Quando cita-se um dos melhores atacantes do futebol alemão da atualidade, o nome de Paco Alcácer que atualmente joga pelo Borussia Dortmund da Alemanha também pela Seleção da Espanha, deve ser levado em conta.

Francisco Alcácer García nasceu em 30/08/1993 em Torrente, província de Valencia, na Espanha. Antes de jogar pela equipe de Dortmund, Alcácer teve passagens por 3 equipes do seu país. Porém, o que mais se sabe sobre Paco Alcácer? Por quais clubes ele jogou? Quais feitos ele atingiu até aqui na sua carreira?

Juvenil

O menino da foto é Paco Alcácer e ao seu lado, o lendário jogador argentino Mario Kempes

Paco Alcácer deu os seus primeiros passos no futebol entre aos 6 anos de idade – em 1999 – no Monte Sión de Torrente, uma cidade próxima de Valência. Quatro anos depois, passou a jogar pelo principal clube da cidade, o Torrent CF. Posteriormente, se transferiu para o Valencia e antes de jogar pela equipe principal dos “Ché” – Valencia -, Alcácer atuou pela equipe b do clube; Valencia Mestalla CF.

 

A Carreira de Paco Alcácer em Números

 

Valencia

Categorias de Base

Após passagens pelo Monte Sión e pelo Torrent CF respectivamente, no ano de 2005, Paco Alcácer chegou para fazer testes no Valencia Club de Fútbol, clube que é popularmente conhecido como Valencia e depois de 4 anos – temporada 2009-10 -, começou a atuar no Valencia CF Mestalla, a equipe B dos “Che” e assim sendo, jogou 15 partidas da Segunda División B – 3ª divisão do futebol espanhol – e nessa temporada marcou 3 gols, porém foi uma temporada para se esquecer, pois o Valencia B caiu para a Tercera División (4ª divisão do futebol espanhol).

Na temporada seguinte – 2010-11 -, Paco Alcácer jogou 27 partidas e fez 28 gols e assim sendo, o jovem atacante foi uma das peças fundamentais no acesso à 3ª divisão do futebol espanhol e na temporada 2011-12, disputou 24 jogos pelo Valencia B e marcou 12 gols na Segunda División B.

2010-11

Depois de se consolidar na equipe B do Valencia, em 11 de novembro de 2010, no segundo confronto da 4ª fase da Copa do Rei contra o Logroñés, o técnico Unai Emery promoveu a estreia de Paco Alcácer como profissional em uma partida na qual o Valencia saiu de campo com uma vitória por 4-1. Ainda convém lembrar que este não foi só o primeiro jogo de Alcácer como profissional, além dele Isco Alarcón – atualmente joga pelo Real Madrid – também fez a sua estreia como profissional nessa mesma partida.

  • Números de Paco Alcácer na sua 1ª Temporada no Valencia
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2010-11
 1  0  0 90

Pd – Partidas disputadas; Gm – Gols marcados; A – Assistências; CA – Cartões amarelos; CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

2011-12

Depois de se destacar pela seleção espanhola no Campeonato Europeu Sub-19 de 2011, Paco Alcácer perdeu o início da pré-temporada 2011-12 do seu clube, mas ainda assim jogou algumas partidas do “Trofeo Naranja” – torneio de verão anual disputado no Mestalla (estádio do Valencia) – e na 40ª edição deste torneio, conseguiu marcar o seu primeiro tento pela equipe principal do Valencia. Posteriormente, o Valencia venceu a Roma na final desta edição do “Trofeo Naranja” e pelo 4º ano seguido, os “Che” se sagravam campeões desse torneio. Infelizmente, após a final contra a Roma, a qual o Valencia venceu por 3-0, o jovem atacante de 17 anos estava deixando o estádio com os seus familiares, quando o seu pai sofreu um ataque cardíaco e mesmo os médicos que estavam no local tendo feito todo o possível, o pai de Paco Alcácer veio a óbito.

Mesmo marcando gol na pré-temporada, Paco Alcácer voltou para a equipe B do Valencia e depois de se destacar em alguns jogos da “Segunda División B”, em 14 de janeiro de 2012 contra o Real Sociedad no Mestalla, aos 25 minutos do segundo tempo, Unai Emery colocou o jovem atacante de 18 anos de idade no lugar de Sofiane Feghouli, porém mesmo com essa mudança na equipe, o Valencia perdeu esse jogo por 1-0. Após essa partida diante do Real Sociedad, Paco Alcácer só jogou mais duas partidas pelo Valencia nessa temporada.

Apesar de não ter conseguido se firmar na equipe principal do Valencia, Alcácer teve o seu contrato renovado até o ano de 2016; o clube estava se valendo de uma cláusula de rescisão de 18,5 milhões de euros ao jovem, que estava começando a receber ofertas de clubes espanhóis e estrangeiros.

Após o fim da temporada 2011-12, Unai Emery deixou o comando do Valencia para assumir o comando do Spartak de Moscou da Rússia e para o seu lugar, a equipe valenciana resolveu apostar as suas fichas em Mauricio Pellegrino, que afirmou por várias vezes que queria contar com o jovem atacante de 18 anos, porém Braulio Vázquez – diretor esportivo do clube naquela época – decidiu incorporar um atacante mais experiente no time – o paraguaio Nelson Haedo Valdez – e com isso, Paco Alcácer foi emprestado para o Getafe com uma cláusula para ele disputar pelo menos 20 jogos durante a temporada 2012-13; ou então o Getafe teria de compensar o Valencia com um valor econômico.

  • Números de Paco Alcácer na sua 2ª Temporada no Valencia
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2011-12
 3  0  0 37

 

Getafe

2012-13

Em 29 de agosto de 2012, Paco Alcácer assinou um contrato que o vinculou ao Getafe por um ano como empréstimo durante a temporada 2012-13. Apesar de ter sido contratado como um possível titular, o técnico Luis García Plaza não contava excessivamente com ele sendo que Alcácer era a 3ª opção do treinador; Álvaro Vázquez e Adrián Colunga eram os “preferidos” do técnico dos “Azulones” (Getafe). Assim sendo, isso impediu Alcácer de ter uma sequência na equipe.

Em 01/09/2012, em partida válida pela 3ª rodada da La Liga (Campeonato Espanhol), Paco Alcácer entrou em campo aos 24 minutos da segunda etapa no lugar de Adrián Colunga, mas mesmo com essa alteração, Getafe e Deportivo La Coruña ficaram no empate em 1-1.

Em 21/10/2012, em jogo da 8ª rodada da La Liga, o jovem atacante de 19 anos foi escalado como titular pela primeira vez desde que assinou com o Getafe, no entanto, foi substituído aos 14 minutos do segundo tempo e além disso, os “Azulones” perderam para o Levante por 1-0 em pleno Coliseum Alfonso Pérez (estádio do Getafe).

Em 01/11/2012, no primeiro confronto da 4ª fase da Copa do Rei, Paco Alcácer entrou em campo aos 17 minutos do segundo tempo e depois de 6 minutos marcou o último gol do Getafe na goleada por 4-0 sobre o Ponferradina fora de casa. No segundo jogo entre as duas equipes um empate em 0-0 e posteriormente, o Getafe foi eliminado pelo Atlético de Madrid nas oitavas-de-finais dessa competição.

Após o gol marcado na goleada sobre a Ponferradina na Copa do Rei, o jovem atacante de 19 anos só voltou a balançar as redes em 7 de janeiro de 2013 em jogo da 18ª rodada da La Liga, ao qual o Getafe perdeu para o Rayo Vallecano por 3-1. Na rodada seguinte em 14/01/2013, atuou como titular e marcou o segundo gol dos “Azulones” no empate em 2-2 com o Granada.

Após o gol marcado na 19ª rodada do Campeonato Espanhol, Paco Alcácer não emplacou uma sequência como titular, mas ainda assim, em 13/04/2013, em uma das poucas oportunidades dadas por Luis García Plaza, o jovem atacante marcou o seu último tento com a camisa do Getafe na derrota por 2-1 diante do Real Valladolid.

Em suma, na sua única temporada com a camisa dos “Azulones”, Paco Alcácer disputou 23 partidas, fez 4 gols e proveu uma assistência. Quanto ao Getafe, terminou o Campeonato Espanhol em 10º lugar e chegou às oitavas-de-finais da Copa do Rei.

  • Números de Paco Alcácer na sua 1ª e única Temporada no Getafe
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
 23 *4  1  0 832

* 4 gols dos quais 3 foram pela La Liga e 1 pela Copa do Rei

  • O vídeo abaixo mostra os melhores momentos de Paco Alcácer com a camisa do Getafe na temporada 2012-13
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 12 de agosto de 2013 por VCFXimo

 

Valencia

2013-14

Após o fim do empréstimo ao Getafe, Paco Alcácer voltou para o Valencia para fazer a pré-temporada com o time principal. Com as saídas de Roberto Soldado e de Nelson Haedo Valdez, a equipe só havia contratado o português Hélder Postiga. Pensava-se que Paco Alcácer era jovem demais e inexperiente para ser o centroavante do time valenciano, então chegou-se a um consenso de que ele precisaria desempenhar uma nova tarefa para o jogador e pediram a contratação de outro atacante, mas finalmente o presidente Amadeo Salvo, o diretor esportivo Braulio Vázquez e o treinador Miroslav Đukić decidiram que Paco poderia desempenhar o papel de segundo atacante da equipe, apesar da presença no time de Jonas Gonçalves e da chegada de outro homem de ataque, Dorlan Pabón.

A temporada 2013-14 começou e no início era comum ver Paco Alcácer no banco ou fora da lista dos relacionados para os jogos. Mas a UEFA Europa League chegou e com ela a rotação dos jogadores e assim sendo, em 03/10/2013, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da UEFA Europa League, Đukić colocou Alcácer em campo aos 21 minutos da segunda etapa no lugar de Pablo Piatti e 5 minutos depois, fez o primeiro gol da equipe valenciana no triunfo por 2-0 sobre o Kuban Krasnodar da Rússia fora de casa. Este foi o primeiro gol do jovem atacante de 20 anos com a camisa do Valencia. Três dias depois, dessa vez em jogo válido pelo Campeonato Espanhol, Paco Alcácer foi escalado como titular pela primeira vez nessa temporada, no entanto, Athletic Bilbao e Valencia ficaram apenas no empate em 1-1.

Em 24/10/2013, em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da UEFA Europa League, o jovem atacante de 20 anos voltou a ser escalado entre os titulares e não decepcionou; marcou 1 dos gols da goleada por 5-1 sobre o St. Gallen da Suíça.

Em 12/12/2013, em confronto válido pela última rodada (6ª rodada) da fase de grupos da UEFA Europa League, Paco Alcácer marcou o seu primeiro gol pela equipe principal do Valencia no Mestalla. Quanto ao resultado do jogo, Valencia e Kuban Krasnodar empataram em 1-1. Seis dias depois, no segundo confronto da 4ª fase da Copa do Rei contra o Gimnàstic de Tarragona, o jovem atacante de 20 anos marcou o único gol da vitória do Valencia nessa partida e com isso, a equipe valenciana avançou para a fase seguinte. Posteriormente, o Valencia foi eliminado pelo Atlético de Madrid nas oitavas-de-finais desse torneio e além disso, devido à um jejum de vitórias, Đukić foi demitido do cargo de treinador da equipe valenciana e para o seu lugar, o clube resolveu apostar em Juan Antonio Pizzi.

Veja Também!  Onde assistir Manchester City x Watford Futebol AO VIVO – Campeonato Inglês

Em 25 de janeiro de 2014, em jogo da 21ª rodada da La Liga, o camisa 16 do Valencia – Paco Alcácer – jogou como titular e marcou 1 dos gols do empate em 2-2 com o Espanyol no Mestalla. Nos 2 jogos seguintes dos “Che” no Campeonato Espanhol, Alcácer marcou 3 gols; fez 1 gol no triunfo por 3-2 sobre o Barcelona em pleno Camp Nou – estádio do Barça – e também fez 2 gols na goleada por 5-0 sobre o Real Bétis.

Durante o segundo turno da La Liga, Paco Alcácer já havia se tornado o artilheiro do time na temporada superando o brasileiro Jonas – jogador com passagens por Grêmio, Guarani, Portuguesa e Santos – e com isso, não demorou para ele se firmar como titular do ataque do Valencia ao lado do chileno Eduardo Vargas, que chegou ao clube na janela de transferências de inverno (em janeiro).

Em 10/04/2014, no segundo confronto das quartas-de-finais da UEFA Europa League contra o Basel da Suíça, o jovem atacante de 20 anos foi o herói da classificação do time ao ser o autor de 3 gols da goleada por 5-0 sobre a equipe suíça e com um placar agregado de 5-3 – o Valencia perdeu o primeiro confronto por 3-0 -, a equipe valenciana avançou para a fase seguinte.

Em 24/04/2014, no primeiro confronto da semifinal da UEFA Europa League contra o também espanhol Sevilla, Paco Alcácer recebeu um cartão amarelo e com isso, o camisa 16 teria de cumprir suspensão no segundo jogo entre as duas equipes. Quanto ao resultado do primeiro duelo, vitória do Sevilla por 2-0 no Ramón Sánchez Pizjuan. Mesmo não contando com o jovem atacante de 20 anos para o segundo confronto, o Valencia venceu os “Blanquirrojos” – Sevilla – por 3-1, porém devido ao critério do gol fora de casa, a equipe adversária se classificou para a final dessa competição.

Em suma, na sua 3ª temporada atuando pela equipe principal dos “Che”, Paco Alcácer disputou 37 jogos, fez 14 gols – foi o artilheiro do time nessa temporada – e proveu 3 assistências. Quanto ao Valencia, além de chegar a semifinal da UEFA Europa League, foi eliminado nas oitavas-de-finais da Copa do Rei e terminou o Campeonato Espanhol em 8º lugar.

  • Números de Paco Alcácer na sua 3ª Temporada no Valencia
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
 37 *14  3  8 2388

* 14 gols dos quais 7 foram pela UEFA Europa League, 6 pela La Liga e 1 pela Copa do Rei

2014-15

Com a saída de Juan Antonio Pizzi após o fim da temporada 2013-14, quem assume o comando do Valencia é Nuno Espírito Santo. Quanto a Paco Alcácer, ele iniciou essa temporada como referência no ataque valenciano, completando um poderoso trio juntamente com Rodrigo Moreno e Álvaro Negredo, que sofreu uma lesão ainda no início dessa temporada.

Em 29 de agosto de 2014, em jogo da 2ª rodada da La Liga, o novo camisa 9 dos “Che” – Paco Alcácer – marcou o seu primeiro tento nessa temporada no triunfo por 3-0 sobre o Málaga e além de ter feito 1 gol nessa partida, contribuiu com uma assistência para o gol de Pablo Piatti. Nos 3 jogos seguintes do Valencia no Campeonato Espanhol, Paco marcou 1 tento em cada partida; na vitória por 3-1 sobre o Espanyol e nos triunfos por 3-0 sobre Getafe e Córdoba respectivamente. Com essas atuações, Vicente Del Bosque, o treinador da seleção espanhola, o convocou para os jogos das Eliminatórias da Eurocopa de 2016. Depois de se destacar com a camisa da “Fúria” – seleção da Espanha -, o Valencia iniciou as tratativas para melhorar e renovar o contrato do jogador.

Depois de balançar as redes na vitória por 3-0 sobre o Córdoba em 25/09/2014, Paco Alcácer passou por uma “seca de gols” que durou até 04/12/2014, quando pôs um fim a esse incômodo jejum ao marcar 1 dos gols da vitória por 2-1 sobre o Rayo Vallecano no primeiro confronto da 4ª fase da Copa do Rei.

Em 16/12/2014, no segundo confronto da 4ª fase da Copa do Rei diante do Rayo Vallecano, o camisa 9 do Valencia marcou o seu primeiro e único doblete da temporada – ocorre quando um jogador faz 2 gols numa mesma partida – no empate em 4-4 com a equipe de Madrid no Mestalla. Posteriormente, o Valencia foi eliminado pelo Espanyol nas oitavas-de-finais dessa edição da Copa do Rei.

Em 20/12/2014, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol, Paco Alcácer marcou o único gol da vitória do Valencia diante do Eibar fora de casa.

Em 27 de janeiro de 2015, a extensão do contrato de Paco com o Valencia Club de Fútbol se tornou oficial até o ano de 2020, com uma cláusula de rescisão de 80 milhões de euros (cerca de 364,2 milhões de reais).

Em 08/02/2015, em jogo da 22ª rodada da La Liga, o camisa 9 do Valencia ficou em campo até os 8 minutos do segundo tempo, quando foi substituído por Álvaro Negredo devido a uma lesão. Quanto ao resultado do jogo, os “Che” venceram o Espanyol por 2-1. Depois de ficar de fora dos gramados por 4 rodadas do Campeonato Espanhol, em 13/03/2015, em partida válida pela 27ª rodada, aos 26 minutos da segunda etapa, já recuperado de lesão, Paco Alcácer entrou em campo no lugar de Negredo e no minuto seguinte marcou o segundo gol do Valencia e assim sendo, vitória por 2-0 sobre o Deportivo La Coruña. Na rodada seguinte, o camisa 9 iniciou a partida entre os titulares e marcou 1 dos gols da goleada por 4-0 sobre o Elche fora de casa.

Em 09/05/2015, em jogo da 36ª rodada da La Liga, Paco marcou 1 dos gols do Valencia no empate em 2-2 com o Real Madrid em pleno Santiago Bérnabeu (estádio do Real Madrid).

Em 23/05/2015, em partida válida pela última rodada (38ª) do Campeonato Espanhol, o camisa 9 marcou o seu último tento na temporada no triunfo por 3-2 sobre o Almería como visitante e assim sendo, obteve vaga para a fase pré-eliminatória da UEFA Champions League (Liga dos Campeões).

Em suma, na sua 4ª temporada com a camisa dos “Che”, Paco Alcácer disputou 36 partidas, fez 14 gols e proveu 6 assistências. Quanto ao Valencia, terminou o Campeonato Espanhol em 4º lugar e foi eliminado nas oitavas-de-finais da Copa do Rei.

  • Números de Paco Alcácer na sua 4ª Temporada no Valencia
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
 36 *14  6  2 1 2402

* 14 gols dos quais 11 foram pela La Liga e 3 pela Copa do Rei

2015-16

Parecia que Paco Alcácer já havia se firmado como titular do Valencia, porém no início dessa temporada, jogou como titular apenas no primeiro confronto da fase pré-eliminatória da Liga dos Campeões contra o Monaco no Mestalla, ao qual o Valencia venceu por 3-1. No segundo confronto entre as duas equipes, o camisa 9 jogou apenas o segundo tempo de uma partida na qual o Valencia perdeu por 2-1 no Stade Louis II e com um placar agregado de 4-3, o time espanhol se classificou para a fase de grupos do maior torneio da Europa, a UEFA Champions League.

Na estreia do Valencia na La Liga dessa temporada em 22 de agosto de 2015, Paco Alcácer viu do banco o seu time e o Rayo Vallecano empatarem em 0-0.

Em 12/09/2015, em jogo da 3ª rodada da La Liga, o camisa 9 do Valencia saiu do banco aos 30 minutos do segundo tempo para entrar no lugar de Álvaro Negredo e 16 minutos depois, marcou o único gol da vitória dos “Che” sobre o Sporting Gijón no El Molinón (estádio do Sporting Gijón). Apesar de não ter muitos minutos em campo com Nuno Espírito Santo, por outro lado Paco estava se destacando com o técnico Vicente Del Bosque na seleção espanhola.

Em 25/10/2015, em jogo da 9ª rodada da La Liga, Paco Alcácer jogou como titular e marcou o único gol do Valencia na derrota por 2-1 ante o Atlético de Madrid. Nas 3 partidas seguintes válidas pelo Campeonato Espanhol, o camisa 9 dos “Che” marcou 4 gols; 1 na vitória por 3-0 sobre o Levante, 2 gols na goleada por 5-1 sobre o Celta de Vigo fora de casa e marcou o único gol do empate em 1-1 com o Las Palmas no Mestalla.

Após a derrota para o Sevilla por 1-0 no Campeonato Espanhol, Nuno Espírito Santo foi demitido e para o seu lugar, o Valencia resolveu apostar em um treinador inglês, Gary Neville. Sob o comando desse novo treinador, Paco Alcácer se firmou como titular e além disso, também passou a ser o capitão do time.

Em 21 de janeiro de 2016, no primeiro confronto das quartas-de-finais da Copa do Rei, Paco Alcácer marcou o único gol do seu time no empate em 1-1 com o Las Palmas no Mestalla. Após este jogo, o camisa 9 virou desfalque porque foi constatado que ele havia sofrido uma lesão no joelho e mesmo sem poder contar com um dos seus principais jogadores, o Valencia venceu o Las Palmas por 1-0 no segundo confronto e se classificou para a fase seguinte da Copa do Rei, porém parou por aí, pois a equipe valenciana foi eliminada pelo Barcelona.

Em 13/02/2016, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Espanhol, já recuperado de lesão, o camisa 9 dos “Che” jogou como titular na vitória por 2-1 sobre o Espanyol. Na rodada seguinte do campeonato nacional, o atacante foi um dos destaques do triunfo por 2-1 sobre o Granada fora de casa ao prover uma assistência para o gol de Dani Parejo.

Em 30/03/2016, o Valencia demitiu Gary Neville devido a uma sequência de resultados ruins na La Liga e após as eliminações em mais duas competições e para o seu lugar, o clube deu uma chance para um dos auxiliares do técnico inglês, Pako Ayestarán.

Em 20/04/2016, em jogo da 34ª rodada da La Liga, o camisa 9 do Valencia marcou o seu segundo hat-trick – ocorre quando um jogador faz 3 ou mais gols numa mesma partida – da carreira na goleada por 4-0 sobre o Eibar. Na rodada seguinte, em 24/04/2016, Paco Alcácer fez valer a “lei do ex” e marcou o seu último tento com a camisa da equipe valenciana no empate em 2-2 com o Getafe em pleno Coliseum Alfonso Pérez.

Veja Também!  Placar em tempo real Villarreal x Valladolid Futebol Ao vivo Jogo Online - Campeonato Espanhol

Em suma, na sua última temporada com a camisa dos “Che”, Paco Alcácer disputou 46 partidas, fez 15 gols e proveu 8 assistências. Quanto ao Valencia, terminou o Campeonato Espanhol em 11º lugar, terminou em 3º lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões e com isso, ganhou a chance de disputar a fase de mata-mata da UEFA Europa League chegando até as oitavas-de-finais dessa competição e por fim, chegou até a semifinal da Copa do Rei.

  • Números de Paco Alcácer na sua 5ª Temporada no Valencia
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
 46 *15  8  3 3087

* 15 gols dos quais 13 foram pela La Liga e 2 pela Copa do Rei

2016-17

Em 22 de agosto de 2016, na estreia do Valencia na La Liga dessa temporada, Paco Alcácer jogou a sua última partida por este clube, a qual a equipe valenciana perdeu para o Las Palmas por 4-2. Na rodada seguinte do campeonato, ele sequer foi relacionado para o jogo contra o Eibar, pois estava negociando a sua transferência para o Barcelona. Durante o mês de agosto, o jovem atacante de 22 anos recebeu a oferta da equipe catalã – Barcelona – e pediu para o Valencia ouvir a proposta e o até então camisa 9 do Valencia disse que este era o momento de dar um passo adiante na sua carreira.

  • Números de Paco Alcácer na sua 6ª e última Temporada no Valencia
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
 1  0  0 90

 

  • O vídeo abaixo mostra 36 dos 43 gols de Paco Alcácer com a camisa do Valencia
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 17 de agosto de 2016 por AH

 

Barcelona

2016-17

Paco Alcácer sendo apresentado como o mais novo reforço do Barcelona

Apesar de ter feito a pré-temporada com o Valencia sob o comando de Pako Ayestarán e ser o principal titular após a saída de Negredo, Alcácer aceitou a oferta do Barcelona. O bom relacionamento entre os seus agentes (Toldrá Consulting), Robert Fernández (diretor de esportes do Barcelona), Josep Maria Bartomeu (presidente de Barcelona) e Peter Lim (principal acionista da Valencia) conseguiu materializar a transferência do atacante em 30 de agosto de 2016 para o clube culé – Barcelona – e além disso, estima-se que o clube catalão tenha desembolsado 30 milhões de euros (cerca de 136,5 milhões de reais), mais 2 milhões de euros em variáveis. Ele assinou por 5 temporadas com uma cláusula de rescisão de 100 milhões de euros.

Em 10/09/2016, em jogo da 3ª rodada da La Liga, o técnico Luis Enrique promoveu a estreia de Alcácer ao escalá-lo como titular diante do Alavés no Camp Nou, porém esta foi uma estreia para se esquecer, pois mesmo sendo o mandante, o Barcelona foi surpreendido e perdeu por 2-1. Naquele instante, o atacante espanhol era a 4ª opção do ataque, um substituto regular do famoso tridente formado por Lionel Messi, Luis Suárez e Neymar.

Na primeira metade da temporada 2016-17, dos 24 jogos do Barcelona até aquele momento, o novo camisa 17 do clube catalão – Paco Alcácer – iniciou apenas 6 jogos como titular: 2 no Campeonato Espanhol (contra o Alavés e contra o Málaga), 2 na fase de grupos da Liga dos Campeões (ambos contra o Borussia Dortmund da Alemanha) e 2 na Copa do Rei (ambos os jogos contra o Hércules). Finalmente, depois de 4 meses de clube, em 21/12/2016, no segundo confronto da 4ª fase da Copa do Rei, Alcácer marcou o seu primeiro gol pelo seu novo clube na goleada por 7-0 sobre o Hércules no Camp Nou. Como a equipe catalã já havia vencido o primeiro duelo por 1-0, se classificou para a fase seguinte.

Em 4 de fevereiro de 2017, em jogo da 21ª rodada da La Liga, Paco Alcácer ganhou uma nova chance como titular e não decepcionou e marcou o seu primeiro tento no campeonato nacional na vitória por 3-0 sobre o Athletic Bilbao no Camp Nou.

Depois de marcar o seu primeiro gol no Campeonato Espanhol e amargar o banco por 3 rodadas, em 01/03/2017, em partida válida pela 25ª rodada, logo após o intervalo, Luis Enrique substituiu Luis Suárez pelo camisa 17 e aos 3 minutos da segunda etapa, marcou o seu gol na goleada por 6-1 sobre o Sporting Gijón.

Em 02/04/2017, em jogo da 29ª rodada da La Liga, Paco Alcácer ganhou mais uma nova oportunidade como titular e foi um dos destaques na goleada por 4-1 sobre o Granada ao marcar o segundo gol do clube catalão e além do tento marcado, deu o passe para Neymar fazer o gol dele nessa partida.

Em 26/04/2017, em jogo da 34ª rodada da La Liga, o camisa 17 foi escalado como titular mais uma vez e marcou o seu primeiro doblete pelo seu novo clube na goleada por 7-1 sobre o Osasuna.

Em 27/05/2017, em partida válida pela final da Copa do Rei, Paco Alcácer iniciou entre os titulares e foi um dos destaques da vitória por 3-1 sobre o Alavés ao marcar o 3º gol da equipe catalã no jogo e assim sendo, pela 29ª vez na sua história, o Barcelona se sagrava campeão dessa competição.

Em suma, na sua 1ª temporada com a camisa da equipe catalã, Paco Alcácer disputou 27 partidas, fez 8 gols e proveu 4 assistências. Quanto ao Barcelona, além de ter sido o campeão da Copa do Rei, foi vice-campeão do Campeonato Espanhol, ficando atrás apenas do Real Madrid e chegou até as quartas-de-finais da UEFA Champions League.

  • Números de Paco Alcácer na sua 1ª Temporada no Barcelona
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
 27 *8  4  1 1295

* 8 gols dos quais 6 foram pela La Liga e 2 pela Copa do Rei

2017-18

Após o fim da temporada 2016-17, Luis Enrique deixou o comando do Barcelona e para o seu lugar, a equipe blaugrana – Barcelona – resolveu apostar as suas fichas em Ernesto Valverde e no primeiro jogo do Barça nessa temporada, colocou Alcácer nos últimos 10 minutos de jogo na derrota por 3-1 ante o Real Madrid em pleno Camp Nou. Posteriormente, o Barça também perdeu a segunda partida da decisão da Supercopa da Espanha – desta vez por 2-0 – e assim sendo, o Real Madrid foi o campeão dessa edição da Supercopa da Espanha.

Em 20 de agosto de 2017, na estreia do Barça nessa edição da La Liga, Valverde escalou o camisa 17 entre os titulares e a equipe catalã venceu o Real Bétis por 2-0, mas vale ressaltar que ele não marcou nenhum dos gols do time. Na rodada seguinte do Campeonato Espanhol, Paco não iniciou o jogo entre os titulares, mas quando entrou em campo, deu o passe para 1 dos 2 gols de Messi no triunfo por 2-0 sobre o Alavés em pleno Mendizorrotza (estádio do Alavés).

Em 24/10/2017, no primeiro confronto da 4ª fase da Copa do Rei, Paco Alcácer ganhou uma nova chance como titular e desta vez não decepcionou, marcou o seu primeiro tento nessa temporada na vitória por 3-0 sobre o Real Murcia fora de casa.

Em 04/11/2017, em jogo da 11ª rodada da La Liga, o camisa 17 começou como titular e marcou os gols do triunfo por 2-1 sobre o Sevilla.

Em 05/12/2017, em partida válida pela última rodada do grupo D da Liga dos Campeões, já com a classificação para a fase de mata-mata garantida, Valverde colocou os reservas em campo, dentre eles estava Paco Alcácer que marcou de cabeça o primeiro gol da vitória por 2-0 sobre o Sporting de Portugal no Camp Nou.

Em 17 de abril de 2018, em jogo da 33ª rodada da La Liga, o camisa 17 iniciou entre os titulares e foi o principal destaque do Barcelona no empate em 2-2 com o Celta de Vigo ao prover a assistência para o gol de Ousmane Dembélé e ao marcar o segundo gol do seu time respectivamente. Este foi o último tento de Paco com a camisa do Barça.

Em suma, na sua última temporada com a camisa do clube catalão, Paco Alcácer disputou 23 partidas, fez 7 gols e proveu 4 assistências. Quanto ao Barcelona, foi campeão da La Liga 2017-18, também foi o campeão da Copa do Rei, foi vice-campeão da Supercopa da Espanha e chegou até as quartas-de-finais da Liga dos Campeões novamente.

  • Números de Paco Alcácer na sua 2ª e última Temporada no Barcelona
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
 23 *7  4  0 992

* 7 gols dos quais 4 foram pela La Liga, 2 pela Copa do Rei e 1 pela UEFA Champions League

Títulos que conquistou no Barcelona

  • La Liga 2017-18
  • Copa do Rei 2016-17 e 2017-18
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de Paco Alcácer com a camisa do Barcelona na temporada 2016-17
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 1 de maio de 2017 por Monde En Direct

 

Borussia Dortmund

2018-19

Paco Alcácer sendo apresentado como o mais novo reforço do Borussia Dortmund

Em 28 de agosto de 2018, Alcácer passou a ser jogador do Borussia Dortmund da Alemanha, em empréstimo de uma temporada com uma opção de compra fixada no valor de 23 milhões de euros (cerca de 104,7 milhões de reais).

Em 14/09/2018, em jogo da 3ª rodada da Bundesliga (Campeonato Alemão), Lucien Favre – treinador do Borussia Dortmund – promoveu a estreia do atacante espanhol aos 22 minutos do segundo tempo, quando o novo reforço do clube entrou no lugar do atacante Maximilian Philipp e depois de 21 minutos em campo, marcou o seu primeiro gol com a camisa do seu clube e assim sendo, o Borussia Dortmund venceu o Eintracht Frankfurt por 3-1. Devido a um desconforto muscular, o novo camisa 9 do clube auri-negro – Borussia Dortmund – não pôde jogar a partida seguinte diante do Hoffenheim, ao qual as duas equipes empataram em 1-1.

Em 29/09/2018, em jogo da 6ª rodada da Bundesliga, já recuperado de um problema muscular, Paco Alcácer entrou em campo aos 18 minutos da segunda etapa no lugar de Maximilian Philipp e nos últimos minutos de partida, fez 2 gols no triunfo por 4-2 sobre o Bayer Leverkusen em plena BayArena. Quatro dias depois, dessa vez em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o atacante espanhol iniciou entre os titulares e marcou o segundo gol do triunfo por 3-0 sobre o Monaco no Signal Iduna Park, em Dortmund.

Em 06/10/2018, em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Alemão, o novo camisa 9 do Borussia Dortmund entrou em campo aos 14 minutos do segundo tempo, novamente no lugar de Philipp e marcou o seu primeiro hat-trick pela equipe auri-negra e assim sendo, vitória por 4-3 sobre o Augsburg. Com os 3 gols marcado sobre o Augsburg, Alcácer quebrou um antigo recorde da Bundesliga: marcou 6 tentos em apenas 3 jogos e tudo isso em apenas 81 minutos.

Veja Também!  Assistir Grátis Cruzeiro x Flamengo Futebol AO VIVO na TV Premiere Play – Campeonato Brasileiro

Em 03/11/2018, em jogo da 9ª rodada da Bundesliga, Paco Alcácer teve a sua primeira oportunidade como titular, porém mesmo iniciando essa partida, não fez o gol da vitória por 1-0 sobre o Wolfsburg em plena Volkswagen Arena. Nos 3 jogos seguintes do Borussia Dortmund nessa edição da Bundesliga, o atacante espanhol marcou 1 tento em cada jogo e assim como ocorreu anteriormente, entrando no decorrer das partidas; na vitória por 3-2 sobre o Bayern de Munique, no triunfo por 2-1 sobre o Mainz 05 fora de casa e na vitória por 2-0 sobre o Freiburg. Com estes 3 gols marcados no Campeonato Alemão, Paco Alcácer superou uma marca que pertencia a Gert “Charly” Dörfel; fez 10 gols em apenas 258 minutos sendo que Gert Dörfel o fez em 565 minutos.

Ainda no mês de novembro, com esse início arrasador do atacante espanhol, o Borussia Dortmund exerceu a opção de compra e assim sendo, Alcácer assinou com o clube alemão até o ano de 2023.

Paco Alcácer celebrando um dos gols que marcou ao lado de Jadon Sancho

Em 30 de março de 2019, em jogo da 27ª rodada da Bundesliga, atuando como titular, Paco Alcácer marcou os gols da equipe de Dortmund na vitória por 2-0 sobre o Wolfsburg.

Em 04/05/2019, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Alemão, o camisa 9 da equipe auri-negra marcou o seu último tento nessa temporada no empate em 2-2 com o Werder Bremen fora de casa.

Em suma, na sua 1ª temporada pela equipe auri-negra, Paco Alcácer disputou 32 jogos, fez 19 gols – 18 destes pela Bundesliga tornando-o o vice-artilheiro do campeonato, ficando atrás apenas de Robert Lewandowski do Bayern de Munique (22 gols) – e proveu duas assistências. Quanto ao Borussia Dortmund, terminou o Campeonato Alemão como vice-campeão ficando atrás apenas do Bayern, foi eliminado nos pênaltis nas oitavas-de-finais da Copa da Alemanha e caiu nas oitavas-de-finais da UEFA Champions League.

  • Números de Paco Alcácer na sua 1ª Temporada no Borussia Dortmund
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
 32 *19  2  1 1664

* 19 gols dos quais 18 foram pela Bundesliga e 1 pela UEFA Champions League

2019-20

No primeiro jogo do Borussia Dortmund nessa temporada em 3 de agosto de 2019, Lucien Favre escalou Paco Alcácer como titular e o espanhol foi decisivo no triunfo por 2-0 sobre o Bayern de Munique ao marcar 1 dos 2 gols do clube auri-negro e com isso, o Borussia Dortmund iniciou essa temporada como o campeão da Supercopa da Alemanha de 2019.

Na estreia dos “Schwarzgelben” – Borussia Dortmund – na atual edição da Bundesliga, o camisa 9 marcou o seu primeiro doblete da temporada na goleada por 5-1 sobre o Augsburg no Signal Iduna Park e além dos 2 tentos marcados, deu o passe para Marco Reus fazer o gol dele nessa partida. Nos 2 jogos seguintes do Borussia Dortmund no Campeonato Alemão, o atacante espanhol marcou 1 gol em cada jogo; na vitória por 3-1 sobre o Colônia fora de casa e na derrota por 3-1 ante o Union Berlim.

Até aqui, Paco Alcácer disputou 5 jogos, fez 6 gols e proveu uma assistência.

  • Números de Paco Alcácer na sua 2ª e atual Temporada no Borussia Dortmund
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2019-20
5 *6 1 **450

* 6 gols dos quais 4 foram pela Bundesliga, 1 pela Supercopa da Alemanha e 1 pela Copa da Alemanha

** a temporada 2019-20 está em andamento

Títulos que conquistou no Borussia Dortmund

  • Supercopa da Alemanha de 2019
  • O vídeo abaixo mostra 13 dos 25 gols que Paco Alcácer marcou com a camisa do Borussia Dortmund
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 4 de fevereiro de 2019 por Luck One Football

 

 

Números de Paco Alcácer na Seleção da Espanha

 

Espanha

Seleções de Base

Assim como muitos outros grandes jogadores, Paco Alcácer também teve passagem pelas seleções de base do seu país e em maio de 2010, foi convocado para disputar o Campeonato Europeu Sub-17 em Liechtenstein, onde a seleção espanhola foi a vice-campeã e ele o artilheiro do campeonato com 6 gols marcados em 5 jogos.

No final do mês de julho de 2011, Paco Alcácer foi convocado pela seleção espanhola para disputar o Campeonato Europeu Sub-19 na Romênia, onde o time foi o campeão do torneio e a joia do Valencia foi um dos destaques do time ao fazer 3 gols sendo que 2 destes ele marcou na prorrogação da final contra a República Checa, ao qual a Espanha venceu por 3-2. No entanto, mesmo sendo decisivo, Paco foi o vice-artilheiro do time e do torneio, ficando atrás apenas de Álvaro Morata (6 gols).

Em julho de 2012, ele participa de mais uma edição do Campeonato Europeu Sub-19, desta vez este torneio foi disputado na Estônia e novamente, a Espanha chegou à final e foi a campeã e o jogador colabora como o artilheiro do time e da competição ao lado de Gerard Deulofeu; cada um dos 2 jogadores fez 3 gols em 5 jogos.

Posteriormente, Paco Alcácer disputou a Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2013 na Turquia, competição na qual a Espanha chegou até as quartas-de-finais e também jogou alguns amistosos com a seleção sub-21.

Seleção Principal

Em 29 de agosto de 2014, um dia antes de completar 21 anos de idade, pela primeira vez na sua carreira, Paco Alcácer foi convocado por Vicente Del Bosque – técnico da seleção espanhola naquela época – para disputar 2 jogos pela seleção principal da Espanha: um amistoso contra a França em Paris e uma partida válida pelas Eliminatórias da Eurocopa de  2016 contra a Macedônia em Valência, na Espanha.

Em 04/09/2014, no amistoso contra a França em Paris, aos 22 minutos da segunda etapa, Del Bosque promoveu a estreia de Alcácer ao colocá-lo no lugar de Diego Costa, mas mesmo com esta troca, a seleção espanhola perdeu para a seleção francesa por 1-0.

No segundo jogo disputado no estádio Ciudad de Valencia em 08/09/2014, Paco Alcácer ganhou a titularidade devido à uma lesão de Diego Costa e marcou 1 dos gols da goleada por 5-1 sobre a Macedônia em partida válida pelas Eliminatórias da Euro 2016. Além de ter feito 1 gol, também contribuiu com uma assistência para o gol de Sergio Busquets e foi substituído por Isco aos 12 minutos do segundo tempo.

Eliminatórias da Euro 2016

Em 09/10/2014, em jogo válido pela 2ª rodada das Eliminatórias da Euro 2016, Paco Alcácer entrou em campo aos 26 minutos da segunda etapa no lugar do meia David Silva e 10 minutos depois, marcou o único gol da Espanha, porém a “Fúria” – Espanha – perdeu por 2-1 para a Eslováquia. Para o jogo seguinte da Espanha nas Eliminatórias da Euro, Del Bosque escalou Alcácer entre os titulares e ele não decepcionou e marcou o segundo gol da Espanha na goleada por 4-0 sobre Luxemburgo.

Em 9 de outubro de 2015, em partida válida pela penúltima rodada (9ª) das Eliminatórias da Euro 2016, Paco Alcácer saiu do banco aos 33 minutos do primeiro tempo para substituir Álvaro Morata que se lesionou e foi decisivo na goleada por 4-0 sobre Luxemburgo novamente ao marcar 2 gols nesse jogo.

Ao término das Eliminatórias da Eurocopa de 2016, Paco Alcácer foi o artilheiro da Espanha nessa edição das Eliminatórias numa campanha que culminou com a classificação direta – a Espanha terminou em 1º lugar no grupo C – para a Euro 2016. Ele foi mais eficaz que Diego Costa e que Álvaro Morata, porém mesmo com esse empenho, Vicente Del Bosque não o levou para a disputa da Eurocopa de 2016 na França e sem contar com Paco Alcácer, a Espanha chegou até as oitavas-de-finais da Euro 2016 sendo eliminada pela Itália.

Liga das Nações da UEFA A

Após o amistoso contra a Romênia em 27 de março de 2016, Alcácer só voltou a ser convocado para uma partida da seleção espanhola em 4 de outubro de 2018 por Luis Enrique, treinador com o qual trabalhou no Barcelona na temporada 2016-17.

Em 11/10/2018, Luis Enrique escalou Paco Alcácer entre os titulares no amistoso contra o País de Gales e no seu retorno a seleção espanhola, marcou um doblete – 2 gols – na goleada por 4-1 sobre a seleção galesa. Quatro dias depois, mas desta vez em confronto válido pela fase de grupos da Liga das Nações da UEFA A, o camisa 9 da seleção espanhol – Alcácer – entrou em campo aos 11 minutos da segunda etapa no lugar do meia Saúl Ñíguez e 2 minutos depois, marcou de cabeça o primeiro gol da Espanha na partida, porém mesmo com esta e mais duas alterações, a “Fúria” foi derrotada pela Inglaterra por 3-2.

Apesar de ter somado 6 pontos, a Espanha não se classificou para a fase de mata-mata, pois terminou em 2º lugar no grupo 4 e somente o 1º lugar passava para a próxima fase, somente a seleção inglesa se classificou para a fase seguinte.

  • Desempenho de Paco Alcácer na Liga das Nações da UEFA 2018-19
Pd Gm A CA CV Mj
 1 1  0  0 34
Títulos que conquistou pela Seleção Espanhola

  • Campeonato Europeu Sub-19 2011 e 2012

TOTAL

Pd Gm A CA CV Mj
15 9 1 798

 

Prêmios individuais

  • Equipe do torneio do Campeonato Europeu Sub-17 2010
  • Equipe do torneio do Campeonato Europeu Sub-19 de 2012

Considerações Finais

Com base em todos os números apresentados até aqui, pode-se concluir que Paco Alcácer é um dos melhores atacantes em atividade no futebol europeu, mesmo antes de se tornar profissional, já fazia muitos gols pela equipe B do Valencia e quando passou a atuar pela equipe principal, após um empréstimo ao Getafe, voltou para o clube que o formou para se firmar no time e apesar de ter sido reserva no Barcelona, trabalhou com alguns dos melhores jogadores do mundo, um destes jogadores é o argentino Lionel Messi.

Paco Alcácer chegou ao Borussia Dortmund para ficar e chegou no clube fazendo o que mais sabe fazer, gols. Quanto aos seus jogos pela seleção da Espanha, já mostrou que precisa de sequência e confiança.

E para vocês? Paco Alcácer é um dos melhores atacantes do futebol europeu? Foi injustiçado por Vicente Del Bosque na seleção espanhola?

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui