Quando cita-se um meia-atacante alemão que atua na Premier League, um dos nomes que pode-se mencionar é o de Mesut Özil que joga pelo Arsenal da Inglaterra e que jogava pela seleção da Alemanha, depois da Copa do Mundo FIFA de 2018, ele anunciou a sua aposentadoria da seleção alemã.

Mesut Özil nasceu em 15/10/1988 em Gelsenkirchen, na Alemanha. Por ter nascido em Gelsenkirchen, ele teve passagens por alguns clubes de lá e não foi coincidência ele ter jogado pelo Rot-Weiss Essen e depois iniciado a sua carreira como profissional no Schalke 04 em 2005, porém o que mais se sabe da carreira de Özil? Quais feitos ele atingiu até aqui?

Juvenil

Apesar de ter nascido em Gelsenkirchen, Özil cresceu com um irmão mais velho e duas irmãs mais novas no Distrito de Bismarck, mas convém lembrar que os avós de Mesut Özil e seu pai, quando ele ainda tinha 2 anos de idade, eles haviam se mudado de Devrek, na costa turca do Mar Negro, para Gelsenkirchen, portanto pode-se dizer que ele também tem a nacionalidade turca, mas depois de viver por muitos anos em Gelsenkirchen, ele optou pela cidadania alemã. Na recorrente questão de sua nacionalidade e identidade nacional, Özil comentou em 2012 o seguinte:

“Passei mais tempo na Espanha do que na Turquia – sou espanhol-turco-alemão ou espanhol-turco-turco? Por que sempre pensamos assim dentro dos limites? Eu quero ser reconhecido como um jogador de futebol – e o futebol é internacional, não tem nada a ver com as raízes da minha família “.

Antes de jogar pelas categorias de base do Schalke 04, do ano de 1995 até o ano de 1998, ele jogou pelo Westfalia 04 Gelsenkirchen, depois de 1998 até 1999 ele jogou pelo Teutonia Schalke, depois de 1999 até 2000 pelo Falke Schalke e o seu último clube antes da sua chegada ao Schalke 04 foi o Rot-Weiss Essen, clube no qual ele jogou de 2000 até 2005.

A Carreira de Mesut Özil e os Números nos clubes em que jogou

 

Schalke 04

Categorias de base

Özil na época que jogava nas categorias de base do Schalke 04

Após passagens por vários clubes de Gelsenkirchen, incluindo uma passagem de 5 anos pelo Rot-Weiss Essen, Özil passou a jogar pelas categorias de base do clube mais famoso da cidade de Gelsenkirchen (o Schalke 04). Antes de jogar pela Bundesliga – Campeonato Alemão -, o jovem meio-campista jogou 26 partidas pela A-Junioren Bundesliga West – Campeonato Alemão Sub-19 – e por lá ele marcou 14 tentos na temporada 2005-06 e com esse sucesso na equipe sub-19, ele passou a ter mais oportunidades na equipe principal do Schalke.

2006-07

Em 29 de julho de 2006, em partida válida pela fase intermediária da extinta Copa da Liga Alemã diante do Bayer Leverkusen, Özil fez a sua estreia pelo time principal do Schalke 04 entre os titulares e antes de dar lugar ao meia Alexander Baumjohann – meio-campo alemão com passagens pelo Coritiba e pelo Vitória da Bahia – aos 31 minutos da segunda etapa, o jogo estava empatado em 1-1 e com o empate persistindo no tempo regulamentar e na prorrogação, a vaga para as semifinais da Copa da Liga Alemã teve de ser decidida nos pênaltis e o Schalke levou a melhor nas penalidades e venceu por 9-8.

A estreia do Özil pela equipe principal do Schalke 04 diante do Bayer Leverkusen

O adversário das semifinais era o Bayern de Munique e assim como ocorreu no jogo da fase anterior, o jovem meia de 17 anos novamente começou entre os titulares e após o intervalo, ele foi substituído por Sebastian Boenisch e com o empate em 0-0 persistindo no tempo regulamentar e na prorrogação novamente, Bayern e Schalke tiveram de decidir a vaga para a final da Copa da Liga Alemã nos pênaltis, mas desta vez os “Azul Reais” – Schalke 04 – foram derrotados nas penalidades pelo placar de 3-0. Apesar do revés, Özil começava a ter espaço no time principal do Schalke.

Em 12/08/2006, na estreia dos “Azul Reais” na Bundesliga, Mesut Özil fez a sua estreia ao entrar no lugar do meia Hamit Altintop aos 35 minutos da segunda etapa, porém mesmo com a sua entrada na partida, Schalke 04 e Eintracht Frankfurt ficaram no empate em 1-1.

Em 28/09/2006, o jovem meia-atacante de 17 anos fez a sua estreia em competições europeias diante do Nancy da França em partida válida pela 1ª fase da Copa da UEFA, porém os “Azul Reais” foram derrotados pelo placar de 3-1 e com isso, estavam eliminados desta competição.

Em 10 de março de 2007, em jogo válido pela 25ª rodada da Bundesliga, Özil proveu a sua 1ª assistência da carreira ao dar o passe para o gol de Altintop aos 2 minutos do 1º tempo, porém 2 minutos depois o Hannover 96 empatou o jogo e este foi o resultado da partida, Schalke e Hannover ficaram no empate em 1-1.

Em suma, na sua 1ª temporada como profissional, Özil proveu uma assistência em 23 partidas, mas mesmo assim, ele ainda era visto como uma aposta para o futuro.

  • Números de Özil na sua 1ª Temporada no Schalke 04
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2006-07
23 1 1 1090

Pd – Partidas disputadas, Gm – Gols marcados, A – Assistências, CA – Cartões amarelos, CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

2007-08

No primeiro jogo do Schalke 04 na temporada 2007-08, em 5 de agosto de 2007 em partida válida pela 1ª fase da Copa da Alemanha, Özil marcou o seu primeiro e único tento pela equipe principal dos “Azul Reais” na goleada por 9-0 sobre o Eintracht Trier. Cinco dias depois, mas desta vez em jogo válido pela 1ª rodada da Bundesliga diante do Stuttgart, o jovem meia-atacante de 18 anos deu o passe para o primeiro gol – para o gol de Levan Kubiashvili – do Schalke neste jogo, porém logo no início do segundo tempo, o técnico Mirko Slomka optou por substituí-lo por Jermaine Jones e o Stuttgart chegou a virar o jogo, mas nos últimos 15 minutos de partida, Ivan Rakitić fez o gol que evitou a derrota do Schalke nesta partida. 

Em 24/11/2007, em jogo da 14ª rodada da Bundesliga, pela primeira vez desde que passou a jogar pela equipe principal do Schalke 04, Özil proveu duas assistências no mesmo jogo, na vitória por 3-2 sobre o Hannover 96 em plena HDI Arena – estádio do Hannover -, e o contemplado por ele foi Kevin Kuranyi que marcou 2 dos 3 tentos do triunfo dos Azul Reais nesta partida.

Até este instante, as coisas pareciam estar dando certo, no entanto, após o confronto contra o Nuremberg na 17ª rodada da Bundesliga, ao qual o Schalke venceu por 2-1 e ele iniciou entre os titulares, mas foi substituído por Halil Altintop aos 16 minutos do segundo tempo, Özil fez a sua última partida com a camisa dos Azul Reais, pois ele recusou uma oferta do clube alegando que um salário anual de 1,5 milhões de euros não seria o suficiente, ele acabou se desentendendo com a gestão do clube e isso levou o técnico Mirko Slomka a afirmar que enquanto ele estivesse lá, Özil não faria outra partida pelo Schalke 04 e em 31 de janeiro de 2008, o jovem meia-atacante de 20 anos foi comprado por outro clube alemão, o Werder Bremen.

  • Números de Özil na sua 2ª e última Temporada no Schalke 04
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2007-08
16 *1 4 1 913

* Gol válido pela Copa da Alemanha

Títulos que conquistou no Schalke 04

  • Campeonato Alemão Sub-19 2006-07
  • O vídeo abaixo mostra os melhores lances de Mesut Özil na sua 1ª Temporada como profissional no Schalke 04
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 8 de novembro de 2015 por Scout Baller

Werder Bremen

2007-08

Mesut Özil sendo apresentado como o mais novo reforço do Werder Bremen da Alemanha

Em 31 de janeiro de 2008, o Werder Bremen anunciou a contratação de Özil pelo valor de 5 milhões de euros (o equivalente a 20 milhões de reais), assinando um contrato com o novo clube válido até 30 de junho de 2011. Além do Werder Bremen, Hannover 96 e VfB Stuttgart também estavam interessados ​​na contratação de Mesut Özil, no entanto, tanto o Hannover quanto o Stuttgart não queriam pagar tanto por ele e assim sendo, os Grün-Weißen  – Werder Bremen – venceram esta disputa e além disso, Özil recebeu a camisa de número 11 do seu mais novo clube.

Em 10/02/2008, em confronto válido pela 19ª rodada da Bundesliga diante do Bayern de Munique, Özil fez a sua estreia com a camisa do Werder Bremen ao substituir Martin Harnick aos 15 minutos do segundo tempo e por falar no jogo, empate em 1-1, mas vale ressaltar que este foi um grande resultado para os Grün-Weißen, pois conseguiram jogar de igual para igual com o Bayern em plena Allianz Arena, em Munique.

Em 01/03/2008, em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Alemão, pela primeira vez desde que chegou ao seu novo clube, o técnico Thomas Schaaf escalou Özil entre os titulares e mesmo com o camisa 11 – Özil – não fazendo gols ou provendo assistências, o Werder Bremen derrotou o Borussia Dortmund pelo placar de 2-0.

Em 26/04/2008, em partida válida pela 30ª rodada da Bundesliga, Özil desencantou e além de marcar o seu primeiro tento com a camisa do seu novo clube, ele também marcou o seu primeiro tento pela Bundesliga no empate em 3-3 com o Karlsruher.

Em suma, desde a sua chegada ao Werder Bremen, Mesut Özil jogou 12 partidas pelo Campeonato Alemão e duas pela Copa UEFA e em 6 ocasiões, ele iniciou o jogo entre os titulares e ao final desta temporada, os Grün-Weißen terminaram a Bundesliga na 2ª colocação, atrás apenas do Bayern de Munique.

  • Números de Özil na sua 1ª Temporada no Werder Bremen
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2007-08
14 *1 1 689

* Gol válido pela Bundesliga

2008-09

Em 23 de agosto de 2008, em jogo da 2ª rodada da Bundesliga diante do seu ex-clube (Schalke 04), Özil proveu a sua 1ª assistência da temporada – para o gol de Torsten Frings – no empate em 1-1 com o Schalke.

Em 20/09/2008, em partida válida pela 5ª rodada da Bundesliga, o meia-atacante de 20 anos foi um dos principais destaques na goleada por 5-2 sobre o Bayern de Munique em plena Allianz Arena ao marcar um dos gols do triunfo do Werder Bremen e também ao prover assistências para o gol do atacante Markus Rosenberg e para o gol do zagueiro brasileiro Naldo. Uma semana depois, em mais uma partida do Campeonato Alemão, pela primeira vez na sua carreira, Özil marcou um doblete – 2 gols – em mais um triunfo do Werder Bremen, por 5-4 sobre o Hoffenheim.

Embora os Grün-Weißen não tenham conseguido repetir a campanha da temporada anterior na Bundesliga, pois ao final do campeonato o Werder Bremen terminou na 10ª posição, Özil fez uma grande temporada a frente do clube do Norte da Alemanha e com isso, ele foi um dos pilares do time nas campanhas da Copa da Alemanha  – DFB-Pokal – e também na Copa da UEFA.

Em 4 de março de 2009, em jogo válido pelas quartas de final da Copa da Alemanha, Özil marcou o seu 4º tento nesta temporada na goleada por 5-2 sobre o Wolfsburg.

Paralelamente a disputa da Copa da Alemanha, onde o Werder Bremen já se encontrava nas semifinais, os Grün-Weißen, cuja tradução é verde-e-brancos, também seguia fazendo boa campanha na Copa da UEFA e em 09/04/2009, no primeiro confronto das quartas de final deste torneio, o camisa 11 foi um dos destaques na vitória por 3-1 sobre a Udinese da Itália ao dar os passes para os 2 gols de Diego, que atualmente joga pelo Flamengo.

Em 22/04/2009, em partida válida pela semifinal da DFB-Pokal, o Werder Bremen e o Hamburgo empataram em 1-1 no tempo regulamentar e com a persistência do empate na prorrogação, a vaga para a final da Copa da Alemanha teve de ser decidida nos pênaltis e os Grün-Weißen levaram a melhor na disputa por pênaltis e se classificaram para a final. Ainda convém lembrar que Mesut Özil foi um dos cobradores que converteu a sua cobrança no triunfo por 3-1 sobre o Hamburgo nos pênaltis. Além de ter contribuído com esta campanha do Werder Bremen na DFB-Pokal, Özil também foi um dos jogadores que mais contribuiu para que os Grün-Weißen chegassem a final da Copa da UEFA.

Em 13/05/2009, em jogo da 32ª rodada da Bundesliga, pela primeira vez na sua carreira, Özil proveu duas assistências numa mesma partida – na goleada por 5-0 sobre o Eintracht Frankfurt em plena Commerzbank Arena – e também sofreu um pênalti que foi convertido por Torsten Frings e os jogadores que foram contemplados com as assistências de Özil foram Alexandros Tziolis e Claudio Pizarro respectivamente.

Em 20/05/2009, em partida válida pela final da Copa da UEFA em Istambul, na Turquia, o Werder Bremen começou perdendo este jogo para o Shakhtar Donetsk da Ucrânia, mas empatou o jogo depois de 10 minutos, no entanto, com a persistência do empate no tempo regulamentar, a decisão foi para a prorrogação e o meia Jádson – atualmente joga pelo Corinthians – colocou um fim nas chances do clube alemão conquistar um título europeu nesta temporada. Dez dias depois, o Werder Bremen entrou em campo para mais uma decisão, a final da Copa da Alemanha, e o adversário da vez era o Bayer Leverkusen e aos 13 minutos do segundo tempo, com um passe do meia brasileiro Diego Ribas, Özil marcou o gol que deu o título da Copa da Alemanha aos Grün-Weißen e com isso, pela 6ª vez na sua história, o Werder Bremen era o campeão da Copa da Alemanha.

Özil segurando o troféu da Copa da Alemanha – DFB-Pokal – 2008-09

Ao final da temporada, Özil foi incluído na seleção da Bundesliga 2008-09 e ele também foi o 2º jogador que mais proveu assistências (15) no Campeonato Alemão, ficando atrás apenas do bósnio Zvjezdan Misimović (20) que naquela temporada defendia o Wolfsburg.

  • Números de Özil na sua 2ª Temporada no Werder Bremen
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2008-09
47 *5 23 3 1 3739

* 5 gols dos quais 3 foram pela Bundesliga e 2 pela Copa da Alemanha

2009-10

Com a saída de Diego para a Juventus da Itália antes do início da temporada 2009-10, Özil passou a ser ainda mais importante para o Werder Bremen e logo na estreia da equipe na Bundesliga em 8 de agosto de 2009, o camisa 11 mostrou que o clube podia contar com ele, pois marcou um dos gols dos Grün-Weißen neste jogo, porém mesmo com ele marcando um tento, o Werder Bremen estreou com uma derrota de 3-2 diante do Eintracht Frankfurt em pleno Weserstadion (estádio do Werder Bremen). Na rodada seguinte, Özil voltou a marcar um gol, no entanto, Mario Gómez empatou a partida no segundo tempo e com isso, os Grün-Weißen e os Bávaros tiveram de se contentar com esse empate.

Em 20/08/2009, no primeiro confronto da rodada de play-off da UEFA Europa League, o vencedor se classifica para a fase de grupos deste torneio, diante do Aktobe do Cazaquistão, além de marcar um dos tentos na goleada por 6-3 sobre os cazaques, pela primeira vez na sua carreira, o camisa 11 proveu 3 assistências – para os gols de Sebastian Boenisch e de Naldo (2) – num mesmo jogo. No segundo confronto entre as duas equipes lá no Cazaquistão, o Werder Bremen voltou a vencer, mas desta vez venceu com um placar menos elástico, 2-0.

Em 21/11/2009, em partida válida pela 13ª rodada da Bundesliga, Özil voltou a repetir a atuação que teve diante do Aktobe e além de marcar um dos gols na goleada por 6-0 sobre o Freiburg, ele proveu assistências para os gols de Hugo Almeida (2) e de Markus Rosenberg e além disso, ele também sofreu um pênalti no qual o zagueiro Naldo converteu a cobrança de pênalti.

Em 23 de março de 2010, em confronto válido pela semifinal da Copa da Alemanha, o camisa 11 deu o passe para o atacante Marko Marin abrir o placar diante do Augsburg e ao final da partida, além do Werder Bremen vencer o adversário pelo placar de 2-0, o clube do Norte da Alemanha se classificou para a sua segunda final seguida da DFB-Pokal.

Em 01/05/2010, em jogo da 33ª e penúltima rodada do Campeonato Alemão, Özil jogou a sua partida de número 100 pela Bundesliga diante do seu ex-clube – o Schalke 04 – e para celebrar esta ocasião, ele fez valer a lei do ex – quando um ex-jogador de determinado clube marca um gol diante de seu ex-clube – e além de marcar um dos tentos – o seu último gol na Bundesliga – na vitória dos Grün-Weißen por 2-0 sobre os Azul Reais, ele também deu o passe para o atacante português Hugo Almeida fazer o dele. Uma semana depois, Mesut Özil jogou a sua última partida pela Bundesliga com a camisa do Werder Bremen no empate em 1-1 com o Hamburgo na última rodada do Campeonato Alemão. Com o término do campeonato, ele foi um dos principais destaques na campanha dos Grün-Weißen na Bundesliga 2009-10, a qual o clube do norte da Alemanha terminou em 3º lugar.

Em 15/05/2010, em confronto válido pela final da Copa da Alemanha, Özil fez a sua penúltima partida com a camisa do Werder Bremen, mas diferentemente do que aconteceu na temporada anterior, desta vez o clube do norte da Alemanha sofreu uma goleada de 4-0 diante do Bayern de Munique.

Em suma, ao final da temporada 2009-10, Mesut Özil marcou 9 gols e proveu 16 assistências na Bundesliga 2009-10 e em decorrência disso, inevitavelmente ele foi eleito o melhor jogador do primeiro turno do Campeonato Alemão e além disso, pela segunda temporada consecutiva, ele foi incluído na Seleção da Bundesliga e ele foi o jogador que mais proveu assistências na Bundesliga 2009-10.

  • Números de Özil na sua 3ª Temporada no Werder Bremen
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2009-10
46 *10 29 2 3798

* 10 gols dos quais 9 foram pela Bundesliga e 1 pela UEFA Europa League

2010-11

Depois de se destacar na Copa do Mundo FIFA de 2010 com a seleção da Alemanha, a saída de Özil do Werder Bremen era eminente e assim sendo, em 14 de agosto de 2010, o camisa 11 fez a sua última partida com a camisa dos Grün-Weißen diante do Rot Weiss Ahlen em jogo válido pela 1ª fase da Copa da Alemanha e diante de um adversário que acabará de ser rebaixado para a 3ª divisão do futebol alemão na temporada passada, o Werder Bremen aplicou uma goleada de 4-0 sobre eles e Özil proveu a sua última assistência para o atacante peruano Claudio Pizarro.

  • Números de Özil na sua 4ª e última Temporada no Werder Bremen
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2010-11
1 1 61
Títulos que conquistou no Werder Bremen

  • Copa da Alemanha 2008-09
  • O vídeo abaixo mostra os melhores momentos de Mesut Özil com a camisa do Werder Bremen
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 25 de fevereiro de 2015 por World Info

Real Madrid

Real Madrid

2010-11

Devido às suas atuações pela seleção da Alemanha na Copa do Mundo FIFA de 2010, Özil passou a ser observado por grandes clubes europeus e os clubes que estavam o monitorando eram os seguintes: Arsenal da Inglaterra, Barcelona e Real Madrid, os 2 últimos clubes são da Espanha. O atacante inglês Wayne Rooney foi um dos muitos admiradores que Özil passou a ter depois de se destacar na Copa do Mundo de 2010 e com isso, o atacante inglês chegou a pedir para o técnico do Manchester United, Sir Alex Ferguson – atualmente não trabalha mais como treinador, pois ele se aposentou – que assinasse com o craque alemão. Houve relatos de que o meia-atacante alemão tivesse acertado a sua transferência para o Barcelona, ​​mas o Werder Bremen negou os relatos e em 17 de agosto de 2010, a equipe alemã anunciou que havia chegado a um acordo com o Real Madrid para a transferência do Özil.

Veja Também!  Onde assistir Estônia x Alemanha Futebol AO VIVO – Eliminatórias da Eurocopa 2020

Acredita-se que o Real Madrid tenha pago 15 milhões de euros para contratar o craque alemão (o equivalente a 65 milhões de reais). Ao assinar com o clube espanhol Özil deu a seguinte declaração: “Quando a oferta para eu me juntar ao Real Madrid chegou, não há decisão a ser tomada. Vamos ser honestos – você não recusa este clube. Eu não tinha pressa em deixar o Werder Bremen, mas este é um clube para o qual você diz sim sem hesitar. Eles são uma instituição, um clube com uma história fantástica, estádio e time cheio de jogadores de classe mundial. A perspectiva de se apresentar no Bernabéu é tão impressionante que você pula direto.”

Özil em jogo da pré-temporada do Real Madrid.

Em 22/08/2010, Özil fez a sua primeira partida com a camisa da equipe merengue – Real Madrid – em um amistoso contra o Hércules, ao qual os merengues venceram por 3-1. Antes do início da temporada, o número da camisa dele era alterado com certa frequência, pois ele recebeu a camisa de número 26 na pré-temporada, neste jogo diante do Hércules ele jogou com a camisa número 19 e no fim das contas, após a transferência de Rafael van der Vaart para o Tottenham da Inglaterra, o alemão recebeu a camisa de número 23 e permaneceu com esta numeração até o final desta temporada.

Em 29/08/2010, na estreia dos Galácticos – Real Madrid – na La Liga (Campeonato Espanhol) 2010-11 diante do Mallorca, Özil fez a sua estreia em partidas oficiais ao substituir Sergio Canales aos 13 minutos do segundo tempo, em outras palavras, mesmo com a entrada do alemão na partida, o placar não se movimentou e assim sendo, o Real Madrid e o Mallorca ficaram no empate em 0-0.

Em 15/09/2010, na estreia do time merengue na fase de grupos da UEFA Champions League – Liga dos Campeões -, o alemão deu o passe para o centroavante argentino Gonzalo Higuaín marcar o segundo gol dele no triunfo do Real Madrid por 2-0 sobre o Ajax da Holanda, esta foi a primeira assistência de Özil nesta temporada.

Em 03/10/2010, em partida válida pela 6ª rodada da La Liga, o camisa 23 marcou o seu primeiro tento com a camisa do Real Madrid na goleada por 6-1 sobre o Deportivo La Coruña no estádio Santiago Bernabéu e além de marcar o seu primeiro gol com a camisa do seu novo clube, o alemão também colocou a bola na cabeça de Cristiano Ronaldo para ele marcar o primeiro dos seus 2 gols nesta partida.

Em 19/10/2010, em jogo da 3ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, Özil marcou o seu primeiro gol com a camisa do Real Madrid neste torneio na vitória por 2-0 sobre o Milan da Itália no estádio Santiago Bernabéu.

Em 22/12/2010, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Rei, Özil marcou o seu primeiro tento neste torneio na goleada por 8-0 sobre o Levante.

Em 3 de janeiro de 2011, no primeiro jogo do Real Madrid neste ano, uma partida válida pela 17ª rodada da La Liga, o camisa 23 iniciou este ano marcando um dos gols da equipe merengue por 3-2 sobre o Getafe fora de casa.

Em 07/05/2011, em jogo da 35ª rodada do Campeonato Espanhol, pela primeira vez desde que assinou com o seu novo clube, Özil proveu 3 assistências na goleada por 6-2 sobre o Sevilla em pleno estádio Ramón Sánchez Pizjuan e os contemplados com os passes e/ou cruzamentos do alemão foram o zagueiro Sergio Ramos, o meia Kaká e Cristiano Ronaldo respectivamente.

Ao final desta temporada, o meia-atacante alemão marcou 10 gols em 53 jogos e não foi só isso, ele também proveu 28 assistências, o maior número de assistências do que qualquer jogador em qualquer grande competição europeia naquela temporada e como consequência, logo na sua 1ª temporada como jogador dos Galácticos, ele foi elogiado pela mídia, fãs e pelos próprios colegas de clube.

  • Números de Özil na sua 1ª Temporada no Real Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2010-11
53 *10 28 2 3845

* 10 gols dos quais 7 foram pela La Liga, 3 pela Copa do Rei e 1 pela UEFA Champions League

2011-12

Após ter feito uma grande temporada 2010-11 com a camisa do Real Madrid, Özil foi presenteado com a camisa de número 10 e com isso, ficava claro que a intenção do técnico José Mourinho – atualmente comanda o Manchester United da Inglaterra – era usar o alemão como o seu principal armador.

Em 14 de agosto de 2011, no primeiro jogo dos Galácticos nesta temporada, eles tinham pela frente a decisão da Supercopa da Espanha diante do Barcelona e por coincidência, o primeiro tento do novo camisa 10 nesta temporada, também foi o primeiro tento do Real Madrid, no entanto, o Barcelona virou o jogo e os merengues só não saíram derrotados pelo maior rival diante dos seus torcedores porque aos 8 minutos da segunda etapa, Xabi Alonso empatou o jogo e decretou o resultado da partida. Três dias depois, as duas equipes voltaram a se enfrentar, mas desta vez o segundo confronto era lá no estádio do Barça, o Camp Nou, e antes do árbitro apitar o fim do jogo – o Barcelona vencia o jogo pelo placar de 3-2 -, o alemão se desentendeu com um atacante adversário – David Villa – e depois de uma altercação com ele, os 2 acabaram expulsos do jogo.

Paralelamente a disputa da La Liga, o Real Madrid também disputava a UEFA Champions League e em partida válida pela 5ª rodada da fase de grupos deste torneio, o alemão marcou o seu segundo tento nesta temporada na goleada por 6-2 sobre o Dinamo Zagreb da Croácia e além de ter marcado um gol neste jogo, ele ainda deu o passe para o centroavante francês Karim Benzema fazer o seu primeiro dos seus 2 gols nesta partida.

Em 7 de janeiro de 2012, em partida válida pela 18ª rodada da La Liga, a qual os Galácticos golearam o Granada por 5-1, Özil proveu assistências (3) para os gols de Karim Benzema (2) e Sergio Ramos.

Em 02/05/2012, em jogo da 20ª (adiado) do Campeonato Espanhol, o camisa 10 ajudou o Real Madrid a chegar ao seu 32º título da La Liga ao marcar um gol e dar o passe para Higuaín marcar o dele na vitória por 3-0 sobre o Athletic Bilbao em pleno San Mamés, estádio do Athletic Bilbao. Onze dias depois, em partida válida pela última rodada da La Liga, a última partida da equipe merengue nesta temporada, o alemão marcou 2 tentos na goleada por 4-1 sobre o Mallorca e com isso, ele encerrou mais uma temporada se consolidando ainda mais no Real Madrid. Ainda convém lembrar que este triunfo fez do Real Madrid a 1ª equipe a alcançar a marca dos 100 pontos em uma única temporada.

Ao final desta temporada, Mesut Özil foi o jogador que mais proveu assistências na La Liga (17) e as suas atuações tanto pela equipe merengue quanto pela seleção alemã lhe renderam uma indicação ao prêmio de Melhor Jogador da Europa, no qual ele terminou na 10ª colocação, sendo o jogador mais jovem a figurar no Top 10.

  • Números de Özil na sua 2ª Temporada no Real Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2011-12
52 *7 29 5 2 3851

* 7 gols dos quais 4 foram pela La Liga, 2 pela UEFA Champions League e 1 pela Supercopa da Espanha

2012-13

Com a chegada de Luka Modrić antes do início desta temporada, algumas especulações de que Özil estava descontente no Real Madrid começaram a circular, mas como ele já havia dito em uma entrevista a uma revista alemã (Kicker) há pouco mais de 1 ano atrás, ele estava feliz na equipe merengue e que se possível gostaria de encerrar a sua carreira neste clube e que a chegada deste meia que jogava pelo Tottenham, era mais um motivo para ele competir pelo seu espaço.

Logo no início da temporada, o alemão conquistou mais um título na sua carreira, trata-se da Supercopa da Espanha 2012 e apesar da derrota por 3-2 para o Barcelona no primeiro confronto, Özil colocou a bola na cabeça de Cristiano Ronaldo para ele deixar o dele e no segundo jogo entre as duas equipes, o Real Madrid venceu por 2-1 e com o critério gol fora de casa, os Galácticos eram os campeões da Supercopa da Espanha 2012.

Em 6 de novembro de 2012, em jogo da 4ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o camisa 10 marcou o seu primeiro tento nesta temporada no empate em 2-2 com o Borussia Dortmund e ainda convém lembrar que foi ele quem evitou a derrota da equipe merengue em pleno Santiago Bernabéu e além disso, ele também colocou a bola na cabeça do zagueiro luso-brasileiro Pepe para ele marcar o primeiro gol do Real Madrid nesta partida. Onze dias depois, desta vez em jogo válido pela 12ª rodada da La Liga, Özil marcou o seu primeiro tento nesta competição e como já era rotina, ele também proveu a assistência para o gol do zagueiro Sergio Ramos na goleada por 5-1 sobre o Athletic Bilbao.

Em 08/12/2012, em jogo da 15ª rodada da La Liga, até antes do fim do primeiro tempo, o Real Madrid estava perdendo por 2-1 para o Valladolid e o alemão entrou em cena e empatou antes do intervalo e aos 27 minutos da segunda etapa, ele marcou o seu segundo gol nesta partida, o gol que selou o triunfo dos Galácticos nesta partida, em outras palavras, o Real Madrid venceu o Valladolid por 3-2 fora de casa.

Em 6 de abril de 2013, em confronto válido pela 30ª rodada da La Liga, o camisa 10 voltou a marcar 2 tentos num mesmo jogo e desta vez o alemão só precisou de 15 minutos em campo – entrou no jogo aos 32 minutos do segundo tempo no lugar de Benzema – para marcar estes gols na goleada por 5-1 sobre o Levante. Duas semanas depois, em mais uma partida da La Liga – válida pela 32ª rodada -, Özil marcou o primeiro e o último gol deste jogo na vitória por 3-1 sobre o Real Bétis.

Özil celebrando o gol que marcou na goleada por 6-2 sobre o Málaga.

Em 08/05/2013, em partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol, Özil marcou o seu último tento com a camisa dos merengues na goleada por 6-2 sobre o Málaga e com isso, o alemão encerrou esta temporada com 10 gols e 24 assistências em 52 jogos, mas diferentemente da La Liga 2011-12, na qual ele foi o jogador que mais proveu assistências, desta vez Özil foi o segundo jogador que mais deu passes para gol (13) na La Liga 2012-13, ficando atrás apenas do meia Andrés Iniesta do rival Barcelona (16).

  • Números de Özil na sua 3ª Temporada no Real Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
52 *10 24 8 3550

* 10 gols dos quais 9 foram pela La Liga e 1 pela UEFA Champions League

2013-14

Mesmo tendo iniciado os 2 jogos das duas primeiras rodadas da La Liga entre os titulares, em 2 de setembro de 2013, o alemão não era mais jogador do Real Madrid, pois o Arsenal e o Real Madrid chegaram a um acordo e assim sendo, Özil deixou Madrid e se mudou para Londres, na Inglaterra.

  • Números de Özil na sua 4ª e última Temporada no Real Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
2 134
Títulos que conquistou no Real Madrid

  • Copa do Rei 2010-11
  • La Liga 2011-12
  • Supercopa da Espanha 2012
  • O vídeo abaixo mostra os 27 gols que Mesut Özil marcou com a camisa do Real Madrid
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 3 de setembro de 2013 por Sheldon Madrista

Arsenal

2013-14

Özil sendo apresentado como o mais novo reforço do Arsenal, ao seu lado o técnico do clube naquela época, Arsène Wenger

Em 2 de setembro de 2013, o Arsenal da Inglaterra e o Özil chegaram a um acordo e assim sendo, o clube inglês anunciou a sua contratação. Tanto o valor que o clube londrino – Arsenal – desembolsou para contratá-lo quanto a duração do contrato não foram divulgados, mas acredita-se que o Arsenal tenha desembolsado 42,5 milhões de libras (o equivalente a 212 milhões de reais), mais um contrato de 5 temporadas para contratá-lo. Esta transferência fez dele o jogador alemão mais caro de todos os tempos até aquele instante. Além disso, como pode-se ver na imagem à esquerda, ele recebeu a camisa de número 11.

O que o Özil disse a respeito desta transferência? – “Eu estava certo de que ficaria no Real Madrid, mas depois percebi que eu não tinha a fé do treinador ou dos chefes. Sou um jogador que precisa dessa fé e é isso o que eu senti aqui no Arsenal, e é por isso que eu vim para cá.” Na primeira conferência de imprensa do novo camisa 11 dos Gunners – Arsenal -, ele disse: “Eu teria vindo aqui de graça, isso não teria sido um problema.” Além disso, Özil disse que Arsène Wenger teve um papel importante em sua decisão: “Quando falei com o Wenger no telefone, ele mostrou muito respeito e, como jogador, eu preciso disso.” Alguns jogadores do Real Madrid ficaram descontentes com a saída de Özil do clube espanhol e dentre eles Cristiano Ronaldo, que disse: “Ele era o jogador que melhor conhecia meus movimentos na frente do gol”.

Özil fez a sua estreia pelo seu mais novo clube em 14/09/2013, em jogo válido pela 4ª rodada da Premier League diante do Sunderland fora de casa, aos 11 minutos do primeiro tempo, o novo camisa 11 dos Gunners – Arsenal – deu o passe para o centroavante francês Olivier Giroud abrir o placar e ao final desta partida, o Arsenal venceu o Sunderland por 3-1. Quatro dias depois, ele fez a sua estreia pelo clube londrino na UEFA Champions League diante do Olympique de Marselha da França e por falar neste jogo, mesmo sem gol ou assistência do seu novo camisa 11, os ingleses venceram os franceses por 2-1.

Em 22/09/2013, Özil jogou pela primeira vez no Emirates Stadium – estádio do Arsenal – diante do Stoke City em partida válida pela 5ª da Premier League, ao qual os Gunners venceram os Potters – Stoke City – por 3-1 sendo que quem proveu assistências para estes 3 tentos (gols de Aaron Ramsey, Per Mertesacker e Bacary Sagna respectivamente) foi o mais novo camisa 11 do clube londrino, Mesut Özil.

Em 01/10/2013, em jogo válido pela 2ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o alemão marcou o seu primeiro gol com a camisa do seu novo clube na vitória por 2-0 sobre o Napoli da Itália e além de marcar um tento nesta partida, ele também deu o passe para Olivier Giroud fazer o gol dele neste jogo.

Em 19/10/2013, em jogo da 8ª rodada do Campeonato Inglês, Özil marcou os seus 2 primeiros gols com a camisa do Arsenal na goleada por 4-1 sobre o Norwich.

Özil seguiu jogando entre os titulares e tendo boas atuações e nas 6 partidas que jogou no mês de novembro e apesar de não ter marcado sequer um gol nestes 6 jogos, ele proveu 4 assistências sendo que duas delas foram na vitória por 3-0 sobre o Cardiff na 13ª rodada da Premier League, mas convém lembrar que ele teve uma boa oportunidade de marcar um gol diante do Olympique de Marselha na última rodada da fase de grupos da UEFA Champions League aos 37 minutos da primeira etapa, porém o goleiro Steve Mandanda defendeu o pênalti cobrado pelo Özil, mas mesmo perdendo esta chance, ele ainda deu o passe para o meia Jack Wilshere marcar o seu segundo gol nesta partida e também o gol que selou a vitória de 2-0 dos ingleses sobre os franceses.

Em 04/12/2013, em jogo da 14ª rodada da Premier League, o alemão marcou o seu terceiro tento com a camisa dos Gunners na vitória por 2-0 sobre o Hull City. Quatro dias depois, em mais uma partida válida pela Premier League, ele abriu o placar da partida diante do Everton no Emirates Stadium, porém 4 minutos depois, Deulofeu empatou e com isso e assim sendo, os Gunners e os Toffees – Everton – ficaram no empate em 1-1.

Em 28 de janeiro de 2014, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Inglês, ao prover a assistência para Santi Cazorla marcar o gol dele no empate em 2-2 com o Southampton fora de casa, o camisa 11 chegou a marca de 10 assistências até aquele instante.

Os dois meses seguintes, fevereiro e março, foram difíceis para Özil, pois ele não conseguiu ter o mesmo desempenho que ele vinha tendo até então. Em 19/02/2014, no primeiro confronto das oitavas de final da UEFA Champions League diante do Bayern de Munique, aos 8 minutos do primeiro tempo, o Arsenal teve a chance de sair a frente do placar, mas Özil teve a sua cobrança de pênalti defendida por Manuel Neuer e para piorar, a equipe alemã venceu os Gunners por 2-0 em pleno Emirates Stadium.

Em 08/03/2014, em confronto válido pelas quartas de final da Copa da Inglaterra – FA Cup -, o camisa 11 marcou o seu primeiro tento neste ano na goleada por 4-1 sobre o Everton e além de ter marcado um gol neste jogo, como era costume, ele deu mais um passe para gol e o contemplado foi mais uma vez o centroavante francês Olivier Giroud. Três dias depois, no segundo confronto entre o Arsenal e o Bayern de Munique lá na Alemanha, a equipe bávara jogou para o gasto e os 2 times ficaram no empate em 1-1 e com isso, os Gunners davam adeus a Liga dos Campeões, quanto a Özil, quando parecia que as coisas estão voltando ao normal, pois ele marcou o seu primeiro gol no ano 3 dias antes desta partida, ele foi substituído após o intervalo porque ele sofreu uma lesão no tendão, uma lesão que o tirou dos gramados por 5 semanas.

Em 20/04/2014, em jogo da 35ª rodada da Premier League, Özil retornou aos gramados e logo no seu primeiro jogo após se recuperar da lesão, o Arsenal venceu o Hull City pelo placar de 3-0, porém ele não marcou um dos gols dos Gunners nesta partida, mas uma semana depois, em mais um jogo válido pela Premier League, ele marcou um dos gols na vitória por 3-0 sobre o Newcastle e além de ter marcado um tento neste jogo, ele deu o passe para Olivier Giroud marcar o seu gol nesta partida.

Özil jogou os 3 jogos restantes do Arsenal durante o último mês de sua temporada de estréia na Inglaterra. Um destes jogos era a final da Copa da Inglaterra diante do Hull City, o qual ele foi substituído no intervalo do primeiro tempo da prorrogação e por falar nesta final, convém lembrar que o Arsenal chegou a estar perdendo por 2-0, mas conseguiu empatar em 2-2 e levar a decisão para a prorrogação e no início da segunda etapa da prorrogação, Aaron Ramsey marcou o gol que deu o título da FA Cup 2013-14 para o Arsenal. Ao final do jogo, o zagueiro Per Mertesacker elogiou o seu compatriota na sua primeira temporada na Inglaterra.“Você pode ver desde o início que ele é um dos melhores jogadores da Europa”, disse Mertesacker.“Suas contribuições e assistências são vitais para qualquer clube, por isso estamos felizes em tê-lo de volta.”

Em suma, Mesut Özil marcou 7 gols e proveu 14 assistências nos 40 jogos que disputou pelo seu novo clube nesta temporada e para fechar em grande estilo, ele encerrou esta temporada conquistando o título da Copa da Inglaterra, quanto ao Campeonato Inglês, o clube londrino terminou na 4ª posição e com isso, teria de disputar uma vaga com outro clube para ingressar na fase de grupos da UEFA Champions League 2014-15.

  • Números de Özil na sua 1ª Temporada no Arsenal
Veja Também!  Como assistir Escócia x San Marino Futebol AO VIVO – Eliminatórias Eurocopa 2020
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
40 *7 14 1 3233

* 7 gols dos quais 5 foram pela Premier League, 1 pela UEFA Champions League e 1 pela Copa da Inglaterra

2014-15

Depois de se sagrar campeão da Copa do Mundo FIFA de 2014 com a seleção da Alemanha, Özil voltou aos treinos somente em meados de agosto e por esta razão ele não jogou a decisão da FA Community Shield – Supercopa da Inglaterra – e ele também não foi relacionado para a partida de estreia do Arsenal pela Premier League diante do Crystal Palace.

Em 23 de agosto de 2014, em jogo da 2ª rodada da Premier League, o camisa 11 fez a sua primeira partida nesta temporada diante do Everton em Goodison Park, estádio do time adversário, jogo no qual as duas equipes ficaram no empate em 2-2.

Em 20/09/2014, em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Inglês, Özil marcou o seu primeiro tento nesta temporada na vitória dos Gunners por 3-0 sobre o Aston Villa em Villa Park, estádio do clube adversário, e além de ter marcado um gol nesta partida, o alemão também deu o passe para o gol de Danny Welbeck.

Paralelamente a disputa da Premier League, o Arsenal também disputava a fase de grupos da UEFA Champions League – os Gunners passaram pelo Besiktas da Turquia na fase de play-off – e depois de perder por 2-0 para o Borussia Dortmund na estreia, em 01/10/2014, Özil deu o passe para o atacante chileno Alexis Sánchez marcar o gol dele na goleada por 4-1 sobre o Galatasaray da Turquia na 2ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Em 08/10/2014, a DFB – federação alemã de futebol – declarou que Özil ficaria afastado dos gramados de 10 a 12 semanas porque ele foi detectado com uma lesão no joelho esquerdo, obtida após a derrota por 2-0 diante do Chelsea três dias antes da data FIFA. O prognóstico iria excluí-lo do restante dos jogos do Arsenal na Liga dos Campeões, além de quatro jogos pela seleção alemã.

Em 11 de janeiro de 2015, em jogo da 21ª rodada do Campeonato Inglês, o alemão voltou a jogar depois de 3 meses longe dos gramados ao entrar no lugar de Olivier Giroud aos 28 minutos da segunda etapa, mas antes de entrar em campo, o Arsenal já estava vencendo o Stoke City por 3-0.

Em 25/01/2015, em confronto válido pela 4ª rodada da Copa da Inglaterra, Özil jogou pela 1ª vez como titular desde o retorno de lesão e para celebrar este momento, ele marcou o primeiro gol dos Gunners na vitória por 3-2 sobre o Brighton.

Em 01/02/2015, em jogo da 23ª rodada da Premier League, o camisa 11 deu o passe para Giroud abrir o placar e marcou o segundo gol do Arsenal no jogo, ao qual os Gunners aplicaram uma goleada de 5-0 para cima do Aston Villa. Uma semana depois, Özil marcou o primeiro gol da partida na derrota dos Gunners por 2-1 no North London Derby – clássico entre o Arsenal e o Tottenham – no estádio White Hart Lane, estádio do rival. Três dias depois de jogar o North London Derby, o alemão seguiu se destacando com a camisa dos Gunners e no triunfo por 2-1 sobre o Leicester na rodada seguinte, ele deu os passes para os 2 gols, do zagueiro Laurent Koscielny e de Theo Walcott respectivamente.

Em 01/03/2015, em partida válida pela 27ª rodada da Premier League, o camisa 11 deu os passes para os gols de Giroud e Rosicky na vitória dos Gunners por 2-0 sobre o Everton.

Em 04/04/2015, em jogo da 31ª rodada do Campeonato Inglês, o alemão marcou o seu 5º e último tento nesta temporada na goleada por 4-1 sobre o Liverpool. Duas semanas depois, Özil foi um dos principais destaques na vitória por 2-1 sobre o Reading na semifinal da Copa da Inglaterra ao dar os passes para os 2 gols de Alexis Sánchez neste jogo.

Em 30/05/2014, no último jogo do Arsenal nesta temporada, final da Copa da Inglaterra, o alemão começou o jogo entre os titulares, mas desta vez ele não marcou nenhum tento e ele também não proveu assistências na goleada por 4-0 sobre o Aston Villa neste jogo. Com este triunfo, pela segunda vez consecutiva, o Arsenal sagrava-se campeão da FA Cup, Copa da Inglaterra.

  • Números de Özil na sua 2ª Temporada no Real Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
32 *5 8 2 2711

* 5 gols dos quais 4 foram pela Premier League e 1 pela Copa da Inglaterra

2015-16

Logo no início da temporada 2015-16, Özil iniciou esta temporada com um título, pois no primeiro jogo do Arsenal nesta temporada, diante do Chelsea na decisão da Supercopa da Inglaterra, em 2 de agosto de 2015, ele iniciou entre os titulares e os Gunners venceram os Blues pelo placar de 1-0 no Wembley. Uma semana depois, ele estava mais uma vez presente entre os titulares na estreia do Arsenal na Premier League 2015-16, no entanto, esta foi uma estreia para se esquecer, pois mesmo jogando diante dos seus torcedores, o Arsenal perdeu por 2-0 para o West Ham.

Em 04/10/2015, em partida válida pela 8ª rodada da Premier League, o camisa 11 dos Gunners marcou o seu primeiro tento nesta temporada no triunfo por 3-0 sobre o Manchester United e além de ter marcado um gol neste jogo, como era praxe, ele deu o passe para Alexis Sánchez marcar um dos seus gols neste jogo.

Em 17/10/2015, em jogo da 9ª rodada da Premier League, Özil foi nomeado o “Man of the match” – o homem do jogo – na vitória dos Gunners por 3-0 sobre o Watford, mas apesar de não ter marcado nenhum tento neste jogo, ele proveu assistências para os gols de Alexis Sánchez e de Olivier Giroud respectivamente. Três dias depois, em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o camisa 11 marcou o segundo gol do Arsenal na vitória por 2-0 sobre o Bayern de Munique.

Em 21/11/2015, em jogo da 13ª rodada do Campeonato Inglês, o alemão chegou a marca de prover assistências por 7 jogos consecutivos e apesar da derrota dos Gunners por 2-1 diante do West Bromwich, ele proveu a assistência para o gol de Giroud neste jogo. Três dias depois, desta vez em jogo válido pela 5ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, Özil marcou o seu 2º gol pelo Arsenal nesta competição na vitória por 3-0 sobre o Dinamo Zagreb da Croácia.

Em 29/11/2015, em partida válida pela 14ª rodada da Premier League, o camisa 11 marcou o gol dos Gunners no empate em 1-1 com o Norwich City fora de casa. Nos 3 jogos seguintes da Premier League, contra Sunderland, Aston Villa e Manchester City respectivamente, ele desempenhou um papel importante nas vitórias sobre esses 3 times, pois em todos estes jogos, ele proveu ao menos uma assistência em cada uma destas partidas.

Em 28/12/2015, em jogo da 19ª rodada da Premier League, a última partida do Arsenal no ano de 2015, Özil marcou um dos gols da vitória por 2-0 sobre o Bournemouth e além disso, ele também colocou a bola na cabeça do zagueiro Gabriel Paulista para ele marcar o dele neste jogo.

Em 24 de janeiro de 2016, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Inglês, Özil jogou a sua 100ª partida com a camisa dos Gunners, mas não pôde comemorar esta ocasião com mais uma vitória, pois o Chelsea derrotou o Arsenal por 1-0 em pleno Emirates Stadium.

Em 07/02/2016, em jogo da 25ª rodada da Premier League, o alemão encerrou um jejum que durava desde 28/12/2015 e diante do mesmo clube que ele marcou o seu último gol no ano anterior, o Bournemouth, ele marcou um dos gols na vitória por 2-0 sobre os Cherries (Bournemouth) novamente.

Depois da derrota por 2-0 para o Barcelona na Liga dos Campeões em pleno Emirates Stadium, cinco dias depois – 28/02/2016 -, desta vez em jogo válido pela 27ª rodada da Premier League, Özil marcou um gol e em uma cobrança de falta, colocou a bola na cabeça de Danny Welbeck para ele marcar o gol dele diante do Manchester United, mas mesmo com estes gols, o Arsenal perdeu por 3-2 para os Red Devils, Manchester United.

Em 13/03/2016, em partida válida pela 6ª rodada da Copa da Inglaterra, o camisa 11 deu uma assistência de calcanhar para Danny Welbeck marcar o gol do Arsenal na partida, porém mesmo com este tento, os Gunners perderam para o Watford por 2-1 e assim sendo, deram adeus as chances de conquistar a Copa da Inglaterra pela 3ª vez seguida. Três dias depois, uma nova eliminação, desta vez na Liga dos Campeões após sofrer mais uma derrota para o Barcelona, por 3-1 e com isso, pode-se concluir que o mês de março não foi nada bom para os Gunners, pois foram eliminados em duas competições: UEFA Champions League e Copa da Inglaterra.

Em 09/04/2016, em jogo da 33ª rodada da Premier League, Özil marcou o seu último tento nesta temporada no empate em 3-3 com o West Ham fora de casa.

Em 15/05/2016, em partida válida pela última rodada do Campeonato Inglês, este também era o último jogo do Arsenal nesta temporada, o alemão deu o passe para Giroud marcar 1 dos seus 3 gols na goleada por 4-0 sobre o Aston Villa. Enquanto os Gunners terminavam o campeonato na 2ª colocação, à frente de um grande rival, o Tottenham Hotspur. Essa foi a 19ª assistência da temporada de Özil na Premier League, um recorde e com isso, por pouco ele não atingiu a marca de Thierry Henry, que proveu 20 assistências na temporada 2002-03. Özil terminou a sua 3ª temporada no Arsenal com 8 gols e 20 assistências, o que lhe valeu o prêmio de Melhor Jogador dos Gunners nesta temporada.

  • Números de Özil na sua 3ª Temporada no Arsenal
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
45 *8 20 7 3940

* 8 gols dos quais 6 foram pela Premier League e 2 pela UEFA Champions League

2016-17

Depois de ter jogado pela seleção de seu país na Eurocopa 2016, Arsène Wenger optou por poupar Özil da estreia da Premier League e apesar da sua ausência, os Gunners fizeram um jogo parelho com o Liverpool, mas perderam por 4-3. Na rodada seguinte, o técnico o poupou mais uma vez, colocando-o no jogo somente aos 28 minutos do segundo tempo no lugar de Santi Cazorla, mas mesmo com a sua entrada no jogo, Arsenal e Leicester ficaram no empate em 0-0.

Em 27 de agosto de 2016, em jogo da 3ª rodada da Premier League, diferentemente dos 2 primeiros jogos, desta vez o camisa 11 iniciou entre os titulares e na sua 1ª partida como titular nesta temporada ele correspondeu e marcou o seu 1º tento desta temporada na vitória por 3-1 sobre o Watford.

Em 24/09/2016, em partida válida pela 6ª rodada da Premier League, o alemão marcou o seu segundo gol na temporada 2016-17 na vitória por 3-0 sobre o Chelsea.

Em 15/10/2016, em jogo da 8ª rodada do Campeonato Inglês, Özil marcou um golaço, de voleio, na vitória dos Gunners por 3-2 sobre o Swansea. Quatro dias depois, desta vez em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, pela primeira vez na sua carreira, o alemão marcou um hat-trick – ocorre quando um jogador faz 3 ou mais gols num mesmo jogo – na goleada por 6-0 sobre o Ludogorets da Bulgária e não foi só isso, além de ter marcado 3 tentos neste jogo, ele também deu o passe Theo Walcott fazer o dele nesta partida.

Em 29/10/2016, em jogo da 10ª rodada da Premier League, ele proveu a sua primeira assistência no campeonato inglês na goleada por 4-1 sobre o Sunderland fora de casa. Com estas atuações, Özil foi eleito o melhor Jogador do Arsenal do mês de outubro. Três dias depois deste jogo diante do Sunderland, os Gunners enfrentaram o Ludogorets em partida válida pela 4ª da Liga dos Campeões lá na Bulgária e os ingleses levaram a melhor sobre os búlgaros mais uma vez, mesmo jogando fora de casa e os venceram pelo placar de 3-2 e o camisa 11 marcou um dos gols do Arsenal nesta partida, um gol digno do Prêmio Puskás – todo ano este prêmio é concebido ao jogador que marcou o gol mais bonito da temporada – e além disso, ele também deu o passe para o suíço Granit Xhaka marcar o gol dele neste jogo.

Em 03/12/2016, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Inglês, Özil marcou um dos gols na goleada por 5-1 sobre o West Ham em pleno estádio Olímpico de Londres e não foi só isso, novamente ele deu um passe para gol e o jogador que foi contemplado com a assistência do camisa 11 foi o Chamberlain. Uma semana depois, em mais um jogo da Premier League, o alemão marcou um dos gols dos Gunners no triunfo por 3-1 sobre o Stoke City.

Em 22 de janeiro de 2017, em jogo da 22ª rodada da Premier League, o alemão proveu a sua primeira assistência neste ano na vitória por 2-1 sobre o Burnley e o contemplado com esta assistência foi um outro alemão, o zagueiro Shkodran Mustafi.

Em 02/04/2017, em partida válida pela 30ª rodada da Premier League, a dupla Özil e Mustafi voltou a entrar em ação novamente e diante do Manchester City, aos 8 minutos do segundo tempo, o camisa 11 colocou a bola na cabeça do zagueiro e com isso, o Arsenal não perdeu este jogo, Gunners e Cityzens – Manchester City – ficaram no empate em 2-2. Três dias depois deste confronto, Özil encerrou um jejum que durava desde 01/11/2016 – a última vez que ele havia marcado um gol – e marcou um dos gols na vitória por 3-0 sobre o West Ham e além de ter marcado um tento neste jogo, ele também deu o passe para Theo Walcott fazer o gol dele nesta partida.

Em 17/04/2017, em confronto válido pela 32ª rodada do Campeonato Inglês, o camisa 11 marcou um gol de voleio na vitória por 2-1 sobre o Middlesbrough em pleno Riverside Stadium, estádio do Middlesbrough.

Em 13/05/2017, em jogo da penúltima rodada (37ª) da Premier League, Özil marcou o seu último tento nesta temporada na goleada por 4-1 sobre o Stoke City fora de casa. Apesar do clube londrino não ter conseguido se classificar para a UEFA Champions League 2017-18, Özil concluiu a sua 4ª temporada no Arsenal com 12 gols e 14 assistências em 44 jogos, e teve grande destaque ao conquistar a Copa da Inglaterra 2016-17.

  • Números de Özil na sua 4ª Temporada no Arsenal
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
44 *12 14 2 3746

* 12 gols dos quais 8 foram pela Premier League e 4 pela UEFA Champions League

2017-18

Özil iniciou a temporada 2017-18 no seu penúltimo ano de contrato, ou seja, a partir do mês de janeiro de 2018, ele poderia fechar um pré-contrato com outro clube. Depois de jogar as 4 primeiras rodadas da Premier League, porém ele não pôde jogar diante do Chelsea na 5ª rodada do Campeonato Inglês por causa de uma inflamação no joelho. O camisa 11 tentou antecipar a sua volta aos gramados no jogo seguinte, mas Arsène Wenger viu que a melhor coisa naquele momento era esperar ele se recuperar completamente, ainda assim quando podia colocar ele no segundo tempo, o técnico o colocava para jogar.

Em 22 de outubro de 2017, em jogo da 9ª rodada da Premier League, o alemão marcou o seu primeiro tento nesta temporada e também proveu a sua 1ª assistência (para o gol de Alexandre Lacazette) na goleada por 5-2 sobre o Everton em pleno Goodison Park.

Em 18/11/2017, em partida válida pela 12ª rodada da Premier League, a atuação de Özil no North London Derby foi muito elogiada e mesmo não marcando um dos gols na vitória por 2-0 sobre o Tottenham, ele proveu a assistência para o compatriota Shkodran Mustafi abrir o placar da partida. Onze dias depois, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Inglês, o camisa 11 foi um dos principais destaques na goleada por 5-0 sobre o Huddersfield Town porque além de marcar o seu segundo gol nesta temporada, ele deu passes para um dos gols de Giroud neste jogo e também deu o passe para o gol de Alexis Sánchez.

Em 16/12/2017, em jogo da 18ª rodada da Premier League, o camisa 11 marcou o único gol da vitória sobre o Newcastle. Pouco mais de uma semana depois, em mais uma partida do Campeonato Inglês, Özil marcou o seu quarto e último tento na Premier League 2017-18 no empate em 3-3 com o Liverpool.

Em 20 de janeiro de 2018, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Inglês, o alemão deu o passe para o gol do francês Alexandre Lacazette na goleada por 4-1 sobre o Crystal Palace. Dez dias depois, em mais um jogo da Premier League, ele deu o passe para o gol do lateral espanhol Nacho Monreal, no entanto, mesmo provendo a assistência para o espanhol marcar o primeiro gol da partida, o Swansea virou e derrotou os Gunners pelo placar de 3-1. No dia seguinte, Mesut Özil assinou um novo contrato com o clube londrino por mais 3 anos, mantendo-o no clube até 30 de junho de 2021. Especula-se que o salário do alemão também dobrou (350 mil libras por semana) fazendo dele o jogador mais bem pago da história do Arsenal.

Em 02/02/2018, no primeiro jogo da fase intermediária da UEFA Europa League, Özil marcou o seu último tento nesta temporada na vitória por 3-0 sobre o Östersunds da Suécia fora de casa e com a vaga para as oitavas-de-finais deste torneio com uma vantagem de 3 gols diante dos suecos, no segundo confronto entre as duas equipes, Arsène Wenger poupou o camisa 11 e mesmo com a derrota por 2-1 no Emirates Stadium, o clube londrino avançou para a próxima fase.

Em 08/03/2018, no primeiro confronto das oitavas de final diante do Milan da Itália, o alemão foi um dos principais destaques na vitória por 2-0 sobre os italianos, pois ele proveu as assistências para os 2 gols dos Gunners neste jogo, gols de Aaron Ramsey e de Henrikh Mkhitaryan. Três dias depois, desta vez em jogo válido pela 30ª rodada da Premier League, Özil proveu a assistência para o gol do compatriota Shkodran Mustafi no triunfo por 3-0 sobre o Watford e com esta assistência, o camisa 11 chegou a marca de 50 assistências na Premier League, em seu 141º jogo, quebrando um recorde que pertencia a Eric Cantona.

Veja Também!  Assistir ao gol de Thiago Santos que fez Palmeiras 1 x 0 Botafogo - Campeonato Brasileiro de 2019

Em 05/04/2018, no primeiro jogo das quartas de final da Liga Europa, Özil foi o principal destaque na goleada por 4-1 sobre o CSKA Moscou da Rússia sem marcar gols, mas como já era costume, provendo assistências e os contemplados foram o Lacazette e o Aaron Ramsey. Além disso, ele sofreu o pênalti que foi convertido pelo Lacazette.

Uma lesão nas costas fez com que Özil perdesse os últimos 5 jogos da Premier League e com isso, o camisa 11 terminou sua quinta temporada no Arsenal com 5 gols e 14 assistências em 35 partidas.

  • Números de Özil na sua 5ª Temporada no Arsenal
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
35 *5 14 4 2953

* 5 gols dos quais 4 foram pela Premier League e 1 pela UEFA Europa League

2018-19

Após a saída de Jack Wilshere, a camisa de número 10 foi dada à Özil para a atual temporada e além disso, ele também foi nomeado o terceiro capitão da equipe, ou seja, nas ausências do zagueiro Laurent Koscielny e do goleiro Petr Cech, o novo camisa 10 passa a capitanear o time.

Em 15 de setembro de 2018, em jogo da 5ª rodada da Premier League, o alemão marcou o seu primeiro tento nesta temporada na vitória por 2-1 sobre o Newcastle. Cinco dias depois, mas desta vez na estreia dos Gunners na fase de grupos da UEFA Europa League, Özil marcou o seu segundo tento nesta temporada no triunfo por 4-2 sobre o Vorskla da Ucrânia.

Em 29/09/2018, em jogo da 7ª rodada do Campeonato Inglês, o novo camisa 10 dos Gunners marcou um dos gols na vitória por 2-0 sobre o Watford. Até aqui, Özil disputou 8 partidas e marcou 3 gols.

  • Números de Özil na sua 6ª e atual Temporada no Arsenal
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
8 *3 **570

* 3 gols dos quais 2 foram pela Premier League e 1 pela UEFA Europa League

** esta temporada ainda está em andamento

Títulos que conquistou no Arsenal

  • Copa da Inglaterra 2013-14, 2014-15, 2016-17
  • FA Communiy Shield 2015
  • O vídeo abaixo mostra 15 dos 40 gols que Özil marcou com a camisa do Arsenal
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 26 de outubro de 2015 por Hector Sonley

  • O vídeo abaixo mostra os gols de Özil com a camisa do Arsenal na temporada 2016-17
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 31 de maio de 2017 por Arsenal Comps

 

Os Números de Özil na Seleção da Alemanha

 

Alemanha

Seleções de Base

Elegível para jogar pela Alemanha e também pela Turquia, Özil escolheu jogar pelo seu país de nascimento e assim sendo, como outros grandes jogadores, antes de jogar pela seleção principal, ele jogou pelas seleções de base, no caso dele, ele jogou pelas seleções sub-17, sub-19 e pela seleção sub-21. Em setembro de 2006, ele foi convocado para as equipe sub-17 da Alemanha. Posteriormente, no mesmo ano pela equipe sub-19, no ano seguinte ele já estava jogando pela equipe sub-21.

Em 29 de junho de 2009, Özil foi o destaque na vitória da Alemanha por 4-0 sobre a Inglaterra na final do Campeonato Europeu Sub-21 ao marcar 1 dos 4 tentos da seleção alemã na decisão e ao prover assistências para os gols de Gonzalo Castro e de Sandro Wagner. Como recompensa por esta grande atuação, Özil foi eleito o homem da partida.

Seleção Principal

Antes de ser decisivo na final do Campeonato Europeu Sub-21, Özil já havia feito a sua estreia pela seleção principal da Alemanha e isso aconteceu em 11 de fevereiro de 2009 em um amistoso diante da Noruega na Merkur Spiel-Arena em Düsseldorf, na Alemanha e aos 33 minutos da segunda etapa, o jovem meia-atacante do Werder Bremen entrou na partida no lugar de Piotr Trochowski, porém esta foi uma estreia para se esquecer, pois a seleção alemã perdeu por 1-0 para a seleção norueguesa.

Ainda no ano de 2009, mais precisamente no dia 5 de setembro em um amistoso com a seleção da África do Sul na BayArena em Leverkusen, na Alemanha, Özil marcou o seu primeiro gol com a seleção principal da Alemanha no triunfo por 2-0 sobre os sul-africanos neste jogo.

Copa do Mundo FIFA de 2010

Convocado pelo técnico Joachim Löw para a disputa da Copa do Mundo FIFA de 2010 realizada na África do Sul, Özil iniciou entre os titulares em todas as partidas. Na estreia da Alemanha nessa Copa do Mundo, ele já começou se destacando com uma assistência para o gol de Cacau – brasileiro que se naturalizou alemão – na goleada por 4-0 sobre a Austrália. Na rodada seguinte, a seleção alemã perdeu para a Sérvia por 1-0 e no último jogo da fase de grupos da Copa do Mundo FIFA de 2010, Özil marcou o único gol da vitória sobre Gana, garantindo a seleção alemã na fase de mata-mata desta Copa do Mundo.

Em 27/06/2010, em partida válida pelas oitavas de final da Copa do Mundo FIFA de 2010, após um cruzamento na área, o meia-atacante do Werder Bremen encontrou Thomas Müller na área e ele marcou o 4º gol dos alemães na goleada por 4-1 sobre a Inglaterra. Uma semana depois, desta vez pelas quartas de final desta Copa do Mundo, Özil proveu uma assistência para o centroavante Miroslav Klose fazer um dos seus 2 gols na goleada por 4-0 sobre a Argentina. A Alemanha caiu nas semifinais diante da Espanha, perdeu por 1-0, mas na disputa pelo 3º lugar, os alemães levaram a melhor e venceram a seleção do Uruguai por 3-2. Ao final da Copa do Mundo FIFA de 2010, a FIFA – entidade máxima do futebol – anunciou que ele estava entre os dez jogadores de torneio indicados para a Bola de Ouro.

  • Desempenho de Özil na Copa do Mundo FIFA de 2010
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa
 7 1  3  1 587

Euro 2012

Özil foi um dos principais destaques da seleção alemã nas Eliminatórias para a Eurocopa 2012 com 5 gols e 7 assistências e não foi por acaso que a Alemanha venceu os 10 jogos das Eliminatórias para a Euro 2012. Özil também confirmou a sua reputação como o “rei das assistências“, pois ao prover 7 assistências nas Eliminatórias para a Eurocopa, ele proveu mais assistências do que qualquer outro jogador europeu pelas Eliminatórias. Quando perguntado sobre as chances de seu país na Euro 2012, Özil simplesmente respondeu: “Temos o potencial de vencer qualquer um e temos o que é preciso para conquistar o título”. 

Em 29 de fevereiro de 2012, Özil foi reconhecido como o melhor jogador internacional alemão do ano de 2011.

Em 09/06/2012, a Alemanha fez a sua estreia pela fase de grupos da Euro 2012, competição disputada em 2 países: na Polônia e na Ucrânia, diante de Portugal e os alemães levaram a melhor na estreia e venceram os portugueses por 1-0. No jogo seguinte, mais uma vitória, por 2-1 sobre a Holanda e na última partida da fase de grupos desta Eurocopa, a Alemanha venceu a Dinamarca por 2-1 e o Özil voltou a ser um dos destaques, pois ele deu o passe para o lateral Lars Bender selar o resultado da partida e com mais este triunfo, a seleção alemã estava classificada para a fase de mata-mata da Euro 2012.

A seleção adversária das quartas de final era a Grécia e a Alemanha levou a melhor mais uma vez e venceu os gregos pelo placar de 4-2 sendo que 2 dos 4 gols dos alemães nesta partida passou pelos pés de Özil, pois ele proveu assistências para os gols de Philipp Lahm e de Miroslav Klose nesta partida. Na semifinal, a seleção adversária era a Itália e mesmo com Özil marcando um gol diante dos italianos, a Alemanha perdeu por 2-1 e com isso, os alemães estavam eliminados desta Eurocopa. Apesar disso, ele terminou o torneio como o jogador que mais deu passes para gols (3) e foi nomeado na UEFA Euro Team of the Tournament (Seleção da Euro 2012).

  • Desempenho de Özil na Euro 2012
Pd Gm A CA CV Mj na Euro 2012
 5 1  3  0 438

Copa do Mundo FIFA de 2014

Pode-se dizer que este foi o melhor momento da carreira de Özil jogando com a camisa da seleção da Alemanha, pois além de ser o artilheiro da seleção alemã e também o artilheiros das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2014 com 8 gols, posteriormente ele viria a fazer história com a seleção alemã nesta Copa, pois pela 1ª vez na história das Copas, uma seleção europeia foi campeã de uma Copa do Mundo na América do Sul.

Antes do início da Copa do Mundo de 2014 que realizar-se-ia no Brasil, a seleção alemã perdeu um dos seus principais jogadores para a disputa deste torneio por lesão, Marco Reus, e com a ausência dele, Özil que jogava como meia armador, teve de passar a jogar na ponta esquerda, mas isso não tirou a titularidade do meia-atacante do Arsenal.

Em 16 de junho de 2014, na estreia da Alemanha nesta Copa do Mundo, os alemães golearam a seleção de Portugal por 4-0. No jogo seguinte, a Alemanha empatou em 2-2 com a seleção de Gana e no último jogo da fase de grupos da Copa do Mundo FIFA de 2014, a seleção alemã venceu a seleção dos Estados Unidos por 1-0 e com isso, a Alemanha estava classificada para as oitavas de final.

Özil comemorando o gol que marcou na vitória por 2-1 sobre a Argélia nas oitavas de final da Copa do Mundo FIFA de 2014

A seleção adversária da Alemanha nas oitavas de final era a Argélia e depois de um empate em 0-0 no tempo regulamentar, a vaga para a fase seguinte teve de ser decidida na prorrogação e logo no início do tempo extra, André Schürrle fez o primeiro gol da seleção alemã e aos 14 minutos do segundo tempo da prorrogação, Özil marcou o seu único, mas também um dos gols mais importantes de sua carreira e apesar da Argélia ter marcado um gol de honra no último minuto de jogo, a Alemanha avançou para as quartas de final.

A próxima adversária da Alemanha era a França e apesar do gol ainda no primeiro tempo, não foi um jogo “fácil” para os alemães, mas os alemães resistiram a pressão dos franceses e com o triunfo por 1-0 avançaram para a semifinal.

O próximo adversário da Alemanha era o país anfitrião, o Brasil, e em 08/07/2014, a seleção alemã massacrou a seleção brasileira e aplicou uma goleada de 7-1 sobre o Brasil e mesmo não tendo marcado nenhum gol nesta partida, Özil deu o passe para o gol de Sami Khedira neste jogo.

Na final diante da Argentina, Özil jogou os 120 minutos de jogo antes de ser substituído pelo colega de Arsenal, Per Mertesacker. A Alemanha foi coroada campeã do mundo com uma vitória por 1-0 na prorrogação. Ele concluiu o torneio como o líder em passes concluídos nas últimas 3 partidas, foi classificado em segundo lugar em chances criadas , atrás apenas de Lionel Messi, e ficou em segundo lugar geral em conquista de posse de bola na final.

Mesut Özil segurando o troféu da Copa do Mundo FIFA de 2014
  • Desempenho de Özil na Copa do Mundo FIFA de 2014
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa
 7 1  1  0 654

Euro 2016

No dia 12 de junho de 2016, a Alemanha estreou na Euro 2016, competição realizada na França, e a seleção alemão não decepcionou e venceu a Ucrânia na estreia por 2-0 e o segundo gol dos alemães foi marcado por Bastian Schweinsteiger e o autor do passe para o gol dele não foi ninguém menos que Mesut Özil. Na partida seguinte empate em 0-0 com a Polônia e no último jogo da fase de grupos desta Eurocopa, a Alemanha jogou contra a Irlanda do Norte, ao qual a seleção alemã venceu por 1-0, Özil completou 99% de seus passes, criou 6 chances de gol e conquistou o prêmio de Melhor em Campo neste triunfo da Alemanha sobre a Irlanda do Norte.

Em 26/06/2016, a Alemanha jogou a partida das oitavas de final diante da Eslováquia e não encontrou dificuldades em vencer, pois os alemães derrotaram os eslovacos pelo placar de 3-0, mas convém lembrar que mesmo obtendo um bom resultado nesta partida, convém lembrar que a Alemanha poderia ter ganho por um placar mais elástico se o goleiro Matúš Kozáčik não tivesse defendido a cobrança de pênalti de Özil aos 13 minutos do primeiro tempo.

Özil celebrando o gol que marcou na seleção da Itália nas quartas de final da Euro 2016

A seleção adversária da Alemanha nas quartas de final da Euro 2016 foi a seleção da Itália e para se redimir do pênalti defendido no jogo anterior, Özil marcou o único gol da Alemanha neste jogo, ao qual os alemães e os italianos empataram em 1-1 no tempo regulamentar e o empate persistiu após a prorrogação e com isso, a vaga para a semifinal teve de ser decidida nos pênaltis e nas penalidades, Özil perdeu a sua cobrança, mas para a sorte dele, mesmo com este ocorrido, a Alemanha venceu a Itália por 6-5 na disputa por pênaltis e com isso, a seleção alemã avançou para a semifinal.

O fim da linha para a Alemanha nesta Euro 2016 veio na semifinal diante da seleção anfitriã, a França, jogo no qual os alemães perderam por 2-0.

  • Desempenho de Özil na Euro 2016
Pd Gm A CA CV Mj na Euro 2016
 6 1  1  2 570

Copa do Mundo FIFA de 2018

Özil não conseguiu repetir o desempenho que ele teve nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, na qual ele marcou 8 gols e nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, ele marcou apenas 1 tento, mas ainda assim, a Alemanha contava com outros bons jogadores e com isso, a seleção alemã conseguiu se classificar para a Copa do Mundo FIFA de 2018 – realizada na Rússia – com uma vantagem de 11 pontos sobre o 2º colocado do grupo – Irlanda do Norte – no qual estava.

Em 17 de junho de 2018, a Alemanha fez a sua estreia na Copa do Mundo FIFA de 2018 contra o México e os alemães foram surpreendidos e perderam por 1-0, convém lembrar que Özil jogou os 90 minutos desta partida. O técnico Joachim Löw optou por deixar o jogador do Arsenal no banco no segundo jogo da fase de grupos da Copa diante da Suécia e em um jogo emocionante, com um gol marcado por Toni Kroos nos últimos minutos de jogo, os alemães derrotaram os suecos pelo placar de 2-1. O último jogo da fase de grupos era diante da já eliminada Coreia do Sul e diferentemente do jogo anterior, desta vez o Özil jogou, no entanto, os atuais campeões mundiais foram surpreendidos novamente e perderam por 2-0 e com isso, a Alemanha dava adeus as chances de conquistar o seu 5º mundial e assim, se igualar ao Brasil.

Apesar do desempenho da Alemanha na Copa do Mundo FIFA de 2018, sofreu uma eliminação na fase de grupos, Özil participou de dois dos três jogos da seleção de seu país e teve em média mais chances criadas nos 90 minutos (5,5) do que qualquer outro jogador na competição.

  • Desempenho de Özil na Copa do Mundo FIFA de 2018
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa
 2  0  0 180

Aposentadoria

Após o término da Copa do Mundo FIFA de 2018, em 22/072018, Mesut Özil anunciou a sua aposentadoria da seleção alemã por questões políticas.

Títulos que conquistou pela seleção da Alemanha

  • Campeonato Europeu Sub-21 2009
  • Copa do Mundo FIFA de 2014
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de Özil com a camisa da seleção da Alemanha
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 24 de julho de 2018 por Shawccer TV

Total

Pd Gm A CA CV Mj
92 23 40 4 7493
Prêmios individuais
  • Campeonato Europeu de Futebol Sub-21 Jogador Da Final (1 gol, 2 assistências): Alemanha vs Inglaterra – 2009
  • Jogador do Mês da Bundesliga: setembro de 2008 e novembro de 2009
  • Melhor jogador da metade da Bundesliga: 2008-2009
  • Seleção da Bundesliga: 2008-09, 2009-10
  • Melhor jogador da temporada do Arsenal: 2015-16
  • Melhor jogador do ano da Seleção Alemã: 2011, 2012, 2013, 2015, 2016
  • Melhor Jogador Alemão do Ano atuando Fora da Alemanha: 2011, 2016
  • 11° Melhor Jogador do Mundo pela FIFA: 2010
  • Melhor Meio-campista Ofensivo do Mundo pela FIFA: 2016
  • 23º melhor jogador do ano de 2016 (The Guardian)
  • 27º melhor jogador do ano de 2016 (Marca)
  • Décimo melhor jogador do Mundo pela revista “Four Four Two”: 2011
  • Quarto melhor criador de jogadas do Mundo pelo IFFHS: 2011
  • Quinto melhor criador de jogadas do Mundo pelo IFFHS: 2012
  • Segundo melhor criador de jogadas do Mundo pelo IFFHS: 2013
  • Jogador com mais assistências na Bundesliga 2009-10: 13 assistências
  • Jogador com mais assistências na La Liga 2011-12: 17 assistências
  • Jogador com mais assistências na Premier League 2015-16: 19 assistências
  • Jogador com mais assistências na Europa League 2008-09: 6 assistências
  • Jogador com mais assistências na Champions League 2010-11: 7 assistências
  • Jogador com mais assistências na Copa do Mundo de 2010: 3 assistências (compartilhado com Thomas Müller, Bastian Schweinsteiger, Kaká & Dirk Kuyt)
  • Jogador com mais assistências na Euro 2012: 3 assistências (compartilhado com Andrei Arshavin, David Silva & Steven Gerrard)
  • Jogador com mais assistências em todas as competições por nível de clube na temporada de 2010-2011: 26 assistências
  • Jogador com mais assistências por nível de clube & seleção no ano de 2012: 29 assistências
  • Jogador com mais assistências por nível de clube & seleção no ano de 2013: 30 assistências
  • Jogador com mais assistências em uma única temporada da Champions League: 7 assistências em 2010-11
  • Jogador mais rápido à dar 10 assistências em uma única temporada da Premier League: necessitou apenas de 11 jogos
  • É o dono do recorde de maior número de oportunidades de gol criadas em uma única temporada da Premier League: 146 em 2015-16
  • É o dono do recorde de maior número de jogos seguidos dando pelo menos uma assistência na história da Premier League: 6 em 2015-16
  • Terceiro gol mais bonito da Copa do Mundo de 2010
  • Silberne Lorbeerblatt: 2010 (Prêmio entregue ao melhor esportista alemão do ano)
  • Equipe da Euro: 2012
  • Time do Ano da UEFA: 2012, 2013
Artilharias

Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2014 > 8 gols

Considerações Finais

Com base em todos os dados analisados até aqui pode-se concluir que Özil é um jogador criativo e técnico, ele é um meio-campo versátil, mas se necessário, ele também joga como meia-atacante. Os seus principais atributos em campo são a visão, o seu controle, o alcance do seu passe e a precisão que ele tem nos seus cruzamentos e isso lhe permite entrar em boas posições de ataque, criar chances e prover muitas assistências para os seus companheiros de time e não é foi por acaso que ele foi o jogador que mais proveu assistências na Bundesliga 2009-10, La Liga 2011-12 e também na Premier League 2015-16. Devido a isso, ele passou a ser chamado de “rei das assistências”.

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui