Quando cita-se um dos atacantes brasileiros que está em boa fase na Europa, é inevitável não mencionar o nome do brasileiro Jonas que teve passagens por Guarani, Santos, Portuguesa, Grêmio, Valencia e atualmente joga pelo Benfica de Portugal.

Jonas Gonçalves Oliveira nasceu em 01/04/1984 no município de Bebedouro, interior de São Paulo, Brasil, mas ele viveu a maior parte da sua vida no município de Taiuva-SP. Jonas é um dos 10 maiores artilheiros da história do Grêmio, marcou um dos gols mais rápidos da história da UEFA Champions League – Liga dos Campeões da Europa – e é o jogador brasileiro que mais marcou gols pelo Benfica, clube pelo qual ele joga atualmente. Porém, quais feitos este atacante que está para completar 34 anos de idade atingiu ao longo de sua carreira? O que mais se sabe sobre este atacante brasileiro que é o atual artilheiro do Campeonato Português?

Guarani

Categorias de base

Jonas começou a sua carreira como jogador nos juniores do Guarani Futebol Clube de Campinas-SP, no entanto, o apego a família “atrasou” o início de carreira de Jonas, pois entre as idas e vindas de Taiúva para Campinas, 300 Km de distância, a saudade da mãe e dos familiares sempre falava “mais alto” e ele sempre voltava para Taiúva, mas José Donizete de Lima – olheiro do Bugre (Guarani) e responsável por revelar jogadores como Mariano, Edu Dracena, Elano e Alex (ex-Inter) – nunca desistiu de Jonas e após 6 anos de insistência, Donizete finalmente conseguiu convencê-lo a se tornar um jogador de futebol e assim sendo, em 2004, Jonas retornou em definitivo para o Brinco de Ouro da Princesa (estádio e casa do Guarani Futebol Clube).

Os Números da carreira de Jonas nos clubes em que ele jogou:

2005

Em 03/04/2005, com 21 anos recém-completados, Jonas fez a sua estreia pela equipe principal do Guarani e logo de cara, ele teve de mostrar serviço e desta maneira, ele foi um dos jogadores responsáveis por impedir a queda do Guarani para a Série A2 do campeonato paulista – segunda divisão do Paulistão – ao marcar um dos gols da vitória do Bugre – Guarani – por 2-0 sobre o Marília.

Na segunda divisão nacional (série B do campeonato brasileiro), Jonas voltou ao banco, mas no final do primeiro turno, ele voltou a ser uma das soluções para o clube de Campinas e obteve destaque na disputa da Série B do campeonato brasileiro sendo o quinto maior artilheiro desta competição com 12 gols marcados ficando atrás apenas de Reinaldo (Santa Cruz) com 16 tentos, Alecsandro (Vitória), Carlinhos Bala (Santa Cruz) e Cléber (Portuguesa), cada um destes 3 últimos com 14 tentos cada um. Depois desta boa temporada com a camisa do Guarani, Jonas despertou a atenção de clubes do Brasil – Santos e Grêmio – e do exterior. No início do ano seguinte, o Santos anunciou Jonas como o seu mais novo reforço para a disputa do campeonato paulista e da Copa Libertadores da America de 2006.

Os Números de Jonas na sua primeira e única temporada como profissional do Guarani
PdGmACACVMj no ano de 2005
3113 *???

Pd – Partidas disputadas, Gm – Gols marcados, A – Assistências, CA – Cartões amarelos, CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados.

* 13 gols dos quais, 12 foram pela série B do campeonato brasileiro e 1 pelo Campeonato Paulista.

Para ter acesso a todos os gols marcados por Jonas enquanto ele defendeu o Guarani é só acessar o link ao lado > Gols de Jonas pelo Guarani

Santos

santos-logo

2006

Jonas celebrando o seu único gol no Brasileirão 2006 na goleada por 5-1 sobre o Palmeiras em partida válida pela 22ª rodada, disputada em 03/09/2006.

O Santos Futebol Clube foi um dos clubes que manifestou interesse na contratação do atacante Jonas do Guarani, e em 2 de janeiro de 2006 o clube da Baixada Santista o anunciou como o seu mais novo reforço para a disputa do Paulistão – campeonato paulista – e da Copa Libertadores da América. Por este clube, Jonas conquistou o título do Paulistão 2006. Nesta competição, ele marcou 4 gols em 5 jogos. Porém, uma lesão o afastou dos gramados por mais de 6 meses e por este motivo, ele perdeu muitos jogos do campeonato brasileiro de 2006, mas ainda assim, ele disputou 15 partidas pela primeira divisão nacional e em uma destas oportunidades ele marcou um gol.

Os Números de Jonas na sua primeira temporada no Santos
PdGmACACVMj no ano de 2006
245 *31058

* 5 gols dos quais, 4 foram pelo Campeonato Paulista e 1 pelo Brasileirão.

2007

Mesmo recuperado de lesão, Jonas não tinha muito espaço na equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo, treinador do Santos naquela época, mas mesmo assim, o jovem revelado pelo Guarani marcou 4 gols no Campeonato Paulista de 2007 e pela segunda vez seguida, o Santos conquistou o título do Paulistão.

Em 04 de julho de 2007, em partida válida pela 9ª rodada do campeonato brasileiro, Jonas fez o seu último jogo com a camisa do Santos na derrota por 4-0 para o Vasco. Depois disso, Jonas teve o seu contrato com o clube da baixada santista rescindido e não demorou muito para ele achar um novo clube.

Os Números de Jonas na sua segunda e última temporada no Santos
PdGmACACVMj no ano de 2007
175 *11621 **

* 5 gols, dos quais 4 foram pelo Campeonato Paulista e 1 pela Copa Libertadores da América.

** Conta-se todos os minutos jogados no ano de 2007 tanto pelo Santos quanto pelo Grêmio.

Títulos que conquistou no Santos> Campeonato Paulista 2006 e 2007.

Para ter acesso a todos os gols marcados por Jonas enquanto ele defendeu o Santos, é só clicar no link a seguir > Gols de Jonas pelo Santos

Grêmio

2007

Em 12 de setembro de 2007, Jonas foi apresentado como o mais novo reforço para o ataque do Grêmio. O jogador de 23 anos fez a sua estreia pelo Grêmio diante do maior rival do seu novo clube, o Internacional, em 16/09/2007, em partida válida pela 26ª rodada do Brasileirão, porém, apesar da vitória do tricolor gaúcho por 1-0, Jonas saiu lesionado de campo no início do segundo tempo, mas vale ressaltar que diferentemente da lesão que encurtou a sua passagem no Santos, essa lesão não foi grave, pois duas semanas após este ocorrido, ele voltou a jogar.

Recuperado da lesão que o afastou por duas semanas dos gramados, em 30/09/2007, em jogo válido pela 28ª rodada do campeonato brasileiro, Jonas marcou o seu primeiro gol com a camisa do Grêmio na vitória por 2-1 sobre o Juventude fora de casa e na rodada seguinte, ele marcou o seu segundo gol pelo Grêmio no empate em 2-2 com o Atlético-MG.

Além de ter sido titular nestes 3 jogos citados acima, Jonas seguiu sendo titular do tricolor gaúcho até o final do Brasileirão 2007 e inclusive, ele foi o autor do gol que decretou o rebaixamento do Corinthians em partida válida pela última rodada do campeonato brasileiro de 2007. O placar deste jogo foi um empate em 1-1 e para permanecer na primeira divisão o Corinthians tinha de vencer o Grêmio em pleno Olímpico – estádio do Grêmio naquela época – e como isso não aconteceu, a queda do Timão para a série B do campeonato brasileiro estava concretizada.

Os Números de Jonas na sua primeira temporada no Grêmio
PdGmACACVMj no ano de 2007
123 *111621 **

* Os 3 gols foram marcados pelo Brasileirão.

** Conta-se todos os minutos jogados no ano de 2007 tanto pelo Santos quanto pelo Grêmio.

2008

Com a chegada de alguns reforços, Jonas perdeu a titularidade e além disso, em alguns jogos ele não estava nem entre os relacionados. Ele só voltou a iniciar uma partida entre os 11 titulares em 26 de março de 2008 contra o XV de Novembro, quando marcou 2 gols, um deles foi um “golaço” e o outro ele marcou de cabeça, enquanto estava deitado. Contudo, esta boa atuação não foi o suficiente para fazê-lo retomar a condição de titular, mas pelo menos, Celso Roth, treinador do Grêmio naquela época, voltou a relacioná-lo para as partidas, mas ainda assim, ele era opção para o segundo tempo. Na semifinal do campeonato gaúcho daquele ano contra o Juventude, Jonas voltou a marcar um gol, no entanto, pouco tempo depois ele foi expulso e assim sendo, o tricolor gaúcho perdeu este jogo pelo placar de 3-2 e com esta derrota, o Grêmio estava eliminado do estadual.

Algum tempo depois, Jonas chegou a amargar o banco e por muitas vezes, ele nem entrava no decorrer dos jogos. Uma das críticas mais persistentes era a sua força física e segundo os críticos, isso o deixava em desvantagem frente aos zagueiros adversários.

Após 6 meses sem jogar regularmente, chegou-se a conclusão de que a melhor saída para Jonas seria emprestá-lo para outro clube e em julho de 2008, ele foi anunciado como o mais novo reforço da Portuguesa de Desportos, time da capital paulista, São Paulo.

Os Números de Jonas na sua segunda temporada no Grêmio
PdGmACACVMj no ano de 2008
?3 *212071 **

* Os 3 gols foram marcados em partidas válidas pelo campeonato gaúcho.

** Conta-se os minutos jogados no ano de 2008 tanto pelo Grêmio quanto pela Portuguesa.

Portuguesa

2008

Com a saída do veterano Christian, a Portuguesa via em Jonas um jogador a altura para repor a saída dele e em 7 de julho de 2008, a Lusa – Portuguesa – anunciou o atacante como o seu mais novo reforço. O clube da capital paulista acertou um empréstimo sem custos, sendo que a Portuguesa pagaria apenas o salário do atacante.

Em 16/07/2008, em jogo válido pela 12ª rodada do campeonato brasileiro, Jonas fez a sua estreia com a camisa da Lusa e logo no seu primeiro jogo como atleta da Portuguesa, ele foi o autor do gol da vitória por 3-2 sobre o Náutico. Em 30/07/2008, em partida válida pela 16ª rodada do Brasileirão 2008, pela primeira vez em toda a sua carreira como jogador profissional, Jonas fez um doblete – 2 gols – na vitória da Lusa por 3-1 sobre o Fluminense e após este feito, Jonas voltou a marcar 2 gols em uma única partida em mais duas ocasiões, nas derrotas por 4-2 para o Palmeiras e por 3-2 para o São Paulo.

O jogador de 24 anos marcou o seu último tento com a camisa da Lusa em 30/11/2008, em jogo válido pela penúltima rodada do Brasileirão 2008, ao qual a Portuguesa empatou em 2-2 com o Sport. Mesmo surpreendendo e sendo o artilheiro da equipe no campeonato brasileiro na frente de Edno, Jonas e os demais jogadores não conseguiram evitar o rebaixamento da Lusa para a Série B, mas desta vez, Jonas estava voltando ao Grêmio e com as atuações que ele teve na Portuguesa, ele estava voltando com moral e com isso, obviamente ele ia “brigar” para ser um dos titulares do tricolor gaúcho.

Os Números de Jonas na sua primeira e única temporada na Portuguesa 
PdGmACACVMj no ano de 2008
2510 *442071 **

* Os 10 gols foram marcados pelo Brasileirão.

** Conta-se os minutos jogados no ano de 2008 tanto pelo Grêmio quanto pela Portuguesa.

O vídeo abaixo mostra todos os gols de Jonas enquanto ele defendeu a Portuguesa de Desportos

Obs: vídeo publicado em 14 de janeiro de 2009 no YouTube por diegolemos10.

Grêmio

2009

Após o fim do contrato de empréstimo com a Portuguesa, Jonas se reapresentou ao Grêmio. Reincorporado ao grupo, ele fez a sua reestreia pelo Grêmio em 24 de janeiro de 2009 em partida válida pelo Campeonato Gaúcho, a qual Jonas marcou um dos gols na goleada por 5-0 sobre o Esportivo de Bento Gonçalves. Logo após o término da partida, Jonas deu a seguinte declaração: “o jogador precisa de sequência de jogos para ter confiança e mostrar bom futebol.”

No dia 13 de março de 2009, um jornal espanhol nomeou Jonas como o “pior atacante do Mundo” após ele ter perdido consecutivas chances claras de gol em confronto válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América contra o Boyacá Chicó, em Tunja, na Colômbia. Porém, ele mesmo minimizou este ocorrido e seguiu fazendo o que sabia fazer, jogar futebol. Não demorou muito para Jonas se redimir, 6 dias após este acontecimento, mais precisamente em 19/03/2009, em partida válida pelo Campeonato Gaúcho, pela primeira vez desde que se tornou um jogador profissional, Jonas fez o seu primeiro hat-trick – ocorre quando um jogador faz 3 gols ou mais num único jogo – na goleada por 6-1 sobre o São José e na rodada seguinte da Copa Libertadores da América 2009, em confronto contra o Aurora da Bolívia, Jonas marcou um dos gols da vitória do tricolor gaúcho por 2-1 sobre os bolivianos.

No segundo semestre do ano de 2009, firmando-se cada vez mais entre os titulares do clube gaúcho. Empilhando gols, ele e o atacante argentino Maxi Lopez passaram a formar uma das melhores duplas de ataque do futebol brasileiro. Inclusive, Jonas marcou 2 dobletes no campeonato brasileiro na goleada por 4-1 sobre o Flamengo na 19ª rodada do campeonato brasileiro e ainda pela mesma competição, ele também fez um doblete no empate em 3-3 contra o Botafogo. Porém, em 10/10/2009, o Brasileirão 2009 chegava ao fim para Jonas. No fim do primeiro tempo na partida contra o Corinthians, a qual o Grêmio foi derrotado pelo placar de 2-1, ao cair no gramado após uma dividida em uma bola pelo alto com o zagueiro Chicão, o atacante gremista torceu o tornozelo na queda e deste modo, ele teve de ser substituído. Até aquele momento, Jonas era o artilheiro do campeonato. Apesar deste ocorrido, o jogador de 25 anos encerrou esta temporada como o artilheiro do Grêmio com 24 gols marcados em 49 partidas.

Os Números de Jonas na sua primeira temporada no Grêmio após o seu retorno de empréstimo
PdGmACACVMj no ano de 2009
 4924 *6732587

* 24 gols, dos quais 14 foram pelo Brasileirão, 8 foram pelo Campeonato Gaúcho e 2 pela Copa Libertadores da América.

2010

Em 17 de janeiro de 2010, Jonas fez a sua primeira partida após a lesão em confronto válido contra o Corinthians na 29ª rodada do Brasileirão 2009 e logo no seu primeiro jogo no ano de 2010, ele marcou um dos gols na vitória por 3-2 sobre o Pelotas. Deste modo, Jonas mostrou ao que veio nesta temporada, pois nas 3 rodadas seguintes do campeonato gaúcho, ele marcou ao menos um gol em cada uma destas partidas.

Em 08/04/2010, ele completou 100 jogos oficiais com a camisa do Grêmio na partida contra o Pelotas nas semifinais do segundo turno do estadual.

Jonas comemorando um dos gols que marcou no campeonato brasileiro de 2010.

O ano de 2010, foi o melhor de sua carreira até aquele instante, ele cravou recordes pelo campeonato gaúcho, pelo Brasileirão 2010 e também pelo próprio Grêmio. Por falar em campeonato brasileiro, em 06/10/2010, em jogo válido pela 28ª rodada do Brasileirão 2010, pela primeira e única vez em toda a sua carreira, Jonas fez um hat-trick – 3 gols – na goleada por 4-0 sobre o Prudente e ainda por cima, deu o passe para o gol de André Lima e como naquela época o famoso fantasy game “Cartola FC” já existia e assim sendo, para quem o escalou ficou feliz da vida, pois ele saiu de campo com 36,40 pontos, até hoje esta foi a segunda maior pontuação na história deste fantasy game.

Jonas foi o artilheiro do Brasileirão 2010 com 23 gols marcados em 33 partidas, deste modo, ele fixou-se como o maior artilheiro do Grêmio em uma única edição do campeonato brasileiro, superando as marcas que outrora pertenciam a Rodrigo Fabri e Cláudio Pitbull, que têm, cada um, 19 gols marcados nas edições do campeonato brasileiro de 2002 e de 2004 respectivamente. Tendo como o seu parceiro de ataque o André Lima, Jonas foi o maior artilheiro do Brasil no ano de 2010 ao lado de Neymar do Santos, ambos marcaram mais de 40 gols nesta temporada.

No decorrer da temporada, Jonas passou a ser conhecido como “Mestre Jonas”, porque era assim que o narrador da Rádio Gaúcha, Marco Antônio Pereira, o chamava e a torcida do tricolor gaúcho “comprou” a ideia e também passou a chamá-lo assim.

A performance de Jonas nesta temporada lhe rendeu vários prêmios individuais, dentre eles, o prêmio Arthur Friedenreich, uma premiação anual de futebol criada pela Rede Globo, destinada ao maior artilheiro da temporada do futebol brasileiro.

Os Números de Jonas na sua segunda temporada no Grêmio
PdGmACACVMj no ano de 2010
 6542 *13725358

* 42 gols, dos quais 23 foram pelo Brasileirão, 11 pelo Campeonato Gaúcho e 8 pela Copa do Brasil.

O vídeo abaixo mostra os 23 gols de Jonas – o artilheiro do Brasileirão 2010 – na disputa do campeonato brasileiro.

Vídeo publicado no YouTube em 9 de dezembro de 2010 por Luiz Gustavo.

2011

Em janeiro de 2011, Jonas fez as suas duas últimas partidas com a camisa do Grêmio e marcou 3 gols nos seus últimos jogos com a camisa do tricolor gaúcho sendo que no seu último jogo com a camisa do tricolor dos Pampas, ele marcou os 2 gols na vitória de virada por 2-1 sobre o São José, porém Jonas saiu de campo descontente com parte da torcida gremista, pois mesmo sendo o autor dos 2 tentos do Grêmio no triunfo sobre o São José, ele desabafou, pedindo para a torcida se calar. Apesar de ter renovado o seu contrato com o clube de Porto Alegre por um ano, a multa rescisória era baixa e isso despertou o interesse dos clubes europeus e em 24 de janeiro de 2011, dois dias antes da estreia do Grêmio na Copa Libertadores da América 2011, o Valencia da Espanha anunciou a contratação de Jonas.

No total, Jonas marcou 69 gols em partidas oficiais enquanto defendeu o Grêmio, superou grandes nomes da história do tricolor gaúcho, tais como André Catimba, Cuca, Jardel, Renato Portaluppi – atual treinador do Grêmio – e Ronaldinho Gaúcho.

Títulos que conquistou no Grêmio> Taça Fernando de Carvalho – 1º turno do campeonato gaúcho – de 2010 e o campeonato gaúcho de 2010.

O vídeo abaixo mostra 10 dos 72 gols de Jonas com a camisa do Grêmio

Obs: vídeo publicado em 20 de junho de 2016 pela Grêmio TV.

Valencia

2010-11

O Valencia não precisou “fazer muito esforço” para contratar o atacante que foi um dos maiores artilheiros da história do Grêmio, pois pagou “apenas” 1 milhão e 250 mil euros (o equivalente a 5 milhões de reais) para ter Jonas no seu elenco. Um dos integrantes da comissão técnica do clube espanhol elogiou o brasileiro e em uma entrevista para o famoso jornal “El País” o comparou ao ex-Corinthians e Internacional Nilmar, com passagem pelo futebol espanhol e também disse que Jonas era um atacante com faro de gols. Na apresentação, Jonas recebeu a camisa de número 18 e também treinou com os jogadores do seu novo time no mesmo dia.

Jonas estreou pelo seu novo clube no dia 19 de fevereiro de 2011, ao entrar aos 33 minutos do segundo tempo no lugar do atacante Aritz Aduriz em partida válida pela 24ª rodada da La Liga (campeonato espanhol), porém mesmo com a sua entrada, Valencia e Sporting Gijón ficaram no empate em 0-0.

Em 27/02/2011, em jogo válido pela 25ª rodada da La Liga, Jonas marcou o seu primeiro gol com a camisa do Valencia na vitória por 2-1 sobre o Athletic de Bilbao. Seu segundo gol pelos “Che” – Valencia – veio em 23/04/2011, em partida válida pela 33ª rodada do campeonato espanhol, porém mesmo marcando um tento neste jogo e provendo uma assistência para o gol do atacante Roberto Soldado, não evitou a derrota por 6-3 ante o Real Madrid. O camisa 18 marcou o seu último tento com a camisa do Valencia na temporada 2010-11, em jogo válido pela 35ª rodada da La Liga, ao qual os “Che” venceram a Real Sociedad por 3-0.

Os Números de Jonas na sua primeira temporada no Valencia
PdGmACACVMj na temporada 2010-11
 143 * 3 2701

* Os 3 gols foram pela La Liga.

2011-12

No início da temporada 2011-12, mais precisamente em 27 de agosto de 2011, em partida válida pela segunda rodada da La Liga, Jonas entrou no lugar de Pablo Piatti aos 21 minutos do segundo tempo e no final do jogo, ele proveu uma assistência para o gol de Roberto Soldado e assim sendo, o Valencia bateu o Racing Santander por 4-3.

Em 19 de outubro de 2011, em jogo válido pela terceira rodada da fase de grupos da UEFA Champions League 2011-12, Jonas marcou o seu primeiro gol nesta temporada, porém o Valencia levou a virada para o Bayer Leverkusen da Alemanha e perdeu o jogo pelo placar de 2-1. Na rodada seguinte da Liga dos Campeões, o Valencia deu o troco e venceu o Bayer Leverkusen diante dos seus torcedores – no estádio Mestalla – pelo placar de 3-1 e isso não é tudo, pois Jonas abriu o placar em apenas 10,96 segundos de jogo, em outras palavras, este foi o segundo gol mais rápido da história da UEFA Champions League.  O gol aconteceu apenas 0.84 segundos aquém da marca de Roy Makaay, que estabeleceu o recorde em 2007 enfrentando o Real Madrid pelo Bayern de Munique. Ainda falando sobre a Liga dos Campeões, na penúltima rodada da fase de grupos desta competição, Jonas marcou mais um gol e proveu 4 assistências na goleada dos Che por 7-0 sobre o Genk da Bélgica. Apesar destas duas vitórias, o Valencia terminou em terceiro na fase de grupos e desta forma, estava automaticamente classificado para a fase mata-mata da Europa League 2011-12.

Em 12/02/2012, em partida válida pela 23ª rodada da La Liga, Jonas marcou o seu primeiro doblete pelo clube espanhol na goleada por 4-0 sobre o Sporting Gijón. Os outros 2 dobletes do camisa 18 vieram nas goleadas por 4-1 sobre o Rayo Vallecano e por 4-0 sobre o Osasuna. Em suma, Jonas fez 19 gols em 54 partidas na temporada 2011-12.

Os Números de Jonas na sua segunda temporada no Valencia
PdGmACACVMj na temporada 2011-12
 54 19 *1243510

* 19 gols, dos quais 10 foram pela La Liga, 4 pela Copa do Rei, 3 pela UEFA Champions League e 2 pela Europa League.

2012-13

No início da temporada 2012-13, em partida válida pela primeira rodada da La Liga, Jonas evitou a derrota do Valencia ante o Real Madrid ao marcar o gol do empate em 1-1. Na rodada seguinte do campeonato espanhol, mesmo não marcando nenhum tento no empate em 3-3 com o Deportivo La Coruña, ele foi um dos jogadores importantes neste jogo, pois proveu duas assistências.

Paralelamente a disputa da La Liga, o Valencia disputava a fase de grupos da UEFA Champions League 2012-13 e em 02/10/2012, em jogo válido pela segunda rodada desta competição, Jonas marcou o seu primeiro doblete da temporada no vitória por 2-0 sobre o Lille da França. Apesar da boa campanha na fase de grupos da Liga dos Campeões 2012-13, o Valencia se classificou em 2º lugar no grupo e nas oitavas-de-final, foi eliminado pelo Paris Saint-Germain.

Em 23/02/2013, em partida válida pela 25ª rodada do campeonato espanhol, Jonas marcou o seu segundo e último doblete nesta temporada no empate em 2-2 com o Real Zaragoza fora de casa. Em suma, Jonas fez 19 gols em 49 partidas disputadas pelos Che na temporada 2012-13. Entretanto, apesar de uma ligeira melhora no seu rendimento, diferentemente das temporadas 2011-12 e esta última, o Valencia teve de se contentar com a vaga para a Europa League 2013-14.

Os Números de Jonas na sua terceira temporada no Valencia
PdGmACACVMj na temporada 2012-13
 4919 *672 3323

* 19 gols, dos quais 13 foram pela La Liga, 5 pela UEFA Champions League e 1 pela Copa do Rei.

2013-14

No seu primeiro jogo pela temporada 2013-14, em partida válida pela segunda rodada da La Liga, Jonas deu o passe para o gol de Hélder Postiga, o primeiro tento da partida. Entretanto, no final do primeiro tempo o Espanyol empatou o jogo e posteriormente no segundo tempo, os “Periquitos” – Espanyol – viraram a partida e a venceram pelo placar de 3-1. Em 22/09/2013, em jogo válido pela quinta rodada do campeonato espanhol, Jonas marcou os seus 2 primeiros gols nesta temporada na vitória por 3-1 sobre o Sevilla e depois disso, o treinador do Valencia naquela época, Nuno Espírito Santo, passou a escalar o camisa 18 entre os titulares e nos 2 jogos seguintes pelo campeonato espanhol, ele marcou 1 tento em cada jogo.

Jonas celebrando um dos seus gols na vitória por 3-0 sobre o Osasuna.

Após amargar um jejum de 4 partidas sem vitórias, o treinador optou por deixar o brasileiro no banco, mas não demorou muito e Jonas voltou a mostrar empenho. Em 01/12/2013, em partida válida pela 15ª rodada da La Liga, o brasileiro marcou o seu primeiro e único hat-trick com a camisa dos Che na vitória por 3-0 sobre o Osasuna, mas mesmo atingindo este feito, aos 23 minutos do segundo tempo, o treinador optou por sacá-lo do jogo.

Paralelamente a disputa da La Liga, o Valencia disputava a Europa League 2013-14 e em 01/05/2014, no segundo jogo da semifinal desta competição, o Valencia tinha pela frente um compatriota, o Sevilla. Por ter perdido o primeiro jogo pelo placar de 2-0, os Che precisavam ao menos ganhar pelo mesmo placar para decidir a vaga nos pênaltis, mas isso não foi preciso, pois o Valencia venceu o jogo pelo placar de 3-1 e Jonas marcou o seu último gol pelo clube espanhol neste jogo, porém por ter levado um gol no seu estádio, os Che estavam eliminados da Europa League 2013-14.

Ao final desta temporada, sem continuidade e preterido pelo técnico Nuno Espírito Santo, Jonas acabou sendo dispensado do clube espanhol no segundo semestre de 2014, mas ele não ficou muito tempo sem clube.

Os Números de Jonas na sua quarta e última temporada no Valencia
PdGmACACVMj na temporada 2013-14
 4011 *1612583

* 11 gols, dos quais 10 foram pela La Liga e 1 pela Europa League.

Para acessar o vídeo abaixo e ver uma compilação dos melhores momentos de Jonas com a camisa do Valencia, basta acessar o link ao lado>  Gols de Jonas pelo Valencia

Benfica

2014-15

Apresentação de Jonas no Benfica.

Em 12 de setembro de 2014, Jonas foi anunciado como o mais novo reforço do Benfica, assinou um contrato com o clube português por duas temporadas.

Em 5 de outubro de 2014, em jogo válido pela sétima rodada da Primeira Liga (campeonato português), Jonas fez a sua estreia pelo seu mais novo clube e logo na estreia, ele marcou um dos gols na goleada por 4-0 sobre o Arouca.

Jonas celebrando o seu primeiro gol com a camisa do Benfica.

Paralelamente a disputa do campeonato português, em 18/10/2014, em partida válida pela 3ª eliminatória da Taça de Portugal, Jonas marcou o seu primeiro hat-trick com a camisa dos Encarnados – Benfica – na vitória por 3-2 sobre o Covilhã.

Voltando a falar sobre a Primeira Liga, logo na sua primeira temporada com a camisa do Sport Lisboa e Benfica, Jonas assumiu a artilharia da equipe da capital portuguesa e marcou 5 dobletes ao longo da Primeira Liga 2014-15. Mesmo com esse desempenho nesta temporada (31 gols em 35 partidas), ele foi o vice-artilheiro do campeonato português, ficando atrás apenas do atacante Jakcson Martínez, marcou 21 gols, do Porto e a frente do companheiro de clube, o compatriota – brasileiro – Lima, que marcou 19 gols.

Além da conquista do título da Primeira Liga 2014-15, o brasileiro coroou a sua primeira temporada no Benfica na final da Taça CTT, ele marcou um dos gols da vitória por 2-1 sobre o Marítimo e também deu o passe para o gol do holandês Ola John. Com isso, o Benfica sagrava-se campeão da Taça CTT (Taça da Liga).

Os Números de Jonas na sua primeira temporada no Benfica
PdGmACACVMj na temporada 2014-15
 3531 *862832

* 31 gols, dos quais 20 foram pela Primeira Liga, 6 pela Taça de Portugal e 5 pela Taça CTT.

2015-16

Logo no início da sua segunda temporada com a camisa dos Encarnados, Jonas mostrou que podia e ia repetir o desempenho da temporada anterior e na primeira rodada da Primeira Liga 2015-16, Jonas marcou 2 gols na goleada por 4-0 sobre o Estoril. Ao longo desta temporada, o brasileiro marcou mais 9 dobletes no campeonato português e um triplete em 11 de janeiro de 2016, na goleada por 4-1 sobre o Nacional da Madeira.

Ao final da temporada 2015-16, Jonas tornou-se o artilheiro do campeonato português com 32 gols marcados ao longo da competição e assim sendo, ele quebrou a hegemonia do colombiano Jackson Martínez, artilheiro das 3 últimas edições da Primeira Liga. Além disso, o brasileiro chegou a liderar as estatísticas como o maior goleador da Europa, mas ao final desta temporada, ele acabou sendo ultrapassado, mas ainda assim, ele foi um dos 10 maiores goleadores da Europa na temporada 2015-16. Um dos motivos para ele ter sido superado deve ter sido o formato do campeonato português, menos partidas do que as demais ligas europeias. Finalizou a sua segunda temporada nos “Encarnados” com 36 gols em 48 partidas.

Antes do início da temporada 2016-17, Jonas foi sondado por clubes do futebol chinês, mas ele optou por permanecer em Portugal.

Os Números de Jonas na sua segunda temporada no Benfica
PdGmACACVMj na temporada 2015-16
 48 36 * 1893852

* 36 gols, dos quais 32 foram pela Primeira Liga, 2 pela UEFA Champions League e 2 pela Taça CTT.

2016-17

No seu primeiro jogo na temporada 2016-17, em 7 de agosto de 2016, o camisa 10 do Benfica (Jonas) marcou um dos gols da vitória do Benfica por 3-0 sobre o Braga na decisão da Supertaça Cândido de Oliveira e assim sendo, os “Encarnados” eram os campeões desta competição. Porém, antes do início do campeonato português, Jonas sofreu uma grave lesão, da qual ele não chegou a se recuperar adequadamente, tentou antecipar o seu retorno em 27/08/2016, no entanto, isso só prolongou a sua estadia no departamento médico do clube português.

Recuperado, ele voltou ao time em 17 de dezembro de 2016 em jogo válido pela Primeira Liga contra o Estoril, o camisa 10 entrou na partida aos 34 minutos do segundo tempo no lugar do mexicano Raúl Jimenez que marcou o gol da vitória do Benfica neste jogo. Jogou pela primeira vez entre os titulares do clube da capital portuguesa em 07/01/2017, em partida válida pela 16ª rodada da Primeira Liga, a qual o Benfica venceu o Vitória de Guimarães por 2-0 com um gol de Jonas, o seu primeiro tento após ele passar um bom tempo de “molho”. Na rodada seguinte do campeonato português, o camisa 10 marcou um dos gols dos “Encarnados” no empate em 3-3 com o Boavista e como consequência, Jonas se tornou o maior artilheiro brasileiro da história do clube e o quarto maior artilheiro estrangeiro do Sport Lisboa e Benfica de Portugal, com 72 gols.

No total, nesta temporada, Jonas fez 18 gols em 28 jogos e ele seguiu quebrando mais recordes com a camisa do Benfica. O curioso, é que mesmo não tendo jogado todas as partidas da Primeira Liga 2016-17, o brasileiro foi o quinto maior artilheiro do campeonato português.

Os Números de Jonas na sua terceira temporada no Benfica
PdGmACACVMj na temporada 2016-17
 2818 * 631828

* 18 gols, dos quais 13 foram pela Primeira Liga, 2 pela Taça de Portugal, 2 pela Taça CTT e 1 pela Supertaça Cândido de Oliveira.

2017-18

Assim como na temporada anterior, Jonas começou a atual temporada fazendo o que mais sabe fazer, gol. Em 5 de agosto de 2017, em confronto válido pela conquista do título da Supertaça Cândido de Oliveira, Jonas fez um dos gols da vitória por 3-1 sobre o Vitória de Guimarães e deste modo, pela segunda vez seguida, o Benfica sagrava-se campeão desta competição. Quatro dias após este jogo, o campeonato português teve início e logo na primeira rodada, o brasileiro marcou um tento e deu passe para o suíço Haris Seferovic deixar o seu na vitória por 3-1 sobre o Braga. Dez dias após esta partida, pela primeira vez nesta temporada, Jonas marcou um hat-trick na goleada por 5-0 sobre o Belenenses em jogo válido pela terceira rodada da Primeira Liga 2017-18.

Em 26 de novembro de 2017, em jogo válido pela 12ª rodada do campeonato português, Jonas escreveu o seu nome na história do Sport Lisboa e Benfica ao marcar o seu gol de número 100 com a camisa do clube da capital portuguesa na goleada por 6-0 sobre o Vitória de Setúbal e além disso, no mesmo jogo ele marcou o seu gol de número 101, ou seja, marcou 2 tentos neste jogo. Com esta marca, ele passou a ser o segundo maior artilheiro da história do clube, ficando atrás apenas do paraguaio Óscar Cardozo – atualmente joga pelo Libertad do Paraguai – que defendeu o clube português de 2007 a 2014 e neste período, o paraguaio marcou 172 gols pelos “Encarnados”.

Recentemente, mais precisamente em 03/03/2018, em partida válida pela 25ª rodada da Primeira Liga, o camisa 10 marcou o seu segundo hat-trick nesta temporada na goleada por 5-0 sobre o Marítimo.

Até este instante, Jonas é o artilheiro da Primeira Liga 2017-18 e tem 10 gols de vantagem (33 a 23) sobre o vice-artilheiro do campeonato, o holandês Bas Dost.

Os Números de Jonas na sua quarta e atual temporada no Benfica
PdGmACACVMj na temporada atual
 3836 *623060 **

* 36 gols, dos quais 33 foram pela Primeira Liga, 1 pela Supertaça Cândido de Oliveira, 1 pela Taça de Portugal e 1 pela Taça CTT.

Títulos que conquistou no Benfica> Primeira Liga 2014-15, 2015-16 e 2016-17; Supertaça Cândido de Oliveira 2016 e 2017; Taça de Portugal 2016-17 e Taça CTT 2014-15 e 2015-16.

O vídeo abaixo mostra 100 dos 118 gols de Jonas com a camisa do Benfica.

Obs: este vídeo foi publicado no YouTube em 27 de novembro de 2017 por Dio_Matico.

O Desempenho de Jonas na Seleção Brasileira:

Brasil

Seleção Principal

A primeira convocação de Jonas para a Seleção Brasileira ocorreu em março de 2011, época em que o técnico da Seleção “canarinho” era o Mano Menezes. A estreia do até então jogador do Valencia com a camisa da Seleção de seu país aconteceu em 27 de março de 2011 num amistoso com a Escócia, ele entrou no decorrer da partida no lugar de Leandro Damião. Em 25/07/2011, Jonas foi convocado pela segunda vez por Mano Menezes, desta vez para um amistoso contra a Seleção da Alemanha, jogo que seria realizado no dia 10 de agosto. Jonas marcou os seus primeiros gols com a camisa da Seleção Brasileira em 14 de novembro de 2011, na vitória por 2-0 sobre o Egito, os 2 gols do triunfo brasileiro foram marcados por ele. A última vez em que jogou na Seleção brasileira sob o comando de Mano Menezes foi em 11/09/2012, partida na qual o Brasil goleou a China por 8-0 e Jonas jogou os 18 minutos finais deste jogo.

Em 19 de março de 2016, após a confirmação da contusão do atacante Roberto Firmino, Jonas voltou a ser convocado para jogos da Seleção Brasileira para os jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018.

Copa América Centenário 2016

Em 21 de maio de 2016, desta vez após a confirmação da contusão de Ricardo Oliveira, Jonas foi convocado por Dunga para a disputa da Copa América Centenário 2016. Marcou o seu último gol pela Seleção Brasileira em amistoso contra o Panamá, ao qual o Brasil venceu os panamenhos pelo placar de 2-0.

Apesar de não ter feito nenhum tento na Copa América Centenário, Jonas contribuiu com um passe para o gol de Philippe Coutinho na goleada por 7-1 sobre o Haiti.

O Desempenho de Jonas na Copa América Centenário em 2016
PdGmACACVMj
21107

 

O vídeo abaixo mostra o terceiro e último gol de Jonas com a camisa da Seleção Brasileira em 29/05/2016 num amistoso contra a Seleção do Panamá.

Obs: este vídeo foi publicado no YouTube em 29 de maio de 2016 por “O Melhor Futebol do Mundo”.

Total
PdGmACACVMj
1231406

 

Prêmios individuais:

  • Seleção do Campeonato Gaúcho: 2010
  • Bola de Prata (Campeonato Brasileiro): 2010
  • Seleção do Campeonato do Prêmio Craque do Brasileirão: 2010
  • Troféu “Rei do Gol” do Prêmio Craque do Brasileirão: 2010
  • Melhor Segundo Atacante do Campeonato Brasileiro (Troféu Mesa Redonda): 2010
  • Prêmio Arthur Friedenreich: 2010 (empatado com Neymar)
  • Chuteira de Ouro das Américas: 2011
  • Futebolista do Ano da Primeira Liga: 2014–15, 2015–16
  • 64º melhor jogador do ano de 2016 (Marca)
  • Bola de Prata (Primeira Liga): 2016
  • Melhor jogador do futebol português em 2017

Artilharias:

  • Campeonato Brasileiro: 2010 > 23 gols
  • Taça de Portugal 2014–15 > 6 gols
  • Campeonato Português: 2015–16 > 32 gols
  • Como já foi dito anteriormente, Jonas é o artilheiro da Primeira Liga 2017-18 que ainda está em andamento

Considerações Finais

Portanto pode-se concluir que a especialidade de Jonas é fazer gols, pois como já foi dito anteriormente, ele é um dos maiores artilheiros da história do Grêmio e o segundo estrangeiro com mais gols na história do clube português Sport Lisboa e Benfica, em outras palavras, ele é o brasileiro que mais marcou gols em toda a história com a camisa dos “Encarnados”.

E para vocês? Jonas merece uma chance na Seleção Brasileira mesmo com Gabriel Jesus e Roberto Firmino dando conta do recado até este momento?

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here