Quando cita-se um dos melhores goleiros do mundo da atualidade, o nome de Jan Oblak que atualmente joga pelo Atlético de Madrid da Espanha e também joga pela seleção da Eslovênia, deve ser levado em conta.

Jan Oblak nasceu em 07/01/1993 em Škofja Loka, na Eslovênia. Oblak começou a dar os seus primeiros passos no futebol quando ele ainda tinha apenas 5 anos de idade, porém o que mais se sabe sobre a carreira dele? Por quais clubes ele jogou? Quais feitos ele atingiu até aqui na sua carreira?

Juvenil

Jan Oblak nasceu na Eslovênia e assim sendo, o seu pai é esloveno, no entanto, a sua mãe é bósnia. Além disso, a irmã mais velha – Teja – também se tornou uma atleta e assim sendo, atualmente ela joga basquete em um clube cujo nome é Good Angels Košice e não pára por aí, ela também joga na seleção de basquete da Eslovênia.

Nascido na cidade de Škofja Loka, no condado de Carniolan. Com o incentivo do pai – Matjaž Oblak – que também era goleiro [1], ele começou a jogar futebol aos 6 anos de idade, em um clube local, o Ločan. Aos 10 ele se mudou para a academia de juniores do Olimpija, onde permaneceu por lá até o fim da temporada 2004-05 quando o clube foi dissolvido. Ele então se mudou para o recém-fundado Bežigrad, que, após uma série de mudanças de nome, até que no ano de 2008, o clube passou a se chamar Olimpija Ljubljana.

 

A Carreira e os Números de Oblak nos clube em que jogou

 

Olimpija Ljiubljana

Categorias de Base

Após a dissolução do Olimpija, Oblak passou a treinar no Bežigrad – clube que atualmente chama-se Olimpija Ljubljana – no ano de 2005. Enquanto os seus companheiros de clube iam treinar de BMW, graças a uma parceria do clube com a montadora. Quanto a Oblak, pelo fato dele ainda não poder dirigir – era menor de 18 anos -, ele tinha de percorrer de bicicleta os 25 km de sua casa em Škofja Loka até o centro de treinamento em Liubliana, capital da Eslovênia. Quando o clube finalmente passou a se chamar de Olimpija Ljubljana em 2008, Oblak estava cavando o seu espaço no time.

Ainda no ano de 2008, em um período de férias na Itália, Jan Oblak passou por um período de testes no Empoli, ele foi aprovado nos testes e o clube italiano chegou a oferecer um contrato para Oblak naquela época, mas ele preferiu ficar no seu país.

2008-09

A estreia de Oblak na equipe principal do Olimpija Ljubljana ocorreu pouco antes do término da 2.SNL (2ª divisão do futebol esloveno). Quanto ao Olimpija, além de ter conseguido o acesso para a 1ª divisão do futebol esloveno nesta temporada, o clube também foi o campeão da 2.SNL 2008-09.

Em julho de 2009, meses depois de assinar o seu primeiro contrato com o Olimpija Ljubljana, Oblak aproveitou as férias para passar por um período de testes no Fulham, da Inglaterra, onde treinou com os juniores do time. No entanto, assim como ocorreu em 2008 quando ele passou nos testes do Empoli, ele optou novamente por ficar na Eslovênia.

  • Números de Oblak na sua 1ª Temporada no Olimpija Ljubljana
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2008-09
1 ? ? ? ? ?

Pd – Partidas disputadas, Gs – Gols sofridos, Jssg – Jogos sem sofrer gols, CA – Cartões amarelos, CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

2009-10

No primeiro jogo do Olimpija Ljubljana na Prva Liga – 1ª divisão do futebol esloveno -, o clube estreou com uma derrota por 3-1 diante do NK Interblock. Na rodada seguinte, em 25 de julho de 2009, o técnico Branko Oblak optou por escalar o jovem de 16 anos como goleiro titular e assim sendo, os “Zmaji” – Olimpija Ljubljana – venceu o ND Gorica por 2-1. Deste jogo em diante, Jan Oblak tomou conta da posição e ao final do campeonato, o Olimpija Ljubljana terminou o campeonato na 4ª colocação com 55 pontos e ele foi o goleiro “menos vazado” da Prva Liga e não foi só isso, Jan Oblak também foi eleito o “melhor goleiro da Prva Liga”. Com a 4ª colocação, os “Zmaji” se classificaram para a 1ª fase dos playoffs da UEFA Europa League 2010-11.

