Quando cita-se um dos melhores centroavantes argentinos da atualidade o nome de Sergio Agüero que atualmente joga pelo Manchester City da Inglaterra e também joga pela seleção da Argentina deve ser levado em conta.

Sergio Leonel Agüero Del Castillo nasceu em 02/06/1988 em Buenos Aires, capital da Argentina. Antes de jogar pelo Manchester City, o argentino teve passagens por mais 2 clubes e uma outra curiosidade é que assim como ele, Mauricio del Castillo e Gastón del Castillo – irmãos de Agüero – também são jogadores de futebol profissionais e atuam pelo Independiente da Argentina e pelo Cádiz da Espanha respectivamente. Porém, o que mais se sabe sobre Sergio Agüero? Por quais clubes ele atuou? Quais feitos ele atingiu na sua carreira até este momento?

Juvenil

Apesar de ter nascido em Buenos Aires, capital da Argentina, ainda muito cedo mudou-se para González Catán, em seguida mudou-se para Florencio Varela e por fim, Agüero e a família se estabeleceram em Quilmes, uma das cidades da região metropolitana de Buenos Aires. Ele é o segundo dos 7 filhos de uma família humilde, por cujo bem-estar econômico sua proeminente carreira significou uma grande ajuda. Foi no ambiente familiar onde ganhou o seu apelido -Kun -, deformação de Kum-Kum, personagem de desenho animado japonês do gosto do pequeno Sergio.

Kun Agüero deu os seus primeiros passos no futebol nos precários campos de duas equipes: Loma Alegre e Los Primos respectivamente. Aos 9 anos, Agüero passou a fazer parte das categorias de base de um time que é conhecido como “Rey de Copas” por ser o clube que mais vezes foi o campeão da Copa Libertadores da América, o Club Atlético Independiente.

 

A Carreira de Sergio Agüero em Números e nos clubes em que jogou

 

Independiente

Categorias de Base

Como já foi dito acima, Kun Agüero chegou as categorias de base do Independiente aos 9 anos de idade e na equipe sub-9 do Independiente, mal chegou e já conquistou títulos.

Posteriormente, no ano de 2003, Agüero faria a sua estreia como profissional na última rodada do segundo turno do Campeonato Argentino.

2002-03

Em 5 de julho de 2003, em partida válida pela última rodada do Clausura 2003 – 2º turno do Campeonato Argentino -, Agüero estreou profissionalmente em um jogo em que o Independiente recebeu o San Lorenzo. Oscar Ruggeri, o técnico do “Rey de Copas” – Independiente – naquela época, optou pela entrada de Agüero na partida aos 24 minutos da segunda etapa no lugar de Emanuel Rivas.

Com 15 anos, 1 mês e 3 dias, Agüero tornou-se o jogador mais jovem a estrear na Primeira Divisão argentina, superando o recorde anterior que pertencia a ninguém menos que Diego Armando Maradona que havia estreado como profissional também aos 15 anos no ano de 1976. No entanto, a estreia de Agüero como profissional coincidiu com a a despedida de quem foi provavelmente o último ídolo do Independiente até a sua explosão; trata-se de Gabriel Milito que havia acabado de confirmar a sua transferência para o Real Zaragoza da Espanha.

  • Números de Agüero na sua 1ª Temporada no Independiente
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2002-03
1 31

Pd – Partidas disputadas, Gm – Gols marcados, A – Assistências, CA – Cartões amarelos, CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

2003-04

Mesmo jogando uma partida pela equipe principal do Independiente, Agüero não foi mais levado em conta por Ruggeri e também pelo seu substituto, Osvaldo Sosa, no restante do ano de 2003. A situação do jovem atacante de 15 anos mudou com o retorno de José Omar Pastoriza à liderança do Independiente. Sete meses depois do seu primeiro jogo como profissional, Agüero voltou a jogar uma partida pela equipe principal do “Rey de Copas” contra o Cienciano do Peru em confronto válido pela Copa Libertadores da América de 2004 e com isso, tornou-se o o jogador mais jovem a jogar na Copa Libertadores (um recorde que ele manteve por 3 anos). Quanto ao resultado do jogo, o Independiente venceu a equipe peruana por 4-2.

Um mês depois de jogar uma partida de Libertadores, o jovem de 15 anos voltou a disputar um jogo desta competição diante do El Nacional do Equador e desta vez jogando como visitante, os “Diablos Rojos” – Independiente – perderam para a equipe equatoriana por 1-0. Ainda convém lembrar que esses foram os únicos jogos que Agüero esteve em campo na Copa Libertadores da América.

Em 19 de junho de 2004, em partida válida pela 18ª rodada do Clausura 2004, pela primeira vez desde que passou a atuar pela equipe principal do Independiente, Agüero foi visto jogando como titular diante do Atlético de Rafaela, jogo no qual o “Rey de Copas” perdeu por 2-1.

  • Números de Agüero na sua 2ª Temporada no Independiente
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2003-04
5 ? ? ? ?

2004-05

Com a saída de Osvaldo Sosa do comando dos “Diablos Rojos”, quem assume o comando do time é Daniel Bertoni, mas ele não comandou o time por muito tempo e com a saída dele, assume Pedro Monzón e este último, confiou a titularidade a Agüero nos 3 últimos jogos do Independiente no Apertura 2004; 1º turno do Campeonato Argentino. Precisamente, no primeiro dos 3 jogos, Agüero marcou o seu primeiro gol pela equipe principal do Independiente e assim sendo, vitória por 2-1 sobre o Estudiantes em 26 de novembro de 2004.

Após uma sequência de resultados ruins, Pedro Monzón não resistiu a pressão e também foi demitido do cargo de treinador do Independiente e com isso, quem assume o comando da equipe é César Luis Menotti e o novo treinador só confiou a titularidade à Agüero nos seus últimos 3 jogos do Clausura 2005, mas assim como os técnicos citados acima, Menotti também foi mais uma das vítimas da crise do clube e foi demitido. Mas, convém lembrar que sob o comando de Menotti, o Independiente só venceu o Racing e uma infeliz coincidência é que este foi o único jogo em que Agüero não fez gol.

  • Números de Agüero na sua 3ª Temporada no Independiente
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2004-05
12 *5 2 ?

* 5 gols dos quais 3 foram pelo Clausura e 2 pelo Apertura

2005-06

Após a disputa da Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2005 na Holanda, a qual a seleção argentina foi a campeã e com o respaldo do novo treinador do Independiente – Julio César Falcioni -, Agüero experimentou seu estágio de explosão no clube e logo em 14 de agosto de 2005, em jogo da 2ª rodada do Apertura 2005, marcou um doblete – ocorre quando um jogador faz 2 gols numa mesma partida – na vitória por 3-0 sobre o Instituto.

Em 11/09/2005, em um famoso “Clásico de Avellaneda” – clássico disputado entre Independiente e Racing -, o jovem atacante de 17 anos marcou um dos gols do triunfo por 4-0 dos “Diablos Rojos” sobre o rival.

Em 06/10/2005, em jogo da 10ª rodada do Apertura, Agüero marcou os gols da vitória por 2-0 sobre o Newell’s Old Boys no estádio Libertadores de América, em Avellaneda (estádio do Independiente). Nos 3 jogos seguintes do “Rey de Copas” no Apertura 2005, Agüero marcou 1 tento em cada uma das partidas; fez 1 dos gols do empate em 2-2 com o Banfield, fez o gol do empate em 1-1 com o Colón e fez 1 dos gols do triunfo por 4-2 sobre o Arsenal de Sarandí.

Em 27/11/2005, em partida válida pela 17ª rodada do Apertura, o jovem atacante de 17 anos marcou o seu último tento nessa edição do campeonato na goleada por 4-0 sobre o Olimpo. Ao término do 1º turno do Campeonato Argentino, o Independiente terminou em 4º lugar.

O desempenho de Agüero nessa temporada despertou o interesse de vários clubes europeus e antes do final dessa temporada, já se especulava uma possível transferência para o Atlético de Madrid da Espanha.

Em 2 de fevereiro de 2006, em jogo da 2ª rodada do Clausura, o jovem de 17 anos marcou o segundo gol da goleada por 5-0 sobre o Instituto em pleno Presidente Perón (estádio do Instituto).

Em 25/02/2006, em partida válida pela 6ª rodada do Clausura, Agüero decidiu mais um “clásico de Avellaneda” ao marcar os gols do triunfo do Independiente por 2-0 sobre o maior rival.

Em 09/04/2006, em jogo da 14ª rodada do Clausura, Kun Agüero marcou o seu último doblete da temporada e também com a camisa dos “Diablos Rojos” no triunfo por 2-0 sobre o Vélez Sarsfield.

Em 29/04/2006, em jogo da antepenúltima (17ª) rodada do Clausura 2006, o jovem de 17 anos levou um cartão amarelo aos 42 minutos do primeiro tempo e em decorrência disso, estava suspenso para a partida seguinte diante do Boca Juniors, mas no segundo tempo, converteu uma cobrança de pênalti e marcou o seu último tento com a camisa do clube e após a partida, Agüero estava em lágrimas e em referência ao tento marcado, ele disse: “Acho que foi o meu último gol no Independiente”.

O motivo disso é que depois do jogo contra o Boca, só restava mais um jogo pelo Clausura 2006, contra o Rosario Central e caso Agüero fosse um dos convocados para o Torneio de Toulon, isso impediria ele de jogar contra o Rosario Central na última rodada do Campeonato Argentino. No entanto, ele não foi convocado para a disputa desse torneio e assim sendo, em 14/05/2006, Agüero jogou a sua última partida com a camisa do Independiente, a qual o Rosario Central venceu por 2-0.

A transferência de 90% do passe de Sergio Agüero para o Atlético de Madri foi formalizada em 30/05/2006, estima-se que o clube espanhol tenha desembolsado 20 milhões de euros (o equivalente a 84 milhões de reais), estabelecendo um recorde tanto para o futebol argentino quanto para o espanhol.

Em suma, na sua última temporada com a camisa do Independiente, Sergio Agüero disputou 36 jogos, fez 18 gols sendo 9 deles no Clausura 2006, tornando-o o 4º maior goleador do campeonato, empatado no número de gols com Ignacio Scocco do Newell’s Old Boys, ficando atrás apenas de Gonzalo Vargas do Gimnasia y Esgrima de La Plata (12 gols), Ernesto Farías do River Plate e Martín Palermo do Boca Juniors, cada um dos 2 últimos marcou 11 gols. Quanto ao “Rey de Copas”, terminou o Clausura 2006 em 12º lugar.

  • Números de Agüero na sua 4ª e última Temporada no Independiente
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2005-06
36 *18 4 6 1 3131

* 18 gols dos quais 9 foram marcados pelo Clausura e 9 pelo Apertura

  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de Agüero com a camisa do Independiente
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 18 de abril de 2016 por Futbol Back

 

Atlético de Madrid

2006-07

Kun Agüero sendo apresentado como o mais novo reforço do Atlético de Madrid

Como já foi dito acima, o Atlético de Madrid desembolsou € 20 milhões para ter o atacante argentino em seu plantel e em 5 de junho de 2006, com 18 anos recém-completados, Agüero foi oficialmente apresentado como o mais novo reforço do time colchonero (Atlético de Madrid).

Em 27/08/2006, na estreia do Atlético de Madrid na La Liga (Campeonato Espanhol) 2006-07, o técnico Javier Aguirre colocou Agüero no lugar do Mista aos 22 minutos do segundo tempo e com isso, o argentino fez a sua estreia com a camisa do seu novo clube. Quanto ao jogo, o time colchonero venceu o Racing Santander por 1-0 como visitante.

Em 17/09/2006, em jogo da 3ª rodada da La Liga, Agüero foi escalado entre os titulares e na sua estreia como titular não decepcionou e marcou o seu primeiro gol com a camisa do time colchonero na goleada por 4-1 sobre o Athletic Bilbao em pleno San Mamés (estádio do Athletic Bilbao).

Em 14/10/2006, em jogo da 6ª rodada da La Liga, o atacante argentino de 18 anos marcou o seu segundo gol com a camisa do seu novo clube no triunfo por 2-1 sobre o Recreativo Huelva.

Em 13/12/2006, no segundo confronto da 4ª fase da Copa do Rei contra o Levante, Agüero marcou o único gol da vitória do Atlético de Madrid, porém como o Levante venceu o Atleti pelo mesmo placar (1-0) no primeiro confronto, as duas equipes tiveram de decidir a vaga nos pênaltis e o time colchonero levou a melhor nas penalidades e venceu por 4-2 e assim, se classificou para as oitavas-de-finais da Copa do Rei 2006-07. Posteriormente, o Atlético de Madrid foi eliminado pelo Osasuna por um placar agregado de 3-1; empate em 1-1 no Vicente Calderón – estádio do Atleti – e derrota por 2-0 fora de casa.

Em 11 de fevereiro de 2007, em partida válida pela 22ª rodada da La Liga, o jovem atacante argentino marcou o seu último tento na temporada e com isso, vitória por 1-0 sobre o Athletic Bilbao.

Durante a sua primeira temporada como jogador do time colchonero, Sergio Agüero jogou 42 jogos, fez 7 gols e proveu 4 assistências. Ainda convém lembrar que das quarenta e duas partidas que disputou, em 27 delas ele iniciou entre os titulares. Quanto ao Atlético de Madrid, terminou o Campeonato Espanhol em 7º lugar e com isso, se classificou para a Copa Intertoto – fase pré-eliminatória da Copa da UEFA nessa época – e chegou até as oitavas-de-finais da Copa do Rei.

  • Números de Agüero na sua 1ª Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2006-07
42 *7 4 4 2634

* 7 gols dos quais 6 foram pela La Liga e 1 pela Copa do Rei

2007-08

Depois de se destacar na Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2007 no Canadá, competição na qual a seleção argentina foi a campeã, em 16 de agosto de 2007, no primeiro confronto da fase pré-eliminatória da Copa da UEFA, Agüero marcou o seu primeiro gol da temporada na vitória por 3-0 sobre o Vojvodina da Sérvia e além do tento marcado no jogo, deu o passe para o compatriota Maxi Rodriguéz fazer o gol dele. Posteriormente, o Atlético de Madrid venceu a equipe sérvia novamente no segundo confronto por 2-1.

Em 25/08/2007, na estreia do Atlético de Madrid na La Liga 2007-08, o camisa 10 – Sergio Agüero – marcou o único gol do time colchonero no “derbi madrileño” – clássico entre Real Madrid e Atlético de Madrid -, mas mesmo assim, o time foi derrotado pelo rival por 2-1.

Em 16/09/2007, em jogo da 3ª rodada da La Liga, Agüero marcou o gol do time colchonero no empate em 1-1 com o Real Murcia fora de casa. Nos 3 jogos seguintes no Campeonato Espanhol, o argentino marcou um tento em cada partida; na goleada por 4-0 sobre o Racing Santander, na vitória por 2-0 sobre o Athletic Bilbao e no triunfo por 2-0 sobre o Osasuna respectivamente.

Em 04/10/2007, no segundo confronto contra o Kayseri Erciyesspor da Turquia na última fase pré-eliminatória da Copa da UEFA, o atacante argentino de 19 anos saiu do banco para substituir Diego Forlán logo após o intervalo e marcou o seu primeiro doblete da temporada na goleada por 5-0 sobre a equipe turca e com isso, o Atlético de Madrid se classificou para a fase de grupos da Copa da UEFA 2007-08.

Em 25/10/2007, na estreia dos Colchoneros – Atlético de Madrid – na fase de grupos desta edição da Copa da UEFA, Agüero foi o principal destaque do seu time no empate em 3-3 com o Lokomotiv de Moscou da Rússia ao marcar 2 gols e além dos gols, deu o passe para Forlán marcar o gol dele na partida.

Em 05/12/2007, em partida válida pela 3ª rodada da Copa da UEFA, o camisa 10 do time colchonero voltou a ser decisivo ao dar o passe para o meia português Simão abrir o placar e no segundo tempo, o português retribuiu e proveu uma assistência para o gol do argentino no triunfo por 2-0 sobre o Copenhague da Dinamarca.

Em 16 de janeiro de 2008, no segundo confronto das oitavas-de-finais da Copa do Rei diante do Real Valladolid, Agüero marcou o gol do Atlético de Madrid nessa partida – empate em 1-1 -, mas seguindo o critério do gol fora de casa, o time colchonero se classificou para a fase seguinte; as duas equipes empataram em 0-0 no primeiro confronto.

Em 30/01/2008, no segundo confronto das quartas-de-finais da Copa do Rei contra o Valencia, o camisa 10 marcou um dos gols do triunfo colchonero por 3-2 nessa partida, mas o mesmo critério do gol fora de casa que o ajudará na fase anterior, desta vez beneficiou o Valencia, pois o Atlético de Madrid perdeu o primeiro confronto fora de casa por 1-0 e como sofreu 2 gols no Vicente Calderón, os Colchoneros estavam eliminados dessa edição da Copa do Rei.

Em 14/02/2008, no primeiro confronto da fase de 16 avos da Copa da UEFA diante do Bolton Wanderers da Inglaterra, Javier Aguirre optou por descansar o argentino e assim sendo, só o colocou em campo aos 14 minutos do segundo tempo no lugar do meia José Antonio Reyes e como senão bastasse a derrota por 1-0, Agüero só ficou em campo por cerca de 15 minutos, pois levou cartão vermelho direto por ter cuspido em um jogador da equipe inglesa. Posteriormente, o Bolton Wanderers empatou em 0-0 com o Atlético de Madrid no Vicente Calderón e com isso, a equipe inglesa avançou para a fase seguinte e o time colchonero ficou no meio do caminho.

Em 01/03/2008, em jogo da 26ª rodada da La Liga, o atacante argentino de 19 anos foi o principal destaque da vitória do time colchonero por 4-2 sobre o Barcelona ao marcar 2 gols e além disso, proveu a assistência para o gol do compatriota Maxi Rodríguez e também sofreu um pênalti que foi convertido por Diego Forlán.

Em 06/04/2008, em jogo da 31ª rodada da La Liga, Agüero marcou o seu último doblete da temporada na goleada por 6-3 sobre o Almería.

Em 19/04/2008, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Espanhol, o camisa 10 do time colchonero marcou o único gol da equipe na derrota por 3-1 diante do Real Bétis. Nos 3 jogos seguintes do Atlético de Madrid no campeonato, o argentino marcou 1 tento em cada jogo; no empate em 1-1 com o Getafe, na vitória por 3-1 sobre o Recreativo Huelva e no triunfo por 2-0 sobre o Espanyol respectivamente.

Em 18/05/2008, em jogo da última rodada (38ª) da La Liga 2007-08, Agüero marcou o único gol do time colchonero na derrota por 3-1 diante do Valencia.

Em suma, na sua segundo temporada com a camisa dos Colchoneros, Sergio Agüero disputou 50 partidas, fez 27 gols – sendo que 19 deles foram pela La Liga e com isso, foi o 3º maior goleador do campeonato, ficando atrás apenas de Dani Güiza do Mallorca (27 gols) e de Luís Fabiano do Sevilla (24 gols) – e também proveu 12 assistências. Quanto ao Atlético de Madrid, terminou em 4º lugar no Campeonato Espanhol e com isso, se classificou para a fase pré-eliminatória da UEFA Champions League (Liga dos Campeões) após uma ausência de 12 anos dessa competição, chegou até as quartas-de-finais da Copa do Rei e foi eliminado na primeira fase de mata-mata da Copa da UEFA.

  • Números de Agüero na sua 2ª Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2007-08
50 *27 12 9 3 3744

* 27 gols dos quais 19 foram pela La Liga, 5 pela Copa da UEFA, 2 pela Copa do Rei e 1 pelas pré-eliminatórias da Copa da UEFA

2008-09

A temporada 2008-09 apresentava um desafio triplo para o Atlético de Madrid: La Liga, Copa do Rei e a UEFA Champions League. No primeiro jogo do time colchonero nessa temporada – em 13 de agosto de 2008 -, Agüero não estava presente porque estava servindo a seleção sub-23 do seu país nas Olimpíadas de 2008 e na ausência dele, o time colchonero perdeu o primeiro confronto da fase pré-eliminatória da UEFA Champions League por 1-0 para o Schalke 04 da Alemanha.

Em 27/08/2008, no segundo confronto contra o Schalke, já com Agüero em campo, a história foi diferente do primeiro jogo e com 1 gol do argentino na goleada por 4-0 sobre a equipe alemã, o Atlético de Madrid obteve a vaga para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Ainda convém lembrar que além do gol marcado nessa partida, o argentino também proveu assistências para os gols de Forlán e de Luis García.

Em 13/09/2008, em jogo da 2ª rodada da La Liga, o camisa 10 marcou o seu primeiro tento nesse campeonato, mas mesmo assim o Atlético de Madrid perdeu para o Real Valladolid por 2-1. Três dias depois, mas desta vez na estreia do time colchonero na fase de grupos da UEFA Champions League, o argentino marcou o seu primeiro doblete da temporada na vitória por 3-0 sobre o PSV Eindhoven da Holanda em pleno Philips Stadion (estádio do PSV).

Em 01/10/2008, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, Agüero marcou o primeiro gol do time colchonero no triunfo por 2-1 sobre o Olympique de Marselha da França no Vicente Calderón.

Em 01/11/2008, em jogo da 9ª rodada da La Liga, o atacante argentino de 20 anos marcou os gols da vitória por 2-0 sobre o Mallorca.

Em 30/11/2008, em confronto válido pela 13ª rodada do Campeonato Espanhol, o camisa 10 marcou um dos gols da goleada por 4-1 sobre o Racing Santander. Nos 3 jogos seguintes do Atlético de Madrid no campeonato nacional, Agüero fez 4 gols; fez 2 gols e proveu uma assistência na goleada por 5-2 sobre o Sporting Gijón, fez 1 gol no triunfo por 2-0 sobre o Real Bétis e fez 1 gol e proveu uma assistência na vitória por 3-2 sobre o Espanyol.

Diego Forlán e Sergio Agüero foram os autores de 56 dos 98 gols do Atlético de Madrid na temporada 2008-09

Em 1 de março de 2009, em jogo da 25ª rodada da La Liga, o camisa 10 marcou o seu último doblete da temporada na vitória por 4-3 sobre o Barcelona.

Em 30/05/2009, em partida válida pela última rodada (38ª) da La Liga 2008-09, Agüero marcou o seu último tento nessa temporada no triunfo por 3-0 sobre o Almería.

Em suma, na sua 3ª temporada com a camisa do time colchonero, Sergio Agüero disputou 47 partidas, fez 21 gols – 17 deles pela La Liga 2008-09, tornando-o um dos artilheiros do campeonato, mas desta vez quem foi o artilheiro desta edição do campeonato foi o seu companheiro de equipe; Diego Forlán – e proveu 15 assistências. Quanto ao Atlético de Madrid, terminou o Campeonato Espanhol em 4º lugar, chegou até as oitavas-de-finais da Copa do Rei e também chegou até as oitavas-de-finais da UEFA Champions League 2008-09.

  • Números de Agüero na sua 3ª Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2008-09
47 *21 15 4 3589

* 21 gols dos quais 17 foram pela La Liga, 3 pela UEFA Champions League e 1 pela fase pré-eliminatória da UEFA Champions League

2009-10

Com a saída do mexicano Javier Aguirre do comando do Atlético de Madrid em meio a temporada 2008-09, quem assumiu o comando da equipe foi Abel Resino e esse novo treinador ao menos conseguiu deixar o time colchonero entre os 4 primeiros colocados do Campeonato Espanhol e assim sendo, o primeiro jogo do Atlético de Madrid na temporada já valia uma classificação para a fase de grupos da UEFA Champions League 2009-10 e em 19 de agosto de 2009, no primeiro confronto da fase pré-eliminatória, Agüero marcou um dos gols da vitória por 3-2 sobre o Panathinaikos da Grécia em solo grego. No segundo confronto, mais uma vitória do time colchonero com 1 gol do argentino; vitória por 2-0 no Vicente Calderón e com isso, o Atlético de Madrid obteve a classificação para a fase de grupos da UEFA Champions League 2009-10.

Em 19/09/2009, em jogo da 3ª rodada da La Liga, o camisa 10 dos Colchoneros marcou o seu primeiro tento nesse campeonato, mas mesmo com o argentino fazendo gol, o Atlético de Madrid foi goleado por 5-2 pelo Barcelona no Camp Nou (estádio do Barcelona).

Mesmo com a temporada em andamento, após o dia 23/10/2009, Abel Resino já não era mais o técnico do time colchonero e para o seu lugar, a diretoria do clube apostou em Quique Sánchez Flores.

Em 03/11/2009, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, Agüero marcou os gols do time colchonero no empate em 2-2 com o Chelsea no Vicente Calderón. Quatro dias depois, o Atlético de Madrid estava em campo novamente, mas desta vez para jogar a 10ª rodada do Campeonato Espanhol em um jogo no qual Agüero marcou 1 dos gols do time colchonero na derrota por 3-2 para o Real Madrid em pleno Vicente Calderón. Nos 3 jogos seguintes do Atleti no Campeonato Espanhol, o camisa 10 marcou 4 tentos; 1 gol na derrota por 2-1 para o Deportivo La Coruña, fez 2 gols e proveu uma assistência na goleada por 4-0 sobre o Espanyol e marcou 1 dos gols do triunfo por 2-0 sobre o Xerez.

Em 08/12/2009, na última rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o Atlético de Madrid perdeu para o Porto por 3-0 jogando diante dos seus próprios torcedores e com isso, em 6 rodadas somou apenas 3 pontos – 3 empates – e ainda assim, o time espanhol conseguiu terminar a fase de grupos em 3º lugar e assim sendo, obteve vaga para a fase de mata-mata da UEFA Europa League; esta foi a primeira temporada que esse torneio foi disputado com esse nome, pois antigamente esse torneio tinha o nome de Copa da UEFA.

Em 9 de janeiro de 2010, em jogo da 17ª rodada da La Liga, Agüero estava sendo poupado pelo treinador do time, mas ao entrar em campo aos 26 minutos da segunda etapa no lugar de Forlán marcou o último gol da goleada por 4-0 sobre o Real Valladolid em pleno Nuevo José Zorrilla (estádio do Valladolid). Cinco dias depois, mas desta vez em confronto válido pelas quartas-de-finais da Copa do Rei, o argentino começou a partida entre os titulares e marcou 1 dos gols da goleada por 5-1 sobre o Recreativo Huelva e com isso, o Atlético de Madrid reverteu a desvantagem do primeiro confronto no qual havia perdido por 3-0 e se classificou para a fase seguinte. Posteriormente, o time colchonero seguiu avançando nesse torneio e chegou a final, onde perdeu para o Sevilla por 2-0.

Em 18/03/2010, no segundo confronto das oitavas-de-finais da UEFA Europa League, o camisa 10 marcou os gols do time colchonero no empate em 2-2 com o Sporting de Portugal no estádio José Alvalade – estádio da equipe portuguesa – e seguindo o critério do gol fora de casa – as duas equipes empataram em 0-0 no primeiro confronto -, o Atlético de Madrid se classificou para a fase seguinte.

Veja Também!  Onde assistir Bulgária x Inglaterra Futebol AO VIVO no Esporte Interativo – Eliminatórias da Eurocopa 2020

Em 25/04/2010, em jogo da 30ª rodada da La Liga, Agüero marcou o seu último tento na temporada no triunfo por 3-1 sobre o Tenerife e além do tento marcado na partida, deu o passe para o compatriota Eduardo Salvio marcar o gol dele.

Em 12/05/2010, em partida válida pela final da UEFA Europa League, o argentino foi um dos protagonistas do triunfo por 2-1 sobre o Fulham da Inglaterra ao prover assistências para os gols de Diego Forlán e por falar em Liga Europa, a trajetória do Atlético de Madrid até a conquista do título foi assim> por ter sido o 3º colocado do grupo onde o time colchonero se encontrava na Liga dos Campeões, o time espanhol herdou a vaga para a fase de mata-mata da UEFA Europa League 2009-10 e diante do seu primeiro adversário (o Galatasaray da Turquia), placar agregado de 3-2 para o Atlético de Madrid – empate em 1-1 na Espanha e vitória por 2-1 na Turquia – avançou para a fase seguinte.

Nas oitavas-de-finais, o Atlético de Madrid enfrentou o Sporting de Portugal e com um empate em 0-0 no primeiro confronto, o time espanhol teve de se superar nos domínios do adversário e foi o que aconteceu, o time colchonero empatou em 2-2 e com o critério do gol fora de casa, se classificou para as quartas de final da dessa edição da UEFA Europa League.

Nas quartas-de-finais, o Atlético de Madrid jogou contra outro time espanhol – o Valencia – e com um empate em 2-2 no Mestalla – estádio do Valencia – e um empate em 0-0 no Vicente Calderón, o time colchonero avançou para a fase seguinte.

Na semifinal, os Colchoneros enfrentaram o Liverpool da Inglaterra e após um triunfo por 1-0 no Vicente Calderón, a equipe inglesa devolveu o placar no Anfield Road – estádio do time inglês – e logo no início da prorrogação, o Atlético de Madrid sofreu mais um gol, mas 7 minutos depois, Forlán marcou o gol que colocou os Colchoneros na final da UEFA Europa League 2009-10.

Em 12/05/2010, o Volksparkstadion em Hamburgo na Alemanha foi o palco da final entre Fulham e Atlético de Madrid. Um jogo no qual o time colchonero venceu por 2-1 na prorrogação com 2 gols de Forlán assistido por Agüero.

Sergio Agüero segurando o troféu da UEFA Europa League 2009-10

Em suma, na sua penúltima temporada com a camisa dos Colchoneros, Kun Agüero disputou 54 partidas, fez 19 gols e proveu 12 assistências. Quanto ao Atlético de Madrid, além de ter sido o campeão da UEFA Europa League 2009-10, terminou o Campeonato Espanhol em 9º lugar, terminou em 3º lugar na fase de grupos da UEFA Champions League e foi o vice-campeão da Copa do Rei.

  • Números de Agüero na sua 4ª Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2009-10
54 *19 12 9 4049

* 19 gols dos quais 12 foram pela La Liga, 2 pela UEFA Champions League, 2 pela fase pré-eliminatória da UEFA Champions League, 2 pela UEFA Europa League e 1 pela Copa do Rei

2010-11

No primeiro jogo do Atlético de Madrid nessa temporada em 27 de agosto de 2010, um confronto contra a Internazionale da Itália que valia o título da Supercopa da UEFA de 2010 e Agüero foi o principal destaque do time colchonero no triunfo por 2-0 sobre a equipe italiana ao marcar 1 dos gols da sua equipe nesta decisão e além do tento marcado, deu o passe para José Antonio Reyes fazer o gol dele na partida e assim sendo, pela primeira vez na sua história, o Atlético de Madrid se sagrava campeão da Supercopa da UEFA.

Em 21/10/2010, em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da UEFA Europa League, o camisa 10 entrou em campo aos 20 minutos do segundo tempo no lugar de Forlán e no minuto seguinte marcou o seu gol no triunfo por 3-0 sobre o Rosenborg da Noruega e além do gol, proveu a assistência para o gol de Diego Costa. Seis dias depois, mas desta vez em confronto válido pela 4ª fase da Copa do Rei, o argentino marcou o seu primeiro doblete da temporada na goleada por 5-0 sobre o Universidad de Las Palmas. No segundo confronto contra esta última equipe, empate em 1-1 e sem dificuldades, o time colchonero se classificou para a fase seguinte desse torneio.

Em 31/10/2010, em jogo da 9ª rodada da La Liga, Agüero marcou o seu primeiro tento nesse campeonato no empate em 1-1 com o Almería.

Em 21/11/2010, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Espanhol, o camisa 10 do time colchonero marcou o seu segundo doblete da temporada na vitória por 4-2 sobre o Real Sociedad e além de fazer 2 gols nessa partida, também contribuiu com uma assistência para o gol de Diego Forlán no jogo.

Em 11/12/2010, em jogo da 15ª rodada da La Liga, Kun Agüero jogou a sua partida de número 300 da sua carreira – contando-se os jogos que ele disputou pelo Independiente, Atlético de Madrid e também pela seleção da Argentina – e para celebrar este feito marcou os gols do triunfo por 2-0 sobre o Deportivo La Coruña.

Em 4 de janeiro de 2011, Agüero anunciou a sua renovação de contrato com o Atlético de Madrid até o ano de 2014 e dois dias depois, no segundo confronto das oitavas-de-finais da Copa do Rei, marcou o gol do time colchonero no empate em 1-1 com o Espanyol. Como o Atlético de Madrid havia vencido o primeiro confronto por 1-0, o time madrilenho se classificou para a fase seguinte onde foi eliminado pelo Real Madrid.

Em 05/03/2011, em jogo da 27ª rodada da La Liga, o camisa 10 marcou um dos gols na vitória por 3-1 sobre o Villareal. Nas 6 rodadas seguintes do Campeonato Espanhol, salvo o jogo contra o Osasuna, ao qual ele foi poupado, o atacante argentino fez 8 gols; marcou os gols do empate em 2-2 com o Almería, fez o único gol do time colchonero na derrota por 2-1 diante do Real Madrid, fez 1 dos gols da vitória por 3-0 sobre o Real Sociedad, fez 1 dos gols do empate em 2-2 com o Espanyol, marcou 2 gols na goleada por 4-1 sobre o Levante e por fim fez o único gol da vitória sobre o Deportivo La Coruña.

Ainda convém lembrar que com o tento marcado diante do Deportivo La Coruña em partida válida pela 34ª rodada da La Liga, Agüero marcou o seu 98º gol com a camisa do time colchonero e com isso, entrou para o top 10 goleadores da história do clube.

Em 21/05/2011, em confronto válido pela última rodada (38ª) do Campeonato Espanhol, o camisa 10 marcou o seu primeiro e último hat-trick com a camisa do Atlético de Madrid no triunfo por 4-3 sobre o Mallorca em pleno Son Moix (estádio do Mallorca).

Em 23/05/2011, Agüero anunciou em seu site oficial o seu desejo de deixar o Atlético de Madrid. Mais de 2 meses se passaram até que a sua partida do clube fosse oficializada. Embora a imprensa esportiva espanhola publicou que existia a possibilidade de transferência para o rival Real Madrid, (mais tarde foi comprovado que isso só passava de especulações), para o Barcelona ou para a Juventus da Itália, no final das contas, foi o Manchester City da Inglaterra é quem contratou o atacante argentino.

Em suma, na sua última temporada com a camisa do time colchonero, Sergio Agüero disputou 41 jogos, fez 27 gols – 20 destes pela La Liga, tornando-o o 3º maior goleador do campeonato ao lado de Álvaro Negredo do Sevilla, ficando atrás apenas de Cristiano Ronaldo do Real Madrid (40 gols) e de Lionel Messi do Barcelona (31 gols) – e proveu 7 assistências. Quanto ao Atlético de Madrid, além de ter sido o campeão da Supercopa da UEFA, foi eliminado na fase de grupos da UEFA Europa League, chegou até as quartas-de-finais da Copa do Rei e terminou o Campeonato Espanhol em 5º lugar.

  • Números de Agüero na sua 5ª e última Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2010-11
41 *27 7 7 3366

* 27 gols dos quais 20 foram pela La Liga, 3 pela UEFA Europa League, 3 pela Copa do Rei e 1 pela Supercopa da UEFA

Títulos que conquistou no Atlético de Madrid

  • UEFA Europa League 2009-10
  • Supercopa da UEFA de 2010
  • O vídeo abaixo mostra os melhores gols de Agüero com a camisa do Atlético de Madrid
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 17 de abril de 2019 por LaLiga Santander

 

Manchester City

2011-12

Agüero sendo apresentado como o mais novo reforço do Manchester City

Em 28 de julho de 2011, o Manchester City confirmou que Sergio Agüero havia assinado um contrato com o clube por 5 temporadas. Estima-se que os Cityzens – Manchester City – tenham desembolsado 35 milhões de libras (o equivalente a 165 milhões de reais) para tê-lo em seu plantel. Ele recebeu a camisa de número 16 em sua primeira temporada no City e na camisa o seu nome está como Kun Agüero.

No primeiro jogo do Manchester City na temporada em 7 de agosto de 2011 contra o rival Manchester United – partida que valia o título da FA Community Shield (Supercopa da Inglaterra) -, Roberto Mancini, treinador dos Cityzens, não utilizou o argentino, acreditando que ele ainda não estava em forma. Quanto ao resultado desse “Derby de Manchester”, vitória para os Red Devils  – Manchester United – por 3-2.

Em 15/08/2011, na estreia do Manchester City na Premier League (Campeonato Inglês) 2011-12, Agüero saiu do banco aos 14 minutos do segundo tempo para substituir o volante Nigel de Jong e no seu primeiro jogo com a camisa dos Cityzens fez 2 gols e proveu uma assistência – para o gol de David Silva – na goleada por 4-0 sobre o Swansea no Etihad Stadium (estádio do Manchester City). Mesmo sendo a sua estreia, o novo camisa 16 dos Cityzens recebeu diversos elogios entre os jornalistas de futebol, com alguns sugerindo que ele era um dos melhores jogadores do futebol inglês. Na rodada seguinte da Premier League, Agüero fez a sua estreia como titular em um jogo no qual o Manchester City venceu o Bolton Wanderes como visitante por 3-2 e nessa partida.

Em 28/08/2011, em jogo da 3ª rodada da Premier League, o argentino marcou o seu primeiro gol como titular na goleada por 5-1 sobre o Tottenham em pleno White Hart Lane (estádio do Tottenham). Na rodada seguinte, em 10/09/2011, o novo camisa 16 dos Cityzens marcou o seu primeiro hat-trick pelo seu novo clube na vitória por 3-0 sobre o Wigan.

Em 18/09/2011, em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Inglês, Agüero marcou os gols dos Cityzens no empate em 2-2 com o Fulham.

Em 01/10/2011, em jogo da 7ª rodada da Premier League, o atacante argentino teve de deixar o campo aos 28 minutos da primeira etapa devido a uma lesão que sofreu. Quanto ao resultado da partida, mesmo sem poder contar com ele, o Manchester City venceu o Blackburn Rovers fora de casa por 4-0.

Em 18/10/2011, em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, já recuperado da lesão, Mancini colocou Agüero em campo aos 17 minutos do segundo tempo no lugar do volante Nigel de Jong e no último minuto da partida, marcou o gol do triunfo por 2-1 sobre o Villareal da Espanha. Cinco dias depois, o Manchester City estava em campo novamente para jogar contra o rival local – Manchester United – em um duelo válido pela Premier League e o camisa 16 marcou um dos gols da goleada por 6-1 sobre os Reds Devils em pleno Old Trafford.

Em 01/11/2011, Agüero foi escolhido como um dos indicados para o prêmio FIFA Ballon d’Or; prêmio de melhor Jogador do Mundo.

Em 19/11/2011, em jogo da 12ª rodada da Premier League, o atacante argentino marcou 1 dos gols dos Cityzens no triunfo por 3-1 sobre o Newcastle e além do gol, deu o passe para o meia Micah Richards fazer o gol dele na partida. Com este resultado, o Manchester City pôs um fim a invencibilidade do Newcastle na temporada.

Em 29/11/2011, em confronto válido pelas quartas-de-finais da Copa da Liga Inglesa diante do Arsenal no Emirates Stadium em Londres, Agüero marcou o único gol da vitória do Manchester City e com isso, os Cityzens avançaram para a fase seguinte dessa competição. Posteriormente, o City foi eliminado pelo Liverpool na semifinal da Copa da Liga Inglesa 2011-12.

Em 03/12/2011, em jogo da 14ª rodada da Premier League, o camisa 16 marcou o seu 13º tento na temporada na goleada por 5-1 sobre o Norwich City. Com este resultado, o Manchester City manteve o aproveitamento de 100% como mandante; em outras palavras, o City manteve o recorde de vitórias atuando no seu estádio.

Em 21/12/2011, em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Inglês, o atacante argentino marcou o seu 3º doblete da temporada na vitória por 3-0 sobre o Stoke City.

Em 3 de janeiro de 2012, em jogo da 20ª rodada da Premier League, Agüero bateu o goleiro Pepe Reina com um chute rasteiro e marcou o primeiro tento dos Cityzens no triunfo por 3-0 sobre o Liverpool.

Em 04/02/2012, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Inglês, o camisa 16 marcou o seu 15º tento no campeonato na vitória por 3-0 sobre o Fulham e além do gol marcado, proveu a assistência para o gol de Edin Džeko nesse jogo.

Em 16/02/2012, no primeiro confronto da fase de 16 avos da UEFA Europa League diante do Porto, Agüero entrou em campo aos 33 minutos da segunda etapa no lugar de Mario Balotelli e em apenas 6 minutos após a sua entrada, marcou o gol da vitória por 2-1 sobre a equipe portuguesa em pleno Estádio do Dragão. Uma semana depois, as duas equipes se enfrentaram novamente no Etihad Stadium e nesse confronto, o atacante argentino marcou o primeiro gol dos Cityzens na goleada por 4-0 sobre o Porto e também contribuiu com uma assistência para o gol de Edin Džeko e com isso, o City se classificou para a fase seguinte desta competição.

Em 25/02/2012, em jogo da 26ª rodada da Premier League, o camisa 16 marcou o segundo gol dos Cityzens na vitória por 3-0 sobre o Blackburn Rovers.

Em 15/03/2012, no segundo confronto contra o Sporting de Portugal nas oitavas-de-finais da UEFA Europa League, Agüero marcou o seu 4º doblete da temporada no triunfo por 3-2 sobre a equipe portuguesa no Etihad Stadium, porém no primeiro confronto entre as duas equipe no estádio José Alvalade, o Sporting venceu por 1-0 e seguindo o critério do gol fora de casa, a equipe portuguesa avançou para a fase seguinte. Uma semana depois, mas desta vez em partida válida pela Premier League, o atacante argentino marcou um dos gols da vitória por 2-1 sobre o Chelsea.

Em 29/03/2012, durante os treinos do time, Agüero foi afastado por cerca de 10 dias devido a um problema nos pés, que foi posteriormente diagnosticado com uma reação a uma substância que empolava os seus pés.

Após uma ausência de duas semanas dos gramados, no seu retorno ao campo em 08/04/2012 em jogo da 32ª rodada da Premier League, derrota por 1-0 para o Arsenal no Emirates Stadium.

Em 11/04/2012, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Inglês, o camisa 16 marcou o seu 5º doblete da temporada na goleada por 4-0 sobre o West Bromwich e além dos 2 tentos marcados no jogo, o argentino proveu assistências para os gols de Carlos Tévez e de David Silva. Nas duas rodadas seguintes, o camisa 16 marcou 3 gols; 2 na goleada por 6-1 sobre o Norwich City e 1 na vitória por 2-0 sobre o Wolverhampton.

Em 04/05/2012, Agüero foi eleito o Melhor Jogador do Manchester City na temporada 2011-12 e além disso, ele também venceu o prêmio de gol mais bonito do clube; o primeiro gol que marcou na goleada por 6-1 sobre o Norwich City no Carrow Road (estádio do Norwich City).

Após a derrota para o Arsenal, o Manchester City venceu 5 jogos consecutivos e com isso, o clube conseguiu tirar uma diferença de 8 pontos para o rival Manchester United e assim sendo, chegou na última rodada da Premier League 2011-12 com chances de ser campeão. Os Cityzens enfrentaram o Queens Park Rangers na última rodada do campeonato e concomitantemente a esse jogo, o Manchester United jogava contra o Sunderland e vencia por 1-0, enquanto o Manchester City estava empatando com o Queens Park Rangers. Precisando da vitória para conquistar o título do campeonato, Roberto Mancini colocou Balotelli e Džeko – 2 centroavantes – e de tanto pressionar, aos 49 minutos do segundo tempo, Agüero marcou o gol da vitória por 3-2 e levou os torcedores do Etihad Stadium a loucura.

Após o jogo, o zagueiro Vincent Kompany disse que viu o atacante argentino chorando durante o desfile do título no dia seguinte e o próprio Agüero confirmou que estava emocionado. Esta foi a primeira vez que o Manchester City conquistava o título da 1ª divisão do Campeonato Inglês desde a temporada 1967-68 e convém lembrar que o Manchester United também terminou o campeonato com o mesmo número de pontos que o Manchester City, mas os Cityzens levavam vantagem no saldo de gols e nos gols a favor e era legitimamente, o campeão nacional dessa temporada.

Em suma, na sua primeira temporada com a camisa dos Cityzens, Sergio Agüero disputou 48 jogos, fez 30 gols – 23 destes pela Premier League, tornando-o o 3º maior goleador do campeonato, ficando atrás apenas de Robin van Persie do Arsenal (30 gols) e de Wayne Rooney do Manchester United (27 gols) – e proveu 12 assistências. Quanto ao Manchester City, além de ter sido o campeão da Premier League 2011-12, chegou até a semifinal da Copa da Liga Inglesa, terminou a fase de grupos da Liga dos Campeões em 3º lugar, chegou até as oitavas-de-finais da UEFA Europa League e foi eliminado na 3ª rodada da Copa da Inglaterra.

  • Números de Agüero na sua 1ª Temporada no Manchester City
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2011-12
48 *30 12 3 3471

* 30 gols dos quais 23 foram pela Premier League, 4 pela UEFA Europa League, 1 pela UEFA Champions League, 1 pela Copa da Inglaterra e 1 pela Copa da Liga Inglesa

2012-13

Em 12 de agosto de 2012, no primeiro jogo do Manchester City nessa temporada, Agüero estava em campo no confronto diante do Chelsea que valia o título da FA Communiy Shield 2012, ao qual os Cityzens venceram por 3-2 e com isso, já iniciavam a temporada celebrando a conquista de mais um título.

Em 19/08/2012, na estreia do Manchester City na Premier League 2012-13, o camisa 16 sofreu uma lesão no joelho e em decorrência disso, teve de ser substituído ainda aos 14 minutos da primeira etapa por Edin Džeko. Quanto ao resultado do jogo, os Cityzens venceram o Southampton por 3-2 no Etihad Stadium na estreia desta edição da Premier League.

Em 18/09/2012, na estreia do City na fase de grupos da UEFA Champions League contra o Real Madrid da Espanha, Agüero viu do banco o seu time perder por 3-2 no Santiago Bernabéu – estádio do time espanhol -, mas vale ressaltar que no dia seguinte após esta partida, o jornal britânico “The Telegraph” relatou que o atacante argentino disse que teria aceitado uma oferta do Real Madrid no ano passado (2011) se o clube tivesse feito esta oferta, mas como ficou sem opção, aceitou a oferta do Manchester City. [1] Cinco dias depois, em jogo válido pela Premier League diante do Arsenal, já recuperado, Agüero jogou a partida contra os Gunners – Arsenal -, a qual as duas equipes empataram em 1-1.

Em 29/09/2012, em jogo da 6ª rodada da Premier League, o camisa 16 marcou o seu primeiro tento após o retorno aos gramados na vitória por 2-1 sobre o Fulham fora de casa. Na rodada seguinte, o atacante argentino marcou o segundo gol dos Cityzens no triunfo por 3-0 sobre o Sunderland.

Em 06/11/2012, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League contra o Ajax da Holanda, Agüero marcou um dos gols do empate em 2-2 com a equipe holandesa no Etihad Stadium. Nos 3 jogos seguintes do Manchester City nessa temporada, os 2 primeiros válidos pela Premier League e o último destes válido pela 5ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o argentino fez 4 gols; 1 gol na vitória por 2-1 sobre o Tottenham, 2 gols na goleada por 5-0 sobre o Aston Villa e o gol do empate em 1-1 com o Real Madrid no Etihad Stadium.

Em 15/12/2012, em jogo da 17ª rodada da Premier League, o camisa 16 marcou o seu 6º tento na temporada na vitória por 3-1 sobre o Newcastle fora de casa.

Em 29/12/2012, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Inglês, Agüero foi um dos destaque da vitória por 4-3 sobre o Norwich City no Carrow Road ao marcar 1 dos tentos dos Cityzens na partida e também ao contribuir com uma assistência para 1 dos 2 gols de Edin Džeko. Quatro dias depois, mais precisamente em 2 de janeiro de 2013, em mais uma rodada da Premier League, o argentino marcou um dos gols da vitória por 3-0 sobre o Stoke City e além do tento marcado, proveu a assistência para o gol de Džeko na partida e devido a uma lesão, teve de ser substituído pelo compatriota Carlos Tévez antes do fim do jogo e ficou afastado dos gramados por uma semana.

Em 19/01/2013, em jogo da 23ª rodada da Premier League, já recuperado da lesão que sofreu na partida contra o Stoke City, jogou os últimos 10 minutos da vitória por 2-0 sobre o Fulham.

Em 03/02/2013, em partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Inglês, Agüero marcou um dos tentos dos Cityzens no empate em 2-2 com o Liverpool .

Em 17/02/2013, em confronto válido pelas oitavas-de-finais da Copa da Inglaterra, o camisa 16 foi o principal destaque da goleada por 4-0 sobre o Leeds United ao marcar 2 gols e também ao contribuir com uma assistência para o gol de Carlos Tévez nesse jogo. Com esta vitória, o Manchester City se classificou para a fase seguinte desse torneio.

Em 24/02/2013, em jogo da 27ª rodada da Premier League, Agüero sofreu uma nova lesão na vitória por 2-0 sobre o Chelsea e em decorrência disso, não pôde jogar as partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2014 contra a Venezuela e Bolívia respectivamente.

Em 30/03/2013, em confronto da 31ª rodada da Premier League o camisa 16 se recuperou da lesão no joelho e jogou os últimos 20 minutos da goleada por 4-0 sobre os Magpies (Newcastle). Na rodada seguinte em 08/04/2012, o argentino marcou 1 tento no triunfo por 2-1 sobre o Manchester United em pleno Old Trafford.

Em 14/04/2013, em confronto válido pela semifinal da Copa da Inglaterra, Agüero deu o passe para Samir Nasri abrir o placar e logo no início do segundo tempo, fez o gol da vitória por 2-1 sobre o Chelsea e com isso, os Cityzens se classificaram para a final da Copa da Inglaterra 2012-13. Posteriormente, o Wigan venceu o Manchester City na final por 1-0 e se sagrou campeão desta edição da FA Cup (Copa da Inglaterra).

Em 27/04/2013, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Inglês, o camisa 16 marcou o seu 16º tento nessa temporada na vitória por 2-1 sobre o West Ham no Etihad Stadium.

Em 14/05/2013, em jogo da penúltima (37ª) rodada da Premier League, Agüero marcou o seu último gol da temporada no triunfo por 2-0 sobre o Reading.

O jornal “Times” afirmou que Agüero era o principal alvo do Real Madrid, mas quando foi procurado para falar sobre isso, o argentino disse: “Estou muito feliz no City e me sinto muito apreciado e amado aqui, o que significa muito para mim”. O presidente-executivo do Manchester City, Ferran Soriano, também negou a ideia de uma transferência, insistindo que Agüero seguiria vestindo a camisa do Manchester City.

Em 25/05/2013, Agüero assinou uma prorrogação de 1 ano em seu contrato, mantendo-o no Manchester City até o ano de 2017. Agüero afirmou o seu compromisso com o clube dizendo: “Estou comprometido com o Manchester City, é um grande clube.”

Em suma, na sua 2ª temporada com a camisa dos Cityzens, Kun Agüero disputou 40 partidas, fez 17 gols e proveu 5 assistências. Quanto ao Manchester City, além de ter sido o campeão da FA Community Shield 2012, foi o vice-campeão da Premier League 2012-13, foi vice-campeão da Copa da Inglaterra e não passou da 3ª rodada da Copa da Liga Inglesa.

  • Números de Agüero na sua 2ª Temporada no Manchester City
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
40 *17 5 2 2716

* 17 gols dos quais 12 foram pela Premier League, 3 pela Copa da Inglaterra e 2 pela UEFA Champions League

2013-14

Ao término da temporada 2012-13 Roberto Mancini deixou o cargo de treinador do Manchester City e para o lugar dele, o clube contratou o chileno Manuel Pellegrini. Quanto a Agüero, após uma lesão no joelho que o fez perder a pré-temporada do clube, na estreia do Manchester City nesta edição da Premier League em 19 de agosto de 2013, iniciou entre os titulares e marcou 1 dos gols da goleada por 4-0 sobre o Newcastle.

Em 17/09/2013, na estreia do Manchester City na fase de grupos da UEFA Champions League contra o Viktoria Plzeň da República Checa, o camisa 16 marcou 1 dos gols da vitória por 3-0 sobre o time checo e além do gol marcado, proveu assistências para os outros 2 gols do seu time nessa partida; para o gol de Edin Džeko e de Yaya Touré respectivamente.

Em 22/09/2013, em jogo da 5ª rodada da Premier League, Agüero foi o principal destaque desse “Derby de Manchester” ao marcar um doblete na goleada por 4-1 sobre o rival no Etihad Stadium.

Em 19/10/2013, em jogo da 8ª rodada da Premier League, o camisa 16 marcou o seu segundo doblete da temporada no triunfo por 3-1 sobre o West Ham e além dos 2 tentos que marcou na partida, deu o passe para o gol de David Silva. Quatro dias depois, em confronto válido pela 3ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o argentino teve outra grande atuação e marcou os gols da vitória por 2-1 sobre o CSKA Moscou da Rússia.

Em 05/11/2013, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o Manchester City e o CSKA Moscou se enfrentaram novamente, mas desta vez o palco do jogo foi o Etihad Stadium e Agüero marcou o seu 4º doblete da temporada na goleada por 5-2 sobre a equipe russa e além dos 2 gols, deu o passe para 1 dos 3 gols de Álvaro Negredo.

Veja Também!  Assistir ao gol de Pedro Carmona que fez Sport 2 x 0 Cuiabá - Série B

Em 08/11/2013, depois de marcar 5 gols em 4 partidas entre 5 de outubro e 2 de novembro, Agüero foi eleito pela primeira vez como o Melhor Jogador do Mês da Premier League. Isso sem contar os 2 dobletes que ele marcou nos 2 confrontos contra o CSKA Moscou na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Em 24/11/2013, em jogo da 12ª rodada da Premier League, o camisa 16 marcou o seu 5º doblete da temporada na goleada por 6-0 sobre o Tottenham e além dos 2 gols marcados, proveu a assistência para 1 dos 2 gols de Jesús Navas. Com os gols marcados diante dos Spurs – Tottenham -, Agüero ultrapassou Thierry Henry como o jogador com a maior relação de gols por minuto na história da Premier League. Ele também marcou 6 gols em 5 jogos na fase de grupos da Liga dos Campeões, já que o Manchester City se classificou para a fase de mata-mata pela primeira vez na sua história.

Em 14/12/2013, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Inglês, o atacante argentino marcou o primeiro gols dos Cityzens na goleada por 6-3 sobre o Arsenal, porém teve de sair de campo logo no início do segundo tempo devido a uma lesão que ele sofreu na panturrilha e com isso, ficou de fora das 8 partidas seguintes do Manchester City nessa temporada.

Já recuperado da lesão, em 15 de janeiro de 2014, em confronto válido pelo “replay” da 3ª rodada da Copa da Inglaterra, Agüero entrou em campo aos 27 minutos da segunda etapa no lugar de Álvaro Negredo e no minuto seguinte, marcou o quarto tento dos Cityzens na goleada por 5-0 sobre o Blackburn Rovers. Na fase seguinte desta competição, em 25/01/2014, o argentino marcou o seu primeiro hat-trick da temporada no triunfo por 4-2 sobre o Watford. Posteriormente, o Manchester City foi eliminado pelo Wigan por 2-1 nas quartas-de-finais desta edição da FA Cup.

Em 29/01/2014, em jogo da 23ª rodada da Premier League, o camisa 16 dos Cityzens marcou o seu 50º gol na Premier League na goleada por 5-1 sobre o Tottenham, mas após o fim do primeiro tempo, o argentino foi substituído por Stevan Jovetić com uma suspeita de lesão no tendão, o que se confirmou alguns dias depois.

Em 02/03/2014, em confronto válido pela final da Copa da Liga Inglesa, recuperado da lesão no tendão, Agüero jogou o primeiro tempo e o início do segundo tempo da vitória por 3-1 sobre o Sunderland e com isso, pela 3ª vez na sua história, os Cityzens se sagravam campeões deste torneio.

Em 12/03/2014, no segundo confronto das oitavas-de-finais da UEFA Champions League contra o Barcelona da Espanha, o camisa 16 sofreu uma reincidência da lesão e foi substituído após o fim do primeiro tempo na derrota por 2-1 para o time espanhol no Camp Nou e como já havia perdido o primeiro confronto por 2-0 em pleno Etihad Stadium, o Manchester City estava eliminado da UEFA Champions League 2013-14.

Depois de perder 5 jogos da Premier League, em 13/04/2014, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Inglês, já recuperado de lesão, o atacante argentino jogou os últimos 25 minutos da derrota por 3-2 para o Liverpool no Anfield Road.

Em 21/04/2014, em jogo da 35ª rodada da Premier League, Agüero marcou o seu primeiro gol desde o mês de janeiro no triunfo por 3-1 sobre o West Bromwich e além do tento marcado na partida, contribuiu com uma assistência para o gol do compatriota Pablo Zabaleta.

Em 03/05/2014, em partida válida pela penúltima rodada da Premier League, o camisa 16 marcou o seu último tento na temporada na vitória por 3-2 sobre o Everton em pleno Goodison Park. Posteriormente, em 11/05/2014, o atacante argentino estava em campo na vitória por 2-0 sobre o West Ham e com esse resultado, o Manchester City se sagrava campeão de mais uma edição do Campeonato Inglês.

Em suma, na sua 3ª temporada com a camisa dos Cityzens, Sergio Agüero disputou 34 jogos, fez 28 gols – 17 destes pela Premier League tornando-o o 4º maior goleador do campeonato ao lado de Wayne Rooney do Manchester United, ficando atrás apenas de Luis Suárez do Liverpool (31 gols), Daniel Sturridge do Liverpool (22 gols) e do companheiro Yaya Touré (20 gols) – e proveu 14 assistências. Quanto ao Manchester City, além de ter sido o campeão da Premier League 2013-14 e da Copa da Liga Inglesa 2013-14, chegou até as quartas-de-finais da Copa da Inglaterra e chegou até as oitavas-de-finais da Liga dos Campeões.

  • Números de Agüero na sua 3ª Temporada no Manchester City
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
34 *28 14 6 2288

* 28 gols dos quais 17 foram pela Premier League, 6 pela UEFA Champions League, 4 pela Copa da Inglaterra e 1 pela Copa da Liga Inglesa

2014-15

Pouco antes do início dessa temporada, mais precisamente em 14 de agosto de 2014, Agüero assinou um novo contrato com o Manchester City e com isso, estendeu o seu vínculo com os Cityzens até o ano de 2019.

Em 17/08/2014, na estreia dos Cityzens na Premier League 2014-15, o camisa 16 entrou em campo aos 38 minutos do segundo tempo no lugar de Edin Džeko e depois de 9 minutos em campo, marcou o segundo gol do City na partida e assim sendo, o Manchester City venceu o Newcastle em pleno St. James’ Park por 2-0.

Depois de atuar pela seleção argentina na Copa do Mundo FIFA de 2014, Manuel Pellegrini estava poupando o Agüero para os jogos mais decisivos e aos poucos estava dando ritmo de jogo para ele e com isso, em partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Inglês contra o Liverpool, aos 23 minutos da segunda etapa, o camisa 16 substituiu o centroavante bósnio – Džeko – mais uma vez e só precisou de 23 segundos em campo para marcar o terceiro gol dos Cityzens no triunfo por 3-1 sobre os Reds – Liverpool – no Etihad Stadium. No jogo seguinte em diante, o atacante argentino voltou a ser titular.

Em 18/10/2014, em jogo da 8ª rodada da Premier League, Kun Agüero marcou os gols da goleada por 4-1 sobre o Tottenham; 2 destes foram em cobranças de pênalti. Ainda convém lembrar que o atacante argentino poderia ter feito o seu 5º gol só nessa partida, mas dos 3 pênaltis que cobrou, Agüero converteu 2 sendo que 1 destes foi defendido pelo goleiro Hugo Lloris. Isso levou Sergio Agüero a 61 tentos na Premier League e com isso, superou o compatriota Carlos Tévez como o artilheiro do clube nessa competição.

Em 02/11/2014, em confronto válido pela 10ª rodada da Premier League, o camisa 16 marcou o único gol da vitória dos Cityzens sobre os Red Devils, ou seja, o Manchester City levou a melhor em mais um “Derby de Manchester”. Na rodada seguinte da Premier League, o atacante argentino marcou os gols do City no empate em 2-2 com o Queens Park Rangers fora de casa.

Em 25/11/2014, em partida válida pela 5ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, Agüero marcou os gols da vitória dos Cityzens por 3-2 sobre o Bayern de Munique. Cinco dias depois, em jogo da 13ª rodada da Premier League, o atacante argentino celebrou o seu 100º jogo pelo clube no Campeonato Inglês e celebrou esta ocasião provendo assistências para os gols de Yaya Touré e de Gäel Clichy no triunfo por 3-0 sobre o Southampton.

Em 02/12/2014, Kun Agüero foi eleito o Jogador do Ano de 2014 pela Federação de Futebolistas da Inglaterra (PFA). No dia seguinte, em confronto válido pela 14ª rodada da Premier League, o camisa 16 marcou o seu segundo doblete da temporada na goleada por 4-1 sobre o Sunderland em pleno Stadium of Light – estádio do Sunderland – e além dos 2 gols marcados na partida, deu o passe para o gol de Stevan Jovetić. Na rodada seguinte da Premier League, o atacante argentino teve de deixar o campo logo no início da partida devido a uma lesão. Quanto ao jogo, o Manchester City venceu o Everton por 1-0 e em decorrência desta lesão, não jogou mais pelo restante do ano de 2014.

Depois de se recuperar desta lesão, o camisa 16 voltou aos gramados em 10 de janeiro de 2015 em partida válida pela 21ª rodada da Premier League, a qual o Manchester City e o Everton empataram em 1-1.

Em 11/02/2015, em jogo da 25ª rodada do Campeonato Inglês, Agüero marcou o seu 3º doblete da temporada na goleada por 4-1 sobre o Stoke City em pleno bet365 Stadium (estádio do Stoke City). Na rodada seguinte do campeonato, em 21/02/2015, aos 72 segundo de jogo, o atacante argentino converteu um pênalti sofrido por Edin Džeko e assim sendo, marcou o primeiro gol da goleada por 5-0 sobre o Newcastle e além do tento marcado, também contribuiu com uma assistência para 1 dos 2 gols de David Silva nesta partida. Ainda convém lembrar, que esta foi a mais rápida conversão de pênalti da história da Premier League desde a temporada 1993-94.

Em 12/04/2015, em confronto válido pela 32ª rodada da Premier League, o camisa 16 marcou os 2 gols do Manchester City na derrota por 4-2 para o Manchester United. Nas 4 rodadas seguintes do Campeonato Inglês, Kun Agüero marcou 6 gols em 4 partidas; 1 gol na vitória por 2-0 sobre o West Ham, 1 gol no triunfo por 3-2 sobre o Aston Villa, o único gol da vitória sobre o Tottenham e por fim marcou 3 gols e proveu uma assistência na goleada por 6-0 sobre o Queens Park Rangers. Com essa derrota, o rebaixamento do Queens Park Rangers para a Championship – 2ª divisão do futebol inglês – estava selado.

Agüero segurando a “Chuteira de Ouro” da Premier League 2014-15

Em 24/05/2015, em partida válida pela última rodada (38ª) da Premier League 2014-15, Kun Agüero marcou o seu último tento nessa temporada na vitória por 2-0 sobre o Sunderland.

Em suma, na sua 4ª temporada com a camisa dos Cityzens, Sergio Agüero disputou 42 jogos, fez 32 gols – sendo 26 destes pela Premier League fazendo dele o artilheiro do Campeonato – e proveu 9 assistências. Quanto ao Manchester City, foi o vice-campeão da FA Community Shield de 2014 e da Premier League 2014-15, chegou até as oitavas-de-finais da UEFA Champions League e foi eliminado da Copa da Liga Inglesa e da Copa da Inglaterra antes das oitavas-de-finais.

  • Números de Agüero na sua 4ª Temporada no Manchester City
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
42 *32 9 7 3200

* 32 gols dos quais 26 foram pela Premier League e 6 pela UEFA Champions League

2015-16

Em 7 de agosto de 2015, Agüero anunciou que estava deixando a camisa número 16 e que de agora em diante, seria o camisa 10 dos Cityzens, camisa usada anteriormente pelo bósnio Edin Džeko; emprestado para a Roma da Itália. Três dias depois, o Manchester City estreou com uma vitória por 3-0 sobre o West Bromwich fora de casa na Premier League 2015-16.

Em 16/08/2015, em jogo da 2ª rodada da Premier League, o novo camisa 10 dos Cityzens marcou o seu primeiro tento na temporada na vitória por 3-0 sobre o atual campeão nacional, o Chelsea.

Em 30/09/2015, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, Agüero marcou o seu 2º tento na temporada na vitória por 2-1 sobre o Borussia Mönchengladbach da Alemanha fora de casa. Três dias depois – em 03/10/2015 -, o novo camisa 10 dos Cityzens marcou 5 gols na goleada por 6-1 sobre o Newcastle e com isso, juntou-se a Andy Cole, Alan Shearer, Jermain Defoe e Dimitar Berbatov como um jogador que marcou o maior número de gols possíveis numa única partida da Premier League. Ainda convém lembrar que o argentino só precisou de 23 minutos para fazer 5 gols, o maior recorde desde a criação da Premier League na temporada 1991-92. Quatro minutos depois de marcar o seu 5º tento na partida, o camisa 10 foi substituído por Wilfried Bony.

Em 08/10/2015, em um jogo das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018 contra o Equador, Kun Agüero se lesionou no início da partida e saiu de campo em lágrimas. O próprio Agüero disse que esperava ficar de fora dos gramados por cerca de quatro semanas (no qual o clássico contra o Manchester United seria jogado), embora vários meios de comunicação tenham alegado que ele ficaria sem jogar por pelo menos 8 semanas.

Em 21/11/2015, em jogo da 13ª rodada da Premier League, ao qual o Manchester City foi derrotado pelo Liverpool, o camisa 10 voltou aos gramados e marcou o único gol dos Cityzens na derrota por 4-1 diante dos Reds. Este foi o 85º tento de Agüero na Premier League e com isso, se tornou o jogador sul-americano com mais gols marcados nesse campeonato, superando o seu compatriota e ex-companheiro de ataque Carlos Tévez. Na rodada seguinte, o Manchester City venceu o Southampton por 3-1, mas o ponto negativo desta partida é que o camisa 10 saiu de campo lesionado novamente.

Em 21/12/2015, em confronto válido pela 17ª rodada da Premier League, já recuperado de lesão, o atacante argentino atuou como titular diante do Arsenal, porém os Gunners – Arsenal – venceram os Cityzens por 2-1 no Emirates Stadium.

Em 16 de janeiro de 2016, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Inglês, Agüero marcou o seu primeiro doblete da temporada na goleada por 4-0 sobre o Crystal Palace e além dos 2 gols marcados, deu o passe para David Silva marcar o gol dele nesse jogo. Nas 3 rodadas seguintes do campeonato, o camisa 10 marcou 4 gols em 3 partidas; os 2 gols dos Cityzens no empate em 2-2 com o West Ham, o gol da vitória por 1-0 sobre o Sunderland e o único gol da derrota por 3-1 ante o Leicester.

Em 24/02/2016, no primeiro confronto das oitavas-de-finais da UEFA Champions League contra o Dinamo Kiev da Ucrânia, o atacante argentino marcou o primeiro gol dos Cityzens no triunfo por 3-1 sobre a equipe ucraniana fora de casa.

Em 05/03/2016, em jogo da 29ª rodada da Premier League, Agüero marcou o seu 3º doblete na temporada na vitória por 4-0 sobre o Aston Villa.

Em 16/04/2016, em confronto válido pela 34ª rodada da Premier League, o camisa 10 os gols do triunfo por 3-0 sobre o Chelsea em pleno Stamford Brigde. Três dias depois, em jogo adiado da 27ª rodada da Premier League, o atacante argentino marcou o seu 100º gol no campeonato no empate em 1-1 com o Newcastle e com isso, Agüero tornava-se o segundo jogador mais rápido a chegar a esta marca – 147 jogos para fazer 100 gols – ficando atrás apenas de Alan Shearer; 100 gols em 124 jogos. O gol também foi o 6º de Agüero contra o Newcastle na temporada, fazendo com que se tornasse o 6º jogador na história da Premier League a marcar 6 gols contra um mesmo clube em uma única temporada.

Em 08/05/2016, em jogo da penúltima rodada (37ª) da Premier League, o camisa 10 dos Cityzens marcou o seu último tento na temporada no empate em 2-2 com o Arsenal no Etihad Stadium.

Em suma, na sua 5ª temporada com a camisa dos Cityzens, Sergio Agüero disputou 44 partidas, fez 29 gols – 24 deles pela Premier League tornando-o o 2º maior goleador do campeonato ao lado de Jamie Vardy do Leicester e assim sendo, ficou atrás apenas de Harry Kane do Tottenham (25 gols) – e proveu 5 assistências. Quanto ao Manchester City, foi o campeão da Copa da Liga Inglesa, chegou até as semifinais da UEFA Champions League, sendo eliminado pelo Real Madrid da Espanha, chegou até as oitavas-de-finais da Copa da Inglaterra e terminou o Campeonato Inglês em 4º lugar.

  • Números de Agüero na sua 5ª Temporada no Manchester City
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
44 *29 5 1 3523

* 29 gols dos quais 24 foram pela Premier League, 2 pela UEFA Champions League, 2 pela Copa da Liga Inglesa e 1 pela Copa da Inglaterra

2016-17

Após o término da temporada 2015-16, Manuel Pellegrini deixa o comando dos Cityzens e com a saída dele, o Manchester City contratou o renomado técnico espanhol Pep Guardiola e sob a gestão do novo treinador, em 13 de agosto de 2016, na estreia do Manchester City na Premier League 2016-17, Agüero marcou de pênalti o primeiro gol da vitória por 2-1 sobre o Sunderland. Três dias depois, o Manchester City enfrentou o Steua Bucareste da Romênia fora de casa visando a classificação para a fase de grupos da UEFA Champions League 2016-17 e no primeiro confronto, Agüero marcou o seu primeiro hat-trick da temporada na goleada por 5-0 sobre a equipe romena. Posteriormente, com um time misto, os Cityzens venceram a equipe romena por 1-0 no Etihad Stadium e com isso, a equipe inglesa se classificou para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Em 20/08/2016, em partida válida pela 2ª rodada da Premier League, o camisa 10 marcou o seu primeiro doblete da temporada na goleada por 4-1 sobre o Stoke City em pleno bet365 Stadium. Uma semana depois, em mais um confronto válido pela Premier League, ao qual o City venceu o West Ham por 3-1, Agüero atingiu o zagueiro Winston Reid na garganta com o braço, um incidente que ficou impune pelo árbitro dessa partida. Reid não conseguiu ficar em campo após o ocorrido e teve de ser substituído. A Federação Inglesa de Futebol puniu o atacante argentino com uma suspensão de 3 partidas por conduta violenta acusando-o de se comportar de maneira “agressiva, excessiva e brutal”.

Em 14/09/2016, na estreia dos Cityzens na fase de grupos desta edição da UEFA Champions League, o atacante argentino marcou o seu segundo e último hat-trick da temporada na goleada por 4-0 sobre o Borussia Mönchengladbach da Alemanha no Etihad Stadium.

Kun Agüero recebendo instruções de Pep Guardiola

Em 24/09/2016, em confronto válido pela 6ª rodada do Campeonato Inglês, depois de cumprir a suspensão de 3 jogos, no seu retorno a Premier League, o camisa 10 marcou o seu segundo doblete da temporada no triunfo por 3-1 sobre o Swansea.

Em 29/10/2016, em jogo da 10ª rodada da Premier League, Agüero foi o principal destaque da goleada por 4-0 sobre o West Bromwich ao fazer 2 gols e também ao contribuir com uma assistência com 1 dos 2 gols de Ilkay Gündogan na partida. Na rodada seguinte em 05/11/2016, o atacante argentino marcou o seu 150º gol com a camisa dos Cityzens no empate em 1-1 com o Middlesbrough no Etihad Stadium.

Em 26/11/2016, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Inglês, o camisa 10 marcou os gols do seu time na vitória por 2-1 sobre o Burnley. Na rodada seguinte, o Manchester City enfrentou o Chelsea e além de perder a partida por 3-1, também perdeu Agüero no último minuto de jogo, pois levou um cartão vermelho por cometer uma falta grave no zagueiro David Luiz e em decorrência disso, levou mais um gancho da Federação Inglesa e desta vez teria de ficar suspenso por 4 jogos.

Em 2 de janeiro de 2017, em jogo da 20ª rodada da Premier League, Agüero marcou o seu primeiro gol depois de cumprir essa suspensão e com isso, o Manchester City bateu o Burnley no Etihad Stadium por 2-1.

Em 21/02/2017, no primeiro confronto das oitavas-de-finais contra o Monaco, o atacante argentino marcou o seu 5º doblete nessa temporada na vitória por 5-3 sobre a equipe monegasca e além dos 2 gols, deu o passe para Leroy Sané fazer o gol dele nesse jogo. No entanto, no segundo confronto entre essas equipes, o Monaco venceu os Cityzens por 3-1 e pelo critério do gol fora de casa, o time monegasco avançou para a fase seguinte.

Em 01/03/2017, no replay das oitavas-de-finais da Copa da Inglaterra contra o Huddersfield Town, o atacante argentino marcou o seu 6º doblete da temporada e também contribuiu com uma assistência para o gol de Pablo Zabaleta.

Em 19/03/2017, em jogo da 29ª rodada da Premier League, Agüero marcou o único gol dos Cityzens no empate em 1-1 com o Liverpool. Nos 4 jogos seguintes do Manchester City na Premier League 2016-17, o atacante argentino marcou 1 tento em cada uma das partidas; no empate em 2-2 com o Arsenal, na derrota por 2-1 ante o Chelsea, no triunfo por 3-1 sobre o Hull City e na vitória por 3-0 sobre o Southampton respectivamente.

Em 21/05/2017, em partida válida pela última rodada do Campeonato Inglês, o camisa 10 marcou o seu 7º e último doblete da temporada na goleada por 5-0 sobre o Watford e além dos 2 tentos marcados no jogo, também deu o passe para o gol de Gabriel Jesus.

Em suma, em mais uma temporada com a camisa dos Cityzens, Kun Agüero disputou 44 partidas, fez 33 gols – só 20 destes pela Premier League tornando-o o 4º maior goleador do campeonato ao lado de Diego Costa do Chelsea e atrás apenas de Harry Kane do Tottenham (29 gols), Romelu Lukaku do Everton (25 gols) e de Alexis Sánchez (24 gols) do Arsenal – e proveu 7 assistências. Quanto ao Manchester City, terminou o Campeonato Inglês em 3º lugar, chegou até as semifinais da Copa da Inglaterra, foi eliminado nas oitavas-de-finais da Liga dos Campeões e sequer chegou as oitavas-de-finais da Copa da Liga Inglesa.

  • Números de Agüero na sua 6ª Temporada no Manchester City
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
44 *33 7 5 1 3503

* 33 gols dos quais 20 foram pela Premier League, 5 pela UEFA Champions League, 5 pela Copa da Inglaterra e 3 pela fase pré-eliminatória da UEFA Champions League

2017-18

Em 12 de agosto de 2017, na estreia do Manchester City na Premier League 2017-18, Agüero marcou 1 dos gols da vitória por 2-0 sobre o Brighton em pleno AMEX Stadium (estádio do Brighton).

À esquerda Sergio Agüero e à direita Gabriel Jesus

Em 09/09/2017, em jogo da 4ª rodada da Premier League, o camisa 10 marcou o seu 2º tento nessa temporada na goleada por 5-0 sobre o Liverpool e além de ter feito 1 gol, contribuiu com uma assistência para 1 dos 2 gols de Gabriel Jesus nesse jogo. Ainda convém lembrar que este foi o 124º tento do argentino na Premier League e com isso, superou o trinitário Dwight Yorke como um jogador não-europeu como o maior goleador da história do campeonato. Quatro dias depois, na estreia dos Cityzens na fase de grupos da UEFA Champions League, o atacante argentino marcou 1 dos gols da goleada por 4-0 sobre o Feyenoord da Holanda.

Em 16/09/2017, em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Inglês, Agüero marcou o seu primeiro hat-trick da temporada na goleada por 6-0 sobre o Watford em pleno Vicarage Road (estádio do Watford) e além dos 3 gols marcados na partida, também deu o passe para Gabriel Jesus fazer o gol dele. Com este triunfo, o Manchester City passou a ser o líder da Premier League 2017-18. Na rodada seguinte do campeonato, o atacante argentino voltou a se destacar ao fazer 1 dos gols da goleada por 5-0 sobre o Crystal Palace e além de ter feito 1 gol, também proveu uma assistência para 1 dos 2 gols de Raheem Sterling na partida.

Em 28/09/2017, Agüero se envolveu em um acidente de carro depois de assistir a um concerto de Maluma em Amsterdã na Holanda, quando o seu táxi bateu em um poste de luz. Ele fraturou uma costela nesse acidente e em decorrência disso, ficou de fora dos gramados por duas semanas.

Em 21/10/2017, em jogo da 9ª rodada da Premier League, o camisa 10 marcou o seu primeiro tento após o incidente e assim sendo, o Manchester City venceu o Burnley por 3-0. Como consequência pelo seu 177º gol marcado com a camisa dos Cityzens, Agüero igualou um recorde estabelecido por Eric Brook. Esta também foi a 11ª vitória consecutiva do clube, igualando-se a outro recorde do time.

Em 01/11/2017, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o atacante argentino fez o 3º gol da vitória por 4-2 sobre o Napoli da Itália em pleno San Paolo (estádio da equipe italiana). Além de ter feito o seu 178º gol com a camisa dos Cityzens, o argentino também ajudou o seu time a se classificar antecipadamente para as oitavas-de-finais dessa competição.

Em 23/12/2017, em jogo da 19ª rodada da Premier League, Agüero foi o principal destaque da goleada por 4-0 sobre o Bournemouth ao marcar o seu primeiro doblete nessa temporada e além dos 2 tentos marcados nesta partida, também contribuiu com um assistência para o gol de Raheem Sterling.

Em 6 de janeiro de 2018, em confronto válido pela 3ª rodada da Copa da Inglaterra, o camisa 10 marcou o seu segundo doblete da temporada na goleada por 4-1 sobre o Burnley. Posteriormente, o Manchester City foi eliminado pelo Wigan nas oitavas-de-finais deste torneio.

Em 20/01/2018, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Inglês, Agüero marcou os gols da vitória por 3-1 sobre os Magpies – Newcastle – e o 2º gol que marcou nesta partida foi o seu 350º tento da carreira. Posteriormente, o argentino foi eleito o Melhor Jogador do Mês de Janeiro da Premier League; esta foi a 5ª vez que Agüero garantiu este prêmio em sua carreira.

Em 10/02/2018, em jogo da 27ª rodada da Premier League, o camisa 10 dos Cityzens marcou o seu último hat-trick da temporada na goleada por 5-1 sobre o Leicester. Esta foi a segunda vez na sua carreira que o atacante argentino fez 4 gols numa mesma partida. Três dias depois, no primeiro confronto contra o Basel da Suíça válido pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, o camisa 10 marcou 1 dos gols da goleada por 4-0 sobre a equipe suíça fora de casa e além de ter feito 1 gol, deu o passe para 1 dos 2 gols de Ilkay Gündogan nesse jogo. Posteriormente, os Cityzens foram eliminados pelos Reds – Liverpool – nas quartas-de-finais da UEFA Champions League 2017-18.

Em 25/02/2018, o Manchester City e o Arsenal se enfrentaram e o vencedor seria o campeão da Copa da Liga Inglesa 2017-18 e com 1 dos gols marcados pelo atacante argentino, os Cityzens venceram os Gunners por 3-0 e com isso, pela 5ª vez na sua história, se sagrava campeão da EFL Cup (Copa da Liga Inglesa).

Jogadores do Manchester City celebrando a conquista do título da Copa da Liga Inglesa 2017-18

Em 04/03/2018, em jogo da 29ª rodada da Premier League, ao qual o City venceu o Chelsea por 1-0, Agüero se lesionou pouco antes do fim da partida e com isso, perdeu alguns jogos da temporada. Ainda convém lembrar que o atacante argentino tentou jogar algumas partidas, mas se lesionou novamente e por conseguinte, teve de ser poupado para a disputa da Copa do Mundo FIFA de 2018.

Veja Também!  Acompanhe a Narração Online de Guarani x Botafogo-SP Futebol AO VIVO – Campeonato Brasileiro Série B

Em suma, em mais uma temporada com a camisa dos Cityzens, Sergio Agüero disputou 39 partidas, fez 30 gols – 21 destes pela Premier League tornando-o o 3º maior goleador do campeonato, atrás apenas de Mohamed Salah do Liverpool (32 gols) e de Harry Kane do Tottenham (30 gols) – e proveu 7 assistências. Quanto ao Manchester City, foi o campeão da Premier League e da Copa da Liga Inglesa, no entanto foi eliminado das quartas-de-finais da UEFA Champions League e das oitavas-de-finais da Copa da Inglaterra.

  • Números de Agüero na sua 7ª Temporada no Manchester City
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
39 *30 7 2 2933

* 30 gols dos quais 21 foram pela Premier League, 4 pela UEFA Champions League, 3 pela Copa da Liga Inglesa e 2 pela Copa da Inglaterra

2018-19

No primeiro jogo do Manchester City nessa temporada em 5 de agosto de 2018, gols de Agüero na vitória por 2-0 sobre o Chelsea e com isso, os Cityzens já iniciavam a temporada 2018-19 com um título; FA Community Shield de 2018. O primeiro gol do atacante argentino foi o seu 200º tento com a camisa do City.

Em 19/08/2018, em jogo da 2ª rodada da Premier League, o camisa 10 dos Cityzens marcou o seu primeiro hat-trick da temporada na goleada por 6-1 sobre o Huddersfield Town. Com os 3 gols anotados nesta partida, Agüero ultrapassou Robin van Persie e entrou para o seleto grupo dos top 10 maiores goleadores da história do Campeonato Inglês e além disso, passou a ser o segundo estrangeiro que mais fez gols na história da Premier League, ficando atrás apenas de Thierry Henry.

Em 21/09/2018, o Manchester City confirmou através de seu site oficial que Agüero havia assinado um novo contrato com o clube, mantendo-o no Etihad Stadium até o ano de 2021. Um dia depois de estender o seu vínculo com o clube, Agüero jogou a sua 300ª partida com a camisa dos Cityzens e para celebrar esta ocasião, marcou o primeiro gol da goleada por 5-0 sobre o Cardiff fora de casa.

Em 04/11/2018, em jogo da 11ª rodada da Premier League, o atacante argentino marcou o seu 150º gol na Premier League na goleada por 6-1 sobre o Southampton e além do gol, também contribuiu com uma assistência para 1 dos 2 gols de Raheem Sterling. Além disso, este foi o 217º jogo de Agüero pela Premier League e com isso, se tornou o 9º jogador da história do campeonato a atingir esta marca. Ele também foi o segundo jogador mais rápido a alcançar esta marca, depois de Alan Shearer, que o fez em 212 jogos pela Premier League.

Em 11/11/2018, em confronto válido pela 12ª rodada da Premier League, Agüero marcou o segundo tento dos Cityzens no triunfo por 3-1 sobre o Manchester United e com isso, atingiu mais uma marca; ao lado de Wayne Rooney, ele se tornou o maior artilheiro do “Derby de Manchester”.

Em 29 de janeiro de 2019, em jogo da 24ª rodada da Premier League, em apenas 24 segundos, Agüero inaugurou o placar da partida, mas mesmo com o gol do argentino, o Manchester City levou a virada e perdeu esse jogo por 2-1. Cinco dias depois – em 03/02/2019 -, o camisa 10 marcou os gols dos Cityzens da vitória por 3-1 sobre o Arsenal. Este foi o 10º hat-trick de Agüero no Campeonato Inglês.

Agüero e Sterling celebrando o gol marcado pelo argentino diante do West Ham

Em 10/02/2019, em confronto válido pela 26ª rodada da Premier League, o atacante argentino marcou o seu 3º e último hat-trick nessa temporada na goleada por 6-0 sobre o Chelsea no Etihad Stadium. Com este feito – 11º hat-trick -, Agüero igualou-se a Alan Shearer e como senão bastasse, Agüero também passou a ser o maior artilheiro da história do clube com 160 gols, superando recordes de Tommy Johnson e de Eric Brook. Na rodada seguinte, o camisa 10 dos Cityzens marcou o gol da vitória sobre o West Ham.

Em 12/03/2019, segundo confronto das oitavas-de-finais da UEFA Champions League contra o Schalke 04 da Alemanha, Agüero marcou o seu último doblete da temporada na goleada por 7-0 sobre a equipe alemã. Posteriormente, o Manchester City foi eliminado dessa competição pelo Tottenham nas quartas-de-finais.

Em 12/05/2019, em partida válida pela última rodada da Premier League, o camisa 10 dos Cityzens marcou o seu último tento nessa temporada na goleada por 4-1 sobre o Brighton em pleno AMEX Stadium e com isso, pela 2ª temporada consecutiva, o Manchester City se sagrava campeão da Premier League.

Em suma, em mais uma temporada com a camisa dos Cityzens, Kun Agüero disputou 46 partidas, fez 32 gols – 21 destes pela Premier League tornando-o o 4º maior goleador do campeonato, ficando atrás apenas de Pierre-Emerick Aubameyang do Arsenal, Mohamed Salah e Sadio Mané, ambos do Liverpool (cada um destes 3 fez 22 gols no campeonato) – e proveu 10 assistências. Quanto ao Manchester City, foi campeão de tudo o que disputou, salvo a UEFA Champions League 2018-19, vencida pelo Liverpool.

  • Números de Agüero na sua 8ª Temporada no Manchester City
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
46 *32 10 5 3370

* 32 gols dos quais 21 foram pela Premier League, 6 pela UEFA Champions League, 2 pela FA Community Shield, 2 pela Copa da Inglaterra e 1 pela Copa da Liga Inglesa

Títulos que conquistou no Manchester City

  • Premier League 2011-12, 2013-14, 2017-18 e 2018-19
  • FA Community Shield (Supercopa da Inglaterra) 2012 e 2018
  • Copa da Inglaterra 2018-19
  • Copa da Liga Inglesa 2013-14, 2016-17, 2017-18 e 2018-19
  • O vídeo abaixo mostra 200 dos 231 gols de Agüero com a camisa do Manchester City
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 6 de agosto de 2018 por Man City

 

Os Números de Sergio Agüero na Seleção da Argentina

 

Argentina

Seleções de Base

Assim como muitos outros grandes jogadores, Agüero também teve passagens pelas seleções de base do seu país – Argentina – e a primeira vez que ele atuou com a camisa da seleção argentina foi no Sul-Americano Sub-17 no Paraguai em setembro de 2004. Ele participou de todos os jogos da fase de grupos deste torneio, inclusive marcou 1 tento na vitória por 2-1 sobre os Estados Unidos e também marcou 1 tento na vitória por 3-1 sobre o Equador, para ajudar a Argentina a terminar na liderança da fase de grupos. Nas quartas-de-finais do Sul-Americano Sub-17, Agüero marcou o único gol do triunfo sobre o Peru, porém na fase seguinte, a Argentina perdeu por 2-0 para a Colômbia.

Agüero representou a Argentina em 2 Campeonatos Mundiais da FIFA, conquistando títulos mundiais consecutivos. Ele fez parte da equipe que venceu a edição da Copa do Mundo Sub-20 de 2005 na Holanda, ao lado de seus futuros companheiros de equipe da Olimpíada de 2008, Fernando Gago e Lionel Messi.

Na Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2007, realizada no Canadá, Agüero marcou 2 gols e contribuiu com 3 assistências na goleada por 6-0 sobre o Panamá no segundo jogo da fase de grupos do torneio. Na partida seguinte, a última da fase de grupos deste torneio, ele marcou o único gol no terceiro jogo da Argentina contra a Coreia do Norte, de cobrança de falta.

Classificada para a fase de mata-mata da Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2007, a Argentina enfrentou a Polônia nas oitavas-de-finais e com um doblete – 2 gols numa mesma partida – de Agüero, a seleção argentina venceu a seleção polonesa por 3-1.

Nas quartas-de-finais, vitória por 1-0 sobre o México. Na fase seguinte (semifinal), vitória por 3-0 sobre o Chile e na final, Sergio Agüero marcou o primeiro gol da Argentina no triunfo por 2-1 sobre a República Checa e com isso, a “seleção albiceleste” – Argentina – se sagrava campeã desta edição da Copa do Mundo FIFA Sub-20. Além disso, Agüero ganhou a “chuteira de ouro” por ter sido o artilheiro deste Mundial com 6 gols marcados em 7 partidas e como senão bastasse, também ganhou a “Bola de Ouro” do torneio; foi eleito o melhor jogador deste Mundial Sub-20.

Seleção Principal

Depois de ser deixado de lado pelo técnico José Pékerman na Copa do Mundo FIFA de 2006 disputada na Alemanha, Agüero estreou pela seleção principal da Argentina na “era Basile”; derrota por 2-0 ante o Brasil em um amistoso disputado em 2 de setembro de 2006. Agüero entrou no lugar de Carlos Tévez aos 20 minutos do segundo tempo. Posteriormente, ele jogou os amistosos contra a Espanha (2006), França e Austrália (2007), entrando como substituto e sem marcar tentos.

Mesmo se destacando no Atlético de Madrid, o jovem atacante de 18 anos ficou de fora da disputa da Copa América 2007, mas em compensação, disputou a Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2007 e além de ter sido o artilheiro deste Mundial, também foi eleito o melhor jogador do torneio. Principal destaque da Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2007 no Canadá, Agüero foi convocado para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2010 e em 17 de novembro de 2007, marcou o seu primeiro gol com a camisa da seleção principal da Argentina na vitória por 3-0 sobre a Bolívia no Estádio Monumental, em Buenos Aires.

Olimpíadas Pequim de 2008

Após ser convocado para os amistosos preparatórios contra a Guatemala (do qual se ausentou por lesão) e contra a seleção da Catalunha (não oficial e disputado em 24 de maio de 2008) respectivamente, Agüero foi incluído na lista final do técnico Sergio Batista para defender o ouro – a Argentina conquistou a medalha de Ouro em Atenas em 2004 – nos Jogos Olímpicos de Pequim de 2008.

Na fase de grupos desta edição dos Jogos Olímpicos, a Argentina venceu todos os jogos; vitórias por 2-1 sobre a Costa do Marfim, por 1-0 sobre a Austrália e por 2-0 sobre a Sérvia respectivamente. Com um aproveitamento de 100%, a “seleção albiceleste” se classificou para a fase de mata-mata das Olimpíadas de Pequim.

Nas quartas-de-finais, vitória por 2-1 sobre a Holanda na prorrogação e na fase seguinte – semifinal -, Agüero foi o principal destaque no triunfo por 3-0 sobre o Brasil ao marcar 2 gols na partida e além disso, recebeu uma falta próximo da grande área que Juan Román Riquelme não perdoou e marcou o terceiro gol da Argentina no jogo.

Em 23/08/2008, a Argentina e a Nigéria disputaram a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Pequim e com um gol de Ángel Di María, a Argentina conquistou a sua segunda medalha de ouro consecutiva.

À esquerda Lionel Messi e à direita Sergio Agüero. Ambos exibindo a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008
  • Desempenho de Agüero nas Olimpíadas de 2008
Pd Gm A CA CV Mj 
5 2 1 1 409

Copa do Mundo FIFA de 2010

Após o gol marcado contra a Bolívia em 17/11/2007, Agüero marcou mais 3 gols nas Eliminatórias e Alfio Basile, não resistiu aos maus resultados e com isso, foi substituído por Diego Armando Maradona no comando da seleção argentina e “aos trancos e barrancos” – com muita dificuldade -, a Argentina terminou as Eliminatórias em 4º lugar e com isso, se classificou para a Copa do Mundo FIFA de 2010 na África do Sul.

Diferentemente da Copa do Mundo anterior, a qual foi deixado de lado, desta vez o atual técnico da seleção argentina convocou Agüero para a disputa de uma Copa do Mundo e depois de estrear com vitória por 1-0 sobre a Nigéria, o jovem atacante de 22 anos jogou os últimos 15 minutos da goleada por 4-1 sobre a Coreia do Sul e neste pouco tempo em que esteve em campo, deu o passe para 1 dos 3 gols de Gonzalo Higuaín. Na partida seguinte, iniciou como titular na vitória por 2-0 sobre a Grécia. Com 9 pontos conquistados em 3 jogos, a Argentina terminou esta fase em 1º lugar e com isso, se classificou para a fase de mata-mata da Copa do Mundo FIFA de 2010.

Nas oitavas-de-finais, Agüero viu do banco a Argentina vencer o México por 3-1 e com isso, a seleção albiceleste avançou para a fase seguinte.

Nas quartas-de-finais, Agüero jogou os últimos 15 minutos da goleada sofrida por 4-0 diante da Alemanha e com isso, o sonho da conquista do tricampeonato teve de ser adiado para 2014.

  • Desempenho de Agüero na Copa do Mundo FIFA de 2010
Pd Gm A CA CV Mj 
3 1 107

Copa América 2011

Após a eliminação nas quartas-de-finais da Copa do Mundo FIFA de 2010 diante da seleção alemã, Maradona não foi mantido no cargo de treinador e para o seu lugar a AFA – entidade máxima do futebol argentino – resolveu apostar em Sergio Batista que até então, comandava uma das seleções de base da Argentina.

No último amistoso antes da disputa da Copa América 2011, a seleção albiceleste venceu a Albânia por 4-0 em 20 de junho de 2011 com 1 gol marcado por Agüero e além do tento marcado, também proveu assistência para o gol de Carlos Tévez.

Em 02/07/2011, na estreia da Argentina nesta edição da Copa América, Agüero entrou em campo aos 25 minutos da segunda etapa e depois de 5 minutos, fez o gol que evitou a derrota diante da Bolívia, em outras palavras, a seleção argentina e a seleção boliviana empataram em 1-1. Na rodada seguinte da fase de grupos da Copa América 2011, o jovem atacante de 23 anos entrou em campo pouco depois do início do segundo tempo de um jogo no qual a Argentina e a Colômbia empataram em 0-0.

Na última partida da fase de grupos da Copa América 2011, precisando da vitória a qualquer custo para evitar um vexame da seleção anfitriã – a Argentina era o país sede desta Copa América -, Sergio Batista fez algumas modificações na escalação do time e dentre estas, Agüero estava entre os titulares e ele não decepcionou e marcou 2 gols na vitória por 3-0 sobre a Costa Rica. Com esse triunfo, a Argentina se classificou para a fase de mata-mata da Copa América de 2011.

Nas quartas-de-finais, a Argentina enfrentou o Uruguai e após um empate em 1-1 no tempo regulamentar e também na prorrogação, as duas seleções tiveram de definir a vaga para a fase seguinte nos pênaltis e os uruguaios levaram a melhor e venceram por 5-4.

  • Desempenho de Agüero na Copa América 2011
Pd Gm A CA CV Mj 
4 3 217

Copa do Mundo FIFA de 2014

Após a eliminação nas quartas-de-finais da Copa América 2011, Sergio Batista não foi mantido no cargo de treinador e para o seu lugar, a AFA apostou em Alejandro Sabella.

Diferentemente das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2010 onde a seleção albiceleste se classificou na última rodada em 4º lugar, a seleção argentina terminou as Eliminatórias FIFA de 2014 em 1º lugar com 32 pontos conquistados (9 vitórias, 5 empates e duas derrotas). Além disso, Agüero foi o 3º maior goleador da Argentina nessa edição das Eliminatórias com 5 gols, ficando atrás apenas de Lionel Messi (10 gols) e de Gonzalo Higuaín (9 gols).

Tendo se saído muito bem nas Eliminatórias, a Argentina se classificou para a Copa do Mundo FIFA de 2014 no Brasil e na estreia da seleção albiceleste na fase de grupos dessa Copa, Agüero estreou entre os titulares em um jogo no qual a Argentina venceu a Bósnia e Herzegovina por 2-1. Na rodada seguinte, o camisa 20 – Agüero – foi titular novamente no triunfo por 1-0 sobre o Irã e por conseguinte, na última rodada da fase de grupos, jogou até os 37 minutos do primeiro tempo e saiu de campo lesionado e foi substituído por Ezequiel Lavezzi. Quanto ao resultado da partida, vitória por 3-2 sobre a Nigéria e com um aproveitamento de 100% na fase de grupos, a Argentina se classificou para a fase de mata-mata da Copa do Mundo FIFA de 2014.

Nas oitavas-de-finais, a Argentina venceu a Suíça por 1-0 na prorrogação. Nas quartas-de-finais, a seleção argentina venceu a Bélgica por 1-0 e assim sendo, seguiu adiante na competição. Nas semifinais, o camisa 20 entrou em campo aos 37 minutos do segundo tempo no lugar de Higuaín, mas mesmo com esta substituição, a Argentina não conseguiu vencer a Holanda tanto no tempo regulamentar quanto na prorrogação e após 120 minutos de um empate em 0-0, as duas seleções tiveram de definir a vaga para a final nas penalidades, Agüero converteu o seu pênalti e assim sendo, vitória da Argentina por 4-2 na disputa por pênaltis e com isso, a Argentina chegava a sua 5ª final de Copa do Mundo.

Em 13 de julho de 2014, o estadio do Maracanã no Rio de Janeiro foi o palco da final entre Alemanha e Argentina e após um primeiro tempo sem gols, mesmo com Higuaín em campo, Sabella colocou Agüero em campo no lugar de Lavezzi, porém mesmo com esta mudança, o resultado permaneceu o mesmo e na prorrogação, Mario Götze marcou o gol da vitória da seleção alemã e com isso, a seleção albiceleste teve de se contentar com o vice-campeonato.

  • Desempenho de Agüero na Copa do Mundo FIFA de 2014
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa
5 1 312

Copa América 2015

Depois de perder a final da Copa do Mundo FIFA de 2014 para a seleção alemã, Sabella deixou o cargo de treinador da seleção albiceleste e com isso, quem assume o comando da seleção argentina é Gerardo Martino.

Em 7 de junho de 2015, no último amistoso antes da disputa da Copa América 2015 no Chile, Agüero marcou o seu primeiro e único hat-trick até aqui com a camisa da seleção argentina na goleada por 5-0 sobre a Bolívia. Pouco menos de uma semana depois, a Argentina estreou na Copa América com um empate em 2-2 com o Paraguai. O primeiro gol da Argentina nesse jogo foi marcado por Agüero. Na rodada seguinte da fase de grupos da Copa América 2015, o novo camisa 11 da seleção albiceleste – Agüero – marcou o único gol da vitória sobre o Uruguai.

Na última rodada da fase de grupos desta edição da Copa América, Gerardo Martino usou o jogo para dar chances para outros jogadores e assim sendo, o camisa 11 viu do banco a Argentina vencer a Jamaica por 1-0 e com este triunfo, a seleção argentina se classificou para a fase de mata-mata desta Copa América tendo terminado em 1º lugar no grupo B.

Nas quartas-de-finais, após um empate em 0-0 no tempo regulamentar, a Argentina e a Colômbia tiveram de definir a vaga para a fase seguinte nos pênaltis e a seleção albiceleste levou a melhor e venceu por 5-4.

Nas semifinais, Agüero marcou o 5º gol da Argentina na goleada por 6-1 sobre o Paraguai e com isso, a seleção argentina se classificou para a final da Copa América 2015.

Na final, a Argentina enfrentou a seleção anfitriã – o Chile – e após 120 minutos de um empate em 0-0, as duas seleções decidiram o título na disputa por pênaltis, a qual o Chile levou a melhor e venceu por 4-1.

  • Desempenho de Agüero na Copa América 2015
Pd Gm A CA CV Mj 
5 3 1 386

Copa América Centenário 2016

Depois de 1 ano do vice-campeonato na Copa América 2015 no Chile, decidiu-se que haveria mais uma Copa América, uma edição especial e que celebrava os 100 anos da CONMEBOL – Entidade máxima do futebol sul-americano – e desta vez, este torneio realizar-se-ia nos Estados Unidos e obviamente, Agüero foi convocado para a disputa desta edição da Copa América.

Na estreia da Argentina na fase de grupos da Copa América Centenário diante do Chile, Agüero jogou os últimos 15 minutos do jogo no qual a seleção albiceleste levou a melhor e venceu a seleção chilena por 2-1. Convém lembrar que diferentemente da Copa América anterior onde detinha o posto de titular, Agüero passou a ser suplente e entrar no decorrer dos jogos e assim sendo, na rodada seguinte da fase de grupos, entrou em campo aos 31 minutos do segundo tempo no lugar de Higuaín e 14 minutos depois, marcou o último gol da Argentina na goleada por 5-0 sobre o Panamá.

Na última rodada da fase de grupos da Copa América Centenário, o camisa 11 ganhou uma chance de iniciar entre os titulares em uma partida na qual a Argentina venceu a Bolívia por 3-0, no entanto, nenhum dos 3 gols foi marcado por ele. Com 9 pontos conquistados em 3 jogos, a Argentina se classificou para a fase de mata-mata da Copa América Centenário 2016.

Nas quartas-de-finais, Agüero jogou os últimos 17 minutos da goleada por 4-1 sobre a Venezuela. Já nas semifinais, viu do banco a seleção albiceleste golear os Estados Unidos por 4-0 e com isso, pela segunda vez consecutiva, a Argentina disputaria uma final de Copa América e por coincidência enfrentaria o mesmo adversário que a derrotou na final da Copa América 2015, o Chile.

Na final da Copa América Centenário 2016, o camisa 11 entrou em campo aos 25 minutos da segunda etapa no lugar de Higuaín para mudar o placar, mas mesmo com ele no gramado, a Argentina e o Chile empataram em 0-0 no tempo regulamentar e posteriormente, este resultado permaneceu o mesmo na prorrogação e assim como ocorreu na Copa América de 2015, as duas seleções tiveram de decidir o título nos pênaltis e mesmo com Agüero convertendo a sua cobrança, mais uma vez, a seleção chilena levou a melhor e derrotou a Argentina nas penalidades por 4-2.

  • Desempenho de Agüero na Copa América Centenário
Pd Gm A CA CV Mj 
5 1 186

Copa do Mundo FIFA de 2018

Depois de amargar mais um vice-campeonato para o Chile, mudança no comando da seleção argentina, sai Gerardo Martino e entra Edgardo Bauza que também não resistiu aos maus resultados e deu lugar a Jorge Sampaoli que ao menos levou a Argentina a uma classificação suada para a Copa do Mundo FIFA de 2018, na qual a Argentina terminou em 3º lugar e só obteve a vaga na última rodada das Eliminatórias, em maio de 2018, o técnico Jorge Sampaoli anunciou os nomes dos 23 jogadores para a disputa do Mundial que realizar-se-ia na Rússia e o nome de Kun Agüero estava na lista final.

Na estreia da Argentina na fase de grupos desta edição da Copa do Mundo em 16/06/2018, o camisa 19 – Agüero – foi escalado entre os titulares e marcou o gol da seleção albiceleste no empate em 1-1 com a Islândia. Na rodada seguinte, derrota por 3-0 ante a Croácia. Na última rodada da fase de grupos desta Copa, Agüero jogou os últimos 10 minutos da vitória por 2-1 sobre a Nigéria e com 4 pontos conquistados, a Argentina se classificou em 2º lugar no grupo D.

Nas oitavas-de-finais, Agüero entrou no lugar de Enzo Pérez aos 21 minutos do primeiro tempo e nos acréscimos, marcou o terceiro gol da Argentina na derrota por 4-3 diante da França e com isso, o sonho da conquista do tricampeonato teve de ser adiado para 2022.

  • Desempenho de Agüero na Copa do Mundo FIFA de 2018
Pd Gm A CA CV Mj 
4 2 178

Copa América 2019

Após a eliminação precoce na Copa do Mundo FIFA de 2018, mais uma mudança no comando técnico da seleção argentina, sai Sampaoli e com isso quem assume é Lionel Scaloni e após uma ausência de quase 1 ano, Agüero voltou a jogar pela seleção argentina em 8 de junho de 2019 contra a Nicarágua, ao qual a seleção albiceleste venceu por 5-1 antes do início da Copa América 2019 no Brasil e uma semana depois, a Argentina estreou nesta edição da Copa América com uma derrota por 2-0 diante da Colômbia. Na rodada seguinte, empate em 1-1 com o Paraguai e com isso, os jogadores da seleção argentina estavam sob muita pressão e foi neste clima tenso que a Argentina venceu o Catar por 2-0 na última rodada da fase de grupos. Ainda convém lembrar que 1 dos 2 gols da seleção argentina nesta partida foi marcado por Agüero.

Com 4 pontos conquistados, a Argentina se classificou para a fase de mata-mata da Copa América 2019 e nas quartas-de-finais, Agüero não fez os gols da vitória por 2-0 sobre a Venezuela, mas proveu assistências para ambos os gols; gols de Lautaro Martínez e de Giovani Lo Celso.

Na semifinal, derrota por 2-0 para a seleção anfitriã – Brasil – e com isso, a Argentina teve de se contentar com a disputa do 3º lugar contra o Chile e com um dos gols sendo marcado por Agüero, a Argentina venceu o Chile por 2-1 e terminou a Copa América 2019 sendo a 3ª colocada da competição.

  • Desempenho de Agüero na Copa América 2019
Pd Gm A CA CV Mj 
6 2 2 1 470

 

  • O vídeo abaixo mostra alguns gols de Agüero com a camisa da seleção argentina
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 29 de março de 2019 por DAVID XM

 

TOTAL

Pd Gm A CA CV Mj
96 41 16 10 5303

 

Títulos que conquistou pela seleção argentina

  • Medalha de Ouro nas Olimpíadas de Pequim 2008
  • Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2005 e de 2007
Prêmios individuais
  • Clarín de Ouro – Revelação da Argentina: 2005
  • Equipe Ideal da América: 2005
  • Golden Boy – Melhor jogador jovem da Europa: 2007
  • Bola de Ouro da Copa do Mundo Sub-20: 2007
  • Chuteira de Ouro da Copa do Mundo Sub-20: 2007
  • Prêmio Antonio Puerta: 2008
  • Troféu Alfredo Di Stéfano – Segundo melhor jogador da La Liga: 2007–08
  • Troféu EFE – Melhor jogador sul-americano da La Liga: 2008
  • Don Balón – Melhor jogador estrangeiro da La Liga: 2008
  • World Soccer – Melhor jogador jovem do Mundo: 2009
  • Chuteira de Bronze da Copa América: 2011
  • Associação dos Torcedores – Futebolista do ano na Inglaterra: 2014
  • 11º melhor jogador do ano de 2016 (The Guardian)
  • 31º melhor jogador do ano de 2016 (Marca)
  • Equipe do Ano PFA da Premier League: 2017–18
Artilharias
  • Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2007 (6 gols)
  • Premier League 2014–15 (26 gols)

Considerações Finais

Com base em todos os números apresentados pode-se concluir que Sergio Agüero é considerado um dos melhores atacantes da atualidade. Devido a seu ritmo, capacidade de marcar muitos gols, posicionamento na área e a sua técnica, renderam comparações a Romário, Alessandro Del Piero e também a Diego Maradona.

Apesar de ser considerado um centroavante, Agüero também é capaz de atuar como segundo atacante e inclusive já atuou nessa posição no Atlético de Madrid e ele e o uruguaio Diego Forlán formaram uma dupla de ataque que causou muitos “estragos” nas defesas adversárias.

E para vocês? Kun Agüero é um dos melhores centroavantes da atualidade?

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui