Em coletiva após a derrota por 1 a 0 para o Goiás, Abel Braga deixou no ar a possibilidade de deixar o Vasco. “Envergonhado” com a atitude do time no primeiro tempo, o treinador afirmou não tomar decisões de cabeça quente, mas admitiu a possibilidade de entregar o cargo após conversa com o técnico Alexandre Campello,

– Eu não tomo decisões de cabeça quente. Se eu tiver que pedir demissão, amanhã ou depois eu peço, falo com o presidente. Eu gosto muito do Vasco, eu gosto muito do presidente, eu gosto muito do grupo de trabalho, eu gosto muito dos jogadores. Mas não gostei nada da atitude no 1º tempo. É inexplicável. Tudo que nós treinamos e conversamos ontem o Goiás fez conosco. Tocar, mexer, tocar, mexer, e a gente olhando.

Veja Também!  Assista a live de Leo Russo AO VIVO e Online (14/07)

Coletiva do técnico Abel Braga

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
 

Deixe uma resposta