  • Números de Oblak na sua 2ª e última Temporada no Olimpija Ljubljana
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2009-10
33 27 9 1 2970

 

Beira-Mar

2010-11

Em 14 de junho de 2010, Oblak assinou um contrato com o Benfica de Portugal. Estima-se que o clube lisboeta tenha desembolsado 3,9 milhões de euros (o equivalente a 16,8 milhões de reais). Esta quantia foi questionada na época pelos torcedores e dirigentes do Benfica por ser muito alta por um jogador desconhecido. Imediatamente, o jovem arqueiro esloveno foi emprestado e o seu primeiro destino por empréstimo foi o Beira-Mar, um clube português que assim como o Benfica, disputava a Primeira Liga (1ª divisão do Campeonato Português).

No entanto, o jovem goleiro esloveno não teve espaço no Beira-Mar, mas convém lembrar que ele jogou duas partidas da Taça de Portugal com a camisa deste clube sendo que no primeiro jogo dele com a camisa do Beira-Mar em 17 de outubro de 2010 em partida válida pela 3ª fase da Taça de Portugal contra o Mirandela, Oblak foi decisivo e ajudou a equipe a se classificar para a fase seguinte; as duas equipes ficaram no empate em 1-1 no tempo regulamentar e na prorrogação e nos pênaltis, vitória do Beira-Mar por 4-2.

Em 21/11/2010, em confronto válido pela 4ª fase da Taça de Portugal contra o Coimbra, o Beira-Mar foi derrotado pelo placar de 2-0 no tempo regulamentar e assim sendo, este foi o último jogo do goleiro de 17 anos com a camisa do Beira-Mar.

  • Números de Oblak na sua 1ª e única Temporada no Beira-Mar
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2010-11
2 3 210

 

Olhanense

2010-11

Em janeiro de 2011, com o intuito de dar mais experiência para Oblak, o Benfica o emprestou para outro clube que disputava a Primeira Liga, o Olhanense, porém, diferentemente do clube anterior onde ele jogou duas partidas, desde a sua chegada ao Olhanense, o jovem goleiro de 18 anos recém-completado só “esquentou o banco” na sua passagem pelo Olhanense.

  • Números de Oblak na sua 1ª e única Temporada no Olhanense
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2010-11
00 00 00 00

 

União de Leiria

2011-12

O Benfica voltou a emprestar o goleiro Oblak para outra equipe da Primeira Liga, e o clube da vez é o União de Leiria para a temporada 2011-12. Na primeira metade desta temporada, o jovem arqueiro esloveno “frequentou o banco”, mas em 16 de outubro de 2011, em partida válida pela 3ª fase da Taça de Portugal, o técnico Manuel Cajuda o escalou pela primeira vez como goleiro titular, porém esta foi uma estreia para se esquecer, pois com uma derrota por 2-1 diante do Alcochetense, o União de Leiria foi eliminado da Taça de Portugal.

Veja Também!  Assistir Portugal x Sérvia AO VIVO na Internet Esporte Interativo Plus Futebol Ao Vivo

Em 15 de janeiro de 2012, em confronto válido pela 15ª rodada da Primeira Liga, pela primeira vez, o goleiro esloveno teve a chance de jogar uma partida por este campeonato e logo na primeira partida de Oblak pela Primeira Liga, o União de Leiria e o Nacional da Madeira ficaram no empate em 2-2. Deste jogo em diante, até o fim do campeonato, o esloveno passou a ser o goleiro titular, no entanto, das 16 partidas em que ele esteve em baixo das traves, ele só não sofreu gols em 4 ocasiões.

Em suma, na sua primeira oportunidade como arqueiro titular, ele sofreu 30 gols em 17 partidas, uma média de 1,76 gols sofridos por partida. Quanto ao União de Leiria, o clube terminou o campeonato na lanterna – na última posição (16º) – e com isso, foi rebaixado para a 2ª divisão do futebol português.

  • Números de Oblak na sua 1ª e única Temporada no União de Leiria
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2011-12
17 30 4 1 1 1530

 

Rio Ave

2012-13

Ainda sem espaço no elenco do Benfica, o clube lisboeta emprestou Oblak mais uma vez e o clube para o qual ele foi emprestado desta vez foi o Rio Ave, outra equipe que disputava a Primeira Liga e a sua estreia pelo seu novo clube ocorreu em 27 de agosto de 2012, em jogo válido pela 2ª rodada do Campeonato Português, uma partida na qual o Rio Ave venceu o Sporting por 1-0 em pleno estádio José Alvalade em Lisboa com um gol do lateral esquerdo Edimar (atualmente joga pelo São Paulo). Deste jogo em diante, o técnico Nuno Espírito Santo – atualmente treina o Wolverhampton da Inglaterra – passou a escalá-lo como o arqueiro titular da equipe.

Em suma, na sua passagem pelo Rio Ave, o goleiro esloveno disputou 31 partidas, sofreu 40 gols sendo que ele só não foi “vazado” em 9 jogos, uma média de 1,29 gols sofridos por partida. Quanto aos “Vilacondenses”, terminaram o Campeonato Português na 6ª colocação.

  • Números de Oblak na sua 1ª e única Temporada no Rio Ave
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2012-13
31 40 9 2 1 2854

 

Benfica

2013-14

Em julho de 2013, Oblak não se apresentou para os treinos da pré-temporada, alegando que ele não tinha mais contrato com o Benfica. No final do mês seguinte, ele assinou uma extensão de contrato com o clube lisboeta até o ano de 2018. Quanto ao ocorrido anterior, ele descreveu a situação como um “mal-entendido”.

Na primeira metade da temporada 2013-14, o goleiro esloveno ficou no banco de reservas até que em 15 de dezembro de 2013, em jogo da 13ª rodada da Primeira Liga contra o Olhanense, o até então goleiro titular Artur Moraes se lesionou e com isso, ele teve de deixar o campo aos 23 minutos da segunda etapa e o técnico Jorge Jesus colocou o jovem goleiro esloveno no lugar de Artur em uma partida na qual o Benfica venceu o Olhanense por 3-2. Deste jogo em diante, Jan Oblak passou a ser o goleiro titular dos Encarnados, Benfica. Nos 3 jogos seguintes dos Encarnados no Campeonato Português, o time não sofreu gols, bem como nos outros 19 jogos no decorrer da temporada.

Ao final da temporada 2013-14, o Benfica foi o campeão português, campeão da Taça de Portugal e campeão da Taça da Liga, e ele ganhou o prêmio de melhor goleiro da Primeira Liga 2013-14. Mas a sua titularidade esteve em risco no jogo contra o Arouca em 13 de abril de 2014, quando precisou ser substituído depois de um choque com o atacante da equipe adversária, porém mesmo com este ocorrido, os Encarnados venceram esta partida por 2-0. Oblak foi diagnosticado com traumatismo craniano no dia seguinte, mas a recuperação foi rápida e ele voltou a tempo de participar do jogo do título contra o Olhanense depois de uma semana, ao qual o Benfica venceu por 2-0.

Em 01/05/2014, no segundo confronto da semifinal da UEFA Europa League 2013-14 contra a Juventus da Itália, o arqueiro esloveno fez uma de suas melhores partidas da carreira e fechou o gol em Turim e com o empate em 0-0, por ter vencido o primeiro confronto por 2-1, o Benfica se classificou para a final deste torneio. No entanto, o clube lisboeta perdeu por 4-2 para o Sevilla da Espanha na disputa por pênaltis após um empate em 0-0 no tempo regulamentar e na prorrogação, mas mesmo assim, o Benfica fez uma grande temporada.

Em suma, na sua única temporada jogando pelos Encarnados, o jovem goleiro esloveno de 21 anos disputou 28 partidas sendo que ele sofreu apenas 8 gols e ficou sem sofrer gols por 22 jogos, uma média de 0,28 gols sofridos por partida.

  • Números de Oblak na sua 1ª e única Temporada no Benfica
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2013-14
28 8 22 2 2522

 

Títulos que conquistou no Benfica

  • Primeira Liga 2013-14
  • Taça de Portugal 2013-14
  • Taça da Liga 2013-14
  • O vídeo abaixo mostra as melhores defesas de Oblak pelo Benfica
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 1 de junho de 2014 por FootballTv

Atlético de Madrid

2014-15

Em 16 de julho de 2014, o Atlético de Madrid anunciou que havia chegado a um acordo com o Benfica para a transferência de Oblak. O clube espanhol pagou 16 milhões de euros (o equivalente a 68 milhões de reais) pelo goleiro esloveno fazendo dele, o goleiro mais caro da história da La Liga (Campeonato Espanhol). Oblak mudou-se para Madrid – capital da Espanha – e assinou um contrato de 6 anos com o seu novo clube e a princípio ele veio para repor a saída de Thibaut Courtois, que havia voltado a jogar pelo seu clube, o Chelsea, após o fim do seu empréstimo.

Durante a sua apresentação, em 22/07/2014, o goleiro esloveno disse: “Eu não vim para substituir ninguém. Eu venho como outro jogador. Estou aqui para lutar pelo meu espaço, assim como os outros jogadores e goleiros. Farei tudo ao meu alcance para defender essa camisa e conseguir ótimos resultados nesta temporada, farei tudo o que estiver ao meu alcance para ajudar a equipe.” 

O início de Oblak no seu novo clube não foi nada animador, pois ele se lesionou na pré-temporada e isso fez com que ele perdesse a titularidade para Miguel Ángel Moyà, mas em 16/09/2014, na estreia do Atlético de Madrid na fase de grupos da UEFA Champions League (Liga dos Campeões), o técnico Diego Simeone o escalou como goleiro titular, no entanto, os “Colchoneros” – Atlético de Madrid – perderam por 3-2 para o Olympiacos da Grécia.

Veja Também!  Onde assistir França x Islândia AO VIVO - Eliminatórias Da Euro

Em 03/12/2014, no primeiro confronto contra o L’Hospitalet na 4ª fase da Copa do Rei, Simeone deu uma nova chance para o goleiro esloveno iniciar uma partida como o titular e neste jogo, ele não sofreu gols e os Colchoneros venceram o L’Hospitalet por 3-0.

Em 17 de março de 2015, no segundo confronto das oitavas de final da UEFA Champions League contra o Bayer Leverkusen da Alemanha, Moyà se lesionou e devido a isso, teve de deixar o campo e aos 23 minutos do primeiro tempo, Oblak entrou no lugar dele para virar o herói da classificação para a semifinal, pois no primeiro confronto entre as duas equipes na Alemanha, o Bayer venceu por 1-0 e neste jogo, o Atlético de Madrid venceu pelo mesmo placar e na decisão por pênaltis, o esloveno defendeu um pênalti de Hakan Çalhanoğlu e assim sendo, o time espanhol levou a melhor nas penalidades e venceu por 3-2, assim se classificando para a semifinal da UEFA Champions League 2014-15. Deste jogo em diante, Oblak se tornou o “dono” da posição.

Em suma, na sua primeira temporada como o goleiro do Atlético de Madrid, o esloveno disputou 21 partidas, das quais ele sofreu gols em 18, mas em compensação, destes 18 jogos, ele não sofreu gols em 11 jogos, uma média de 0,85 gols sofridos por partida.

  • Números de Oblak na sua 1ª Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2014-15
21 18 11 2 1897

2015-16

Diferentemente do início das temporadas anteriores, desta vez, Oblak iniciava uma temporada com o status de titular e logo na estreia do Atlético de Madrid na La Liga 2015-16, os Colchoneros venceram o Las Palmas por 1-0 e este foi apenas um de muitos jogos nos quais ele ficou sem ser “vazado” e ao final do Campeonato Espanhol desta temporada, o goleiro esloveno sofreu apenas 18 gols em 38 partidas, igualando o recorde de Francisco Liaño, goleiro do Deportivo La Coruña na temporada 1993-94. Oblak terminou 22 jogos sem levar gol na temporada, mais do que qualquer outro goleiro da história do Atlético. Com o fim do campeonato, ele ganhou o Troféu Ricardo Zamora como melhor goleiro da La Liga 2015-16.

Além de ter sido o goleiro que menos sofreu gols na La Liga 2015-16, a grande atuação de Oblak nesta temporada aconteceu em 3 de maio de 2016, no segundo confronto da semifinal da Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique da Alemanha, ao qual o Atlético de Madrid venceu por 2-1 e o goleiro esloveno defendeu um pênalti de Thomas Müller. Convém lembrar que os Colchoneros venceram o primeiro confronto por 1-0 e com o critério do gol fora de casa, o time espanhol se classificou para a final da UEFA Champions League 2015-16. Posteriormente, o Atlético de Madrid perdeu para o rival Real Madrid na final nas penalidades por 5-3, após um empate em 1-1 no tempo regulamentar e também na prorrogação.

Em suma, na sua segunda temporada como goleiro do time colchonero, o arqueiro esloveno disputou 51 partidas, das quais ele sofreu 26 gols, mas vale ressaltar que Oblak não sofreu gols em 32 jogos, uma média de 0,50 gols sofridos por partida.

  • Números de Oblak na sua 2ª Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2015-16
51 26 32 1 4650

2016-17

Assim como ocorreu na temporada passada, no primeiro jogo do Atlético de Madrid nesta temporada – estreia na La Liga 2016-17 -, Oblak iniciou a partida como goleiro titular, no entanto, o time colchonero e o Alavés ficaram no empate em 1-1. Mas, convém lembrar que dos 7 jogos seguintes do time colchonero nesta temporada, o esloveno não sofreu gols em 6 partidas.

Em 15 de março de 2017, no segundo confronto das oitavas de final da UEFA Champions League contra o Bayer Leverkusen no estádio Vicente Calderón – antigo estádio do Atlético de Madrid -, uma grande atuação do goleiro esloveno que fez 3 defesas difíceis em sequência e com isso, as duas equipes ficaram no empate em 0-0, mas vale ressaltar que no primeiro confronto entre as duas equipes na BayArena na Alemanha, o Atlético de Madrid venceu por 4-2. Posteriormente, o Atlético de Madrid foi eliminado nas semifinais pelo rival Real Madrid.

Em suma, na sua terceira temporada com a camisa do time colchonero, Oblak disputou 41 jogos, dos quais ele sofreu 28 gols, mas em compensação, destes 28 jogos, ele não sofreu gols em 21 partidas, uma média de 0,68 gols sofridos por partida e assim como na temporada anterior, o esloveno foi o goleiro menos vazado do campeonato e pela 2ª vez consecutiva, ele foi eleito o melhor goleiro da La Liga e mais uma vez, o Troféu Ricardo Zamora foi concedido a ele.

  • Números de Oblak na sua 3ª Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2016-17
41 28 21 1 3641

2017-18

Assim como ocorreu nas duas temporadas anteriores, Oblak iniciou a temporada 2017-18 mais uma vez como o goleiro titular do Atlético de Madrid, porém nos 2 primeiros jogos do time colchonero nesta temporada, ele sofreu gols; empate em 2-2 com o Girona na 1ª rodada da La Liga e uma goleada do Atleti por 5-1 sobre o Las Palmas.

Na fase de grupos da UEFA Champions League 2017-18, o time colchonero não foi bem e terminou na 3ª colocação, mas ainda havia um alento, conquistar o título da UEFA Europa League 2017-18 e foi exatamente isso o que aconteceu, pois na 1ª fase de mata-mata contra o Copenhague da Dinamarca, com um placar agregado de 5-1 – vitória por 4-1 fora de casa e um triunfo por 1-0 em Madrid -, o Atlético de Madrid se classificou para a fase seguinte.

Nas oitavas de final, o adversário do time espanhol era o Lokomotiv de Moscou da Rússia e com um placar agregado de 8-1 – 3-0 em Madrid e uma goleada por 5-1 em Moscou -, o Atlético de Madrid se classificou para as quartas-de-finais.

O adversário do time colchonero nas quartas de final foi o Sporting de Portugal e com um placar agregado de 2-1 – vitória por 2-0 em Madrid e uma derrota por 1-0 em Lisboa -, o Atlético de Madrid mais uma vez avançou para a fase seguinte.

O adversário do time espanhol na semifinal era o Arsenal da Inglaterra e assim como na fase anterior, mais um confronto difícil, mas com um placar agregado de 2-1 – empate em 1-1 em Londres e vitória em Madrid por 1-0 -, o time colchonero se classificou para a final da UEFA Europa League 2017-18.

Veja Também!  Assistir Andorra x Albânia AO VIVO – Eliminatórias Eurocopa

O adversário da final era o Olympique de Marselha da França e o palco desta decisão era o Grand Stade de Lyon, na França, porém mesmo se tratando de uma final, o Atlético de Madrid não encontrou dificuldades e venceu o time francês no tempo regulamentar pelo placar de 3-0 e assim sendo, pela 3ª vez na história do clube, o Atlético de Madrid era o campeão da Liga Europa.

Oblak segurando o troféu da UEFA Europa League 2017-18

Ao final desta temporada, pela 3ª vez consecutiva, Jan Oblak foi o goleiro menos vazado do Campeonato Espanhol e sofreu apenas 22 gols em 37 partidas disputadas, mas convém lembrar que ao todo, ele disputou 49 partidas na temporada 2017-18 e sofreu 28 gols, mas em 29 jogos, ele saiu de campo sem sofrer gols; uma média de 0,57 gols sofridos por partida. Além disso, pela 3ª vez seguida, ele ganhou o Troféu Ricardo Zamora e pela 3ª temporada consecutiva, o Atlético de Madrid termina o Campeonato Espanhol como o time que menos sofreu gols.

  • Números de Oblak na sua 4ª Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2017-18
49 28 29 2 4410

2018-19

Logo no primeiro jogo da atual temporada em 15 de agosto de 2018, o Atlético de Madrid conquistou mais um título ao vencer o Real Madrid pelo placar de 4-2 na prorrogação, conquistou o título da Supercopa da Espanha 2018 e o Oblak foi o goleiro titular do time colchonero nesta partida.

Em 06/11/2018, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o Atlético de Madrid venceu o Borussia Dortmund da Alemanha pelo placar de 2-0 e com este resultado, ao sair de campo mais uma vez sem sofrer gols, o arqueiro esloveno chegou a marca de 100 jogos sem sofrer gols, um feito que ele conseguiu em 178 jogos oficiais com a camisa do Atlético de Madrid.

Até aqui, pela 4ª temporada consecutiva, Oblak é o goleiro menos vazado da La Liga, pois em 18 jogos disputados, ele sofreu apenas 13 gols.

  • Números de Oblak na sua 5ª e atual Temporada no Atlético de Madrid
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2018-19
24 20 11 2 *2190

* esta temporada ainda está em andamento

Títulos que conquistou no Atlético de Madrid

  • Supercopa da Espanha 2014
  • UEFA Europa League 2017-18
  • Supercopa da UEFA 2018
  • O vídeo abaixo mostra as melhores defesas de Oblak pelo Atlético de Madrid até aqui
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 18 de abril de 2018 por Atleti Studio

Os Números de Oblak na Seleção da Eslovênia

 

Eslovênia

Seleções de Base

Assim como muitos outros jogadores, Oblak também teve passagem pelas seleções de base do seu país; sub-15, sub-16, sub-19 e sub-21 respectivamente. Convém lembrar que em agosto de 2009, quando ele ainda tinha apenas 16 anos de idade, ele foi convocado para disputar jogos pela seleção sub-21 da Eslovênia e além disso, ele fez sua estreia pela seleção sub-21 em 9 de setembro daquele ano, contra a França.

Seleção Principal

O primeiro técnico a convocar o goleiro Oblak para jogos – 2 jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2014 – da seleção principal foi Slaviša Stojanović e em um destes jogos, em 11 de setembro de 2012, Jan Oblak fez a sua estreia pela seleção principal da Eslovênia, porém esta foi uma estreia para se esquecer, pois a seleção eslovena foi derrotada pela Noruega por 2-1. Posteriormente, ele foi convocado para outros jogos destas Eliminatórias, no entanto, a Eslovênia ficou em 3º lugar no grupo E – ficando atrás da Suíça que conquistou a vaga direta e da Islândia que perdeu a vaga para a Copa na repescagem – e com isso, o sonho da seleção eslovena se classificar para a sua 2ª Copa do Mundo, foi adiado.

Eliminatórias para a Euro 2016

Apesar de ter se tornado o goleiro titular do Benfica e posteriormente do Atlético de Madrid, nas Eliminatórias para a Euro 2016 o novo técnico da seleção eslovena – Srečko Katanec – ainda não o via como o dono da posição e assim sendo, na seleção o Oblak era reserva de Samir Handanović, mas vale ressaltar que o novo técnico o escalou como titular em algumas ocasiões. A seleção da Eslovênia ficou em 3º lugar no grupo E – ficando atrás da Inglaterra e da Suíça respectivamente – e na repescagem contra a seleção da Ucrânia, após uma derrota por 2-0, no segundo confronto um empate em 1-1 e com isso, a Eslovênia ficou de fora da Eurocopa de 2016.

Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018

Com o anúncio de aposentadoria do goleiro Samir Handanović da seleção eslovena no final de 2015, Jan Oblak passou a ser o goleiro titular da seleção da Eslovênia, porém a seleção eslovena parou no meio do caminho mais uma vez e ficou em 4º lugar no grupo F e com isso, o sonho de disputar a sua 2ª Copa do Mundo, foi mais uma vez adiado.

Apesar de não ter obtido a classificação para a Copa do Mundo FIFA de 2018, Oblak também teve boas atuações com a camisa da seleção da Eslovênia.

  • O vídeo abaixo mostra as melhores defesa de Oblak na derrota da Eslovênia por 1-0 diante da Inglaterra nas Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 5 de outubro de 2017 por LEOQUIAN

Total

Pd Gs Jssg CA CV Mj 
18 12 8 1 1620
Prêmios individuais
  • Melhor goleiro da Primeira Liga 2013–14
  • Troféu Zamora: 2015–16, 2016–17, 2017–18
  • Melhor goleiro da La Liga: 2015–16
  • 42º melhor jogador do ano de 2016 (The Guardian)
  • 32º melhor jogador do ano de 2016 (Marca)
  • Futebolista Esloveno do Ano: 2015, 2016, 2017 e 2018

Considerações Finais

Com base em todos os dados e números analisados nesta matéria, pode-se concluir que Jan Oblak saiu do anonimato de Liubliana e de Portugal, onde foi um “cigano”, para ser titular incontestável do Atlético de Madrid da Espanha e também da seleção de seu país e com tudo o que conquistou até aqui na sua carreira, não é por acaso que ao lado de Alisson Becker do Liverpool, Ederson Moraes do Manchester City e de Hugo Lloris do Tottenham, ele é considerado um dos melhores goleiros do mundo.

E para vocês? Jan Oblak é um dos melhores goleiros da atualidade?



Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui