Quando cita-se um dos jogadores brasileiros que está atuando no futebol inglês, mais especificamente um jogador que passou pelas categorias de base do Juventus da Mooca, do Corinthians e do São Paulo e depois jogou pela equipe principal do tricolor paulista – São Paulo – e foi a segunda maior venda da história do São Paulo Futebol Clube, o nome de Lucas Moura que atualmente joga pelo Tottenham da Inglaterra e que também já teve passagem pela Seleção Brasileira deve ser levado em conta.

Lucas Rodrigues Moura da Silva nasceu em 13/08/1992 em Santo André, cidade que se localiza na região metropolitana de São Paulo. Na temporada passada – 2018-19 -, Lucas foi o principal responsável por classificar o Tottenham para uma inédita final de Liga dos Campeões. No entanto, o que mais se sabe sobre a carreira de Lucas Moura? Por quais clubes ele jogou?

Juvenil

Lucas Moura começou a dar os seus primeiros passos no futebol no município de Diadema, mais uma cidade que se localiza na região metropolitana de São Paulo, na escolinha do ex-jogador Lucas Miguelão e devido a sua fisionomia ser parecida com a do ex-jogador Marcelinho Carioca – jogador que teve passagens pelo Santos, Flamengo, Vasco, além de uma passagem vitoriosa pelo Corinthians -, ele passou a ser chamado de Marcelinho. Alguns meses depois, ele teve uma breve passagem por uma outra escolinha, a SERC, localizada no bairro de Santa Maria, em São Caetano do Sul.

Depois de algum tempo, ele passou a jogar pela Juventus da Mooca, time da cidade de São Paulo e aos 10 anos de idade, Lucas foi para o Corinthians, permaneceu nas categorias de base durante e anos. Assim que chegou ao time, ele recebeu um convite para fazer parte das categorias de base do São Paulo Futebol Clube. Jorge, pai do jogador, começou a se preocupar com a rotina dele neste período, pois os pais temiam que Lucas tivesse uma queda em seu rendimento escolar e também como jogador. O atleta estudava no período da manhã, treinava a tarde e só conseguia chegar em casa à noite, pois para retornar, ele precisava pegar dois ônibus. Os familiares também se preocupavam com o método que o clube utilizava para ganhar massa muscular.

Preocupados com a rotina de Lucas, os seus pais pediram aos dirigentes do Corinthians que Lucas tivesse um acompanhamento de uma nutricionista para ganhar massa muscular de forma correta. Além disso, pediram para o clube arrumar uma escola próxima e um alojamento para o atleta. Seu Jorge, pai de Lucas Moura, revelou que a resposta dos dirigentes foi: “agora não podemos ver isso”. A família esperou por uma providência por 3 anos e ela não veio e por esta razão, quando o contrato com o Corinthians acabou, o pai foi convidado a ir até Cotia, conhecer o CT – Centro de Treinamento – do São Paulo.

Trecho retirado do site a seguir> https://www.blogmulheresemcampo.com.br/news/ole-ole-ole-ola-lucas-lucas/

 

A Carreira de Lucas Moura em Números

 

São Paulo

sao-paulo-logo

Categorias de base

Lucas Moura chegou ao São Paulo aos 13 anos de idade quando ele ainda era conhecido como Marcelinho. Logo na primeira semana que Lucas começou a treinar no seu novo clube, o pai do jogador acabou passando novamente pela mesma situação que havia passado anteriormente – quando Lucas chegou ao Corinthians, os dirigentes do São Paulo haviam feito um convite para que o jogador treinasse nas categorias de base do tricolor. Porém, desta vez a situação era a inversa do que havia acontecido antes – desta vez foram os dirigentes do Corinthians que fizeram o convite para que Lucas voltasse a treinar nas categorias de base do time alvinegro, Corinthians. O pai do jogador fez a mesma escolha quando isso aconteceu pela primeira vez e acabou optando pela permanência do seu filho no time em que estava treinando, neste caso o Tricolor Paulista (São Paulo).

Logo após chegar ao clube, o jogador teve uma melhora no desempenho do seu futebol e ainda no primeiro ano, Lucas foi campeão paulista da sua categoria atuando pelo seu novo clube. Permaneceu atuando nas categorias de base do clube até chegar à faixa etária dos jogadores que disputam a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Depois de ser campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2010 pelo tricolor paulista, onde teve atuações de destaque, que acabaram fazendo com que o técnico do São Paulo tivesse interesse e acabou sendo integrado no elenco profissional do São Paulo no mês de agosto do mesmo ano, através do técnico Sérgio Baresi. Porém, ainda sob o comando de Ricardo Gomes, o jogador não teve oportunidade de estrear profissionalmente.

2010

Como já foi mencionado acima, Lucas Moura – ainda conhecido como Marcelinho – fez a sua estreia pela equipe principal do São Paulo no mês de agosto de 2010, mais precisamente em 8 de agosto de 2010 em jogo válido pela 13ª rodada do Brasileirão – Campeonato Brasileiro – diante do Atlético-PR na Arena da Baixada em Curitiba, ao qual o técnico interino Milton Cruz – não fazia muito tempo que o técnico Ricardo Gomes havia sido demitido – o colocou no lugar do meia Cléber Santana aos 45 minutos do segundo tempo e por falar no jogo, as duas equipes ficaram no empate em 1-1.

Em 25/08/2010, em partida válida pela 16ª rodada do Brasileirão, o até então Marcelinho teve a sua primeira chance entre os titulares diante do Vasco da Gama, no estádio do Morumbi, desta vez sob o comando de outro técnico interino Sérgio Baresi, que comandou o time até a chegada de Carpegiani – atualmente ele é técnico do Vitória da Bahia – e quanto ao jogo, São Paulo e Vasco ficaram no empate em 0-0.

Lucas Moura jogando diante do Fluminense em 29/08/2010, partida válida pela 17ª rodada do Brasileirão.

Em 05/09/2010, em um confronto pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro diante do Atlético-MG, Lucas marcou o seu primeiro gol como profissional no triunfo do tricolor paulista por 3-2 sobre a equipe mineira.

Depois de jogar nove partidas como profissional sendo chamado pelo apelido de Marcelinho, o jogador pediu para ser chamado pelo seu nome verdadeiro e que não havia pedido antes porque achava normal, mas ele resolveu tomar esta decisão porque ele queria fazer a sua própria história no futebol, sem ser comparado com ninguém. O primeiro jogo dele como Lucas, ocorreu em 16/09/2010, contra o Internacional pelo Campeonato Brasileiro, confronto no qual o São Paulo foi derrotado por 3-1 em pleno Morumbi. Na rodada seguinte do Brasileirão, Lucas jogou o seu primeiro Choque-Rei – clássico entre Palmeiras e São Paulo – como profissional e ele foi o principal destaque na vitória do tricolor paulista sobre o verdãoPalmeiras – por 2-0, pois além de marcar um dos tentos deste triunfo, ele também deu o passe para Fernandão deixar o dele na partida.

Em 03/11/2010, em jogo válido pela 33ª rodada do Brasileirão, Lucas Moura marcou o seu terceiro tento na carreira na vitória por 2-0 sobre o Cruzeiro no estádio do Morumbi.

Em 05/12/2010, em partida válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, Lucas marcou o seu último tento nesta temporada na goleada do São Paulo por 4-0 sobre o Atlético-MG.

Em suma, no seu primeiro ano como profissional, Lucas Moura jogou 25 partidas, marcou 4 tentos e proveu 4 assistências e não foi por acaso que a FIFA – entidade máxima do futebol – citou o jogador como uma das principais revelações do ano.

  • Números de Lucas Moura na sua 1ª Temporada no São Paulo
Pd Gm A CA CV Mj no ano de 2010
 25 *4 4 4 1855

Pd – Partidas disputadas; Gm – Gols marcados; A – Assistências; CA – Cartões amarelos; CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

* Gols válidos pelo Brasileirão 2010

2011

Em 17 de fevereiro de 2011, Lucas renovou o seu contrato com o São Paulo até o dia 31 de dezembro de 2015, tendo agora uma multa rescisória de 180 milhões de reais, fato que naquela época o tornou o segundo jogador mais caro do país, atrás apenas de Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo. Em 06/04/2011, em um dos confrontos do São Paulo pela 2ª fase da Copa do Brasil, Lucas teve a sua primeira expulsão como profissional no jogo contra o Santa Cruz, causada por um desentendimento com o zagueiro Everton Sena, que ficou responsável por marcá-lo nos 2 confrontos.

Em 22/05/2011, o São Paulo estreou no Campeonato Brasileiro vencendo o Fluminense pelo placar de 2-0 e um dos autores dos 2 gols da vitória do tricolor paulista fora de casa foi o Lucas. Na rodada seguinte, ele marcou o único gol da partida em nova vitória do São Paulo no Morumbi diante do Figueirense.

Em 04/12/2011, em jogo válido pela última rodada do Brasileirão diante do Santos no Morumbi, Lucas marcou o seu último tento nesta temporada na goleada por 4-1 sobre o rival.

Ao final do Brasileirão 2011, Lucas tornou-se o goleador mais jovem do São Paulo na história desta competição, ele anotou 9 gols durante o campeonato.

  • Números de Lucas Moura na sua 2ª Temporada no São Paulo
Pd Gm A CA CV Mj no ano de 2011
 43 *13 **5 11 2 3623

* 13 gols dos quais 9 foram pelo Brasileirão, 3 pelo Paulistão e 1 pela Copa Sul-americana

** conta-se apenas as assistências que ele proveu pelo Brasileirão e pela Copa Sul-americana

2012

Depois de uma ótima segunda temporada com a camisa do São Paulo, Lucas Moura começou o ano de 2012 muito criticado pelo individualismo, mas ele deu a volta por cima e se tornou a principal arma ofensiva do tricolor paulista ao lado do centroavante Luís Fabiano, marcando gols importantes, como o único da vitória sobre o Coritiba na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil em 14 de junho de 2012. Três dias depois, desta vez em partida válida pelo Brasileirão contra o Atlético-MG, Lucas atingiu a marca de 100 jogos com a camisa do São Paulo e ele celebrou esta marca em grande estilo, pois o tricolor paulista venceu este duelo com a equipe mineira por 1-0.

Em 30/06/2012, em jogo válido pela 7ª rodada do Brasileirão, Lucas Moura marcou um dos gols na vitória do São Paulo por 3-2 sobre o Cruzeiro em pleno Mineirão, estádio do adversário do clube paulista.

Em 27/10/2012, em um jogo contra o Sport válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, Lucas marcou o seu 2° hat-trick – ocorre quando um jogador faz 3 ou mais gols numa única partida – da carreira e o 1º e único com a camisa do São Paulo, neste jogo, o São Paulo bateu a equipe pernambucana por 4-2 em plena Ilha do Retiro, estádio do Sport.

Veja Também!  Placar em tempo real Leicester x Tottenham Futebol Ao Vivo Jogo Online - Campeonato Inglês

Paralelamente a disputa do Brasileirão, o São Paulo também avançava de fase na Copa Sul-americana e depois de passar pelo Bahia na primeira fase deste torneio e logo em seguida eliminar a LDU Loja do Equador, em 08/11/2012, no segundo jogo das quartas-de-finais da Sul-americana, Lucas foi um dos destaques na goleada por 5-0 sobre a Universidad de Chile com 1 gol e uma assistência para o gol de Luís Fabiano.

O adversário das semifinais era a Universidad Católica do Chile e depois de um empate em 1-1 fora de casa e outro empate em 0-0 no Morumbi, o São Paulo avançou para a final pelo critério gol fora de casa.

O adversário da final era o Tigre da Argentina e após um empate em 0-0 fora de casa, em 12/12/2012, Lucas fez o seu último jogo pelo São Paulo, antes de se apresentar ao Paris Saint-Germain. No jogo, Lucas fez 1 gol e deu assistência para o segundo gol do São Paulo, gol de Osvaldo, na vitória do clube paulista sob o Tigre da Argentina, pela final da Copa Sul-Americana, onde a equipe comandada por Ney Franco sagrou-se campeã deste torneio.

Lucas Moura segurando o troféu da Copa Sul-americana ao lado do capitão do time naquela final, o goleiro Rogério Ceni.
  • Números de Lucas Moura na sua 3ª e última Temporada no São Paulo
Pd Gm A CA CV Mj no ano de 2012
 60 *16 **10 8 5181

* 16 gols dos quais 6 foram pelo Brasileirão, 6 pelo Paulistão, 2 pela Copa Sul-americana e 2 pela Copa do Brasil

** conta-se apenas as assistências que ele proveu pelo Brasileirão e pela Copa Sul-americana

Títulos que conquistou no São Paulo

  • Copa São Paulo de Futebol Juniores 2010
  • Copa Sul-americana 2012
  • o vídeo abaixo mostra os melhores momentos de Lucas Moura enquanto ele defendeu o São Paulo
  • este vídeo foi publicado no YouTube em 1 de outubro de 2016 por Mth HD

 

Paris Saint-Germain

Logo Paris Saint-Germain

2012-13

Em 08 de agosto de 2012, o São Paulo anunciou a venda de Lucas ao Paris Saint-Germain por 43 milhões de euros (o equivalente a 108,34 milhões de reais), tornando-se esta a segunda maior transferência em toda a história do futebol brasileiro, superando a de Oscar, que havia sido transferido para o Chelsea algumas semanas antes. O acordo previa que Lucas se apresentasse a equipe francesa em janeiro de 2013. Quanto aos valores, ficou definido que o São Paulo receberia 75% do montante, o que corresponde a 32,2 milhões de euros (81 milhões de reais). O atacante e os seus representantes ficaram com o restante, 25%, o equivalente a 27 milhões de reais (10,7 milhões de euros).

Lucas Moura sendo apresentado como o mais novo reforço do Paris Saint-Germain. Á esquerda de Lucas, Nasser Al-Khelaïfi – o presidente do PSG – e a direita dele Leonardo, diretor do PSG naquela época.

Lucas Moura se apresentou oficialmente ao Paris Saint-Germain no dia 31 de dezembro de 2012 e assim que chegou ao seu novo clube, ele disse que o diretor esportivo Leonardo o ajudou muito em sua decisão de se mudar para a França.

Pouco tempo depois, mais precisamente em 2 de janeiro de 2013, Lucas Moura fez a sua estreia com a camisa do PSG – Paris Saint-Germain – contra o Lekhwiya, do Catar, onde o clube francês goleou a equipe catariana por 5-1, em um amistoso realizado na cidade de Doha, capital do Catar. Lucas atuou por apenas 45 minutos neste amistoso de pré-temporada do Paris Saint-Germain.

Em 11/01/2013, em partida válida pela 20ª rodada da Ligue 1 – Campeonato Francês -, Lucas Moura fez a sua estreia em partidas oficiais com a camisa do Paris Saint-Germain diante do Ajaccio e além de estrear oficialmente com a camisa do seu novo clube, ele também iniciou esta partida entre os titulares sendo que este jogo era no estádio Parc des Princes – estádio do PSG – e não é só isso, quando ele foi substituído aos 39 minutos da segunda etapa, ele foi bastante aplaudido, e teve seu nome cantado,mas mesmo com toda esta atmosfera, o clube parisiense – Paris Saint-Germain – e o Ajaccio ficaram no empate em 0-0.

Em 20/01/2013, em jogo válido pela 21ª rodada da Ligue 1, na sua segunda partida como jogador do PSG, Lucas deu o passe para Zlatan Ibrahimović o único gol da partida, mas um gol que valeu a vitória do Paris Saint-Germain diante do Bordeaux.

Em 01/02/2013, em mais um jogo da Ligue 1 – válido pela 23ª rodada – diante do Toulouse, Lucas não marcou gols na goleada por 4-0 sobre o “le tef” – Toulouse -, mas contribui com este triunfo dando passes para os gols de Ibrahimović e de Mamadou Sakho.

Paralelamente a disputa da Ligue 1, o clube parisiense também se encontrava nas oitavas-de-finais da UEFA Champions League e em 12/02/2013, data do primeiro confronto diante do Valencia no estádio Mestalla na Espanha, o Paris Saint-Germain venceu por 2-1 e um dos gols marcados pelo clube francês teve a participação de Lucas, pois ele proveu a assistência para o gol do meia Javier Pastore nesta partida. No segundo confronto entre as duas equipes no estádio Parc des Princes, o PSG e o Valencia ficaram no empate em 1-1. Na fase seguinte, o clube francês enfrentou mais um clube espanhol, o Barcelona, e depois de um empate em 2-2 jogando no seu estádio, o PSG empatou com o Baça em 1-1 fora de casa e pelo critério gol fora de casa, o clube francês deu adeus a esta competição.

Ao final desta temporada, o Paris Saint-Germain foi o campeão da Ligue 1 e por conseguinte, Lucas Moura conquistava o seu primeiro título pelo seu novo clube.

  • Números de Lucas Moura na sua 1ª Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
 15 6 1 1068

2013-14

No primeiro jogo do Paris Saint-Germain na temporada 2013-14, em 3 de agosto de 2013 na decisão da Supercopa da França, o clube parisiense enfrentou o Bordeaux na final e venceu pelo placar de 2-1 sendo que o último gol do PSG teve participação do Lucas, pois ele proveu a assistência para o gol do zagueiro Alex, gol que decretou o resultado deste jogo.

Em 13/09/2013, diante do mesmo Bordeaux, mas desta vez em confronto válido pela 5ª rodada da Ligue 1, Lucas Moura marcou o seu primeiro gol com a camisa do Paris Saint-Germain em mais uma vitória do clube parisiense, desta por 2-0.

Em 01/11/2013, em jogo válido pela 12ª rodada do Campeonato Francês, Lucas marcou o seu segundo tento com a camisa do PSG na goleada por 4-0 sobre o Lorient e não é só isso, além de marcar um gol neste jogo, ele também cruzou uma bola na cabeça de Cavani para ele marcar o seu primeiro tento neste jogo, o centroavante uruguaio marcou 2 gols nesta partida.

Lucas Moura marcou o seu penúltimo gol com a camisa do PSG nesta temporada em 10 de maio de 2014, em partida válida pela penúltima rodada da Ligue 1, na qual o clube parisiense venceu o Lille pelo placar de 3-1. Além de marcar um dos gols da vitória do PSG neste jogo, Lucas também proveu assistências para os gols do zagueiro Marquinhos e do volante Matuidi.

Ao final da temporada 2013-14, Lucas se consagrou novamente, pela segunda vez, campeão do Campeonato Francês, sendo o quarto título seguido do Paris Saint-Germain neste campeonato. No jogo que marcou a entrega da taça da Ligue 1 – partida válida pela última rodada da Ligue 1 em 17/05/2014 – Lucas deixou o seu gol na goleada por 4-0 sobre o Montpellier.

  • Números de Lucas Moura na sua 2ª Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
 53 *5 17 3 2970

* Gols válidos pela Ligue 1

2014-15

Com a transferência de Jérémy Ménez para o Milan da Itália, Lucas recebeu a camisa de número 7 – o mesmo número que ele usava quando jogava pelo São Paulo. Em 2 de agosto de 2014, Lucas Moura fez a sua estreia pelo Paris Saint-Germain na temporada 2014-15 nos últimos 5 minutos na decisão da Supercopa da França diante do Guingamp ao entrar no lugar do meia argentino Javier Pastore e por falar no jogo, o clube parisiense venceu o Guingamp por 2-0.

Em 16/08/2014, em confronto válido pela 2ª rodada da Ligue 1, Lucas marcou o seu primeiro tento nesta temporada na vitória do PSG por 2-0 sobre o Bastia.

Em 24/09/2014, em mais uma partida pela Ligue 1, desta vez válida pela 7ª rodada, Lucas Moura marcou o primeiro gol na vitória do clube parisiense por 2-0 sobre o Caen. Pouco mais de dez dias depois, pela 9ª rodada do Campeonato Francês, o novo camisa 7 do PSG marcou o gol que colocou o clube parisiense na frente do placar, mas o Mônaco empatou no final da partida, este foi o terceiro tento do brasileiro nesta temporada.

Em 25/10/2014, em jogo válido pela 11ª rodada da Ligue 1, pela primeira vez desde que assinou com o Paris Saint-Germain, Lucas marcou o seu primeiro doblete – 2 gols num mesmo jogo – em triunfo por 3-0 sobre o Bordeaux.

Lucas Moura e o atacante sueco Zlatan Ibrahimović.

Em 09/11/2014, em partida da 13ª rodada do Campeonato Francês, Lucas Moura igualou a marca que ele tinha chegado na temporada anterior ao marcar um dos gols da vitória do PSG por 2-0 sobre o Olympique de Marselha, em outras palavras, ele marcou o seu sexto gol nesta temporada. Posteriormente, o camisa 7 marcou mais 2 tentos nesta temporada, na vitória por 3-0 sobre o Montpellier na Copa da França e na derrota por 4-2 diante do Bastia na 20ª rodada da Ligue 1.

Ao final desta temporada, Lucas foi mais uma vez campeão da Ligue 1 com o PSG e ele também fez parte das conquistas da Copa da França e da Copa da Liga Francesa.

  • Números de Lucas Moura na sua 3ª Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
 46 *8 10 4 2882

* 8 gols dos quais 7 foram pela Ligue 1 e 1 pela Copa da França

2015-16

Logo no início da temporada 2015-16, na estreia do PSG na Ligue 1, Lucas marcou o seu primeiro gol desta temporada na vitória do clube parisiense por 1-0 sobre o Lille.

Em 25 de outubro de 2015, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Francês, o atacante brasileiro marcou o seu segundo tento nesta temporada na goleada por 4-1 sobre o Saint-Étienne.

Paralelamente a disputa da Ligue 1, o Paris Saint-Germain também disputava a UEFA Champions League e em 25/11/2015, em partida válida pela penúltima rodada da fase de grupos, Lucas marcou o seu primeiro tento nesta competição 13 minutos depois de entrar no lugar de Thiago Motta, ele marcou o último gol da goleada por 5-0 sobre o Malmö da Suécia, marcou aos 37 minutos da segunda etapa.

Veja Também!  Como assistir Botafogo x São Paulo Futebol AO VIVO - Campeonato Brasileiro de 2019

Em 08/12/2015, na última rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, diferentemente do que aconteceu na rodada anterior, desta vez Lucas iniciou a partida entre os titulares e ele marcou o seu segundo tento nesta competição na vitória por 2-0 sobre o Shakhtar Donetsk da Ucrânia no estádio Parc des Princes.

Em 9 de abril de 2016, em partida válida pela 33ª rodada da Ligue 1, pela segunda vez desde que passou a ser jogador do Paris Saint-Germain, Lucas marcou o seu segundo doblete pelo clube parisiense na vitória por 2-0 sobre o Guingamp.

Em 14/05/2016, em jogo da última rodada da Ligue 1, para celebrar a conquista de mais um título do Campeonato Francês, o PSG goleou o Nantes por 4-0 e Lucas Moura marcou o seu último tento nesta temporada nesse jogo. No total, até aqui esta foi a melhor temporada dele com a camisa do Paris Saint-Germain, mas na verdade, a sua melhor temporada com a camisa do clube parisiense ainda estava por vir.

  • Números de Lucas Moura na sua 4ª Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
 56 *13 5 5 3169

* 13 gols dos quais 9 foram pela Ligue 1, 2 pela UEFA Champions League, 1 pela Copa da França e 1 pela Copa da Liga Francesa

2016-17

A temporada 2016-17 mal começou e logo na primeira partida do Paris Saint-Germain nesta temporada, em 6 de agosto de 2016, Lucas marcou um dos tentos na goleada por 4-1 sobre o Lyon na decisão da Supercopa da França e pela quarta vez seguida, o brasileiro se sagrava campeão desta competição.

Em 21/08/2016, em jogo válido pela 2ª rodada da Ligue 1, o clube parisiense venceu o Metz pelo placar de 3-0 e Lucas marcou o seu segundo gol nesta temporada e com isso, pode-se concluir que este foi o seu melhor início de temporada com a camisa do PSG.

Em 09/09/2016, em um jogo da 4ª rodada da Ligue 1 diante do Saint-Étienne, o atacante brasileiro abriu o placar da partida numa cobrança de pênalti, porém no último minuto de jogo o Saint-Étienne contou com Robert Beric para empatar o jogo e assim sendo, o resultado da partida foi um empate em 1-1. Nos 2 jogos seguintes do Campeonato Francês, Lucas marcou um dos gols na goleada por 6-0 sobre o Caen em pleno Stade Michel-d’Ornano, estádio do Caen, e marcou um dos gols na vitória por 3-0 sobre o Dijon no Parc des Princes.

Paralelamente a disputa do Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain também disputava a UEFA Champions League e em 19/10/2016, em jogo válido pela 3ª rodada da fase de grupos, o atacante brasileiro marcou um dos gols na vitória do clube francês por 3-0 sobre o Basel da Suíça.

Em 14/12/2016, o PSG iniciava o caminho até a final da Copa da Liga Francesa vencendo o Lille por 3-1 nas oitavas-de-finais e convém lembrar que 2 dos 3 gols do clube parisiense nesta partida foram de Lucas Moura.

Em 24 de janeiro de 2017, em confronto com o Bordeaux válido pela semifinal da Copa da Liga Francesa, ao qual o Paris Saint-Germain bateu o adversário pelo placar de 4-1, além do atacante brasileiro ter celebrado o seu jogo de número 200 com a camisa do clube parisiense, ele também deu o passe para Cavani marcar um dos seus tentos neste jogo.

Em 14/05/2017, em partida válida pela penúltima rodada da Ligue 1, Lucas voltou a marcar um doblete na goleada por 5-0 sobre o Saint-Étienne e com isso, ele encerrou esta temporada com 19 gols marcados em 53 partidas disputadas, mas apesar do seu desempenho nesta temporada, o PSG não foi o campeão da Ligue 1 2016-17, desta vez o Mônaco conquistou o título do Campeonato Francês, mas convém lembrar que o clube parisiense foi o campeão da Copa da França e também o campeão da Copa da Liga Francesa e indubitavelmente, esta foi a melhor temporada de Lucas com a camisa do Paris Saint-Germain.

  • Números de Lucas Moura na sua 5ª Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
 53 *19 10 3478

* 19 gols dos quais 12 foram pela Ligue 1, 3 pela Copa da França, 2 pela Copa da Liga Francesa, 1 pela UEFA Champions League e 1 pela Supercopa da França

2017-18

Com a chegada do compatriota Neymar – esta foi a transação mais cara na história do futebol mundial até este momento – e do meia-atacante Kylian Mbappé, Lucas Moura perdeu espaço no time e com isso, o técnico Unay Emery pouco o escalava entre os titulares e às vezes nem o relacionava para alguns jogos e assim sendo, ele só jogou 6 partidas e esteve em campo por apenas 79 minutos, mas ainda assim, em 8 de setembro de 2017, em jogo válido pela 5ª rodada da Ligue 1, aos 33 minutos da segunda etapa, Lucas entrou no lugar de Cavani e marcou o gol que decretou a goleada de 5-1 do PSG sobre o Metz.

Com o passar do tempo, cada vez mais ele perdia espaço no time e segundo uma matéria publicada no site Fox Sports Brasil em 23 de janeiro de 2018, ele mostrou o seu descontentamento com esta situação e disse o seguinte: “estou chateado por não jogar mais, de não poder me expressar como fazia. Desde que cheguei a Paris, tinha uma média de 50 partidas por temporada. Ainda que não fosse sempre titular, conseguia contribuir. Nesta temporada tudo mudou e não estou contente”, reclamou o brasileiro.

O meia-atacante, contratado pelo PSG em 2012 por 40 milhões de euros, já recusou uma proposta de empréstimo do Nantes. Segundo a imprensa francesa, entre os clubes interessados em contar com o jogador está o Manchester United da Inglaterra e por coincidência, Lucas foi jogar na Inglaterra, mas este clube inglês não era o Manchester United.

  • Números de Lucas Moura na sua 6ª e última Temporada no Paris Saint-Germain
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
 6 *1 1 1 79

* Gol válido pela Ligue 1

Títulos que conquistou no Paris Saint-Germain

  • Ligue 1 2012–13, 2013–14, 2014–15, 2015–16 e 2017–18
  • Copa da França 2014–15, 2015–16 e 2016–17
  • Copa da Liga Francesa 2013–14, 2014–15, 2015–16 e 2016–17
  • Supercopa da França de 2013, 2014, 2015 e 2016
  • o vídeo abaixo mostra alguns dos melhores momentos de Lucas Moura com a camisa do Paris Saint-Germain
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 8 janeiro de 2017 por NJ7 Footz

Tottenham

2017-18

Lucas Moura sendo apresentado como o mais novo reforço do Tottenham.

Em 31 de janeiro de 2018, Lucas Moura foi anunciado como o mais novo reforço do Tottenham da Inglaterra, ele assinou um contrato com o seu novo clube até o ano de 2023 e para contar com o meia-atacante brasileiro, o clube londrino teve de desembolsar 25 milhões de libras (o equivalente a 123,7 milhões de reais).

Em 13/02/2018, no primeiro confronto das oitavas-de-finais da UEFA Champions League, Lucas fez a sua estreia com a camisa dos Spurs – Tottenham – ao entrar no lugar do argentino Érik Lamela aos 44 minutos do segundo tempo, jogo no qual o Tottenham enfrentou a Juventus em Turim na Itália e as duas equipes ficaram no empate em 2-2. Cinco dias depois, desta vez em partida válida pela 5ª rodada da Copa da Inglaterra, Lucas marcou o seu primeiro gol com a camisa dos Spurs no empate em 2-2 com o Rochdale fora de casa. Uma semana depois – 25/02/2018 -, o brasileiro fez a sua estreia na Premier League, Campeonato Inglês, na vitória por 1-0 sobre o Crystal Palace ao entrar no lugar de Lamela aos 21 minutos da segunda etapa.

Lucas celebrando o seu primeiro tento como jogador dos Spurs.

Em 28/02/2018, no segundo confronto com o Rochdale na Copa da Inglaterra, Lucas teve outra boa atuação dando duas assistências para o atacante Llorente marcar 2 dos seus 3 gols na goleada por 6-1 sobre o Rochdale em Wembley e com este triunfo, os Spurs se classificaram para as quartas-de-finais da FA Cup (Copa da Inglaterra).

Em suma, na sua primeira temporada no Tottenham, Lucas jogou 11 partidas, fez 1 gol e proveu 4 assistências.

  • Números de Lucas Moura na sua 1ª Temporada no Tottenham
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
 11 *1 4 457

* Gol válido pela Copa da Inglaterra

2018-19

Lucas celebrando um dos gols que marcou na vitória do Tottenham por 3-0 sobre o Manchester United no Old Trafford.

Em 11 de agosto de 2018, na estreia do Tottenham na Premier League 2018-19, Lucas jogou a sua primeira partida como titular no campeonato nacional e logo no seu primeiro jogo nesta temporada, os Spurs venceram o Newcastle em pleno Saint James’s Park – estádio do Newcastle – por 2-1. Uma semana após a sua estreia, o brasileiro marcou o seu primeiro tento nesta temporada na vitória dos Spurs por 3-1 sobre o Fulham em Wembley.

Em 27/08/2018, em jogo válido pela 3ª rodada do Campeonato Inglês, pela primeira vez desde que assinou com o clube londrino, Lucas marcou um doblete na vitória dos Spurs por 3-0 sobre o Manchester United em pleno Old Trafford, estádio dos Red Devils (Manchester United). Com estas atuações nas 3 primeiras rodadas da Premier League renderam a Lucas Moura o Prêmio de Melhor Jogador do Mês.

Em 24/10/2018, em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o camisa 27 dos Spurs – Lucas Moura – marcou o seu primeiro gol pelo time londrino nessa competição no empate em 2-2 com o PSV Eindhoven da Holanda no Philips Stadion (estádio do time holandês).

Em 11/12/2018, em confronto válido pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, Lucas entrou em campo aos 26 minutos do segundo tempo no lugar de Heung-min Son e depois de 15 minutos, marcou o tento que evitou a derrota diante do Barcelona no Camp Nou – empate em 1-1 – e também a eliminação do Tottenham ainda na fase de grupos e com isso, os Spurs se classificaram para a fase de mata-mata da UEFA Champions League 2018-19.

Em 31 de março de 2019, em jogo da 32ª rodada da Premier League, Lucas Moura marcou o seu 10º tento nessa temporada na derrota dos Spurs por 2-1 ante o Liverpool fora de casa.

Em 13/04/2019, em confronto válido pela 34ª rodada do Campeonato Inglês, o camisa 27 marcou o seu primeiro hat-trick da temporada na goleada por 4-0 sobre o Huddersfield Town. Este foi o primeiro hat-trick do brasileiro na Europa e além disso, esta também foi a primeira vez que um jogador faz 3 gols no Tottenham Hotspur Stadium; novo estádio dos Spurs.

Lucas Moura celebrando um dos 3 gols que marcou diante do Ajax

Em 08/05/2019, no segundo confronto da semifinal da UEFA Champions League contra o Ajax da Holanda, Lucas Moura teve uma grande atuação e marcou os gols do Tottenham no triunfo por 3-2 sobre o Ajax em solo holandês. Vale ressaltar que os Spurs foram para o intervalo perdendo por 2-0 e ainda por cima, soma-se a isso o fato de que a equipe de Amsterdã havia vencido o time londrino por 1-0 no Tottenham Hotspur Stadium. Portanto, pela primeira vez na sua história, o Tottenham teria a chance de disputar o título da Liga dos Campeões. O desempenho de Lucas Moura nesse jogo foi tão impressionante que o jornal L’Équipe o premiou com uma nota 10, fazendo dele o 10º jogador a ser premiado com uma nota 10 por eles. Posteriormente, o Tottenham foi derrotado pelo Liverpool na final da UEFA Champions League 2018-19.

Veja Também!  Assistir ao gol de Pablo que fez Botafogo 1 x 2 São Paulo - Campeonato Brasileiro

Em suma, na sua 2ª temporada com a camisa dos Spurs, Lucas Moura disputou 49 partidas, fez 15 gols e proveu duas assistências. Quanto ao Tottenham, foi vice-campeão da Liga dos Campeões, terminou o Campeonato Inglês em 4º lugar, chegou até as semifinais da Copa da Liga Inglesa e foi eliminado antes das oitavas-de-finais da Copa da Inglaterra.

  • Números de Lucas Moura na sua 2ª Temporada no Tottenham
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
 49 *15 2 3 3172

* 15 gols dos quais 10 foram pela Premier League e 5 pela UEFA Champions League

2019-20

Em 9 de agosto de 2019, Lucas Moura assinou um novo contrato com os Spurs no qual ele estendeu o seu vínculo com o time londrino até o ano de 2024 e no dia seguinte (10/08/2019), na estreia do Tottenham na atual edição da Premier League, o camisa 27 foi um dos destaques da vitória por 3-1 sobre o Aston Villa ao prover a assistência para o gol do estreante Tanguy Ndombélé.

  • Números de Lucas Moura na sua 3ª e atual Temporada no Tottenham
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2019-20
 1 1 *90
    * essa temporada está em andamento
  • o vídeo abaixo mostra 13 dos 16 gols que Lucas Moura marcou com a camisa do Tottenham até aqui
  • este vídeo foi publicado no YouTube em 13 de abril de 2019 por KwameSZN

Os Números de Lucas Moura na Seleção Brasileira

Brasil

Seleções de Base

Em 30 de novembro de 2011, o técnico da seleção brasileira sub-20 – Ney Franco – convocou Lucas pela primeira vez para um amistoso e a joia do São Paulo se saiu bem e no ano seguinte, ele foi convocado para a disputa do Sul-americano Sub-20 onde ganhou repercussão nacional, ao se destacar nas partidas. Vestindo a camisa 10, ele foi o vice-artilheiro da competição, ficando atrás apenas de Neymar, ainda convém lembrar que o primeiro hat-trick da carreira de Lucas Moura ocorreu na última partida do Sul-americano Sub-20 onde o Brasil goleou o Uruguai por 6-0 e por coincidência, nas duas vezes em que marcou hat-tricks na sua carreira, isso ocorreu sob o comando do técnico Ney Franco.

Seleção Principal

Em 3 de março de 2011, o jogador foi convocado pela primeira vez para a seleção principal sob o comando do técnico Mano Menezes, para um amistoso contra a seleção da Escócia. Neste amistoso diante dos escoceses, Lucas começou no banco de reservas e atuou apenas durante os últimos 15 minutos de jogo, dando velocidade ao jogo com jogadas individuais e com arrancadas.

Em maio do mesmo ano (2011), ele foi convocado novamente para disputar mais dois amistosos, contra a Holanda e  contra a Romênia. No jogo diante dos holandeses, ele entrou na metade do segundo tempo, dando novamente, a um jogo lento, grande velocidade e jogadas individuais. Contra a Romênia, partida marcada pela despedida do atacante Ronaldo da seleção, Lucas entrou também na metade do segundo tempo e assim como ocorreu nos 2 amistosos anteriores, ele novamente deu velocidade ao jogo.

Em 07/06/2011, Mano Menezes o convocou novamente, desta vez, para a disputa da Copa América, torneio que realizar-se-ia na Argentina.

Copa América 2011

Convocado por Mano Menezes mais uma vez, desta vez para a disputa da Copa América 2011, Lucas foi um dos reservas mais acionados no torneio, mas ele atuou em todas as partidas – na estreia onde o Brasil e a Venezuela ficaram no empate em 0-0, na segunda rodada da fase de grupos, onde o Brasil e o Paraguai ficaram no empate em 2-2 e na vitória por 4-2 sobre o Equador e posteriormente na derrota para o Paraguai nos pênaltis nas quartas-de-finais – e como era costume, ele sempre entrava nos jogos na segunda etapa.

  • O Desempenho de Lucas na Copa América 2011
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa América
 4  0  0 64

Olimpíadas Londres 2012

Mesmo com a má campanha na Copa América na Argentina, Lucas foi um dos jogadores que continuou tendo chances com o técnico Mano Menezes e assim sendo, ele foi convocado para os amistosos seguintes e mesmo ficando mais no banco do que jogando, Lucas sempre era lembrado pelo Mano e no segundo jogo do Superclássico das Américas diante da seleção da Argentina, em 29/09/2011, Lucas teve uma atuação de gala, marcando um belo gol e sendo eleito o melhor jogador da competição.

Em julho do ano de 2012, o jogador do PSG fez parte do grupo que ganhou a medalha de Prata nas Olimpíadas de 2012. Apesar de ser reserva na competição, ele teve a chance de jogar como titular no último jogo da fase de grupos das Olimpíadas, jogo no qual a seleção brasileira venceu a Nova Zelândia por 3-0, porém ele não marcou nenhum dos 3 tentos e também não proveu assistência neste jogo, mas mesmo assim ele era muito ovacionado quando entrava nas partidas. Ao perder a final contra o México, Lucas foi um dos jogadores que desabou em campo e começou a chorar e este foi um dos fatos que marcou as Olimpíadas.

  • Desempenho de Lucas nas Olimpíadas de Londres de 2012
Pd Gm A CA CV Mj nestas Olimpíadas
 4  0  0 124

Copa das Confederações FIFA 2013

Lucas entrou no lugar de Neymar aos 29 minutos do segundo tempo na vitória do Brasil por 3-0 sobre o Japão na estreia da Copa das Confederações.

Apesar de Lucas ter passado por todas as divisões de base da Seleção Brasileira e ter sido um dos jogadores que mais frequentava as listas da era Mano Menezes – ele foi demitido após a conquista do título do Superclássico das Américas 2012 -, Lucas também teve a sua chance com o novo treinador da “seleção canarinho” – Luiz Felipe Scolari – e foi convocado para a disputa da Copa das Conferações FIFA 2013 realizada no Brasil, porém ele teve menos espaço com o Felipão, pois só jogou as duas primeiras partidas – contra o Japão e contra o México – da fase de grupos desta competição e depois disso, ele não teve mais espaço com o novo treinador.

Após a Copa das Confederações, o técnico Luiz Felipe Scolari e convocou para mais alguns amistosos, no entanto, o jogador do PSG acabou não sendo convocado para disputar a Copa do Mundo de 2014 em seu país.

  • Desempenho de Lucas Moura na Copa das Confederações FIFA 2013
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa das Confederações
 2  0  0 28

Copa América Centenário 2016

Após uma ausência de quase 2 anos da seleção brasileira, Carlos Caetano Bledorn Verri, simplesmente conhecido como Dunga o convocou novamente e convém lembrar que após o fracasso do Brasil em conquistar o título da Copa do Mundo FIFA de 2014 jogando em casa, Felipão pediu demissão do cargo de treinador da seleção brasileira, portanto a seleção estava sob nova direção, no entanto, após os amistosos diante da Costa Rica e dos Estados Unidos, Lucas não voltou a ser mais convocado por Dunga.

No dia 31 de maio de 2016, após Rafinha Alcântara ser detectado com uma lesão, Lucas foi chamado para o lugar dele para disputar a Copa América Centenário 2016, realizada nos Estados Unidos. A única vez em que ganhou uma oportunidade neste torneio foi na estreia – em 05/06/2016 – diante do Equador. Lucas entrou no lugar de Willian aos 31 minutos da segunda etapa, mas mesmo com a sua entrada, a seleção brasileira e a seleção equatoriana não saíram do empate em 0-0.

  • Desempenho de Lucas Moura na Copa América Centenário 2016
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa América
 1  0  0 14

Pós-Copa América

    • Posteriormente, o Brasil foi eliminado na fase de grupos dessa competição e com isso, Dunga foi demitido e para o seu lugar, a CBF – Entidade máxima do futebol brasileiro – apostou em Tite e a única vez em que o treinador deu uma oportunidade Lucas Moura para jogar foi no amistoso contra a Arábia Saudita em 12 de outubro de 2018, ao qual o Brasil venceu por 2-0 e na partida seguinte, Lucas viu do banco o Brasil vencer a Argentina por 1-0 e se sagrar campeão de mais uma edição do Superclássico das Américas.
Títulos que conquistou na Seleção Brasileira

  • Copa das Confederações FIFA de 2013
  • Superclássico das Américas 2011, 2012 e 2018
  • Campeonato Sul-Americano Sub-20 de 2011
  • o vídeo abaixo mostra os melhores momentos de Lucas Moura com a camisa da Seleção Brasileira
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 11 de junho de 2013 por Sara Alves

Total

Pd Gm A CA CV Mj
34 4 6 1 1043
Prêmios individuais:
  • Copa do Atlântico Sub-19: 2010 (Bola de Ouro)
  • Revelação do Campeonato Brasileiro: 2010
  • Campeonato Paulista: 2011 (Revelação do Campeonato)
  • Campeonato Paulista (Mesa Redonda): 2011 (Melhor Meia)
  • Campeonato Paulista (Diário de São Paulo): 2011 (Melhor Meia)
  • Sul-Americano Sub-20: 2011 (Melhor Meia)
  • Sul-Americano Sub-20: 2011 (Melhor Jogador da Final)
  • FPF, Seleção do Campeonato Paulista: 2012 (Melhor Meia pela Direita)
  • Premio Ginga (Revelação): 2011
  • Melhor meia direita do Campeonato Brasileiro pelo Prêmio Craque do Brasileirão: 2012
  • Prêmio Bola de Prata Melhor Atacante do Campeonato Brasileiro 2012
  • Um dos artilheiros do Superclássico das Américas: 2012 (1 gol)
  • Seleção ideal da Copa Sul-americana 2012
  • Melhor jogador da Copa Sul-americana 2012
  • Melhor jogador da final da Copa Sul-americana 2012
  • 3 º Melhor jogador das Américas (El país): 2012
  • Seleção Ideal do Campeonato Francês (L’Equipe): 2013-14
  • Jogador do mês no Campeonato Inglês: Agosto de 2018
  • Equipe ideal da Liga dos Campeões 2018-19

  • O vídeo acima mostra os top 10 gols e dribles da carreira de Lucas Moura
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 5 de setembro de 2018 por Futebol Nacional

Considerações Finais

Com base em todos os dados apresentados aqui pode-se concluir que Lucas Moura é um meia-atacante que é rápido, criativo e tecnicamente dotado.

Lucas Moura também é conhecido por sua aceleração explosiva e pela sua agilidade, assim como suas excelentes habilidades de drible, em particular o uso de fintas, o que faz dele uma perigosa ameaça ofensiva. Um jogador versátil, ele também é capaz de jogar em várias posições, e também tem sido utilizado como atacante ou no meio-campo.

E para vocês? Lucas merece mais oportunidades na Seleção Brasileira?

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui