Quando cita-se um dos melhores croatas da atualidade o nome de Mario Mandžukić, atacante que atua pela Juventus da Itália e também pela seleção da Croácia, deve ser levado em conta.

Mario Mandžukić nasceu em 21/05/1986 na cidade de Slavonski Brod, na Croácia. Antes de se tornar um dos principais goleadores da seleção croata e da Juventus, ele iniciou a sua carreira como profissional no NK Marsonia, clube da sua cidade natal, Slavonski Brod. Porém, o que mais se sabe sobre a carreira de Mandžukić? Por quais clubes ele jogou? Quais feitos ele atingiu até aqui?

Juvenil

Mandžukić na época em que jogava pelo juvenil do TSF Ditzingen da Alemanha

Mario Mandžukić deu os seus primeiros passos no futebol quando ele ainda tinha 6 anos de idade, no entanto, ele começou a jogar futebol na Alemanha e não na Croácia, pois devido a Guerra da Independência da Croácia, ele e os seus pais se mudaram para lá. Em 1992, ele se juntou ao clube alemão TSF Ditzingen, perto de Stuttgart e jogou por este clube até o ano de 1996. Ao regressar ao seu país, a recém-independente Croácia, passou entre 1996 e 2003 jogando pelo NK Marsonia e depois ele jogou os anos de 2003 e 2004 no NK Željezničar, mas depois de jogar por uma temporada nas categorias de base deste clube, ele voltou a NK Marsonia e este clube ele iniciou a sua carreira de jogador de futebol.

 

A Carreira e os Números de Mandžukić nos clubes em que jogou

Marsonia

2004-05

Na temporada de 2004-05 o NK Marsonia disputou a Druga HNL – 2ª divisão do futebol croata – e na 1ª fase do campeonato, o Marsonia terminou na 4ª colocação com 34 pontos – 10 vitória, 4 empates e 8 derrotas – conquistados em 22 jogos. Na 2ª fase do campeonato, o NK Marsonia disputou a vaga para a 3ª e última fase da Druga HNL com 5 equipes e terminou esta fase na 2ª colocação, ficando atrás apenas do HNK Cibalia que se classificou para a última fase da 2ª divisão do futebol croata e levou a melhor sobre o NK Novalja e como consequência conseguiu o acesso para 1ª divisão. Quanto a Mario Mandžukić, ele marcou 14 gols pelo Marsonia na Druga HNL.

  • Números de Mandžukić na sua 1ª e única Temporada no Marsonia
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2004-05
 23 *14  ?  ? ? ?

Pd – Partidas disputadas; Gm – Gols marcados; A – Assistências; CA – Cartões amarelos; CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

* Gols válidos pela Druga HNL

NK Zagreb

2005-06

Os 14 gols em 23 jogos de Mandžukić pelo NK Marsonia despertaram o interesse do NK Zagreb e na janela de transferências de verão, Mandžukić se transferiu para a equipe da capital croata (NK Zagreb), desta vez uma equipe que se encontrava na Prva HNL – 1ª divisão do futebol croata – e na sua 1ª temporada jogando pelo seu novo clube, ele marcou apenas 3 tentos em 28 jogos disputados. Quanto ao NK Zagreb, o clube da capital da Croácia ficou em 8º lugar na 1ª fase e com isso, o NK Zagreb teve de disputar o grupo do rebaixamento e o clube da capital croata terminou na 4ª colocação e com isso, se manteve na Prva HNL.

  • Números de Mandžukić na sua 1ª Temporada no NK Zagreb
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2005-06
 28 *3  ?  ? ? ?

* Gols válidos pela Prva HNL

2006-07

Logo no início da temporada 2006-07, em 29 de julho de 2006 – estreia do NK Zagreb na Prva HNL 2006-07 -, Mandžukić iniciou a partida entre os titulares e marcou um dos gols na vitória da sua equipe por 3-1 sobre o Kamen Ingrad. Uma semana depois, Mandžukić voltou a se destacar ao marcar o único gol do triunfo do NK Zagreb sobre o Slaven Belupo.

Com o decorrer da temporada 2006-07, Mandžukić seguiu fazendo gols e ao final desta temporada, ele foi um dos artilheiros da Prva HNL com 11 gols em 33 partidas – ele jogou 27 partidas -, mas ele foi o segundo artilheiro da sua equipe, ficando atrás apenas de Krunoslav Lovrek (18 gols). Quanto ao NK Zagreb, o clube da capital croata terminou a Prva HNL 2006-07 na 3ª colocação e com isso, o clube ganhou a chance de disputar a Copa Intertoto da UEFA de 2007.

  • Números de Mandžukić na sua 2ª Temporada no NK Zagreb
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2006-07
 27 *14  ?  ? ? ?

* 14 gols dos quais 11 foram pela Prva HNL e 3 pela Copa da Croácia

2007-08

Nos seus 2 últimos jogos com a camisa do NK Zagreb, Mandžukić não marcou gols e também não deu passes para gols, mas ainda assim, no primeiro jogo contra o KF Vllaznia da Albânia na Copa Intertoto da UEFA – competição extinta – e o clube croata levou a melhor e venceu por 2-1, no entanto, no segundo jogo contra os albaneses, perdeu por 1-0 fora de casa e com isso, o NK Zagreb não seguiu adiante nesta competição e antes do início da Prva HNL 2007-08, o clube rival do NK Zagreb – Dinamo Zagreb – perdeu o atacante Eduardo da Silva para o Arsenal da Inglaterra e o Dinamo viu Mario Mandžukić como o substituto ideal para o lugar de Eduardo.

  • Números de Mandžukić na sua 3ª e última Temporada no NK Zagreb
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2007-08
 2  0  0 180

 

Dinamo Zagreb

2007-08

Em julho de 2007, Mandžukić foi comprado pelo valor de 1,3 milhão de euros (o equivalente a 5,6 milhões de reais) pelo rival do NK Zagreb, o Dinamo Zagreb. Como já foi mencionado anteriormente, o Dinamo o contratou para o lugar do artilheiro da Prva HNL 2006-07, Eduardo da Silva. Após a chegada do ex-jogador do NK Zagreb, ele conseguiu garantir o seu lugar entre os titulares jogando na posição de segundo atacante e por falar em titularidade, no seu primeiro jogo como titular em 21/07/2007 em partida válida pela 1ª rodada da Prva HNL 2007-08, Mandžukić marcou o seu primeiro tento com a camisa do seu novo clube na goleada por 5-0 sobre o HNK Šibenik e nos 4 jogos seguintes do Dinamo Zagreb, ele marcou 1 tento em cada uma das 4 partidas.

Em 01/09/2007, em jogo da 7ª rodada da Prva HNL, pela primeira vez desde que assinou com o seu novo clube, Mandžukić fez valer a “lei do ex” e marcou o seu primeiro doblete – ocorre quando um jogador marca 2 gols num mesmo jogo – no triunfo do Dinamo Zagreb sobre o seu ex-clube, o NK Zagreb.

Paralelamente a disputa do Campeonato Croata, o Dinamo Zagreb estava disputando uma vaga para a fase de grupos da Copa da UEFA e em 04/10/2007, no segundo confronto contra o Ajax da Holanda em Amsterdã, o clube croata venceu a equipe holandesa por 1-0, no entanto, o Ajax havia vencido o Dinamo Zagreb por esse mesmo placar no primeiro jogo e por esta razão, os 2 clubes tiveram de decidir a vaga na prorrogação e logo nos primeiros 7 minutos da primeira etapa do tempo extra, Mandžukić marcou 2 tentos e com esta grande atuação dele, o Dinamo Zagreb venceu esta partida por 3-2 e com isso, o clube da capital croata se classificou para a fase de grupos da Copa da UEFA 2007-08. Posteriormente, o clube croata terminou a fase na 4ª colocação e com isso, o Dinamo Zagreb foi eliminado do torneio.

Em 7 de maio de 2008, no primeiro confronto da final da Copa da Croácia 2007-08 contra o Hajduk Split, Mandžukić marcou foi o destaque desta partida ao marcar 2 tentos na vitória do Dinamo Zagreb por 3-0 nesta partida. Três dias depois, o clube da capital croata voltou a entrar em campo, mas desta vez em jogo válido pela última rodada da Prva HNL 2007-08 e Mandžukić marcou um dos gols na goleada por 6-1 sobre o HNK Rijeka. Além de encerrar o campeonato com esta goleada, o Dinamo Zagreb também foi o campeão da Prva HNL 2007-08 e com um empate em 0-0 diante do Hajduk Split em 14/05/2008, o clube se sagrou campeão da Copa da Croácia 2007-08.

Em suma, Mario Mandžukić foi um dos artilheiros do Campeonato Croata com 12 gols e o vice-artilheiro do campeonato do time, ficando atrás apenas do meia Luka Modrić que marcou 13 tentos, mas o maior goleador do Dinamo Zagreb na temporada com 20 gols em 47 jogos disputados.

  • Números de Mandžukić na sua 1ª Temporada no Dinamo Zagreb
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2007-08
 47 *20  **12  **14 **0 **3092

* 20 gols dos quais 12 foram pela Prva HNL, 5 pela Copa da Croácia, 2 pela Copa da UEFA e 1 pelo Play-off da UEFA Champions League

** dados de todas as competições, salvo a Copa da Croácia

2008-09

Logo no primeiro jogo do Dinamo Zagreb na temporada 2008-09 diante do Linfield da Irlanda do Norte na 1ª fase de play-off da UEFA Champions League em 16 de julho de 2008, Mandžukić marcou o seu primeiro tento nesta temporada no triunfo por 2-0 sobre a equipe da Irlanda do Norte. No segundo confronto contra o Linfield em Zagreb na Croácia, Mandžukić só precisou de 3 minutos para marcar um gol e apesar do segundo jogo ter acabado em um empate em 1-1, por ter vencido o primeiro confronto contra o Linfield por 2-0 na Irlanda do Norte, o Dinamo Zagreb avançou para a 2ª fase de play-off da Liga dos Campeões.

Posteriormente, o clube da capital croata enfrentou o NK Domzale da Eslovênia e levou a melhor nos 2 confrontos; placar agregado de 6-2. No entanto, na 3ª fase de play-off da Liga dos Campeões, o clube croata foi eliminado pelo Shakhtar Donetsk da Ucrânia.

Em 17/08/2008, em jogo da 4ª rodada da Prva HNL, pela primeira vez desde que assinou com o Dinamo Zagreb, Mandžukić marcou um hat-trick – ocorre quando um jogador faz 3 ou mais gols num mesmo jogo – na goleada por 6-0 sobre o Cibalia e além de ter feito 3 gols neste jogo, ele também deu um passe para Josip Tadić marcar o gol dele nesta partida. Na rodada seguinte, ele marcou um dos gols da vitória do Dinamo Zagreb por 3-2 sobre o NK Zadar.

Em 02/10/2008, no segundo confronto contra o Sparta Praga da República Tcheca na fase de play-off da Copa da UEFA, o atacante de 22 anos não marcou nenhum tento nesta partida, mas proveu 3 assistências – para os gols de Pedro Morales, Dejan Lovren e de Milan Badelj respectivamente – no empate em 3-3 com os tchecos fora de casa e por ter feito mais gols fora de casa – no primeiro confronto empate em 0-0 -, os croatas levaram a melhor e se classificaram para a fase de grupos da Copa da UEFA. Posteriormente, assim como ocorreu na temporada passada, o time não conseguiu se classificar para a fase de mata-mata desta competição.

Em 18 de março de 2009, no segundo jogo da semifinal da Copa da Croácia, Mandžukić marcou o seu segundo hat-trick desta temporada na goleada por 4-1 sobre o seu ex-clube, o NK Zagreb. Com este triunfo, o Dinamo Zagreb se classificou para a final da Copa da Croácia 2008-09.

Em 26/04/2009, desta vez em jogo da 28ª rodada da Prva HNL, Mandžukić marcou 2 tentos na goleada dos Plavi – Dinamo Zagreb – por 6-1 sobre o Varkets e além disso, ele também deu o passe para um dos 3 gols de Miroslav Slepička nesta partida.

Em 13/05/2009, no primeiro jogo da final da Copa da Croácia, Mandžukić voltou a ser decisivo e marcou 2 gols no triunfo dos Plavi por 3-0 sobre o Hadjuk Split. Porém, duas semanas depois, as duas equipes voltaram a se enfrentar os “Bijeli” – Hadjuk Split – devolveram o placar do primeiro confronto da final, mas nas penalidades o Dinamo Zagreb levou a melhor e venceu por 4-3 e pela 2ª vez consecutiva, o clube da capital croata se sagrava campeão da Copa da Croácia.

Em 31/05/2009, em jogo da última rodada da Prva HNL 2008-09, os “Plavi” e os “Bijeli” voltaram a se enfrentar e Mandžukić marcou um dos tentos do empate em 2-2 neste jogo. Em suma, esta foi a época da ascensão de Mario Mandžukić porque além de ter sido o artilheiro da Prvan HNL 2008-09 com 16 gols marcados em 33 rodadas, ele foi o artilheiro da equipe nesta temporada e nesta época, ele também foi convocado para a disputa da Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2010; ele jogou 8 partidas pela seleção da Croácia. Ao final da temporada 2008-09, o nome de Mario Mandžukić foi ligado ao Werder Bremen da Alemanha, mas a oferta de 12 milhões de euros foi rejeitada pelo conselho do Dinamo, que era de opinião de que o valor de Mandžukić era de pelo menos 15 milhões de euros. Portanto, ele permaneceu no clube croata por mais uma temporada.

  • Números de Mandžukić na sua 2ª Temporada no Dinamo Zagreb
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2008-09
 43 *24  **15  **8 **0 **3205

* 24 gols dos quais 16 foram pela Prva HNL, 5 pela Copa da Croácia, 2 pelo Play-off da UEFA Champions League e 1 pela Copa da UEFA

** dados de todas as competições, salvo a Copa da Croácia

2009-10

No primeiro jogo do Dinamo Zagreb na temporada 2009-10 válida pela 2ª fase de play-off da UEFA Champions League, o clube croata empatou em 0-0 com o Pyunik Erevan da Armênia em 14 de julho de 2009, mas no segundo confronto entre as duas equipes na semana seguinte, Mandžukić marcou um dos tentos no triunfo dos “Plavi” por 3-0 sobre os armênios. Com esta vitória, o Dinamo Zagreb avançou para a fase seguinte desta competição.

Paralelamente a fase de play-offs da Liga dos Campeões, o Dinamo Zagreb fez a sua estreia na Prva HNL 2009-10 e logo no seu primeiro jogo no campeonato nacional em 25/07/2009, os “Plavi” já começaram com um “massacre”; goleada por 7-1 sobre o NK Istra e Mandžukić foi um destaques deste jogo ao marcar 2 dos 7 tentos do Dinamo nesta partida. Quatro dias após este jogo, os “Plavi” voltaram a campo, mas desta vez para enfrentar o Red Bull Salzburg da Áustria em confronto válido pela 3ª fase da UEFA Champions League e depois de levar um gol no final do 1º tempo, Mandžukić empatou a partida aos 18 minutos da segunda etapa e o empate fora de casa parecia ser um bom resultado, no entanto, nos últimos minutos de jogo, Mario Mandžukić recebeu o segundo cartão amarelo e consequentemente foi expulso do jogo e impedido de jogar o 2º confronto.

Posteriormente, no segundo confronto entre Dinamo Zagreb e Red Bull Salzburg na Croácia, os “Plavi” perderam para a equipe austríaca por 2-1.

Em 20/08/2009, no primeiro jogo da disputa pela vaga de grupos da UEFA Europa League 2009-10 – ex-Copa da UEFA -, Mandžukić marcou um dos tentos na goleada por 4-0 sobre o Heart of Midlothian da Escócia. Uma semana depois, os croatas e os escoceses voltaram a se enfrentar e desta vez, a equipe escocesa levou a melhor e venceu por 2-0, no entanto, por ter vencido o primeiro confronto por 4-0, a equipe croata ficou com a vaga para a fase de grupos desta competição. Assim como ocorreu nas duas temporadas anteriores, o Dinamo Zagreb foi eliminado mais uma vez na fase de grupos de uma competição europeia.

Em 17/09/2009, após a derrota por 2-0 frente ao Anderletch da Bélgica na estreia do Dinamo na da fase de grupos da UEFA Europa League, Mandžukić foi multado em 100 mil euros após ter sido acusado de pouco esforço na partida contra a equipe belga. Esta foi a primeira vez na história do clube que um jogador foi multado financeiramente por tal motivo. Três dias depois, o Dinamo Zagreb voltou a campo, mas desta vez pelo Campeonato Croata, o atacante de 23 anos não marcou tentos na goleada dos “Plavi” por 6-0 sobre o HNK Rijeka, mas em compensação, proveu assistências para os gols de Pedro Morales e um dos tentos de Ilija Sivonjic nesta partida. Numa entrevista pós-jogo, Mandžukić negou qualquer especulação sobre a sua saída do clube após a multa, afirmando que o seu sonho de infância era levar o Dínamo a conquistas e que ele dava o seu melhor em qualquer jogo que disputasse pelo clube.

Em 27 de fevereiro de 2010, em jogo da 18ª rodada da Prva HNL, Mandžukić marcou o seu único hat-trick desta temporada na goleada por 6-0 sobre o Croatia Sesvete. Uma semana depois, em mais uma partida válida pelo Campeonato Croata, ele marcou o único gol da vitória do Dinamo sobre o Nk Osijek.

Em 27/03/2010, em jogo da 22ª rodada da Prva HNL, Mandžukić marcou os seus últimos tentos (2) nesta temporada no triunfo do Dinamo por 3-1 sobre o Inter Zaprešić. Ao final da temporada, pela 5ª vez consecutiva, o Dinamo Zagreb era o campeão do Campeonato Croata, no entanto, desta vez não foi o campeão da Copa da Croácia. Quanto a Mandžukić, ele marcou 17 tentos em 37 jogos disputados nesta temporada

  • Números de Mandžukić na sua 3ª Temporada no Dinamo Zagreb
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2009-10
 37 *17  **7  **4 **1 **3038

* 17 gols dos quais 14 foram pela Prva HNL, 2 pelos Play-offs da UEFA Champions League e 1 pelo Play-off da UEFA Europa League

** dados de todas as competições, salvo a Copa da Croácia

2010-11

Em 13 de julho de 2010 – o primeiro jogo do Dinamo na temporada 2010-11 – no primeiro jogo da 2ª fase de play-off da UEFA Champions League, Mandžukić marcou os seus últimos tentos com a camisa dos “Plavi” na goleada por 5-1 sobre o FC Koper da Eslovênia e além de ter feito 2 gols nesta partida, ele também deu o passe para o tcheco Miroslav Slepička marcar o gol dele nesta partida. Um dia após este jogo, o Dinamo Zagreb e o Wolfsburg da Alemanha chegaram a um acordo e esta partida diante do FC Koper da Eslovênia, foi a última de Mandžukić com a camisa do Dinamo Zagreb.

  • Números de Mandžukić na sua 4ª e última Temporada no Dinamo Zagreb
Veja Também!  Real Madrid x CSKA Moscow placa rAO VIVO tempo real Esporte Interativo
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2010-11
 1 *2  1  1 90

* Gols válidos pelos Play-offs da UEFA Champions League

Títulos que conquistou pelo Dinamo Zagreb

  • Prva HNL 2007-08, 2008-09 e 2009-10
  • Copa da Croácia 2007-08 e 2008-09
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de Mandžukić com a camisa do Dinamo Zagreb
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 25 de janeiro de 2013 por MegaMM17

Wolfsburg

2010-11

Em 14 de julho de 2010, Mandžukić assinou com o VfL Wolfsburg e estima-se que o clube alemão tenha desembolsado cerca de 7 milhões de euros (o equivalente a 30,5 milhões de reais) para contratá-lo.

Um mês após a sua contratação – em 15/08/2010 -, o croata fez a sua estreia em partidas oficiais pelo seu novo clube em partida válida pela 1ª fase da Copa da Alemanha contra o Preußen Münster. Vale ressaltar que ele foi escalado entre os titulares, mas não marcou gols e nem proveu assistências na vitória do Wolfsburg por 2-1 nesta partida. Cinco dias depois de obter a classificação para a fase seguinte da Copa da Alemanha, o clube da Baixa Saxônica – Wolfsburg – fez a sua estreia pela Bundesliga – Campeonato Alemão – diante do Bayern de Munique e mais uma vez, o técnico Steve McClaren escalou o croata como titular, mas mesmo assim, o Wolfsburg perdeu para o Bayern por 2-1.

Na primeira metade da temporada 2010-11, o croata jogou regularmente, mas apesar de ter sido titular nas 5 primeiras partidas do Wolfsburg nesta temporada, ele passou a maior parte dos jogos no banco, mas vale ressaltar que ele frequentemente entrava no lugar de algum jogador no segundo tempo das partidas. Na época, ele chegou a ser escalado para jogar como um ala esquerdo sob o comando de Steve McClaren, que usava o bósnio com Edin Džeko como o centroavante da equipe. No entanto, as coisas começaram a mudar para Mandžukić após a saída de Džeko para o Manchester City da Inglaterra em janeiro de 2011 e além disso, esta não foi a única saída. Após a derrota para o Hannover no início do mês seguinte, Steve McClaren foi demitido e com a saída dele, quem assumiu o comando da equipe da Baixa Saxônica foi o interino Pierre Littbarski.

Em 12 de março de 2011, em jogo da 26ª rodada da Bundesliga – Campeonato Alemão -, Mandžukić marcou o seu primeiro gol pelo seu novo clube, no entanto, apesar de ter posto um fim a seca de gols, o Wolfsburg perdeu por 2-1 para o Nuremberg. Alguns dias após esta partida, o Wolfsburg anunciou a contratação de um novo treinador – Felix Magath – e sob o comando dele, o croata passou a atuar na posição que mais gosta de jogar; como centroavante.

Sob o comando do novo treinador, Mandžukić ficou no banco na estreia do novo treinador, ao qual o clube da Baixa Saxônica ficou no empate em 1-1 com o Stuttgart, mas na partida seguinte – em 03/04/2011 -, o croata entrou no jogo no início da segunda etapa no lugar do brasileiro Grafite e após um cruzamento de Diego – atualmente joga pelo Flamengo -, ele marcou um gol de cabeça e este tento impediu a derrota do Wolfsburg em plena Volkswagen Arena, em outras palavras, o Wolfsburg e o Eintracht Frankfurt ficaram no empate em 1-1.

Em 16/04/2011, em jogo da 31ª rodada da Bundesliga, o croata jogou pela primeira vez como titular sob o comando do novo treinador e ele não decepcionou e marcou um dos gols no empate em 2-2 com o St. Pauli. Uma semana depois, em mais uma partida válida pela Bundesliga, pela primeira vez desde que assinou com o Wolfsburg ele marcou um doblete na goleada por 4-1 sobre o Colônia e além disso, ele deu o passe para um dos 2 tentos de Ashkan Dejagah nesta partida.

Em 14/05/2011, em jogo válido pela última (34ª) rodada do Campeonato Alemão, Mandžukić marcou o seu segundo doblete com a camisa do Wolfsburg no triunfo por 3-1 sobre o Hoffenheim e com este resultado, o clube da Baixa Saxônia evitou o rebaixamento para a 2ª divisão do futebol alemão. Em suma, desde que Felix Magath assumiu o comando do Wolfsburg, Mandžukić marcou 8 tentos nas últimas 9 rodadas da Bundesliga 2010-11 e o clube terminou o campeonato na 15ª colocação e se ficasse uma posição abaixo na tabela, teria de disputar duas partidas com um clube da 2ª divisão para garantir a permanência na 1ª divisão.

  • Números de Mandžukić na sua 1ª Temporada no Wolfsburg
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2010-11
 27 *8  2  7 1656

* Gols válidos pela Bundesliga

  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de Mandžukić pelo Wolfsburg na temporada 2010-11
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 19 de maio de 2011 por CroatianPlayers

2011-12

Na estreia do Wolfsburg na Bundesliga 2011-12, Mandžukić não marcou gol no triunfo por 3-0 sobre o Colônia, mas proveu duas assistências nesta partidas; para os 2 gols de Patrick Helmes.

Em 11/09/2011, em jogo da 5ª rodada da Bundesliga, o croata marcou os seus primeiros gols nesta temporada na vitória do clube da Baixa Saxônica na vitória por 2-1 sobre o Schalke 04.

Em 01/10/2011, em jogo da 8ª rodada do Campeonato Alemão, Mandžukić marcou o seu terceiro tento nesta temporada, no entanto, mesmo com um gol dele na partida o Wolfsburg perdeu para o Bayer Leverkusen pelo placar de 3-1. Na rodada seguinte, o croata marcou o seu segundo doblete nesta temporada no triunfo por 2-1 sobre o Nuremberg e além disso, ele também marcou 2 gols nas duas partidas seguintes; no empate em 1-1 com o Hamburgo e na derrota por 3-2 para o Hertha Berlim respectivamente.

Em 17 de março de 2012, em jogo da 26ª rodada da Bundesliga, Mandžukić foi o destaque na vitória por 3-1 sobre o Nuremberg ao marcar um dos 3 tentos do Wolfsburg na partida e além de ter marcado um gol nesta partida, ele proveu duas assistências; para os 2 gols de Patrick Helmes. Nos 3 jogos seguintes do Campeonato Alemão, o croata marcou 1 tento em cada jogo; nos triunfos por 3-1 sobre o Hamburgo e por 4-1 sobre o Hertha Berlim respectivamente e na derrota por 3-1 frente ao Borussia Dortmund, o seu último tento com a camisa do clube da Baixa Saxônica.

Ao final desta temporada, Mandžukić foi o artilheiro do Wolfsburg nesta temporada com 12 gols em 34 rodadas da Bundesliga e além disso, ele foi um dos jogadores que mais proveu assistências na Bundesliga 2011-12; 8 assistências. Em seus 2 anos de clube, ele marcou 20 tentos em 56 jogos disputados, estabelecendo-se como um dos melhores jogadores do Wolfsburg no pouco tempo em que ele jogou por este clube e não foi só isso, ele também conseguiu se tornar um dos jogadores favoritos dos torcedores do clube da Baixa Saxônica devido ao seu faro de artilheiro.

  • Números de Mandžukić na sua 2ª e última Temporada no Wolfsburg
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2011-12
33 *12  10  4 2800

* Gols válidos pela Bundesliga

  • O vídeo abaixo mostra x gols de Mandžukić pelo Wolfsburg na temporada 2011-12
  • Este vídeo foi publicado em 17 de dezembro de 2011 por CroatianPlayers

Bayern de Munique

2012-13

Em 26 de junho de 2012, Mario Mandžukić assinou um contrato com o Bayern de Munique e para contratar este centroavante, a equipe bávara – Bayern de Munique – teve de desembolsar 13 milhões de euros (o equivalente a 55 milhões de reais), pois o seu rendimento na última temporada atuando pelo Wolfsburg e o grande desempenho dele pela seleção da Croácia na Euro 2012 despertaram o interesse do Bayern. No dia seguinte – 27/06/2012 -, a transferência foi anunciada oficialmente pelo clube bávaro.

Em 24/07/2012, o croata fez a sua estreia com a camisa do seu novo clube em um amistoso contra o Beijing Guoan da China e ele marcou um dos tentos da goleada do clube alemão por 6-0 sobre a equipe chinesa.

Em 12/08/2012, Mandžukić jogou a sua primeira partida oficial pelo Bayern de Munique e logo no seu primeiro jogo com a camisa do seu novo clube, o croata marcou o primeiro gol da vitória do Bayern por 2-1 sobre o Borussia Dortmund e com isso, a equipe bávara foi a campeã da Supercopa da Alemanha 2012. Pouco mais de uma semana após a conquista deste título, o Bayern de Munique fez a sua estreia na Copa da Alemanha e mais uma vez, o croata iniciou a partida entre os titulares e assim sendo, ele marcou 2 gols na goleada dos bávaros por 4-1 sobre o Jahn Regensburg.

Em 25/08/2012, na estreia do Bayern de Munique na Bundesliga 2012-13, o técnico Jupp Heynckes escalou Mario Mandžukić entre os titulares novamente e ele marcou mais um tento no seu 3º jogo seguido; marcou um dos gols da vitória do Bayern por 3-0 sobre o Greuther Fürth. No jogo seguinte do Campeonato Alemão, o croata marcou um dos tentos da equipe bávara na goleada por 6-1 sobre o Stuttgart e além de ter feito 1 gol nesta partida, ele também proveu duas assistências neste jogo sendo que o “contemplado” com as assistências de Mandžukić foi Thomas Müller.

Em 25/09/2012, em jogo da 5ª rodada da Bundesliga, Mandžukić fez valer a “lei do ex” e marcou o seu segundo doblete desde que assinou com o Bayern no triunfo por 3-0 sobre o Wolfsburg. Depois de marcar 2 gols sobre o seu ex-clube, o croata seguiu fazendo gols e nos 6 jogos seguintes do Campeonato Alemão, ele chegou a marca de 9 gols em apenas 12 rodadas.

Após a pausa de Inverno na Bundesliga, logo no primeiro jogo da equipe bávara no início do returno do Campeonato Alemão, Mandžukić marcou os 2 gols da vitória do Bayern de Munique sobre o Greuther Fürth e na rodada seguinte da Bundesliga, ele marcou um tento no triunfo por 2-0 sobre o Stuttgart e além de ter marcado gol nesta partida, ele também deu o passe para Thomas Müller fazer o gol dele neste jogo.

Em 2 de fevereiro de 2013, em jogo da 20ª rodada da Bundesliga, o croata marcou 2 tentos na vitória por 3-0 sobre o Mainz 05 em plena Opel Arena. Duas semanas depois, em mais uma partida válida pela Bundesliga, Mandžukić fez valer da “lei do ex” mais uma vez e marcou um dos gols na vitória por 2-0 sobre o Wolfsburg.

Vale ressaltar que este tento diante do Wolfsburg foi o seu último tento de Mandžukić na Bundesliga 2012-13, mas convém lembrar que mesmo não marcando muitos gols pelo Bayern de Munique na Liga dos Campeões, ele foi decisivo na conquista do título da mesma nesta temporada e por falar em Liga dos Campeões, o trajeto do Bayern de Munique rumo ao título foi assim: na fase de grupos, a equipe bávara enfrentou o Lille da França, o Valencia da Espanha e o BATE Borisov de Belarus e ao final desta fase, a equipe alemã terminou na liderança do grupo com 13 pontos conquistados; 4 vitórias, 1 empate e uma derrota.

O adversário das oitavas de final era o Arsenal da Inglaterra e o primeiro confronto entre a equipe alemã e a equipe inglesa ocorreu em 19/02/2013 e neste primeiro embate entre as duas equipes, o Bayern levou a melhor e venceu o Arsenal em pleno Emirates Stadium – estádio dos Gunners – por 3-1 sendo que o terceiro tento dos bávaros foi marcado por Mario Mandžukić. Uma semana depois, os 2 clubes se enfrentaram novamente e apesar da vitória do Arsenal por 2-0 na Allianz Arena em Munique, com o critério gol fora de casa, o Bayern avançou para as quartas de final da UEFA Champions League 2012-13.

Nas quartas-de-finais, o Bayern de Munique enfrentou a Juventus da Itália e no primeiro confronto entre as duas equipes em Munique na Alemanha, a equipe bávara levou a melhor e venceu por 2-0 e mesmo sem marcar tentos nesta partida, o croata contribuiu com o triunfo da equipe alemã provendo uma assistência para o gol de Thomas Müller neste jogo. No segundo confronto entre as duas equipes, o Bayern voltou a vencer a Juventus pelo mesmo placar do primeiro confronto (2-0), mas desta vez, Mandžukić marcou o segundo tento da equipe alemã neste jogo, mas convém lembrar que ele levou o 3º cartão amarelo nesta partida e como consequência, ele perderia o primeiro jogo da semifinal da UEFA Champions League 2012-13.

Nas semifinais, o Bayern de Munique enfrentou o Barcelona da Espanha e mesmo sem o croata em campo no primeiro confronto, os alemães levaram a melhor e golearam a equipe catalã por 4-0 na Allianz Arena. No segundo confronto entre as duas equipes, mas agora com Mandžukić em campo, os bávaros venceram por 3-0 e com um placar agregado de 7-0, a equipe alemã avançou para a final da Liga dos Campeões 2012-13.

Em 25/05/2013, o estádio do Wembley em Londres foi o palco da final da UEFA Champions League 2012-13 onde as duas equipes finalistas eram do mesmo país, da Alemanha. Assim como ocorreu na decisão da Supercopa da Alemanha no início da temporada, o Bayern venceu o Borussia Dortmund pelo mesmo placar daquela decisão (2-1) e mais uma vez, outra coincidência, como ocorreu na Supercopa da Alemanha 2012, Mandžukić marcou o primeiro gol dos bávaros na partida e assim sendo, pela 5ª vez na história do Bayern de Munique, o clube alemão era o campeão da UEFA Champions League.

Mario Mandžukić beijando o troféu da UEFA Champions League 2012-13

Com a conquista dos títulos da Liga dos Campeões, do Campeonato Alemão e da Copa da Alemanha, o Bayern conseguiu um feito que poucos clubes conseguiram, conquistou a tríplice coroa e isso sem mencionar a conquista do título da Supercopa da Alemanha 2012. Quanto a Mandžukić, ele foi o artilheiro dos bávaros na Bundesliga 2012-13 com 15 tentos marcados em 34 rodadas, ficando atrás apenas de Stefan Kießling do Bayer Leverkusen (25), de Robert Lewandowski do Borussia Dortmund (24) e de Alexander Meier do Eintracht Frankfurt. No entanto, ele foi o vice-artilheiro do time na temporada com 22 gols, ficando atrás apenas de Thomas Müller (23).

  • Números de Mandžukić na sua 1ª Temporada no Bayern de Munique
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
 40 *22  4  9 2857

* 22 gols dos quais 15 foram pela Bundesliga, 3 pela UEFA Champions League, 3 pela Copa da Alemanha e 1 pela Supercopa da Alemanha

  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de Mandžukić pelo Bayern de Munique na temporada 2012-13
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 3 de agosto de 2013 por saro blue

2013-14

Apesar de ter conquistado o título da UEFA Champions League 2012-13, Jupp Heynckes optou pela aposentadoria e com a saída dele quem assume o comando do Bayern de Munique na temporada 2013-14 é o espanhol Pep Guardiola e uma das coisas que ele mudou no time foi a formação tática, do 4-2-3-1 para o 4-1-4-1 e Mario Mandžukić teve de se adaptar a esta mudança, mas mesmo assim, na estreia dos bávaros na Bundesliga 2013-14, o croata marcou um dos tentos na vitória do Bayern por 3-1 sobre o Borussia Mönchengladbach. Na rodada seguinte do Campeonato Alemão, Mandžukić marcou o único gol do Bayern na vitória por 1-0 sobre o Eintracht Frankfurt.

Em 17/09/2013, na estreia do Bayern de Munique na Liga dos Campeões desta temporada, o croata marcou um dos gols da vitória da equipe bávara por 3-0 sobre o CSKA Moscou da Rússia.

Em 26/10/2013, em jogo da 10ª rodada da Bundesliga, Mandžukić marcou o seu primeiro doblete da temporada no triunfo por 3-2 sobre o Hertha Berlim. Uma semana depois, em mais um jogo do Campeonato Alemão, ele marcou um dos tentos na vitória do Bayern por 2-1 sobre o Hoffenheim em plena Rhein-Neckar-Arena, estádio da equipe adversária.

Em 05/11/2013, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o croata marcou o único gol do triunfo dos bávaros sobre o Viktoria Plzeň da República Tcheca fora de casa e com este resultado, o Bayern chegava ao seu 9º triunfo consecutivo nesta competição e além disso, esta vitória colocou a equipe alemã nas oitavas-de-finais da UEFA Champions League 2013-14.

Em 14/12/2013, em jogo da 16ª rodada do Campeonato Alemão, Mandžukić marcou um dos tentos na vitória do Bayern por 3-1 sobre o Hamburgo e com isso, o croata chegou a marca de 10 gols na Bundesliga desta temporada em apenas 16 rodadas. Três dias após este jogo, os bávaros estavam disputando mais um campeonato, o Mundial Interclubes da FIFA e logo no primeiro jogo dos alemães nesta competição – semifinal -, após um cruzamento do brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcântara, Mandžukić marcou o segundo gol dos bávaros e o seu único gol nesta competição no triunfo por 3-0 sobre o Guangzhou Evergrande da China. Na final do Mundial Interclubes da FIFA 2013, o croata só jogou os últimos 15 minutos de jogo, mas mesmo sem ele em campo, o Bayern de Munique derrotou o Raja Casablanca do Marrocos por 2-0.

Após a pausa de inverno no Campeonato Alemão, pela primeira vez desde que assinou com o Bayern, Mandžukić ficou de fora da lista de relacionados – para o jogo contra o Borussia Mönchengladbach na 18ª rodada da Bundesliga – e o motivo para este ocorrido segundo o site do Mirror [1] é que o técnico Pep Guardiola estava descontente com as atuações dele nos treinamentos e na partida seguinte diante do Stuttgart, o croata chegou a jogar, mas convém lembrar que ele jogou apenas os últimos 30 minutos de jogo; ele entrou na partida aos 14 minutos da segunda etapa no lugar do meia Toni Kroos.

Em 2 de fevereiro de 2014, em jogo da 19ª rodada da Bundesliga, o croata voltou a ser escalado entre os titulares e deu a resposta com uma grande atuação na goleada do Bayern por 5-0 sobre o Eintracht Frankfurt; neste jogo, Mandžukić marcou um tento e proveu assistências para os tentos de Mario Götze e de Frank Ribéry respectivamente.

Em 12/02/2014, em confronto válido pelas quartas-de-finais da Copa da Alemanha, Mandžukić marcou o seu primeiro e único hat-trick com a camisa do Bayern na goleada por 5-0 sobre o Hamburgo em pleno Volksparkstadion, estádio do Hamburgo.

Veja Também!  Internacional tem interesse em Romero do Corinthians

Em 23/02/2014, em jogo da 22ª rodada da Bundesliga, o croata jogou a sua partida de número 100 pelo Campeonato Alemão e para celebrar esta ocasião especial, ele marcou um dos gols na goleada por 4-0 sobre o Hannover 96 e além disso, ele também deu o passe para um dos 2 tentos de Müller neste jogo.

Em 08/03/2014, em jogo da 24ª rodada do Campeonato Alemão, Mandžukić marcou o seu segundo e último doblete desta temporada na goleada do Bayern por 6-1 sobre o Wolfsburg. Pouco mais de um mês depois – em 09/04/2014 -, o croata voltou a ser decisivo e marcou um dos gols do triunfo dos bávaros por 3-1 sobre o Manchester United da Inglaterra no segundo confronto das quartas-de-finais da UEFA Champions League 2013-14 e como os 2 clubes empataram em 1-1 no primeiro confronto no Old Trafford – estádio da equipe inglesa -, o Bayern avançou para a semifinal da Liga dos Campeões. Posteriormente, a equipe bávara foi eliminada pelo Real Madrid da Espanha na semifinal desta edição da UEFA Champions League.

Em 19/04/2014, em partida válida pela 31ª rodada da Bundesliga, o croata marcou o seu último tento nesta temporada e também o seu último tento como jogador do Bayern na vitória por 2-0 sobre o Eintracht Braunschweig. Apesar de ter sido o artilheiro do time na temporada com 26 gols marcados em 48 jogos disputados e de ter sido o vice-artilheiro da Bundesliga 2013-14 com 18 gols em 34 rodadas, ficando atrás apenas de Robert Lewandowski do Borussia Dortmund, Mario Mandžukić foi afastado da equipe por Guardiola antes da final da Copa da Alemanha 2013-14 e isso levou o centroavante croata a pedir para deixar o clube porque “o estilo de jogo do treinador Pep Guardiola simplesmente não serve” para ele.

  • Números de Mandžukić na sua 2ª e última Temporada no Bayern de Munique
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
 48 *26  10  8 3314

* 26 gols dos quais 18 foram pela Bundesliga, 4 pela Copa da Alemanha, 3 pela UEFA Champions League e 1 pelo Mundial Interclubes da FIFA

Títulos que conquistou no Bayern de Munique

  • UEFA Champions League 2012-13
  • Mundial Interclubes da FIFA 2013
  • Supercopa da UEFA 2013
  • Bundesliga 2012-13 e 2013-14
  • Supercopa da Alemanha 2012
  • Copa da Alemanha 2012-13 e 2013-14
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols que Mandžukić marcou pelo Bayern de Munique na temporada 2013-14
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 5 de julho de 2014 por Anton Komorgotsev

Atlético de Madrid

2014-15

Mandžukić sendo apresentado como o mais novo reforço do Atlético de Madrid

Em 10 de julho de 2014, Mandžukić assinou um contrato de 4 anos com o Atlético Madrid da Espanha por um valor não revelado. Dez dias depois, o croata foi apresentado aos torcedores dos “Colchoneros” – Atlético de Madrid – no estádio Vicente Calderón com a camisa de número 9. Ainda convém lembrar que Mandžukić foi contratado para repor a saída de Diego Costa, jogador contratado pelo Chelsea da Inglaterra.

Em 19/08/2014, no primeiro confronto da decisão da Supercopa da Espanha contra o Real Madrid, o técnico Diego Simeone escalou o croata entre os titulares, mas nesta partida as duas equipes ficaram no empate em 1-1 no Santiago Bernabéu, estádio do Real Madrid. Três dias depois, as duas equipes jogaram a segunda partida da decisão da Supercopa da Espanha e logo no início do jogo, para ser mais exato aos 2 minutos da primeira etapa, Mandžukić marcou o único gol da vitória do Atlético de Madrid nesta partida. Foi o gol mais rápido da competição. Com este triunfo, os “Colchoneros” foram os campeões da Supercopa da Espanha 2014.

Em 30/08/2014, em jogo da 2ª rodada da La Liga – Campeonato Espanhol -, Mandžukić marcou o seu segundo tento com a camisa do Atlético de Madrid no triunfo por 2-1 sobre o Eibar.

Em 16/09/2014, na estreia dos “Colchoneros” na fase de grupos da UEFA Champions League 2014-15, o croata marcou um dos tentos do seu time na partida, no entanto, o Atlético de Madrid foi derrotado na estreia diante do Olympiacos da Grécia pelo placar de 3-2.

Em 26/10/2014, em jogo da 9ª rodada da La Liga, Mandžukić marcou o único gol da vitória do Atlético de Madrid sobre o Getafe em pleno Coliseum Alfonso Pérez, estádio da equipe adversária. Com esta vitória, o Atlético de Madrid ficou a apenas 2 pontos dos líderes do campeonato naquele instante, Barcelona e Sevilla. Um mês depois – em 26/11/2014 -, mas desta vez em partida válida pela 5ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o croata marcou o seu primeiro e único hat-trick com a camisa dos “Colchoneros” na goleada por 4-0 sobre o Olympiacos da Grécia no Vicente Calderón. Com este triunfo diante dos gregos, os espanhóis garantiram com uma rodada de antecedência a classificação para a fase de mata-mata da UEFA Champions League 2014-15.

Em 18/12/2014, no segundo confronto da 4ª fase da Copa do Rei diante do CE L’Hospitalet, o croata marcou o seu primeiro doblete com a camisa do Atlético de Madrid, jogo no qual as duas equipes ficaram no empate em 2-2. Por ter vencido o primeiro confronto pelo placar de 3-0, os “Colchoneros” avançaram para a fase seguinte desta competição.

Em 31 de janeiro de 2015, em jogo da 21ª rodada do Campeonato Espanhol, Mandžukić marcou o seu segundo doblete pelos Colchoneros no triunfo por 3-1 sobre o Eibar. Uma semana depois, em mais uma partida válida pelo Campeonato Espanhol, o croata foi um dos destaques do “dérbi madrileño” – clássico entre Real Madrid e Atlético de Madrid – ao marcar um dos gols na goleada por 4-0 sobre o rival e além disso, ele também deu o passe para o português Tiago marcar o gol dele nesta partida.

Em 21/02/2015, em jogo da 24ª rodada da La Liga, o croata marcou o seu último tento com a camisa do Atlético de Madrid na vitória por 3-0 sobre o Almería e além de ter feito 1 gol nesta partida, ele também deu os passes para os 2 gols de Griezmann neste jogo. Apesar de não ter marcado mais gols após esta partida diante do Almería, ele ajudou a equipe a terminar o Campeonato Espanhol na 3ª colocação. Quanto a Liga dos Campeões, o Atlético de Madrid chegou até as quartas-de-finais e foi eliminado pelo Real Madrid.

Em suma, na sua única temporada com a camisa dos “Colchoneros”, Mandžukić fez jus à sua imagem de guerreiro e de goleador marcando 20 gols em 43 jogos disputados.

  • Números de Mandžukić na sua 1ª e única Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
 43 *20  5  14 3078

* 20 gols dos quais 12 foram pela La Liga, 5 pela UEFA Champions League, 2 pela Copa do Rei e 1 pela Supercopa da Espanha

Títulos que conquistou no Atlético de Madrid

  • Supercopa da Espanha 2014
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols que Mandžukić marcou pelo Atlético de Madrid na La Liga
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 31 de maio de 2015 por Zekan 07

Juventus

2015-16

Mandžukić assinando contrato com a Juventus

Em 22 de junho de 2015, a Juventus, campeã da Serie A (Campeonato Italiano) 2014-15 e também a atual vice-campeã da UEFA Champions League 2014-15, anunciou a contratação de Mario Mandžukić e para ter o croata no seu plantel, o clube italiano teve de desembolsar 19 milhões de euros (o equivalente a 83,2 milhões de reais), mas esta quantia foi parcelada em 3 vezes e ainda havia um adicional de 2 milhões de euros em acréscimos relacionados a desempenho. Coincidência ou não, a Juventus era a 3ª equipe na qual Mandžukić havia ingressado após perder uma final de Liga dos Campeões, depois de ter assinado com o Bayern de Munique e o Atlético de Madrid depois de perder na final da maior competição europeia.

Em 08/08/2015, mais uma coincidência, assim como ocorreu na sua estreia no Bayern de Munique e no Atlético de Madrid onde marcou gols nas decisões da Supercopa da Alemanha e na Supercopa da Espanha respectivamente, Mandžukić marcou um dos gols na vitória da Juventus por 2-0 sobre a Lazio na decisão da Supercopa da Itália e com isso, novamente assim que chega em um novo clube, o croata marca um dos tentos que resulta em uma conquista de título.

Em 23/08/2015, na estreia da “Velha Senhora” – Juventus na Serie A 2015-16, assim como ocorreu no jogo anterior, o técnico Massimiliano Allegri escalou o croata como um dos titulares da equipe de Turim, mas mesmo com ele em campo, a Juventus perdeu para a Udinese na estreia pelo placar de 1-0.

Em 15/09/2015, na estreia da Juventus na fase de grupos da UEFA Champions League 2015-16, Mandžukić marcou um dos gols da vitória da equipe de Turim por 2-1 sobre o Manchester City da Inglaterra em pleno Etihad Stadium, estádio da equipe inglesa. Seis dias após este jogo – em 21/09/2015 -, desta vez em partida válida pela 4ª rodada da Serie A, após o término do jogo contra a Genoa, ao qual a Juventus venceu por 2-0, confirmou-se que Mandžukić ficaria de fora dos gramados por pelo menos 3 semanas após a constatação de uma lesão na coxa. No entanto, ele ficou sem jogar mesmo por 1 mês e assim sendo, ele voltou aos gramados em 18/10/2015, numa partida na qual a “Velha Senhora” e a Internazionale ficaram no empate em 0-0 e o croata entrou em campo aos 26 minutos da segunda etapa no lugar de Álvaro Morata.

Em 25/10/2015, em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Italiano, pela primeira vez após o seu retorno aos gramados, Mandžukić foi escalado entre os titulares e ele não decepcionou e marcou um dos gols do triunfo da Juventus por 2-0 sobre o Atalanta. Ainda convém lembrar que este foi o primeiro tento que o croata marcou no Campeonato Italiano.

Em 08/11/2015, em jogo da 12ª rodada da Serie A, o camisa 17 – Mandžukić – marcou o seu segundo tento pelo Campeonato Italiano na vitória da Juventus por 3-1 sobre o Empoli.

Em 25/11/2015, em partida válida pela 5ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o croata marcou o único gol da vitória da equipe de Turim sobre o Manchester City. Quatro dias após este triunfo pela UEFA Champions League, Mandžukić marcou um dos gols da vitória da Juventus por 3-0 sobre o Palermo em jogo da 14ª rodada do Campeonato Italiano. Com estas atuações, o croata foi eleito o jogador da Juventus do mês de novembro de 2015.

Em 20/12/2015, em jogo da 17ª rodada da Serie A, pela primeira vez desde que assinou com a equipe de Turim, o camisa 17 marcou um doblete na vitória por 3-2 sobre o Carpi fora de casa.

Em 27 de janeiro de 2016, no primeiro confronto da semifinal da Copa da Itália diante da Internazionale, Mandžukić sofreu uma lesão muscular no segundo tempo e com isso, ele precisou ser substituído. Apesar da saída do croata antes do término da partida, a Juventus venceu a Internazionale por 3-0. Em decorrência desta lesão, a previsão do retorno de Mandžukić aos gramados era de 1 mês e com isso, ele perderia o primeiro confronto das oitavas-de-finais da Liga dos Campeões contra um dos seus ex-clubes, o Bayern de Munique. No entanto, ele voltou à ação antes do esperado, começando a partida contra o Bayern entre os titulares em 23/02/2016 e apesar de não ter marcado gols neste jogo, o croata deu o passe para Dybala marcar o gol dele no empate em 2-2 com a equipe alemã em pleno Allianz Stadium, estádio da Juventus.

Em 24/04/2016, em jogo da 35ª rodada da Serie A, o camisa 17 marcou o seu último tento desta temporada no triunfo da equipe de Turim por 2-1 sobre a Fiorentina em pleno Artemio Franchi, estádio da Fiorentina.

Em suma, na sua 1ª temporada com a camisa da Juventus, o croata fez 13 gols em 36 partidas disputadas.

  • Números de Mandžukić na sua 1ª Temporada na Juventus
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
 36 *13  6  5 2678

* 13 gols dos quais 10 foram pela Serie A, 2 pela UEFA Champions League e 1 pela Supercopa da Itália

2016-17

A segunda temporada de Mandžukić atuando pela Juventus foi particularmente notável, já que ele jogou fora da sua posição – centroavante – por muitos jogos. Nesta temporada, o técnico Massimiliano Allegri colocava ele para jogar como um ponta esquerda e não como um atacante de ofício, posição na qual ele costumava jogar no passado. Levou um tempo para o croata se adaptar a sua nova função e assim sendo, ele marcou o seu primeiro tento nesta temporada em 26 de outubro de 2016, em jogo da 10ª rodada da Serie A, ao qual a Juventus goleou a Sampdoria por 4-1.

Em 22/11/2016, em partida válida pela 5ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o camisa 17 marcou um dos gols na vitória por 3-1 sobre o Sevilla da Espanha em pleno Ramón Sánchez Pizjuan, estádio do time espanhol.

Embora a média de gols de Mandžukić tenha diminuído, ele atraiu elogios da mídia por dar o seu máximo em campo, pela sua versatilidade, pela sua consistência e também pelas suas atuações numa nova posição.

Em 11 de janeiro de 2017, em confronto válido pelas oitavas-de-finais da Copa da Itália, o croata teve uma grande atuação na vitória da Juventus por 3-2 sobre o Atalanta, pois ele marcou um dos 3 gols da equipe de Turim nesta partida e além disso, ele também deu o passe para o argentino Paulo Dybala marcar o gol dele nesta partida.

Paralelamente a boa campanha na Copa da Itália e no Campeonato Italiano, a Juventus seguia eliminando os seus adversários na Liga dos Campeões e o primeiro time pelo qual a equipe italiana passou foi o Porto de Portugal nas oitavas-de-finais, em seguida, a equipe de Turim passou pelo Barcelona da Espanha nas quartas-de-finais e o adversário seguinte era o Monaco e no primeiro confronto entre estas duas equipes, a “Velha Senhora” levou a melhor e venceu por 2-0 no Allianz Stadium. No segundo confronto entre as duas equipes – em 09/05/2017 – no Stade Louis II em Mônaco, Mandžukić marcou um dos gols da vitória da Juventus por 2-1 sobre a equipe monegasca e com isso, a equipe de Turim se classificou para a final da UEFA Champions League 2016-17.

Em 21/05/2017, em jogo da penúltima (37ª) rodada da Serie A, o croata celebrou o seu 31º aniversário marcando o seu último tento pela Serie A 2016-17 na vitória da Juventus por 3-0 sobre o Crotone. Quatro dias após esta partida, Mandžukić assinou um novo contrato com a equipe de Turim que o manteria no clube até o ano de 2020.

Em 03/06/2017, em partida válida pela final da UEFA Champions League 2016-17 no Millennium Stadium em Cardiff, no País de Gales, o camisa 17 marcou o gol do empate da equipe de Turim 7 minutos depois de Cristiano Ronaldo abrir o placar para o Real Madrid. O croata foi muito elogiado pelo tento que marcou nesta partida, pois o gol que ele marcou nesse jogo foi anunciado como um dos melhores gols já marcados em uma final da Liga dos Campeões, e foi comparado ao gol de Zinedine Zidane na final da UEFA Champions League 2001-02; mas mesmo assim a Juventus acabou derrotada nesta final por 4-1. Porém, este gol do camisa 17 frente ao Real Madrid acabou por vencer o “Prêmio de Gol da temporada 2016-17 da UEFA”.

  • Números de Mandžukić na sua 2ª Temporada na Juventus
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
 50 *11  8  9 3879

* 11 gols dos quais 7 foram pela Serie A, 3 pela UEFA Champions League e 1 pela Copa da Itália

2017-18

Em 19 de agosto de 2017, na estreia da Juventus na Serie A 2017-18, Mandžukić marcou um dos gols na vitória da equipe de Turim por 3-0 sobre o Cagliari.

Em 27/09/2017, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o croata marcou um dos gols no triunfo por 2-0 sobre o Olympiacos da Grécia. Três semanas depois – em 18/10/2017 -, em mais um jogo válido pela Liga dos Campeões, o camisa 17 marcou o seu segundo tento nesta competição na vitória por 2-1 sobre o Sporting de Portugal.

Em 31/10/2017, em confronto válido pela 4ª rodada da UEFA Champions League, Mandžukić jogou a sua partida de número 100 com a camisa da Juventus, no entanto, a equipe de Turim empatou em 1-1 com o Sporting no estádio José Alvalade em Lisboa, Portugal.

Em 11 de abril de 2018, no segundo confronto das quartas-de-finais da Liga dos Campeões, o camisa 17 marcou o seu primeiro e único doblete da temporada na vitória da Juventus por 3-1 sobre o Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu sendo que ele só precisou de 76 segundos para abrir o placar e com isso, Mandžukić se tornou o jogador a marcar o gol mais rápido que o Real Madrid sofreu em um jogo no seu estádio na Liga dos Campeões e além disso, ele também foi o primeiro jogador de um time adversário a marcar 2 tentos no primeiro tempo em um jogo da Liga dos Campeões no Bernabéu. Apesar da vitória da equipe de Turim nesta partida, a Juventus foi eliminada da competição, pois perdeu o primeiro jogo na Itália por 3-0.

Em 15/04/2018, em jogo da 32ª rodada da Serie A, o croata marcou o seu último tento nesta temporada no triunfo da Juventus por 3-0 sobre a Sampdoria. Ao final desta temporada, pela 3ª vez consecutiva desde que chegou a equipe de Turim, Mandžukić foi campeão do Campeonato Italiano.

  • Números de Mandžukić na sua 3ª Temporada na Juventus
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
 43 *10  4  8 1 3208

* 10 gols dos quais 5 foram pela Serie A, 4 pela UEFA Champions League e 1 pela Copa da Itália

2018-19

Em 25 de agosto de 2018, em jogo da 2ª rodada da Serie A 2018-19, Mandžukić marcou o seu primeiro gol desta temporada na vitória por 2-0 sobre a Lazio.

Veja Também!  Jorge Henrique deve voltar ao Náutico

Em 29/09/2018, em partida válida pela 7ª rodada da Serie A, o camisa 17 marcou o seu primeiro doblete da temporada no triunfo por 3-1 sobre o Napoli. Uma semana depois, em mais um jogo do Campeonato Italiano, o croata celebrou a sua partida de número 100 pela Serie A dando o passe para Cristiano Ronaldo marcar o seu 4º tento com a camisa da Juventus na vitória por 2-0 sobre a Udinese em plena Dacia Arena (estádio da Udinese).

Em 24/11/2018, em jogo da 13ª rodada do Campeonato Italiano, pela primeira vez desde que assinou com a equipe de Turim, Mandžukić foi o capitão do time na vitória por 2-0 sobre o SPAL e além disso, ele também marcou um dos 2 gols da “Velha Senhora” nesta partida. Três dias depois, mas desta vez em jogo válido pela UEFA Champions League, o croata marcou o único tento da vitória da Juventus sobre o Valencia da Espanha e quem deu o passe para o gol do camisa 17 foi o português Cristiano Ronaldo. Os jornais italianos La Gazzetta dello Sport e La Stampa notaram que tanto Mandžukić quanto Ronaldo estavam se entendendo muito bem dentro de campo e descreveu a dupla como um conjunto inesperado de poder e habilidade.

Até o momento, o croata marcou 7 gols em 12 partidas pela equipe de Turim e é um dos artilheiros da Serie A 2018-19.

  • Números de Mandžukić na sua 4ª e atual Temporada na Juventus
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
 12 *7  2  1 **864

* 7 gols dos quais 6 foram pela Serie A e 1 pela UEFA Champions League

** esta temporada ainda está em andamento

Títulos que conquistou na Juventus até aqui

  • Serie A 2015-16, 2016-17 e 2017-18
  • Copa da Itália 2015-16, 2016-17 e 2017-18
  • Supercopa da Itália 2015
  • O vídeo abaixo mostra 32 dos 41 gols que Mandžukić marcou pela Juventus
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 14 de novembro de 2018 por Shawccer TV

 

Os Números de Mandžukić na Seleção da Croácia

 

Croácia

Seleções de Base

Assim como muitos jogadores, Mario Mandžukić teve passagens pelas seleções de base do seu país, no caso dele, a Croácia. Ele jogou pelas seleções sub-19, sub-20 e sub-21 respectivamente. Mandžukić fez 3 gols na seleção sub-19, 1 gol na sub-20 e 1 gol na seleção sub-21.

Seleção Principal

Após as boas atuações no Campeonato Croata pelo Dinamo Zagreb, Mandžukić foi convocado pela primeira vez para jogar pela seleção principal da Croácia pelo técnico Slaven Bilić – atualmente é o técnico do Al-Ittihad da Arábia Saudita – e em 17 de novembro de 2007, em partida válida pelas eliminatórias da Euro 2008, inclusive, ele jogou esta partida diante da Macedônia como titular, no entanto, os croatas perderam por 2-0 para os macedônios. Depois deste jogo, Mandžukić só voltou a ser convocado por Slaven Bilić para os jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2010.

Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2010

Em 10 de setembro de 2008, em jogo válido pela 2ª rodada do grupo F das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2010, Mandžukić marcou o seu primeiro gol com a camisa da seleção da Croácia, no entanto, os croatas foram “presas fáceis” para a seleção da Inglaterra, pois foram goleados (4-1). Vale ressaltar que este foi o único tento que ele marcou nestas Eliminatórias. Quanto a seleção da Croácia, terminou esta fase de grupos das Eliminatórias na 3ª colocação com 20 pontos somados – 6 vitórias, 2 empates e duas derrotas – em 10 jogos disputados, ficando atrás das seleções da Inglaterra e da Ucrânia e por ter terminado a fase de grupos em tal posição, os croatas estavam fora da Copa do Mundo FIFA de 2010.

Euro 2012

Nas Eliminatórias para a disputa da Eurocopa 2012, o camisa 17 da seleção croata – Mandžukić – passou a ter grandes atuações pela seleção do seu país e o primeiro tento dele nas Eliminatórias para a Euro 2012 foi em 3 de junho de 2011 diante da Geórgia, um jogo no qual a Croácia venceu por 2-1.

Em 11/10/2011, em jogo da última rodada das Eliminatórias para a Euro 2012, marcou um dos gols da Croácia na vitória por 2-0 sobre a Letônia e mesmo com a conquistas dos 3 pontos nesta partida, a seleção croata terminou em 2º lugar no grupo F e com isso, a Croácia teve que enfrentar a Turquia na fase de play-offs da Eurocopa 2012. Um mês após a vitória sobre a Letônia, a seleção croata jogou contra a seleção turca em Istambul (na Turquia) e mesmo sendo a equipe visitante, a Croácia surpreendeu e venceu a Turquia pelo placar de 3-0 e Mandžukić marcou um dos gols da seleção croata nesta partida. Com a classificação praticamente sacramentada com este triunfo fora de casa, no segundo confronto entre as duas seleções em Zagreb, os croatas jogaram para o “gasto” e as duas equipes ficaram no empate em 0-0. A Croácia estava classificada para a Euro 2012.

Após o sorteio dos grupos, definiu-se que a Croácia estava no grupo C, juntamente com as seleções da Irlanda, da Espanha e da Itália. Diferentemente da edição anterior da Eurocopa, na qual o técnico Slaven Bilić não o convocou para jogar esta competição, desta vez Mario Mandžukić estava na lista dos 23 jogadores convocados para a disputa da Euro 2012 e assim sendo, na estreia da Croácia neste torneio em 10 de junho de 2012, ele marcou 2 tentos na vitória da seleção croata por 3-1 sobre a Irlanda. Na partida seguinte, o camisa 17 marcou o gol que salvou a Croácia diante de uma derrota para a Itália, em outras palavras, a seleção croata e italiana ficaram no empate em 1-1.

Em 18/06/2012, em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Euro 2012, a Croácia perdeu para a Espanha por 1-0 e com esta derrota, a seleção croata estava eliminada desta edição da Eurocopa. Apesar da saída prematura da Croácia desta competição, ele foi um dos artilheiros do torneio com 3 gols ao lado de Mario Balotelli da Itália, Fernando Torres da Espanha, Cristiano Ronaldo de Portugal, Alan Dzagoev da Rússia e seu futuro companheiro de equipe no Bayern, Mario Gómez da Alemanha.

  • Desempenho de Mandžukić na Euro 2012
Pd Gm A CA CV Mj nesta Euro
3 3 1 270

Copa do Mundo FIFA de 2014

Nos 2 primeiros jogos da Croácia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2014, Mandžukić proveu duas assistências; para o gol de Nikica Jelavić na vitória da seleção croata por 1-0 sobre a Macedônia e para o gol de Ivan Perišić no empate em 1-1 com a Bélgica.

Em 16/10/2012, em jogo da 4ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2014, o camisa 17 marcou o seu primeiro tento nas Eliminatórias na vitória da Croácia por 2-0 sobre o País de Gales. Na rodada seguinte, Mandžukić marcou um dos gols da vitória croata por 2-0 sobre a Sérvia.

Ao final da fase de grupos das Eliminatórias, a Croácia terminou na 2ª colocação do grupo A com 17 pontos somados – 5 vitórias, 2 empates e 3 derrotas – e com isso, a seleção croata teve de disputar uma vaga para a Copa do Mundo na repescagem e após um sorteio, definiu-se que a seleção que iria enfrentar a Croácia era a seleção da Islândia. O primeiro confronto entre as duas seleções ocorreu em Reykjavík, capital da Islândia, e as duas seleções ficaram no empate em 0-0. No segundo confronto entre a seleção croata e a seleção islandesa em Zagreb, Mandžukić marcou um dos gols no triunfo por 2-0 sobre a Islândia, no entanto, aos 38 minutos do primeiro tempo, após um lance imprudente do camisa 17, ele recebeu um cartão vermelho direto e devido a isso, ele não pôde jogar a partida de estreia da Copa do Mundo FIFA de 2014 contra a seleção anfitriã, o Brasil.

Pela primeira vez desde que defende a seleção da Croácia, Mandžukić foi um dos convocados pelo técnico Niko Kovač – atualmente comanda o Bayern de Munique – para a disputa da Copa do Mundo FIFA de 2014. Apesar de não ter jogado a partida de estreia desta Copa diante do Brasil, ao qual a seleção croata perdeu por 3-1, ele jogou a partida da 2ª rodada da fase de grupos da Copa do Mundo FIFA de 2014 diante da seleção de Camarões e marcou 2 gols na vitória da Croácia por 4-0 sobre a seleção camaronesa e isso o levou a ser eleito “the man of the match” (melhor jogador da partida). Porém, no último jogo da fase de grupos da Copa do Mundo FIFA de 2014, a seleção croata perdeu para a seleção do México por 3-1 e como consequência, fim da linha para a Croácia nesta Copa do Mundo.

  • Desempenho de Mandžukić na Copa do Mundo FIFA de 2014
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa do Mundo
2 2 180

Euro 2016

Em 12 de junho de 2015, em jogo válido pela 6ª rodada das Eliminatórias para a Eurocopa de 2016, o camisa 17 teve o seu pênalti defendido logo aos 7 minutos de jogo por Gianluigi Buffon, mas 4 minutos depois de desperdiçar esta cobrança de pênalti, ele marcou um gol, no entanto, antes do final da primeira etapa a Itália empatou e as duas seleções ficaram no empate em 1-1. A seleção croata terminou as Eliminatórias em 2º lugar no seu grupo, atrás apenas da Itália, e com isso, os croatas se classificaram para a Euro 2016 que realizar-se-ia na França sem precisar jogar os play-offs.

Em 4 de junho de 2016, em um amistoso contra a seleção de San Marino, Mandžukić e Nikola kalinić marcaram 3 gols cada um na goleada por 10-0 sobre San Marino, em Rijeka (na Croácia), antes da disputa da Euro 2016; esta foi a maior goleada já aplicada pela seleção croata.

Na fase de grupos da Eurocopa de 2016, não encontrou dificuldades para se classificar para a fase de mata-mata, pois venceu a Turquia por 1-0 na estreia, depois ficou no empate em 2-2 com a República Tcheca na 2ª rodada e na última rodada da fase de grupos da Euro 2016, o técnico Ante Čačić optou por descansar alguns dos titulares, dentre eles o camisa 17 e mesmo com um time misto, a Croácia venceu a Espanha por 2-1 e se classificou para as oitavas-de-finais desta edição da Eurocopa.

Nas oitavas-de-finais da Euro 2016, a Croácia enfrentou Portugal e após 90 minutos de um empate em 0-0, nos últimos minutos da prorrogação, a seleção portuguesa contou com um gol de Ricardo Quaresma para eliminar a seleção croata nas oitavas de final.

  • Desempenho de Mandžukić na Euro 2016
Pd Gm A CA CV Mj nesta Euro
3 268

Copa do Mundo FIFA de 2018

Em 06/10/2016, em partida válida pela 2ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018, pela segunda vez na sua carreira, Mandžukić marcou um hat-trick pela seleção croata na goleada por 6-0 sobre a seleção de Kosovo. Na rodada seguinte das Eliminatórias, o camisa 17 foi o capitão da seleção croata e além de ter recebido a braçadeira de capitão, ele foi o autor do único gol da vitória da Croácia sobre a Finlândia.

Ao final da fase de grupos das Eliminatórias, a Croácia terminou na 2ª colocação do grupo I com 20 pontos conquistados – 6 vitórias, 2 empates e duas derrotas -, ficando atrás apenas da seleção da Islândia e com isso, a seleção croata teve de decidir a vaga para a Copa do Mundo na Rússia contra a seleção da Grécia. No primeiro confronto entre as duas seleções, Mandžukić viu do banco os seus compatriotas vencer os gregos por 4-1. No segundo confronto entre a Croácia e a Grécia em Pireu, região metropolitana de Atenas (na Grécia), as duas seleções ficaram no empate em 0-0 e por ter vencido o primeiro jogo por um placar elástico, a seleção croata se classificou para a Copa do Mundo FIFA de 2018.

Em 4 de junho de 2018, o técnico Zlatko Dalić anunciou a lista dos 23 jogadores convocados para a disputa da Copa do Mundo e obviamente que o nome de Mario Mandžukić estava presente nesta lista. Doze dias depois da definição dos jogadores que iriam disputar a Copa do Mundo FIFA de 2018, a seleção da Croácia fez a sua estreia na Copa e venceu a Nigéria pelo placar de 2-0. Na partida seguinte da fase de grupos, a seleção croata derrotou uma seleção bicampeã mundial por 3-0; a Argentina. Com a vaga para a fase de mata-mata da Copa do Mundo FIFA de 2018 praticamente assegurada com duas vitórias nas duas primeiras rodadas, Zlatko Dalić optou por poupar alguns dos atletas e dentre eles, o Mario Mandžukić e mesmo sem ele em campo, a Croácia venceu a Islândia por 2-1.

Nas oitavas-de-finais, a Croácia enfrentou a Dinamarca e logo no primeiro minuto da partida, o zagueiro Zanka abriu o placar e colocou os dinamarqueses em vantagem, mas 3 minutos depois o camisa 17 empatou a partida e esse empate persistiu pelo tempo regulamentar e não foi só isso, o empate em 1-1 também persistiu até o fim da prorrogação e com isso, a Croácia e a Dinamarca tiveram de decidir a vaga para as quartas-de-finais nos pênaltis e nas penalidades os croatas levaram a melhor e venceram por 3-2 e assim sendo, os croatas avançaram para a fase seguinte da Copa do Mundo FIFA de 2018.

Nas quartas-de-finais, a seleção croata enfrentou a seleção anfitriã, a Rússia, e apesar de não ter feito o gol que empatou a partida para a Croácia no tempo regulamentar, Mandžukić proveu a assistência para o gol de Andrej kramarić e com a persistência do empate em 1-1 no tempo regulamentar, as duas seleções tiveram de jogar a prorrogação e as duas equipes marcaram gols no tempo extra, mas no final da prorrogação empate em 2-2 e com isso, a Croácia e a Rússia tiveram de decidir a vaga para as semifinais da Copa do Mundo nos pênaltis e nas penalidades os croatas levaram a melhor novamente e desta vez venceram por 4-3 e assim sendo, a seleção croata avançou para a fase seguinte desta Copa.

Nas semifinais, a Croácia enfrentou a Inglaterra e após um empate em 1-1 no tempo regulamentar, os croatas tiveram de jogar uma prorrogação pela 3ª vez e aos 4 minutos do segundo tempo da prorrogação, Mandžukić marcou o segundo gol da Croácia e não foi só isso, este tento que ele marcou foi o gol da classificação da seleção croata para a final da Copa do Mundo FIFA de 2018. Pela primeira em sua história após conquistar a sua independência, a Croácia chegou a sua primeira final de Copa do Mundo.

Em 15/07/2018, a França e a Croácia decidiram o título da Copa do Mundo FIFA de 2018 e para a infelicidade de Mandžukić, ele marcou o primeiro gol da partida, mas foi um gol contra, mas ainda convém lembrar que ele se redimiu e marcou um gol a favor, no entanto, mesmo com o camisa 17 marcando um dos gols da seleção croata nesta partida, a França venceu a Croácia por 4-2 e com isso, a França foi a campeã da Copa do Mundo FIFA de 2018. Quanto a Mandžukić, ele se tornou o segundo jogador da história da Copa do Mundo a marcar um gol a favor e contra no mesmo jogo – o primeiro foi Ernie Brandts da Holanda em uma partida da Copa do Mundo de 1978 contra a Itália – e o primeiro jogador a fazer isso em uma final.

  • Desempenho de Mandžukić na Copa do Mundo FIFA de 2018
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa do Mundo
6 3 1 2 609

Aposentadoria

Em 14/08/2018, Mario Mandžukić anunciou a sua aposentadoria do futebol internacional. Até o momento, ele é o segundo maior artilheiro da história da seleção da Croácia com 33 gols marcados em 89 partidas disputadas. Nesta coletivo onde ele anunciou que não atuaria mais pela seleção croata, ele disse que ele e os compatriotas que atuaram na Copa realizaram um sonho e que eles alcançaram um sucesso histórico e ele finalizou dando a seguinte declaração:

-“Esse mês, incluindo as boas-vindas em Zagreb, Slavonski Brod e toda a Croácia, continuará a ser a memória mais importante da minha carreira. Esta foi a mais bela jornada da seleção nacional e meu retorno favorito à pátria. Estou mais do que feliz, satisfeito e extremamente orgulhoso dessa medalha de prata, que foi forjada ao longo dos anos, através de dor, esforço, trabalho, decepções e momentos difíceis. Não há momento ideal para se aposentar.[…]”

  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de Mandžukić com a camisa da seleção da Croácia
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 14 de agosto de 2018 por Flipper

Prêmios individuais
  • Melhor Gol do Campeonato Croata: 2008-09
  • Melhor jogador do campeonato croata: 2008-09
  • Segundo Melhor gol da EURO: 2012
  • Jogador Croata do Ano: 2012
  • 77º melhor jogador do ano de 2012 (The Guardian)
  • Artilheiro da Copa Audi de 2013 – 2 gols
  • Artilheiro Eurocopa 2012: 3 gols
  • Gol do ano da UEFA: 2016–17

Considerações Finais

Com base em todos os dados apresentados aqui pode-se concluir que além de ser especialista em marcar gols, Mario Mandžukić também é versátil e ótimo no jogo aéreo. Ele é conhecido por se doar em campo seja atacando ou defendendo a ponto de Michael Cox (um analista da ESPN) afirmar que Mandžukić desempenha um papel importante nas equipes em que ele joga, pois ele pressiona os seus oponentes energeticamente quando eles tentam jogar a bola para fora do campo e no momento em que o time pelo qual ele atua está sendo atacado, ele também é extremamente diligente e disciplinado na marcação para defender atrás da linha da bola se os seus oponentes conseguem contornar a pressão de sua equipe.

Além da sua capacidade como um jogador de futebol, Mandžukić também é conhecido por sua determinação, liderança e força mental, e ele também é descrito como um “grande jogador” na mídia, devido a sua tendência a marcar gols decisivos em importantes competições; jogos para o clube e o país.

E para vocês? Mandžukić é um dos melhores atacantes da atualidade?



Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui