta competição ao bater a Juventus pelo placar de 2-0 e o autor do primeiro gol desta conquista, foi “El Matador”, Edinson Cavani.

  • Números de Cavani na sua 2ª Temporada no Napoli
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2011-12
48 *33 6 7 4064

* 33 gols dos quais 23 foram pela Seria A, 5 pela UEFA Champions League e 5 pela Copa da Itália

2012-13

Por ser o atual campeão da Copa da Itália, automaticamente, o Napoli disputaria a Supercopa da Itália que é uma competição anual na qual o campeão da Serie A enfrenta o campeão da Copa Itália, em outras palavras, o clube napolitano teria de enfrentar a Juventus.

Como de costume, Cavani mostrou ser decisivo novamente e inaugurou o placar, porém, isso não foi o suficiente e após 120 minutos de jogo, o Napoli perdeu a decisão pelo placar de 4-2. Em 26/08/2012, o uruguaio fez o seu primeiro gol pela serie A na temporada 2012-13, em jogo válido pela 1ª rodada do campeonato italiano, ao marcar um dos 3 gols da vitória por 3-0 sobre o seu ex-clube, o Palermo.

Um mês depois, mais precisamente em 26/09/2012, em partida válida pela 5ª rodada da Serie A, “El Matador” voltou a marcar hat-tricks e a vítima do uruguaio foi a Lazio, Cavani marcou os 3 gols na vitória por 3-0 sobre a equipe “biancocelesti”, Lazio. Com mais uma vitória, o Napoli começava a Serie A com uma invencibilidade de 5 jogos.

Em 08/11/2012, pela primeira vez na sua carreira, Cavani fez 4 gols numa única partida, jogo válido pela fase de grupos da Europa League 2012-13, ao qual o uruguaio fez todos os gols da sua equipe na vitória por 4-2 sobre o Dnipro Dnipropetrovsk da Ucrânia.

Em 22/11/2012, o uruguaio voltou a ser a “salvação” do clube napolitano, ao marcar um gol aos 49 minutos do segundo tempo diante do AIK da Suécia e como recompensa, o Napoli estava classificado para a fase seguinte da UEFA Europa League.

Em 06 de janeiro de 2013, Cavani marcava mais um hat-trick. Desta vez, em partida válida pela 19ª  rodada do campeonato italiano diante da Roma. “El Matador” fez 3 dos 4 gols do triunfo por 4-1 sobre a Roma.

Ainda pela temporada 2012-13, Cavani marcou mais um hat-trick no dia 05/05/2013, em jogo válido pela 35ª rodada da Serie A, na vitória por 3-1 sobre a Internazionale. Assim, “El Matador” terminava a sua última temporada com a camisa do Napoli como o artilheiro da Serie A 2012-13 com 29 gols marcados em 34 jogos disputados.

Ao final da temporada, surgiram rumores de que o uruguaio ia deixar o Napoli e acreditava-se que ele iria assinar com um dos seguintes clubes: Chelsea, Manchester City, Real Madrid e/ou Paris Saint-Germain. Apesar de Cavani afirmar que estava feliz no clube napolitano, ele disse que se uma oferta muito boa tanto para ele quanto para o clube aparecesse, ele conversaria com o presidente Aurelio De Laurentiis e foi exatamente isso o que aconteceu.

Vale ressaltar, que “El Matador” encerrou a sua última temporada no Napoli como o quarto maior artilheiro da história do clube, ficando atrás apenas de Marek Hamsik, Diego Maradona e Attila Sallustro e nesta temporada a equipe napolitana foi a vice-campeã da Serie A.

  • Números de Cavani na sua 3ª e última Temporada no Napoli
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
43 *38 3 10 3653

* 38 gols dos quais 29 foram pela Serie A, 7 pela UEFA Europa League, 1 pela Supercopa da Itália e 1 pela Copa da Itália

Títulos que conquistou no Napoli

  • Copa da Itália 2011-12
  • O vídeo abaixo mostra 101 dos 104 gols que Cavani marcou com a camisa do Napoli 
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 8 de maio de 2013 por El Matador

 

Paris Saint-Germain

2013-14

A apresentação de Edinson Cavani no Paris Saint-Germain.

Em 16 de julho de 2013, Cavani assinou um contrato de 5 anos com o Paris Saint-Germain por uma quantia próxima a 64 milhões de euros (o equivalente a 255 milhões de reais).

Este valor fez com que o uruguaio se tornasse a sexta transferência mais cara da história do futebol naquela época. Além disso, este montante fez de Cavani a contratação mais cara na história do futebol francês, inclusive, superando os 60 milhões de euros que o Mônaco pagou para trazer o colombiano Radamel Falcao e a outra novidade foi a vinda de um jogador que jogou ao lado do uruguaio no Napoli, Ezequiel Lavezzi.

A estreia de Cavani com a camisa do PSG foi em 09/08/2013, em jogo válido pela 1ª rodada da Ligue 1 (campeonato francês) ao substituir Lavezzi aos 27 minutos do segundo tempo diante do Montpellier. Nesta partida, o clube parisiense e o Montpellier empataram em 1-1.

Não obstante, em 18/08/2013, o uruguaio jogou a partida desde o início e fez o seu primeiro gol com a camisa do Paris Saint-Germain diante do Ajaccio, mas o gol de Cavani, foi o gol que salvou o clube parisiense da derrota e assim sendo, o resultado do jogo foi um empate em 1-1.

Acostumando-se ao seu novo clube, Cavani marcou o seu primeiro gol com a camisa do PSG pela Liga dos Campeões na goleada por 4-1 sobre o Olympiacos da Grécia. Após o fim da fase de grupos da UEFA Champions League 2013-14, o uruguaio marcou 4 gols nas 5 partidas que disputou e com 4 vitórias, 1 empate e apenas uma derrota, o Paris Saint-Germain estava classificado para a fase de mata-mata da Liga dos Campeões. Porém, o clube parisiense foi eliminado pelo Chelsea nas oitavas-de-final.

Em 22 de janeiro de 2014, “El Matador” fez o seu 20º gol com a camisa do PSG na derrota por 2-1 diante do Montpellier em partida válida pela segunda fase da Copa da França, ou seja, mais uma eliminação. Devido à uma lesão, o uruguaio teve de ficar um “tempo de molho”, mas quando voltou a atuar pelo Paris Saint-Germain em 02/03/2014, Cavani fez um dos gols da vitória por 2-0 sobre o Olympique de Marseille.

Em 19/04/2014, Cavani fez os 2 gols da vitória por 2-1 sobre o Lyon em jogo válido pela Final da Copa da Liga Francesa e com mais esta conquista, o uruguaio encerrava a sua primeira temporada com a camisa do Paris Saint-Germain com 25 gols em 43 jogos e destes 25 tentos que ele marcou, 16 foram Ligue 1, campeonato francês.

  • Números de Cavani na sua 1ª Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
43 *25 6 6 3418

* 25 gols dos quais 16 foram pela Ligue 1, 4 pela UEFA Champions League, 4 pela Copa da Liga Francesa e 1 pela Copa da França

2014-15

Nos seus 2 primeiros jogos da temporada 2014-15, Cavani não marcou nenhum tento, mas não demorou muito, pois em 16 de agosto de 2014 o uruguaio marcou o seu primeiro gol nesta temporada em partida válida pela 2ª rodada da Ligue 1 na vitória por 2-0 sobre o Bastia.

Em 05/11/2014, “El Matador” só precisou de 56 segundos de jogo para marcar o único gol da vitória sobre o APOEL do Chipre em partida válida pela fase de grupos da UEFA Champions League. Desta vez o Paris Saint-Germain chegou “um pouco” mais longe nesta competição, porém, eis que surge o Barcelona do badalado trio MSN e elimina os franceses nas quartas-de-final da Liga dos Campeões.

Em 11 de abril de 2015, em partida válida pela final da Copa da Liga Francesa diante do Bastia, o clube parisiense já tinha construído uma boa vantagem no primeiro tempo com os 2 gols do sueco Zlatan Ibrahimovic e aos 18 minutos do segundo tempo o uruguaio entra no lugar de Ezequiel Lavezzi e marca mais 2 gols e decreta o resultado da partida: triunfo do PSG por 4-0 sobre o Bastia, mais a segunda conquista consecutiva da Copa da Liga Francesa.

Em 08/05/2015, Cavani marcou o seu primeiro hat-trick com a camisa do clube parisiense em partida válida pela antepenúltima rodada do campeonato francês na vitória por 6-0 sobre o Guingamp.

Com este resultado, o PSG abriu 6 pontos de vantagem sobre o segundo colocado da Ligue 1 (Lyon) e assim sendo, era o campeão do campeonato francês 2014-15 e para encerrar esta temporada com “chave de ouro”, em 30/05/2015, “El Matador” fez o único gol da vitória sobre o Auxerre e com estre triunfo o Paris Saint-Germain conquistava a tríplice coroa em seu país. Em outras palavras, campeão da Ligue 1, campeão da Copa da Liga Francesa e após esta vitória sobre o Auxerre, campeão da Copa da França.

  • Números de Cavani na sua 2ª Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
53 *31 2 3 1 4151

* 31 gols dos quais 18 foram pela Ligue 1, 6 pela UEFA Champions League, 4 pela Copa da França e 3 pela Copa da Liga Francesa

2015-16

A temporada 2015-16 mal começou e em 1 de agosto de 2015, Cavani fez um dos gols da vitória por 2-1 na decisão da Supercopa da França diante do Lyon e mais uma vez, o Paris Saint-Germain conquistava outro título em solo francês.

Em 15/09/2015, o uruguaio fez o segundo gol do clube parisiense na vitória por 2-0 sobre o Malmö em jogo válido pela primeira rodada da fase de grupos da UEFA Champions League 2015-16 e como já virou costume, o Paris Saint-Germain classificava-se para a fase mata-mata da Liga dos Campeões e novamente fora eliminado nas quartas-de-final. Desta vez, o clube parisiense foi eliminado pelo Manchester City.

Em 7 de maio de 2016, em jogo da penúltima rodada do campeonato francês, Cavani voltou a marcar um hat-trick. “El Matador” fez 3 dos 4 gols do clube parisiense no triunfo por 4-0 sobre o Ajaccio e assim sendo, Cavani foi o terceiro maior goleador da Ligue 1 com 19 gols, ficando atrás de Zlatan Ibrahimovic e de Alexandre Lacazette.

Para encerrar esta temporada com mais uma “chave de ouro”, em 21/05/2016, o uruguaio marcou o terceiro gol da vitória por 4-2 sobre o Olympique de Marseille em confronto válido pena final da Copa da França e pela segunda vez consecutiva, o Paris Saint-Germain conquistava a tríplice coroa.

  • Números de Cavani na sua 3ª Temporada no Paris Saint-Germain
Veja Também!  Assistir ao segundo gol de Wellington Paulista que fez Santos 3 x 2 Fortaleza
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
52 *25 7 3 3629

* 25 gols dos quais 19 foram pela Ligue 1, 2 pela UEFA Champions League, 2 pela Copa da França, 1 pela Supercopa da França e 1 pela Copa da Liga Francesa

2016-17

Cavani celebrando um dos seus 4 gols na vitória por 6-0 sobre o Caen.

Em 13 de setembro de 2016, em partida válida pela 1ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões diante do Arsenal no estádio Parc des Princes, Cavani marcou um gol aos 44 segundos de jogo em um cruzamento pela direita do lateral Serge Aurier.

Este foi o gol mais rápido da história do Paris Saint-Germain pela UEFA Champions League. Contudo, esta partida terminou em um empate em 1-1. Três dias após este jogo (em 16/09/2016), o uruguaio bateu mais um recorde, pois, em partida válida pela quinta rodada da Ligue 1, Cavani marcou 4 na vitória do PSG por 6-0 sobre o Caen e com isso, pela segunda vez em toda a sua carreira, “El Matador” fez 4 gols em um único jogo.

Além disso, o clube parisiense colocava um fim num jejum de 3 jogos sem triunfos, dos quais 2 deles pela Ligue 1. Em 30/11/2016, Cavani marcou 1 gol de pênalti na vitória por 2-0 sobre o Angers em partida válida pela 15ª rodada do campeonato francês e com isso, o uruguaio batia mais um recorde com a camisa do PSG, pois, além de marcar o seu décimo quarto gol em 14 partidas, ele também chegou a marca de 100 gols com a camisa do Paris Saint-Germain e assim sendo, “El Matador” se tornou o quarto jogador na história do clube a atingir este feito.

Em 14 de fevereiro de 2017, em jogo de ida pelas oitavas-de-final da UEFA Champions League, Cavani marcou 1 dos 4 gols na vitória do PSG por 4-0 sobre o Barcelona. Porém, depois de construir uma boa vantagem no Parc des Princes, muitos afirmavam que o clube catalão (Barcelona) dificilmente reverteria esta desvantagem.

Entretanto, o que parecia impossível de acontecer começou a se tornar possível em 08/03/2017, pois o Barcelona saiu para o intervalo do jogo com uma vantagem de 2-0 no placar e no início do segundo tempo a equipe catalã ampliou a vantagem, mas Cavani tratou de acalmar os ânimos da equipe parisiense, mesmo que só por um instante ao marcar um gol aos 17 minutos do segundo tempo e para reverter esta desvantagem, o Barcelona teria de fazer mais 3 gols, ou seja, ganhar a partida pelo placar de 6-1 e por incrível que pareça foi exatamente isso o que aconteceu.

Em suma: Neymar “acabou” com o Paris Saint-Germain ao marcar o quarto e o quinto gol do clube catalão na partida, além de prover uma assistência para Sergi Roberto decretar o resultado do jogo, vitória da equipe blaugrana (Barcelona) por 6-1.Apesar da eliminação, Cavani terminou esta competição com 8 gols marcados em 8 partidas.

Em 01/04/2017, o uruguaio voltou a marcar gols em decisões, pois, em jogo válido pela final da Copa da Liga Francesa diante do Mônaco, Cavani fez 2 gols na vitória por 4-1 sobre o clube monegasco e com isso, o clube parisiense sagrava-se campeão da Copa da Liga Francesa 2016-17, no entanto, esta foi a única conquista do Paris Saint-Germain, por outro lado, em 15/05/2017, Cavani foi eleito o “Jogador do ano da Ligue 1” por ter sido o artilheiro do campeonato francês com 35 gols marcados em 36 partidas.

  • Números de Cavani na sua 4ª Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
50 *49 6 6 4138

* 49 gols dos quais 35 foram pela Ligue 1, 8 pela UEFA Champions League, 4 pela Copa da Liga Francesa e 2 pela Copa da França

2017-18

Outrora algoz, Neymar trocou o Barcelona pelo Paris Saint-Germain pelo valor de 222 milhões de euros e assim sendo, passou a ser a aquisição mais cara na história do futebol mundial e além disso, Cavani passava a ter um companheiro com o qual ele poderia dividir o protagonismo no clube parisiense e não parou por aí, pois, em 08 de setembro de 2017, o brasileiro e o uruguaio, juntamente com a mais nova aquisição do PSG (Kylian Mbappé), passaram a formar um trio que ficaria conhecido como “MCN”.

Mbappé, Cavani e Neymar.

Cavani, Neymar e Mbappé, imediatamente formaram um trio formidável e por conseguinte, o uruguaio fez gols nas 3 primeiras partidas da UEFA Champions League e em um destes jogos, ele marcou 2 gols na vitória por 5-0 sobre o Celtic da Escócia em jogo válido pela fase de grupos.

Em 04/11/2017, em jogo da 12ª rodada da Ligue 1, ao marcar um doblete na goleada por 5-0 sobre o Angers, “El Matador” se tornou o primeiro uruguaio a superar a marca dos 100 gols em duas das mais prestigiadas ligas da Europa (sendo a Itália e a França neste caso). Após uma parada devido à data FIFA, em 18/11/2017, ele marcou outro doblete na goleada por 4-1 sobre o Nantes.

Em 22/11/2017, em partida válida pela penúltima rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o camisa 9 – Cavani – do clube parisiense marcou outro doblete, desta vez na goleada por 7-1 sobre o Celtic no Parc des Princes e como consequência, Cavani tornou-se o 4º latino-americano com mais gols na história da Liga dos Campeões. Ainda falando sobre a Liga dos Campeões, o PSG bateu um recorde nesta competição: ser a primeira equipe a ter feito mais gols pela fase de grupos, 24.

Em 27 de janeiro de 2018, Cavani bateu mais um recorde na sua carreira em jogo válido pela 33ª rodada da Ligue 1 ao marcar um dos gols na vitória por 4-0 sobre o Montpellier, mas vale ressaltar que este foi o gol de número 157 do uruguaio com a camisa do Paris Saint-Germain, ou seja, com este gol ele se tornou o maior goleador da história do clube parisiense superando o sueco Zlatan Ibrahimovic que marcou 156 gols com a camisa do Paris Saint-Germain.

Em 31/03/2018, em partida válida pela final da Copa da Liga Francesa diante do Monaco, Cavani marcou 2 gols no triunfo por 3-0 sobre a equipe monegasca e com isso, o clube parisiense conquistava a Copa da Liga Francesa pela 5ª vez consecutiva.

Em 04/05/2018, em jogo da 36ª rodada da Ligue 1, o uruguaio marcou o seu último tento pelo Campeonato Francês no empate em 2-2 com o Amiens e 4 dias depois, ele foi decisivo em mais uma conquista de título do PSG, marcou um dos gols na vitória por 2-0 sobre o Les Herbiens na final da Copa da França e com isso, pela 4ª vez seguida, o Paris Saint-Germain era o campeão da Copa da França.

Ao final desta temporada, pela segunda vez consecutiva, Cavani termina a temporada como o artilheiro da Ligue 1, mas desta vez com 28 gols marcados em 34 jogos.

  • Números de Cavani na sua 5ª Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
48 *40 11 4 3956

* 40 gols dos quais 28 foram pela Ligue 1, 7 pela UEFA Champions League, 3 pela Copa da França e 2 pela Copa da Liga Francesa

2018-19

Devido a uma lesão que ele teve no jogo das oitavas de final da Copa do Mundo FIFA de 2018 diante de Portugal, Cavani só fez a sua estreia na temporada 2018-19 em 25 de agosto de 2018, em partida válida pela 3ª rodada da Ligue 1 e logo no retorno aos gramados, “El Matador” marcou um dos gols na vitória por 3-1 sobre o Angers. Nos 2 jogos seguintes do Campeonato Francês, o uruguaio marcou um dos gols na goleada por 4-2 sobre o Nîmes e também marcou um dos tentos da goleada do PSG por 4-0 sobre o Saint-Ètienne.

Em 26/09/2018, em jogo da 7ª rodada da Ligue 1, Cavani marcou 2 gols na goleada por 4-1 sobre o Stade Reims e além de ter feito gols nesta partida, ele também sofreu um pênalti neste jogo e Neymar converteu esta penalidade.

Em 03/10/2018, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o uruguaio marcou o seu primeiro gol nesta competição na goleada por 6-1 sobre o Estrela Vermelha da Sérvia fora de casa. Convém lembrar que além de ter marcado um gol neste massacre diante da equipe sérvia, ele também deu o passe para Mbappé marcar o seu tento neste jogo.

Em 11/11/2018, em jogo da 13ª rodada da Ligue 1, Cavani marcou o seu primeiro hat-trick desta temporada na goleada por 4-0 sobre o Monaco em pleno Stade Louis II, estádio da equipe monegasca (Monaco).

Em 18/12/2018, em confronto válido pelas oitavas de final da Copa da Liga Francesa, o camisa 9 do PSG marcou um dos gols na vitória por 2-1 sobre o US Orléans; este foi o seu 15º gol por este torneio e com isso, ele igualou um recorde que pertencia a Pauleta e ao lado dele, ele passou a ser o maior artilheiro da Copa da Liga Francesa.

Em 19 de janeiro de 2019, em jogo da 21ª rodada da Ligue 1, o uruguaio marcou o seu segundo hat-trick nesta temporada na goleada por 9-0 sobre o Guingamp e além de ter feito 3 gols nesta partida, ele também deu passes para Mbappé marcar 2 dos seus 3 gols no jogo. Na rodada seguinte do Campeonato Francês, em 27/01/2019, Cavani marcou um doblete no triunfo por 4-1 sobre o Rennes.

Até aqui, ele é o vice-artilheiro da Ligue 1 com 17 gols marcados, atrás apenas do seu companheiro de clube, Kylian Mbappé que marcou 18 tentos.

  • Números de Cavani na sua 6ª e atual Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
26 *22 8 2 **1985

*  22 gols dos quais 17 foram pela Ligue 1, 2 pela UEFA Champions League, 2 pela Copa da França e 1 pela Copa da Liga Francesa

** esta temporada ainda está em andamento

Títulos que conquistou no Paris Saint-Germain

  • Ligue 1 2013-14, 2014-15, 2015-16 e 2017-18
  • Supercopa da França 2014, 2015, 2016 e 2017
  • Copa da França 2014-15, 2015-16, 2016-17 e 2017-18
  • Copa da Liga francesa 2013-14, 2014-15, 2015-16, 2016-17 e 2017-18
  • O vídeo abaixo mostra 157 dos 176 gols de Cavani com a camisa do Paris Saint-Germain
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 28 de janeiro de 2018 por PSG – Paris Saint-Germain

 

Os números de Cavani na Seleção do Uruguai

 

Uruguai

Seleção de base

Em janeiro de 2007, Cavani foi convocado para defender a Seleção sub-20 do Uruguai no Sul-americano sub-20 no Paraguai e mostrou que tinha futuro ao encerrar esta competição como o artilheiro com 7 gols marcados em 9 partidas, porém, a Seleção Celeste (Uruguai) terminou a competição em terceiro lugar, mas o mais importante o Uruguai conseguiu, uma vaga para a Copa do Mundo FIFA sub-20 de 2007.

Estreia pela Seleção Principal

Em 06 de fevereiro de 2008, num amistoso diante da Seleção da Colômbia no estádio Centenário, em Montevidéu, aos 29 minutos do segundo tempo, Cavani estreia pela Seleção Principal de seu país ao entrar no lugar de Diego Forlán e 3 minutos depois ele marca um dos gols que salva o Uruguai de uma derrota neste amistoso e assim sendo, este jogo terminou em um empate em 2-2.

  • O vídeo abaixo mostra Edinson Cavani falando sobre a sua estreia pela seleção principal do Uruguai
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 6 de fevereiro de 2017 por AUF – Selección Uruguaya de Futból

Copa do Mundo FIFA de 2010

Uruguai 1-1 Gana: jogo válido pelas quartas-de-final na Copa do Mundo FIFA de 2010, no qual a Seleção Celeste obteve a classificação para a fase seguinte nos pênaltis.

Apesar de não ter ganho a Copa do Mundo FIFA de 2010, a Seleção Celeste superou as expectativas e terminou o Mundial em quarto lugar e pela primeira vez em toda a sua carreira, além de ter a chance de disputar uma Copa do Mundo, “El Matador” deixou a sua marca nesta Copa ao marcar um dos 2 gols na derrota de 3-2 para a Seleção da Alemanha na disputa pelo terceiro lugar.

Ainda falando sobre 2010, em 8 de outubro do mesmo ano (2010), Cavani marcou o seu primeiro e único hat-trick com a camisa da Seleção uruguaia em um amistoso diante da Seleção da Indonésia. “El Matador” marcou 3 dos 7 gols na vitória do Uruguai por 7-1 sobre os indonésios e além disso, Luis Suárez também marcou 3 gols neste jogo.

  • Desempenho de Cavani na Copa do Mundo FIFA de 2010
Veja Também!  Assistir ao gol de Guilherme Parede que fez Goiás 0 x 1 Internacional - Campeonato Brasileiro
Pd Gm A CA CV Mj
6 1 1 524

Copa América 2011

O surpreendente quarto lugar na última Copa do Mundo deu um novo ânimo a Seleção comandada por Óscar Tabárez e em 29 de junho de 2011, o treinador da seleção uruguaia divulgou a lista dos convocados para a disputa da Copa América 2011 na Argentina e novamente o nome de Edinson Cavani estava nesta lista.

Ele jogou as duas primeiras partidas da fase de grupos da Copa América, porém, uma lesão no joelho no segundo jogo contra o Chile fez com que Cavani perdesse uma boa parte desta competição. Porém, após empates em 1-1 diante das Seleções de Peru e Chile respectivamente e ainda por cima não poder contar com o Cavani, o Uruguai bateu a Seleção do México na última rodada da fase de grupos pelo placar de 1-0 e assim sendo, terminou esta fase da competição com 5 pontos e em segundo lugar no grupo C.

Nas quartas-de-final, a Seleção Celeste teria pela frente os donos da casa, a Argentina. Após um empate em 1-1 no tempo regulamentar e com a persistência do empate na prorrogação, o Uruguai eliminou os donos da casa nos pênaltis (6-5) e por conseguinte, a Seleção Celeste estava classificada para a semifinal.

O próximo adversário do Uruguai era o Peru e diferentemente da dificuldade que os uruguaios tiveram para passar pela Argentina, desta vez a seleção comandada por Óscar Tabárez conseguiu o resultado no tempo regulamente, vitória por 2-0 sobre os peruanos e a vaga para a final estava assegurada.

O adversário da final era o Paraguai e além disso, este jogo marcou o retorno de Cavani após a lesão que sofreu no segundo jogo da Copa América 2011 diante do Chile, “El Matador” substituiu o lateral Álvaro Pereira aos 18 minutos do segundo tempo quando a seleção uruguaia vencia o jogo pelo placar de 2-0 e ao apagar das luzes (aos 44 minutos do segundo tempo), Diego Forlán decretou o resultado da partida ao marcar o terceiro gol do jogo e com este triunfo por 3-0 sobre a Seleção paraguaia, o Uruguai era o Campeão da Copa América 2011 na Argentina.

  • Desempenho de Cavani na Copa América 2011
Pd Gm A CA CV Mj
3 150

Olimpíadas Londres 2012

Cavani foi um dos 3 jogadores acima dos 23 anos de idade que disputou as Olimpíadas pela Seleção do Uruguai, mas mesmo com a presença do “El Matador”, a Seleção Celeste não passou da fase de grupos deste torneio.

  • Desempenho de Cavani nas Olimpíadas de 2012
Pd Gm A CA CV Mj
3 270

Copa das Confederações FIFA de 2013

Cavani estava entre os “selecionados” para disputar a Copa das Confederações de 2013 pela Seleção de seu país. O Uruguai não teve muitas dificuldades de classificar-se para a fase de mata-mata da Copa das Confederações num grupo que contava com as seguintes seleções: Espanha, Nigéria e Taiti. Logo na semifinal, a Seleção Celeste teria pela frente os donos da casa, o Brasil.

Cavani marcou o único gol da partida na derrota por 2-1 para a Seleção brasileira e com isso, o que restou para os uruguaios foi a disputa do terceiro lugar. Na disputa pelo terceiro lugar ,a Itália, os uruguaios estiveram por duas vezes atrás do placar e o autor dos 2 gols no empate em 2-2 com a Seleção italiana foi “El Matador” e com  a persistência deste resultado tanto no tempo regulamentar quanto na prorrogação, a partida teve de ser decidida nos pênaltis. Apesar de Cavani ter convertido a sua cobrança, a Seleção Celeste perdeu o terceiro lugar para a Itália, 5-4 para os italianos na disputa por pênaltis.

  • Desempenho de Cavani na Copa das Confederações FIFA 2013
Pd Gm A CA CV Mj
4 3 1 2 390

Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2014

Apesar de não ter sido o artilheiro das Eliminatórias, ao menos, o parceiro de ataque de Cavani (Luis Suárez) foi o goleador das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2014. Porém, o Uruguai terminou esta disputa em quinto lugar e como consequência, teve de disputar a Repescagem para se classificar para o Mundial de 2014 e em 13/11/2013, mais uma vez “El Matador” marcou um gol que ajudou a Seleção Celeste a construir uma boa vantagem para o jogo da volta (em Montevidéu) ao marcar o último gol da vitória por 5-0 sobre a Seleção da Jordânia.

  • O vídeo abaixo mostra os gols de Cavani com a camisa da Seleção do Uruguai desde a sua estreia, até o ano de 2013
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 5 de outubro de 2013 por Alejandro Pelletti

Copa do Mundo FIFA de 2014

Após o triunfo por 5-0 sobre a Jordânia lá no Oriente Médio e um empate em 0-0 em Montevidéu, capital do Uruguai. A Seleção Celeste garantiu a sua vaga para a Copa do Mundo FIFA de 2014.

Em 12 de maio de 2014, Óscar Tabárez incluiu o nome de Cavani na lista provisória de 25 jogadores com quem o treinador começou a preparação para a Copa do Mundo e em 31/05/2014, sai a lista definitiva com os 23 selecionados para jogar a Copa e “El Matador” estava na lista.

O desafio da seleção uruguaia para esta competição era grande, pois a Seleção Celeste estava no grupo D, o “famoso grupo da morte”, juntamente com as tradicionais Inglaterra, Itália e a surpresa Costa Rica. Mesmo com a derrota por 3-1 na estreia para a Seleção costarriquenha, Cavani fez o primeiro gol do Uruguai nesta Copa do Mundo.

Nos jogos seguintes, a Seleção uruguaia venceu a Seleção Inglesa por 2-1 e também venceu a Seleção italiana por 1-0 e por conseguinte, juntamente com a surpreendente Costa Rica, o Uruguai estava classificado para a fase de mata-mata da Copa do Mundo FIFA de 2014. Porém, logo nas oitavas-de-final e sem poder contar com Luis Suárez, a Seleção Celeste sucumbiu diante da Seleção da Colômbia no Maracanã e assim sendo, perdeu o jogo pelo placar de 2-0 e em decorrência disso, o Uruguai se despedia mais cedo do Mundial disputado no Brasil.

  • Desempenho de Cavani na Copa do Mundo FIFA de 2014
Pd Gm A CA CV Mj
4 1 1 360

Copa América 2015

Para a disputa desta Copa América, a Seleção Celeste não podia contar com Luis Suárez que estava suspenso devido a um incidente com o zagueiro italiano Chiellini na Copa do Mundo FIFA de 2014 e com isso, Cavani era o centro das atenções da Seleção uruguaia nesta Copa América 2015 no Chile.

Porém, ele ficou marcado nesta competição por um incidente que ocorreu nas quartas-de-final desta competição no confronto com os donos da casa (Chile), no qual Cavani foi expulso desta partida por 2 motivos: foi advertido com um cartão amarelo após cometer uma falta no meio-campo Arturo Vidal e depois por “cair na provocação” do volante Gonzalo Jara e em decorrência disso ele levou o cartão vermelho. Como senão bastasse, o centroavante uruguaio ainda por punido pela CONMEBOL com 2 jogos de suspensão.

  • Desempenho de Cavani na Copa América 2015
Pd Gm A CA CV Mj
4 1 1 333

Copa América Centenário 2016

A Copa América Centenário foi uma edição especial da Copa América que foi realizada entre 3 e 26 de junho de 2016 nos Estados Unidos. Esta foi a primeira vez que a Copa América foi disputada fora da América do Sul, sendo o torneio oficializado com um acordo entre a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) e a Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF), com o intuito de celebrar o aniversário de 100 anos da CONMEBOL e do torneio, no entanto, mesmo contando com “El Matador”, a Seleção uruguaia não passou da fase de grupos desta Copa América, pois, perdeu os 2 primeiros jogos para México e Venezuela respectivamente, mas ainda assim, o Uruguai não deixou de pontuar neste torneio e na última rodada da fase de grupos da Copa América Centenário, a Seleção Celeste conquistou os seus 3 pontos na vitória por 3-0 sobre a Jamaica.

  • Desempenho de Cavani na Copa América Centenário 2016
Pd Gm A CA CV Mj
3 270

 

Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018

Cavani celebrando um de seus gols pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018.

Após cumprir os 2 jogos de suspensão no início das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018, o camisa 21 da Seleção Celeste estreou pelas Eliminatórias em 12/11/2015, em partida válida pela terceira rodada das Eliminatórias para a copa do Mundo de 2018 e logo no seu retorno a Seleção Celeste, ele marcou o único gol do Uruguai na derrota por 2-1 diante da Seleção do Equador.

Em 07/09/2016, em partida válida pela oitava rodada das Eliminatórias, o Uruguai venceu o Paraguai pelo placar de 4-0 com um doblete (2 gols) do “El Matador” e na rodada seguinte, mais precisamente em 07/10/2016, Cavani voltou a marcar 2 gols numa única partida, desta vez diante da Seleção da Venezuela, ao qual a Seleção Celeste venceu o jogo pelo placar de 3-0.

Em 11/10/2017, última rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018, o camisa 21 voltou a deixar a sua marca ao fazer 1 dos gols no triunfo por 4-2 sobre a Seleção da Bolívia e assim, “El Matador” encerrava as Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018 como o artilheiro com 10 tentos em 15 partidas.

Copa do Mundo FIFA de 2018

Antes do início da Copa do Mundo FIFA de 2018 que realizar-se-ia na Rússia. Em março de 2018, Cavani fez parte do time uruguaio que conquistou a Copa da China. Ele marcou na vitória por 2-0 na semifinal sobre a República Tcheca, e na final, ele marcou o único gol contra o País de Gales e vale ressaltar que além de ter marcado o gol do título da seleção do Uruguai neste jogo, este foi o seu 100º jogo com a camisa da Celeste.

Na fase de grupos da Copa do Mundo FIFA de 2018, o camisa 21 do Uruguai não marcou gols no triunfo por 1-0 sobre o Egito na 1ª rodada e ele também não marcou o gol da vitória por 1-0 sobre a Arábia Saudita na 2ª rodada, mas no último jogo da fase de grupos desta Copa do Mundo, ele marcou um dos gols na vitória por 3-0 sobre a seleção anfitriã, a Rússia.

Nas oitavas de final desta Copa do Mundo, o Uruguai tinha a seleção de Portugal pela frente e Cavani marcou os 2 gols da vitória de 2-1 dos uruguaios sobre os portugueses, no entanto, devido a uma lesão, ele teve de deixar o campo mais cedo e em decorrência disso, ele não pôde jogar a partida seguinte diante da França e sem ele em campo, o Uruguai perdeu por 2-0 para a seleção que viria a ser a campeã desta edição da Copa do Mundo.

  • Desempenho de Cavani na Copa do Mundo FIFA de 2018
Pd Gm A CA CV Mj
4 3 344
Títulos que conquistou com a Seleção do Uruguai

  • Copa América 2011
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de Edinson Cavani nas Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 11 de outubro de 2017 por FBPro

Total

Pd Gm A CA CV Mj
103 44 13 11 1 7808


Prêmios individuais

  • Oscar del Calcio: 2012
  • 47º melhor jogador do ano de 2016 (The Guardian)
  • 30º melhor jogador do ano de 2016 (Marca)

Artilharias

  • Campeonato Sul-Americano Sub-20 de 2007 (7 gols)
  • Coppa Italia de 2011–12 (5 gols)
  • Serie A de 2012–13 (29 gols)
  • Copa da Liga Francesa de 2013–14 (4 gols)
  • Copa da Liga Francesa de 2014–15 (3 gols)
  • Copa da Liga Francesa de 2016–17 (4 gols)
  • Ligue 1 de 2016–17 (35 gols)
  • Ligue 1 de 2017-18 (28 gols)

Considerações Finais

Portanto pode-se concluir que Edinson Cavani é um dos centroavantes que atua na Europa com uma boa média de gols e por esta razão ele vive uma boa fase tanto pelo clube onde atua quanto pela Seleção de seu país. Além disso, um dos motivos da melhora no rendimento do uruguaio foi a chegada do técnico Unai Emery que comanda a equipe parisiense desde 28 de junho de 2016, pois este treinador sempre exige que em seus esquemas táticos que o seu centroavante dê combate aos zagueiros adversários, visando forçar o erro deles, ajudando na parte de marcação quando estão sem a bola. “El Matador” é veloz e corre o jogo todo, encaixando-se perfeitamente no esquema do espanhol Unai Emery.

E para vocês? Cavani é um dos melhores centroavantes em atividade no futebol europeu?

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui