Quando cita-se um dos melhores jogadores sul-americanos que está atuando no futebol europeu, o nome de James Rodríguez que atualmente pertence ao Real Madrid da Espanha, mas atuou na temporada anterior pelo Bayern de Munique da Alemanha e que também atua pela seleção da Colômbia, deve ser levado em conta.

James David Rodríguez Rubio nasceu em 12/07/1991 em Cúcuta, na Colômbia. Antes de chegar onde chegou hoje, James iniciou a carreira dele como profissional no Envigado Futból Club da Colômbia. Porém, o que mais se sabe sobre a carreira de James Rodríguez? Por quais clubes ele jogou? Quais feitos ele atingiu até este momento?

Juvenil

Como já foi dito acima, James nasceu na cidade de Cúcuta, mas passou a maior parte da sua infância na cidade de Ibagué. Desde muito jovem, James já demonstrava talento para o futebol. Além disso, James Rodríguez estudou na escola Juan Lozano y Lozano.

Antes de atuar como um meia central, quando James começou a jogar futebol ele costumava jogar como volante e graças ao apoio de sua mãe – Pilar Rubio Gomez -, ele fez parte da equipe juvenil da Academia Tolimense de Fútbol, apesar que o time mais famoso da cidade é o Desportes Tolima. James Rodríguez sempre jogava futebol nas “escolinhas de futebol” da cidade e por coincidência, ele sempre jogava com a camisa de número 10, tanto no bairro Jordan quanto nos demais “campinhos” de futebol de Ibagué, mas foi mesmo jogando com a camisa dos juniores desta equipe é que ele conseguiu obter junto com os seus companheiros de equipe o título Ponyfútbol no campo de Marte, em Medellín, aos 12 anos de idade.

Após a conquista do título “Ponyfútbol” disputado em Medellín, James ficou por lá mesmo, pois um dos olheiros do Envigado Futból Club, um time de futebol da cidade de Medellín, acreditou no talento do garoto e o convenceu a fazer parte das categorias de base do Envigado.

 

A Carreira de James Rodríguez em Números e os clubes em que jogou

 

Envigado

Categorias de Base

Com as boas atuações no “Ponyfutból” e acreditando no potencial e também no talento do até então jovem de 12 anos, o Envigado deu uma oportunidade para James e por este motivo, ele teve de se mudar para Medellín e depois de 2 anos atuando nas categorias de base do clube, James fez a sua estreia como profissional. É isso mesmo, ele começou a jogar futebol profissionalmente aos 14 anos de idade.

2006-07

Em 21 de maio de 2006, mesmo tendo apenas 14 anos de idade e perto de completar 15 anos, James Rodríguez fez a sua estreia como jogador profissional em uma partida do Torneo A – 1ª divisão do futebol colombiano -, embora o clube tenha caído para a 2ª divisão ao final da temporada.

Em suma, na sua primeira temporada como profissional, James Rodríguez disputou 8 partidas e não marcou gols e também não proveu assistências.

  • Números de James Rodríguez na sua 1ª Temporada no Envigado
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2006-07
 8  0  ? ? ?

Pd – Partidas disputadas; Gm – Gols marcados; A – Assistências; CA – Cartões amarelos; CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

2007-08

Apesar da queda para a 2ª divisão do futebol colombiano, com boas atuações de James nesta temporada, o Envigado voltou para a 1ª divisão e isso não foi tudo. Graças as suas atuações, James foi convocado para a seleção sub-17 da Colômbia e além disso, também disputou a Copa do Mundo Sub-17 FIFA de 2007.

Em suma, na sua última temporada com a camisa do Envigado, James teve mais sequência e com isso, marcou 9 tentos. Quanto ao Envigado FC, como já foi dito acima, foi o campeão da “Categoría Primera B”.

  • Números de James Rodríguez na sua 2ª e última Temporada no Envigado
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2007-08
 22 *9  0  ? ? ?

* Gols válidos pela La Categoría Primera B

Títulos que conquistou no Envigado

  • Categoría Primera B 2007
  • O vídeo abaixo mostra alguns dos melhores lances de James Rodríguez com a camisa do Envigado
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 6 de maio de 2016 por B4P Football

 

Banfield

2008-09

Após duas temporadas atuando com a camisa do Envigado, no início do ano de 2008, James Rodríguez assinou com o Club Atlético Banfield da Argentina. Ainda convém lembrar que o clube argentino o adquiriu a título de empréstimo por 2 anos.

Apesar de ter chegado ao clube em 2008, somente em 7 de fevereiro de 2009, em jogo válido pela 1ª rodada do Clausura – 2º turno do Campeonato Argentino – é que o técnico Miguel Jerez promoveu a estreia do jovem colombiano – James – ao colocá-lo no lugar do volante Nicolás Bertolo aos 32 minutos do segundo tempo em uma partida na qual o Banfield e o Godoy Cruz empataram em 1-1.

Em 28/02/2009, em jogo da 4ª rodada do Clausura, o jovem meia colombiano saiu do banco aos 19 minutos da segunda etapa para entrar no lugar do lateral esquerdo Ariel Broggi e 11 minutos depois, James marcou o seu primeiro e único gol desta temporada na vitória por 3-1 sobre o Rosario Central no estádio Florencio Sola – estádio do Banfield – e com isso, James Rodríguez se tornou o mais jovem jogador estrangeiro a estrear e marcar um gol na primeira divisão do futebol argentino, com apenas 17 anos.

Em suma, na sua primeira temporada com a camisa do “Taladro” – Banfield -, James disputou 12 partidas e fez 1 gol. Quanto ao Banfield, terminou o Clausura em 12º lugar.

  • Números de James Rodríguez na sua 1ª Temporada no Banfield
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2008-09
 12 *1  0  0 286

* Gol válido pelo Clausura

2009-10

A posição natural de James era a de meio-campista central, mas ele também atuava como meia-esquerda ou como atacante. Os principais atributos do jovem colombiano eram o seu ritmo de jogo, seus passes entre linhas e a sua capacidade de dar passes em espaços pequenos e com tais qualidades, Julio Falcioni, o novo treinador do Banfield o escalou entre os titulares logo na 1ª rodada do Apertura 2009 – 1º turno do Campeonato Argentino – em 23 de agosto de 2009 em uma partida na qual o Banfield venceu o River Plate por 2-0.

Em 26/09/2009, em jogo da 6ª rodada do Apertura, James foi o principal craque da vitória por 2-1 sobre o Newell’s Old Boys ao sofrer um pênalti que foi convertido por Santiago “El Tanque” Silva e fez o segundo gol do “Taladro” no jogo respectivamente.

Em 24/10/2009, em partida válida pela 10ª rodada do Apertura, o jovem colombiano marcou o seu segundo tento na temporada no triunfo por 3-0 sobre o Godoy Cruz e além do gol marcado, deu o passe para um dos 2 gols de Santiago Silva.

Em 15/11/2009, James Rodríguez marcou o seu último gol no Apertura 2009 em um jogo da 14ª rodada, ao qual o Banfield venceu o Vélez Sarsfield por 3-0.

Em 13/12/2009, em jogo da última rodada do Apertura 2009, mesmo com uma derrota por 2-0 para o Boca Juniors, o Banfield se sagrou campeão do torneio e com isso, James se tornou o estrangeiro mais jovem a sair campeão na Argentina conseguindo um evento sem precedentes na história do clube do sul de Buenos Aires. Nessa temporada ele marcou gols importantes, um deles diante do Newell’s, que foi o time que mais incomodou o Banfield na disputa pelo título do campeonato. James é considerado um ídolo no clube argentino e não é por acaso que ele faz parte dos 11 jogadores mais importantes da história do clube, pois esta foi a única grande conquista na história do clube do sul de Buenos Aires.

Por ter sido o campeão do Apertura 2009, o Banfield também herdou uma vaga para a fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2010 e logo no início deste ano (2010), tornou-se formalmente a possibilidade de que o jovem jogador se transferisse para a Udinese da Itália, estima-se que a equipe estaria disposta a pagar cerca de 3 milhões de dólares para ter 50% do seu passe; A possibilidade de que o meia chegasse à Juventus também foi aberta.

Na estreia do Banfield na Copa Libertadores 2010 – em 10/02/2010 -, o jovem meia colombiano marcou o primeiro gol do time argentino no triunfo por 2-1 sobre o Monarcas Morelia do México. Três dias depois da estreia na Libertadores, James marcou um dos gols na vitória por 2-0 sobre o Lanús em partida válida pela 4ª rodada do Clausura 2010.

Em 18/02/2010, em partida válida pela 2ª rodada da Copa Libertadores da América, James marcou um dos gols da goleada por 4-1 sobre o Deportivo Cuenca do Equador em solo equatoriano. Na rodada seguinte do maior torneio da América do Sul, o jovem colombiano marcou o seu primeiro e único doblete – ocorre quando um jogador faz 2 gols numa mesma partida -, da temporada no empate em 2-2 com o Nacional em Montevidéu, no Uruguai. Posteriormente, a derrota por 2-0 para o mesmo Nacional em pleno Florencio Sola impediu a equipe do sul de Buenos Aires de terminar em 1º lugar no grupo 6 e com isso, o Banfield teria de enfrentar o 1º colocado de um outro grupo nas oitavas-de-finais da Libertadores 2010 e além disso, teria de jogar o segundo confronto como visitante.

Em 29/04/2010, no primeiro confronto das oitavas de final da Copa Libertadores, o jovem colombiano marcou o seu último tento com a camisa do Banfield na vitória por 3-1 sobre o Internacional do Brasil, porém no segundo confronto, a equipe gaúcha venceu a equipe do Sul de Buenos Aires por 2-0 e seguindo o critério do gol fora de casa, o Inter se classificou para a fase seguinte. Posteriormente, o Internacional viria a ser o campeão desta edição da Copa Libertadores da América.

Paralelamente a disputa da Libertadores 2010, o Banfield também disputava o Clausura e diferentemente do Apertura 2009 no qual a equipe do sul de Buenos Aires foi a campeã, desta vez o time terminou o Clausura 2010 em 5º lugar.

Em suma, na sua última temporada com a camisa do Banfield, James Rodríguez disputou 38 jogos, fez 9 gols e proveu 7 assistências. Dos 9 tentos marcados, 5 foram pela Copa Libertadores fazendo dele um dos artilheiros da competição. Com as suas boas atuações nessa temporada, a ida de James para um clube europeu era inevitável.

  • Números de James Rodríguez na sua 2ª e última Temporada no Banfield
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2009-10
 38 *9  7  8 1 3034

* 9 gols dos quais 5 foram pela Libertadores, 3 pelo Apertura e 1 pelo Clausura

Títulos que conquistou no Banfield

  • Apertura 2009
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de James Rodríguez com a camisa do Banfield
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 27 de julho de 2014 por James Rodriguez Fans

 

Porto

2010-11

James Rodríguez sendo apresentado como o mais novo reforço do Porto

Em 6 de julho de 2010, James Rodríguez foi apresentado como o novo jogador do Futebol Clube do Porto de Portugal, clube que é popularmente conhecido como Porto. Para contratar o meio-campista colombiano de 18 anos, o clube português teve de desembolsar 5,1 milhões de euros (o equivalente a 21,8 milhões de reais) por um contrato de 4 anos.

Apesar de ter um novo meia em seu plantel, o técnico André Villas-Boas só promoveu a estreia de James em 16/10/2010 em partida válida pela 3ª fase da Taça de Portugal, ao qual o Porto goleou o Limianos por 4-1. O jovem colombiano entrou em campo aos 23 minutos da segunda etapa no lugar do ponta Silvestre Varela.

Em 07/11/2010, em jogo da 10ª rodada da Primeira Liga (Campeonato Português), James entrou em campo aos 37 minutos do segundo tempo no lugar de Varela novamente e querendo mostrar serviço, deu o passe para o centroavante brasileiro Hulk marcar o último gol na goleada por 5-0 sobre o maior rival, o Benfica.

Em 11/12/2010, em confronto válido pelas oitavas-de-finais da Taça de Portugal, André Villas-Boas escalou o meia colombiano entre os titulares pela primeira vez e ele não decepcionou e deu o passe para o compatriota Radamel Falcao abrir o placar da partida, a qual o Porto goleou o Juventude Évora por 4-0. Quatro dias depois, mas desta vez em jogo válido pela última rodada da fase de grupos da UEFA Europa League, James ganhou uma nova chance entre os titulares e além de marcar o seu primeiro gol com a camisa dos Dragões – Porto – no triunfo por 3-1 sobre o CSKA Sofia da Bulgária, deu o passe para o gol de Rúben Micael nessa partida.

Em 8 de janeiro de 2011, em jogo da 15ª rodada da Primeira Liga, James foi o principal destaque na goleada por 4-1 sobre o Marítimo ao marcar um dos 4 gols do Porto na partida e não foi só isso, além do gol marcado, deu passes para um dos 2 gols de Fredy Guarín e para o gol do Hulk.

Em 26/01/2011, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Português, o meia colombiano marcou o seu terceiro tento na temporada na vitória por 3-0 sobre o Nacional da Madeira.

Em 01/05/2011, em jogo da 28ª rodada da Primeira Liga, James proveu assistências para os gols do zagueiro Nicolás Otamendi e de Walter respectivamente na goleada por 4-0 sobre o Vitória de Setúbal. Nas duas rodadas seguintes do Campeonato Português, as duas últimas rodadas da Primeira Liga 2010-11, o novo camisa 19 – James Rodríguez – dos Dragões não fez gols, mas proveu 3 assistências sendo que duas delas foram no empate em 3-3 com o Paços de Ferreira na 29ª rodada do campeonato.

Em 18/05/2011, André Villas-Boas optou por não escalar James entre os titulares na final da UEFA Europa League diante do Braga, outra equipe portuguesa, mas o meio colombiano jogou os últimos 11 minutos do jogo ao qual o Porto venceu o Braga por 1-0 e se sagrou campeão do torneio e por falar em título, o caminho dos Dragões até o Aviva Stadium – estádio localizado em Dublin na Irlanda – se desenrolou do seguinte modo> na fase de grupos, o Porto jogou contra o Rapid Vienna da Áustria, CSKA Sofia da Bulgária e contra o Besiktas da Turquia. Ao final desta fase, a equipe portuguesa somou 16 pontos – 5 vitórias e 1 empate – e assim sendo, garantiu o 1º lugar do grupo L.

Na fase de 16 avos, o Porto enfrentou o Sevilla da Espanha e depois de vencer o primeiro confronto por 2-1 em solo espanhol, o time português perdeu o segundo jogo por 1-0 em pleno Estádio do Dragão – estádio do Porto -, mas seguindo o critério do gol fora de casa, os Dragões seguiram adiante.

Nas oitavas-de-finais, o Porto enfrentou o CSKA Moscou da Rússia e com um placar agregado de 3-1 – vitória por 1-0 em solo russo e mais uma vitória por 2-1 no estádio dos Dragões – avançou para a fase seguinte.

Nas quartas-de-finais, os Dragões enfrentaram mais uma equipe russa, desta vez o Spartak de Moscou e não encontrou dificuldades para passar pelo Spartak, goleada por 5-1 e 5-2 respectivamente.

Na semifinal, o Porto enfrentou o Villareal da Espanha e depois de aplicar uma goleada de 5-1 sobre a equipe espanhola no Estádio do Dragão, a equipe portuguesa perdeu o segundo confronto por 3-2, mas como já tinha construído uma boa vantagem no primeiro duelo, o Porto se classificou para a final da UEFA Europa League 2010-11.

Na final da UEFA Europa League o Porto venceu o Braga por 1-0 e pela segunda vez na história, os Dragões se sagravam campeões deste torneio.

Da esquerda para a direita: Fredy Guarín, James Rodríguez segurando o troféu da UEFA Europa League 2010-11 e Radamel Falcao.

Após ser o campeão da UEFA Europa League 2010-11 e também da Primeira Liga 2010-11, em 22/05/2011, o Porto tinha mais uma decisão pela frente, a final da Taça de Portugal de 2010-11 e desta vez, André Villas-Boas escalou James Rodríguez entre os titulares e pela primeira vez na sua carreira, o colombiano marcou um hat-trick na goleada por 6-2 sobre o Vitória de Guimarães e convém lembrar que além dos 3 gols marcados nesse jogo, também deu o passe para Silvestre Varela marcar o gol dele nessa final.

Em suma, na sua primeira temporada nos Dragões, James Rodríguez disputou 32 jogos, fez 6 gols e proveu 18 assistências sendo que 10 destas foram pela Primeira Liga e assim sendo, ele foi o segundo jogador que mais proveu assistências no campeonato, ficando atrás apenas de Hulk que proveu 14 assistências. Quanto ao Porto, foi o campeão de todas as competições que disputou, salvo a Taça da Liga – Taça CTT – cujo campeão foi o Benfica.

  • Números de James Rodríguez na sua 1ª Temporada no Porto
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2010-11
 32 *6  18  4 1859

* 6 gols dos quais 3 foram pela Taça de Portugal, 2 pela Primeira Liga e 1 pela UEFA Europa League

2011-12

Com a saída de Andrés Villas-Boas do comando do Porto ao final da temporada anterior, quem assume o comando da equipe é Vítor Pereira, porém James Rodríguez não jogou a decisão da Supercopa da UEFA de 2011 – disputa entre o campeão da Liga Europa e o campeão da Liga dos Campeões – por estar defendendo a seleção do seu país e além desta partida, o camisa 19 também não jogou as duas primeiras rodadas da Primeira Liga 2011-12 e assim sendo, fez a sua estreia nesta temporada em 6 de setembro de 2011 em partida válida pela 3ª rodada do Campeonato Português, ao qual James começou como titular e marcou um doblete na goleada por 5-2 sobre o União de Leiria em pleno Municipal da Marinha Grande (estádio do União de Leiria).

Veja Também!  Como assistir Metz x Mônaco Futebol AO VIVO – Campeonato Francês

Em 13/09/2011, na estreia dos Dragões na fase de grupos da UEFA Champions League (Liga dos Campeões), Hulk desperdiçou uma cobrança de pênalti aos 10 minutos do primeiro tempo e 2 minutos depois, Luiz Adriano marcou o gol do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, mas o próprio Hulk se redimiu e empatou o jogo e depois no segundo tempo, James deu o passe para Kléber marcar o gol da virada e da vitória do Porto sobre a equipe ucraniana.

Em 28/09/2011, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o meia colombiano inaugurou o placar do jogo, mas o Porto levou a virada e perdeu para o Zenit São Petersburgo da Rússia por 3-1. Quatro dias depois, mas desta vez em partida válida pela 7ª rodada da Primeira Liga, o camisa 19 marcou o segundo gol da vitória dos Dragões por 3-0 sobre o Coimbra e além do gol marcado, deu o passe para o compatriota Fredy Guarín marcar o gol dele nesse jogo.

Em 14 de janeiro de 2012, em jogo da 15ª rodada da Primeira Liga, James marcou os gols da vitória de 2-0 do Porto sobre o Rio Ave. Na rodada seguinte do Campeonato Português, o colombiano foi decisivo novamente em mais um triunfo dos Dragões ao marcar um dos gols do triunfo por 3-1 sobre o Vitória de Guimarães e além do tento marcado no jogo, também deu o passe para o gol do zagueiro Rolando.

Em 02/03/2012, em jogo da 21ª rodada do Campeonato Português, Vítor Pereira optou por deixar o camisa 19 no banco e assim sendo, o Porto estava perdendo para o Benfica e aos 13 minutos da segunda etapa, o treinador sacou o zagueiro Rolando e colocou James no lugar dele e além de marcar um dos gols da vitória por 3-2 sobre o maior rival, o colombiano proveu a assistência para o gol de Maicon.

Em 12/05/2012, em partida válida pela última rodada (30ª) da Primeira Liga 2011-12, o camisa 19 marcou o seu último tento na temporada na goleada por 5-2 sobre o Rio Ave em pleno Estádio dos Arcos (estádio do Rio Ave).

Em suma, na sua 2ª temporada com a camisa dos Dragões, James Rodríguez jogou 38 partidas, fez 14 gols e proveu 11 assistências e estes números fizeram de James o 5º maior goleador da Primeira Liga 2011-12 e ele também foi o 4º jogador que mais proveu assistências no campeonato. Quanto ao Porto, foi o campeão da Primeira Liga 2011-12, terminou a fase de grupos da Liga dos Campeões em 3º lugar e como consequência, disputou a fase de 16 avos da UEFA Europa League, porém foi eliminado pelo Manchester City da Inglaterra nesta fase e além disso, foi eliminado precocemente na Taça de Portugal e também na Taça da Liga.

  • Números de James Rodríguez na sua 2ª Temporada no Porto
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2011-12
38 *14 11 3 1 2600

* 14 gols dos quais 13 foram pela Primeira Liga e 1 pela UEFA Champions League

2012-13

Antes do início desta temporada, mas precisamente em 4 de agosto de 2012, James Rodríguez usou a sua conta do Facebook para postar a nova numeração da sua camisa para esta temporada, a de número 10.

Em 01/09/2012, em jogo da 3ª rodada da Primeira Liga, o novo camisa 10 dos Dragões marcou o seu primeiro tento na temporada na vitória por 3-2 sobre o Olhanense e além do gol marcado na partida, deu o passe para o gol do compatriota Jackson Martínez. Na rodada seguinte do campeonato, o meia colombiano marcou um dos gols na goleada por 4-0 sobre o Beira-Mar e além do tento marcado, deu passes para os gols de Jackson Martínez e de Silvestre Varela respectivamente.

Em 03/10/2012, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, James marcou o único gol da vitória do Porto sobre o Paris Saint-Germain da França. Quatro dias depois, mas desta vez em jogo da 6ª rodada do Campeonato Português, o novo camisa 10 do Porto marcou o seu 4º tento nessa temporada no triunfo por 2-0 sobre o Sporting.

Em 08/10/2012, James Rodríguez foi eleito o melhor jogador da Primeira Liga dos meses de agosto e de setembro.

Em 02/11/2012, em jogo da 8ª rodada da Primeira Liga, o meia colombiano marcou o seu primeiro e único doblete da temporada na goleada por 5-0 sobre o Marítimo e além dos 2 gols, também contribuiu com uma assistência para um dos 2 gols de Martínez. Nas duas rodadas seguintes, James marcou 1 gol em cada partida; nas vitórias por 2-1 sobre o Coimbra no Estádio do Dragão e por 2-0 sobre o Braga como visitante.

Em 5 de janeiro de 2013, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Português, o camisa 10 jogou o primeiro tempo da vitória por 1-0 sobre o Nacional da Madeira e não retornou para jogar o restante da partida devido a uma lesão muscular e com isso, ele não pôde jogar as 6 rodadas seguintes da Primeira Liga e uma partida da Taça da Liga. No seu retorno aos gramados em 15/02/2013 em jogo da 19ª rodada da Primeira Liga, jogou os últimos 20 minutos do jogo diante do Beira-Mar, ao qual o Porto venceu por 2-0.

Em 19/02/2013, no primeiro confronto das oitavas-de-finais da Liga dos Campeões, James não conseguiu ficar em campo por 90 minutos, mas jogou os últimos 32 minutos da partida na qual os Dragões venceram o Málaga da Espanha por 1-0 no Estádio do Dragão. Posteriormente, a equipe espanhola venceu o Porto por 2-0 em solo espanhol e com isso, se classificou para a fase seguinte.

Em 03/04/2013, em confronto da semifinal da Taça da Liga, o camisa 10 dos Dragões marcou o primeiro gol da goleada por 4-0 sobre o Rio Ave e com isso, o Porto se classificou para a final da Taça da Liga 2012-13, no entanto, os Dragões perderam para o Braga por 1-0 na final e assim sendo, foram os vice-campeões desse torneio.

Em 04/05/2013, em jogo da 28ª rodada da Primeira Liga, James marcou o seu último tento com a camisa dos Dragões no triunfo por 3-1 sobre o Nacional em pleno Estádio da Madeira.

Em suma, na sua última temporada com a camisa dos Dragões, James Rodríguez disputou 38 partidas, fez 12 gols e proveu 12 assistências sendo que 9 destas foram pela Primeira Liga tornando-o o segundo jogador ao lado de Eduardo Salvio e Nico Gaitán – ambos do Benfica – que mais proveu assistências, ficando atrás apenas de um companheiro de equipe, João Moutinho. Quanto ao Porto, foi o campeão da Supertaça Cândido de Oliveira – Supercopa de Portugal -, pela 3ª vez consecutiva se sagrou campeão da Primeira Liga, foi o vice-campeão da Taça da Liga, chegou até as oitavas-de-finai da UEFA Champions League e foi eliminado nas oitavas-de-finais da Taça de Portugal.

  • Números de James Rodríguez na sua 3ª e última Temporada no Porto
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
38 *12 12 5 2781

* 12 gols dos quais 10 foram pela Primeira Liga, 1 pela UEFA Champions League e 1 pela Taça da Liga

Títulos que conquistou no Porto

  • UEFA Europa League 2010-11
  • Primeira Liga 2010-11, 2011-12 e 2012-13
  • Taça de Portugal 2010-11
  • Supertaça Cândido de Oliveira de 2012
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de James Rodríguez com a camisa do Porto
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 2 de novembro de 2016 por Golos PT

 

Monaco

2013-14

James Rodríguez sendo apresentado como o mais novo reforço do Monaco

Em 25 de maio de 2013, o Monaco – uma equipe que disputa a Ligue 1 (Campeonato Francês) – anunciou a contratação de James Rodríguez por uma taxa de transferência de 45 milhões de euros (o equivalente a 191 milhões de reais) e como consequência, o jovem meia colombiano de 21 anos se tornou a segunda venda mais cara da história do FC Porto, atrás apenas do seu ex-companheiro Hulk. Ainda convém lembrar que esta também foi uma das contratações mais caras da história da Ligue 1, sendo que naquela época ele era o segundo jogador colombiano mais caro da história depois de Radamel Falcao. James posteriormente assinou um contrato de cinco anos que foi estabelecido para mantê-lo no clube até 2018.

Em 10/08/2013, na estreia do Monaco na Ligue 1 2013-14, o técnico Claudio Ranieri escalou James entre os titulares e a equipe monegasca – Monaco – iniciou o campeonato com uma vitória por 2-0 sobre o Bordeaux em pleno Matmut Atlantique (estádio do Bordeaux). Apesar de ter feito a sua primeira partida como titular, Ranieri não bancou ele na equipe titular nos jogos seguintes porque segundo o treinador, o meia colombiano tinha um problema de mentalidade porque o seu jogo não era muito defensivo e não se encaixava no esquema dele. Finalmente depois de alguns jogos em que James brilhou por suas atuações dando assistências claras para os seus companheiros de equipe e colaborando na defesa, ele conquistou a titularidade.

Em 30/11/2013, em jogo da 15ª rodada da Ligue 1, o novo camisa 10 marcou o seu primeiro gol com a camisa do clube monegasco no triunfo por 2-0 sobre o Rennes. Na rodada seguinte, James voltou a marcar 1 gol e o Monaco venceu o Nice por 3-0 em plena Allianz Riviera (estádio do Nice).

Em 5 de janeiro de 2014, em partida válida pela 1ª fase da Copa da França, James deu o passe para o compatriota Radamel Falcao marcar o gol dele no jogo e em seguida, Falcao é quem deu o passe para o meia marcar o segundo gol do Monaco no triunfo por 3-2 sobre o OC Vannes. Posteriormente, o clube monegasco chegou até a semifinal da Copa da França sendo eliminado pelo Guingamp na prorrogação.

Em 15/02/2014, em jogo da 25ª rodada da Ligue 1, o camisa 10 marcou os gols do triunfo por 2-0 sobre o Bastia.

Em 06/04/2014, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Francês, James marcou o segundo e último doblete da temporada no triunfo por 3-1 sobre o Nantes e além dos 2 gols marcados nesse jogo, também contribuiu com a assistência para o gol do lateral Andrea Raggi.

Em suma, na sua primeira e única temporada com a camisa do clube monegasco, James disputou 38 partidas, fez 10 gols e proveu 14 assistências sendo que 12 destas foram válidas pela Ligue 1 e como resultado, James Rodríguez foi o líder de assistências desta edição do Campeonato Francês. Quanto ao Monaco, terminou a Ligue 1 2013-14 em 2º lugar, ficou atrás apenas do Paris Saint-Germain, chegou até a semifinal da Copa da França e foi eliminado precocemente da Copa da Liga Francesa.

  • Números de James Rodríguez na sua 1ª e única Temporada no Monaco
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
38 *10 14 1 2898

* 10 gols dos quais 9 foram pela Ligue 1 e 1 pela Copa da França

  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de James Rodríguez com a camisa do Monaco
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 12 de fevereiro de 2015 por Yazeed Rodriguez JR

 

Real Madrid

Real Madrid

2014-15

Em uma entrevista pós-jogo durante a Copa do Mundo FIFA de 2014, James declarou seu “amor”, “admiração” e “paixão” pelo Real Madrid, dizendo que seria um “sonho de vida” e com uma grande atuação na Copa, ele despertou rumores e o seu nome passou a ser ligado ao clube espanhol.

James Rodríguez sendo apresentado como o mais novo reforço do Real Madrid

Em 22 de julho de 2014, James confirmou os rumores assinando um contrato de 6 anos com o clube espanhol por uma taxa não revelada, mas estima-se que o Real Madrid tenha desembolsado cerca de 63 milhões de euros (o equivalente a 266,4 milhões de reais) para ter o meia colombiano em seu plantel. Essa transferência fez dele o 4º jogador mais caro da história naquela época, o 3º mais caro da história do Real Madrid e o colombiano mais caro até hoje, depois de superar a transferência de €60 milhões de Radamel Falcao ao Monaco em 2013.

O valor gasto com a sua taxa de transferência levou muitos a referir-se a James como um Galáctico creditado pelo fato de ter recebido a camisa de número 10 carregando o legado de lendas do Real Madrid como Luís Figo, Ferenc Puskás e o jogador que ele mais admirava até então, Zinedine Zidane. Além disso, estima-se que 45 mil torcedores tenham comparecido ao Santiago Bernabéu para ver a apresentação do jogador.

Logo no primeiro jogo do Real Madrid nessa temporada – em 12/08/2014 -, mesmo sendo um jogo que valia título, o técnico Carlo Ancelotti não hesitou e escalou o colombiano entre os titulares e com 2 gols de Cristiano Ronaldo, o Real Madrid venceu o Sevilla por 2-0 e se sagrou campeão da Supercopa da UEFA de 2014.

Em 19/08/2014, no primeiro jogo da decisão da Supercopa da Espanha, entrou em campo no lugar de Cristiano Ronaldo após o intervalo e marcou o único gol do Real Madrid na partida; Real Madrid e Atlético de Madrid empataram em 1-1. No segundo confronto entre as duas equipes, o time colchonero – Atlético – levou a melhor e venceu por 1-0 e assim sendo, o Atlético de Madrid se sagrou campeão da Supercopa da Espanha de 2014.

Em 16/09/2014, na estreia do time merengue – Real Madrid – na fase de grupos da UEFA Champions League, James iniciou a partida como titular e marcou um dos gols na goleada por 5-1 sobre o Basel da Suíça. Quatro dias depois, o novo camisa 10 do Real Madrid marcou o seu 3º tento na temporada em partida válida pela 4ª rodada da La Liga, a qual o Real Madrid goleou o Deportivo La Coruña por 8-2 e além do gol marcado, deu o passe para 1 dos 3 gols de Cristiano Ronaldo nessa partida.

Em 25/10/2014, em jogo da 9ª rodada da La Liga, James voltou a ser decisivo e deu o passe para Karim Benzema definir o resultado do “El Clásico” – clássico entre Barcelona e Real Madrid – ao  qual a equipe merengue venceu por 3-1. Na rodada seguinte da La Liga, o meia colombiano marcou o seu primeiro doblete com a camisa do Real Madrid na goleada por 4-0 sobre o Granada.

Em 02/12/2014, no segundo confronto da 4ª fase da Copa do Rei, o camisa 10 dos “Blancos” – Real Madrid – marcou o seu segundo e último doblete da temporada na goleada por 4-0 sobre o UE Cornellà. Posteriormente, a equipe merengue foi eliminada pelo Atlético de Madrid na fase seguinte.

Em 20/12/2014, na final do Mundial Interclubes FIFA de 2014 diante do San Lorenzo da Argentina, James iniciou a partida entre os titulares e o Real Madrid venceu o time argentino por 2-0 e com isso, pela 4ª vez na sua história, o clube merengue se sagrava campeão mundial.

Em 4 de fevereiro de 2015, em jogo da 16ª rodada da La Liga, o colombiano marcou o primeiro gol da vitória por 2-1 sobre o Sevilla, mas aos 27 minutos do primeiro tempo, deixou o gramado com uma lesão no quinto metatarso e em decorrência disso, ficou longe dos gramados por 2 meses.

Em 05/04/2015, em partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Espanhol, já recuperado da lesão, Ancelotti escalou James entre os titulares e mesmo sem marcar gols no seu retorno, foi decisivo ao prover assistências para 2 gols na goleada por 9-1 sobre o Granada no Santiago Bernabéu; assistência para 1 dos 5 gols de Cristiano Ronaldo e assistência para 1 dos 2 gols de Benzema. Na rodada seguinte, James marcou o seu primeiro gol após o retorno aos gramados no triunfo por 2-0 sobre o Rayo Vallecano, porém como levou o seu quinto cartão amarelo, teve de cumprir suspensão no jogo seguinte.

Em 18/04/2015, em jogo da 32ª rodada da La Liga, o camisa 10 dos “Blancos” marcou o segundo gol da vitória por 3-1 sobre o Málaga. Nas duas rodadas seguintes da La Liga, o colombiano marcou 1 tento em cada jogo; 1 gol e uma assistência no triunfo por 4-2 sobre o Celta de Vigo e marcou o outro tento na vitória por 3-0 sobre o Almería.

Em 23/05/2015, em jogo da última rodada (38ª) da La Liga 2014-15, James marcou o seu último gol dessa temporada na goleada por 7-3 sobre o Getafe no Santiago Bernabéu e além de ter feito 1 gol na partida, também deu o passe para Jesé marcar o gol dele nessa goleada.

Em suma, na sua 1ª temporada com o clube merengue, James Rodríguez disputou 46 partidas, fez 17 gols e proveu 18 assistências sendo que 13 destas foram válidas nesta edição da La Liga e com isso, foi o 4º jogador ao lado de Nolito do Celta de Vigo que mais proveu assistências no campeonato, ficando atrás apenas de Lionel Messi (18 assistências), de Cristiano Ronaldo (16 assistências) e de Luis Suárez (14 assistências). Quanto ao Real Madrid, foi o campeão do Mundial Interclubes FIFA de 2014, foi o campeão da Supercopa da UEFA de 2014, vice-campeão da Supercopa da Espanha, chegou até as semifinais da UEFA Champions League e chegou até as oitavas-de-finais da Copa do Rei.

  • Números de James Rodríguez na sua 1ª Temporada no Real Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
46 *17 18 8 3526

* 17 gols dos quais 13 foram pela La Liga, 2 pela Copa do Rei, 1 pela UEFA Champions League e 1 pela Supercopa da Espanha

2015-16

Com a saída de Carlo Ancelotti do comando dos “Blancos” ao final da temporada 2014-15, quem assume o comando da equipe é o espanhol Rafa Benítez e na estreia do novo treinador em 23 de agosto de 2015 em partida válida pela 1ª rodada da La Liga 2015-16, James ficou no banco até os 11 minutos do segundo tempo, quando entrou no lugar de Jesé, mas mesmo com a entrada do colombiano no jogo, nada mudou e o Real Madrid e o Sporting Gijón empataram em 0-0. Na rodada seguinte, Benítez o escalou entre os titulares e o camisa 10 não decepcionou e marcou o seu primeiro e único doblete da temporada na goleada por 5-0 sobre o Real Bétis e além dos 2 tentos marcados no jogo, proveu a assistência para 1 dos 2 gols de Gareth Bale no jogo.

Veja Também!  Como assistir LA Galaxy x Seattle Sounders Futebol AO VIVO – Major League Soccer

Em 08/09/2015, durante um amistoso internacional contra o Peru, James colidiu com o jogador peruano Juan Manuel Vargas enquanto tentava fazer uma jogada. Embora inicialmente parecesse capaz de continuar, James foi retirado do jogo por precaução. No entanto, 2 dias depois o Real Madrid anunciou que o jogador havia sido diagnosticado com uma lesão no músculo da coxa como resultado desta dividia e em decorrência disso, James não foi visto em treinamento até o dia 27/10/2015.

No seu retorno aos gramados em 08/11/2015, em jogo da 11ª rodada da La Liga, o camisa 10 entrou em campo aos 18 minutos da segunda etapa e nos acréscimos, marcou o segundo gol do Real Madrid na partida, mas isso não evitou a derrota dos “Blancos” diante do Sevilla que venceu esse jogo por 3-2.

Em 20/12/2015, em jogo da 16ª rodada da La Liga, James não marcou sequer 1 tento na goleada por 10-2 sobre o Rayo Vallecano, mas contribuiu ao prover assistências para 1 dos 4 gols de Bale, para 1 dos 3 gols de Cristiano Ronaldo e para 1 dos 2 gols de Benzema respectivamente.

Após o empate em 2-2 com o Valencia em 3 de janeiro de 2016, Rafa Benítez foi demitido e para o seu lugar, a diretoria do Real Madrid apostou no técnico da equipe b dos “Blancos”, Zinedine Zidane e na estreia dele no comando do time em 09/01/2016, goleada por 5-0 sobre o Deportivo La Coruña. Quanto a James, só jogou os últimos 25 minutos desta partida.

Em 08/03/2016, no segundo confronto das oitavas-de-finais da Liga dos Campeões, o camisa 10 dos “Blancos” marcou um dos gols na vitória por 2-0 sobre a Roma da Itália. Como o Real Madrid já havia vencido o primeiro confronto pelo mesmo placar, o time espanhol se classificou para a fase seguinte.

Em 16/04/2016, em jogo da 33ª rodada da La Liga, James marcou o seu último tento nessa temporada na goleada por 5-1 sobre o Getafe em pleno Alfonso Pérez (estádio do Getafe).

Em 28/05/2016, o meia colombiano viu do banco o Real Madrid vencer o rival Atlético de Madrid nos pênaltis na final da UEFA Champions League 2015-16 em Milão na Itália e se sagrar campeão do torneio, o caminho dos “Blancos” até a “Undecima” – 11º título da Liga dos Campeões – se desenrolou assim> em um grupo – grupo A – que contava com o Malmö da Suécia, com o Paris Saint-Germain da França e com o Shakhtar Donetsk da Ucrânia, o time merengue conseguiu somar 16 pontos – 5 vitórias e 1 empate – e com isso, terminou em 1º lugar nesse grupo.

Nas oitavas-de-finais, o Real Madrid venceu a Roma da Itália por 2-0 nos 2 confrontos e com isso, avançou para a fase seguinte.

Nas quartas-de-finais, o time merengue enfrentou o Wolfsburg da Alemanha e após uma derrota por 2-0 no primeiro confronto, venceu o segundo confronto por 3-0 no Santiago Bernabéu e assim sendo, avançou para a próxima fase.

Na semifinal, o Real Madrid enfrentou o Manchester City da Inglaterra e após um empate em 0-0 no Etihad Stadium, o time espanhol venceu a equipe inglesa por 1-0 no Santiago Bernabéu e com isso, se classificou para a final da UEFA Champions League 2015-16.

Em 28/05/2016, o estádio Giuseppe Meazza em Milão na Itália foi o palco da final desta edição da Liga dos Campeões e após um empate em 1-1 no tempo regulamentar e também na prorrogação, o Real Madrid e o Atlético de Madrid tiveram de decidir o título nas penalidades e o time merengue levou a melhor nos pênaltis e venceu por 5-3 e com isso, pela 11ª vez na sua história, o Real Madrid era o campeão da UEFA Champions League.

James Rodríguez segurando o troféu da UEFA Champions League 2015-16

Em suma, na sua 2ª temporada com a camisa dos “Blancos”, James Rodríguez disputou 32 jogos, fez 8 gols e proveu 10 assistências. Quanto ao Real Madrid, foi o campeão da UEFA Champions League 2015-16 e terminou o Campeonato Espanhol em 2º lugar, ficando atrás apenas do Barcelona no campeonato.

  • Números de James Rodríguez na sua 2ª Temporada no Real Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
32 *8 10 6 1889

* 8 gols dos quais 7 foram pela La Liga e 1 pela UEFA Champions League

2016-17

James Rodríguez segurando o troféu da Supercopa da UEFA de 2016

No primeiro jogo dessa temporada em 9 de agosto de 2016, James ficou no banco até os 27 minutos da segunda etapa, quando Zidane o colocou no lugar de Mateo Kovačić, mas mesmo com ele em campo, o Real Madrid e o Sevilla empataram em 2-2 e com o um gol de Carvajal no final da prorrogação, o time merengue venceu os “Rojiblancos” – Sevilla – por 3-2 e iniciou essa temporada conquistando o título da Supercopa da UEFA de 2016.

Em 18/09/2016, em jogo da 4ª rodada da La Liga, Zidane escalou o colombiano pela 1ª vez entre os titulares nessa temporada e ele não decepcionou e marcou um dos gols do triunfo por 2-0 sobre o Espanyol. Três dias depois, proveu a assistência para o gol de Sergio Ramos no empate em 1-1 com o Villareal fora de casa. Porém, mesmo se destacando nessas duas partidas, James voltou a frequentar o banco de reservas do time merengue.

Em 26/10/2016, no primeiro confronto da 4ª fase da Copa do Rei, James foi um dos destaques da goleada por 7-1 sobre o Cultural Leonesa ao prover 3 assistências nesse jogo; assistências para os 2 gols de Álvaro Morata e para o único gol do zagueiro Nacho Fernández nessa partida. Posteriormente, o camisa 10 marcou um dos gols da goleada por 6-1 sobre o Cultural Leonesa no segundo confronto.

Em 4 de janeiro de 2017, no primeiro confronto das oitavas-de-finais da Copa do Rei, o colombiano voltou a ser escalado entre os titulares e marcou o seu primeiro doblete da temporada no triunfo por 3-0 sobre o Sevilla.

Em 23/04/2017, em jogo da 33ª rodada da La Liga, aos 37 minutos do segundo tempo, sai Benzema e entra James e com apenas 3 minutos em campo, o camisa 10 marcou 1 dos gols do Real Madrid no “El Clásico”, mas mesmo com um gol dele, os “Blancos” perderam por 3-2 em pleno Santiago Bernabéu. Com o tento marcado diante do Barcelona, James se tornou o primeiro colombiano a marcar um gol neste clássico. Na rodada seguinte da La Liga, James ganhou uma chance como titular e marcou o seu segundo doblete na temporada na goleada por 6-2 sobre o Deportivo La Coruña.

Em 06/05/2017, em partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol, o colombiano marcou o seu terceiro e último doblete da temporada na goleada por 4-0 sobre o Granada.

Em 03/06/2017, o Real Madrid venceu a Juventus da Itália por 4-1 e se sagrou campeão da UEFA Champions League pela 2ª vez consecutiva. A trajetória do Real Madrid até a conquista da “Duodecima” foi assim> após o sorteio definiu-se que o Real Madrid jogaria no grupo F, juntamente com o Sporting de Portugal, com o Borussia Dortmund da Alemanha e com o Legia Varsóvia da Polônia e ao final da fase de grupos, o time espanhol somou 12 pontos – 3 vitórias e 3 empates -, mas mesmo se saindo bem, o time merengue terminou a fase de grupos em 2º lugar e como consequência, teria de enfrentar o 1º colocado de outra chave.

Nas oitavas-de-finais, o Real Madrid enfrentou o Napoli da Itália e com 2 triunfos por 3-1, o time merengue se classificou para a fase seguinte.

Nas quartas-de-finais, os “Blancos” enfrentaram o Bayern de Munique da Alemanha e após uma vitória por 2-1 em Munique, o Bayern foi até o Santiago Bernabéu determinado e devolveu a derrota sofrida na Allianz Arena pelo mesmo placar, mas na prorrogação, o Real Madrid se aproveitou do fato do Bayern está com um jogador a menos e venceu essa partida por 4-2 e assim sendo, seguiu adiante na competição.

Na semifinal, mais uma reedição de um “Derbi Madrileño” – clássico entre Real Madrid e Atlético de Madrid – e depois de vencer o primeiro confronto por 3-0 no Santiago Bernabéu, o time merengue jogou o segundo confronto para o gasto e mesmo com a derrota por 2-1, obteve a classificação para a final da UEFA Champions League 2016-17.

Em 03/06/2017, o Millennium Stadium em Cardiff, no País de Gales foi o palco da final dessa edição da Liga dos Campeões e o time merengue não tomou conhecimento da equipe italiana – Juventus – e venceu por 4-1. O ponto negativo é que James sequer foi relacionado para esse jogo.

Em suma, na sua última temporada com a camisa do time merengue até aqui, James Rodríguez disputou 33 partidas, fez 11 gols e proveu 12 assistências. Quanto ao Real Madrid, além de ser o campeão da UEFA Champions League 2016-17, também foi o campeão da La Liga 2016-17, foi o campeão do Mundial Interclubes FIFA de 2016 e foi o campeão da Supercopa da UEFA de 2016. A única competição que o Real Madrid não se sagrou campeão foi a Copa do Rei, ao qual o time merengue chegou até as quartas-de-finais.

  • Números de James Rodríguez na sua 3ª e última Temporada no Real Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
33 *11 12 2 1884

* 11 gols dos quais 8 foram pela La Liga e 3 pela Copa do Rei

Títulos que conquistou no Real Madrid

  • UEFA Champions League 2015-16 e 2016-17
  • Supercopa da UEFA de 2014 e de 2016
  • Mundial Interclubes da FIFA de 2016 e de 2017
  • La Liga 2016-17
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols de James Rodríguez com a camisa do Real Madrid
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 5 de junho de 2017 por colombia corazon tricolor

 

Bayern de Munique

2017-18

Antes do término da temporada 2016-17, surgiram rumores para uma possível saída de James do Real Madrid e alguns clubes estavam monitorando o jogador, tais como os ingleses Chelsea e Manchester United, o Paris Saint-Germain da França e o Bayern de Munique da Alemanha.

James Rodríguez sendo apresentado como o mais novo reforço do Bayern de Munique

Finalmente, em 11 de julho de 2017, o Bayern anunciou a contratação de James por empréstimo. Estima-se que a equipe bávara – Bayern de Munique – tenha pago 13 milhões de euros ao Real Madrid como taxa de empréstimo por duas temporadas e além disso, o colombiano se reunia mais uma vez com Carlo Ancelotti, técnico com o qual ele trabalhou no Real Madrid na temporada 2014-15. Ainda convém lembrar que ao final do empréstimo, o Bayern tinha a opção de compra e para fazer isso, bastava pagar 42 milhões de euros (o equivalente a 177,6 milhões de reais) ao time merengue para ficar com o meia colombiano em definitivo.

Em 09/09/2017, em jogo da 3ª rodada da Bundesliga (Campeonato Alemão), Ancelotti promoveu a estreia do meia colombiano com a camisa da equipe bávara ao colocá-lo no lugar de Thomas Müller aos 33 minutos da segunda etapa, mas mesmo com ele em campo, o Bayern perdeu para o Hoffenheim por 2-0. Três dias depois, na estreia do clube bávaro na fase de grupos da UEFA Champions League, pela primeira vez desde que chegou ao Bayern, James foi escalado entre os titulares e a equipe bávara venceu o Anderlecht da Bélgica por 3-0.

Em 19/09/2017, em jogo da 5ª rodada da Bundesliga, James foi escalado entre os titulares novamente e não decepcionou e fez 1 dos gols da vitória por 3-0 sobre o Schalke 04 em plena Veltins Arena – estádio do Schalke – e além do tento marcado na partida, deu o passe para Arturo Vidal marcar o gol dele nesse jogo.

Após a derrota por 3-0 para o Paris Saint-Germain na 2ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, Ancelotti não resistiu a pressão e foi demitido e para o seu lugar, o clube bávaro convenceu Jupp Heynckes a sair da aposentadoria para comandar o time no restante dessa temporada e assim ele o fez.

Em 28/10/2017, em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Alemão, o novo camisa 11 – James Rodríguez – do Bayern marcou o seu segundo gol na temporada no triunfo por 2-0 sobre o Red Bull Leipzig.

Em 12 de janeiro de 2018, em jogo da 18ª rodada da Bundesliga, James marcou 1 dos gols da vitória por 3-1 sobre o Bayer Leverkusen e além do tento marcado na partida, deu o passe para Franck Ribéry fazer o único gol dele no jogo.

Em 31/03/2018, em confronto válido pela 28ª rodada da Bundesliga, o meia colombiano foi um dos destaques da goleada por 6-0 sobre o Borussia Dortmund ao marcar 1 dos 6 tentos da equipe bávara e além do gol, deu passes para os gols de Thomas Müller e de Franck Ribéry respectivamente. Na rodada seguinte da Bundesliga, o novo camisa 11 voltou a ser decisivo e marcou 1 dos gols da goleada por 4-1 sobre o Augsburg em plena WWK Arena – estádio do Augsburg – e além do tento marcado, deu o passe para Arjen Robben fazer o gol dele nessa partida.

Em 01/05/2018, no segundo confronto das semifinais da Liga dos Campeões, James fez valer a “lei do ex” e fez 1 dos gols no empate em 2-2 com o Real Madrid no Santiago Bernabéu, no entanto, como o time espanhol havia vencido o primeiro confronto por 2-1 na Allianz Arena, o Bayern estava eliminado desse torneio. Quatro dias depois, mas dessa vez em partida válida pela 33ª rodada da Bundesliga, o camisa 11 da equipe bávara marcou o seu último tento na temporada na vitória por 3-1 sobre o Colônia e além do gol, proveu a assistência para o gol de Corentin Tolisso na partida.

Em suma, na sua primeira temporada no time bávaro, James Rodríguez disputou 39 partidas, fez 8 gols e proveu 14 assistências sendo que 11 destas foram válidas pela Bundesliga 2017-18 fazendo dele o 4º jogador que mais proveu assistências no campeonato, ficando atrás apenas de 2 companheiros do Bayern – Thomas Müller e Joshua Kimmich – que proveram 14 e 13 assistências respectivamente e de Philipp Max do Augsburg que também proveu 13 assistências. Quanto ao Bayern, foi o campeão do Campeonato Alemão, vice-campeão da Copa da Alemanha e chegou até a semifinal da UEFA Champions League.

  • Números de James Rodríguez na sua 1ª Temporada no Bayern de Munique
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
39 *8 14 3 2643

* 8 gols dos quais 7 foram pela Bundesliga e 1 pela UEFA Champions League

2018-19

Depois de abandonar a aposentadoria temporariamente para comandar o Bayern no restante da temporada 2017-18, Jupp Heynckes deixa o cargo de treinador do time bávaro e para repor a saída dele, o Bayern opta por Niko Kovač.

Em 24 de agosto de 2018, na estreia da equipe bávara na Bundesliga 2018-19, Kovač decide dar um descanso para James que havia acabado de se recuperar de uma lesão e com isso, só o colocou para jogar nos últimos 7 minutos de jogo, ao qual o Bayern venceu o Hoffenheim por 2-0.

Em 15/09/2018, em jogo da 3ª rodada da Bundesliga, o novo treinador enfim escalou o colombiano entre os titulares e atuando como titular, James marcou o seu primeiro tento na temporada na vitória por 3-1 sobre o Bayer Leverkusen. Na rodada seguinte, novamente iniciando uma partida entre os titulares, o camisa 11 marcou o primeiro gol do triunfo por 2-0 sobre o Schalke 04 e além do gol marcado, sofreu um pênalti que foi convertido por Robert Lewandowski.

James celebrando um dos gols marcados na goleada por 6-0 sobre o Mainz

Em 9 de março de 2019, em jogo da 25ª rodada da Bundesliga, após um longo período sem marcar gols, James marcou o terceiro gol do Bayern na goleada por 6-0 sobre o Wolfsburg. Na rodada seguinte do Campeonato Alemão, pela segunda vez na sua carreira, o colombiano marcou um hat-trick na goleada por 6-0 sobre o Mainz 05.

Em 18/05/2019, na última rodada da Bundesliga 2018-19, devido a uma lesão na panturrilha, James teve de ver do banco a goleada do time bávaro por 5-1 sobre o Eintracht Frankfurt e com mais este triunfo, pela segunda vez consecutiva, James fazia parte da conquista de título de um Campeonato Alemão. Uma semana depois, ainda não recuperado de lesão, o camisa 11 viu do banco a equipe bávara vencer o Red Bull Leipzig na final da Copa da Alemanha por 3-0.

Em suma, na sua última temporada com a camisa do time bávaro, James disputou 28 partidas, fez 7 gols e proveu 6 assistências. Quanto ao Bayern, foi o campeão da Supercopa da Alemanha, campeão do Campeonato Alemão e campeão da Copa da Alemanha, mas na Liga dos Campeões, foi eliminado nas oitavas-de-finais pelo time que viria a ser o campeão do torneio, o Liverpool.

Em 05/06/2019, foi anunciado que o Bayern de Munique não iria exercer a opção de compra e como consequência, James teria de retornar ao Real Madrid.

  • Números de James Rodríguez na sua 2ª e última Temporada no Bayern de Munique
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
28 *7 6 4 1654

* Gols válidos pela Bundesliga

Títulos que conquistou no Bayern de Munique

  • Bundesliga 2017-18 e 2018-19
  • Copa da Alemanha 2018-19
  • O vídeo abaixo mostra 5 dos 15 gols de James Rodríguez com a camisa do Bayern de Munique
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 18 de maio de 2018 por Amor Al Futból

 

Veja Também!  Como assistir Porto x Vitória Setubal Futebol AO VIVO – Campeonato Português
Os Números de James Rodríguez na seleção da Colômbia

 

Colômbia

Seleções de Base

Assim como muitos outros grandes jogadores, James também teve passagens pelas seleções de base de seu país. James Rodríguez fez parte da equipe sub-17 da Colômbia, que terminou em 2º lugar no Sul-Americano Sub-17 de 2007, onde marcou 3 tentos. Ele também foi fundamental para a Colômbia chegar até as oitavas-de-final da Copa do Mundo Sub-17 da FIFA de 2007, onde acabou perdendo para os vencedores do torneio, a Nigéria.

James também fez parte da seleção sub-20 da Colômbia em 3 torneios no ano de 2011: o Torneio de Toulon, o Campeonato Sul-Americano Sub-20 e a Copa do Mundo FIFA de Sub-20. Ainda convém lembrar que o Mundial Sub-20 de 2011 foi realizado em sua terra natal, na Colômbia.

No torneio de Toulon, James marcou 2 gols e proveu 3 assistências nesse torneio. Este desempenho o levou a ser eleito como o MVP do torneio, onde a Colômbia venceu a final ao derrotar a França em uma disputa de pênaltis. James converteu a sua penalidade e com isso, pela 3ª vez na história, a seleção colombiana se sagrava campeã de uma edição do Torneio de Toulon.

No Campeonato Sul-Americano Sub-20, James não marcou gols, mas proveu 3 assistências duranta a disputa dessa competição. Na Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2011, ele foi nomeado capitão da equipe devido à sua impressionante liderança e também ao seu talento. Ao marcar 3 gols e prover 3 assistências no torneio, ele ganhou a atenção internacional como uma estrela promissora e fez com que muitos o considerassem um potencial membro importante da seleção principal da Colômbia. Apesar da seleção colombiana ter sido eliminada nas quartas de final diante do México, James chamou a atenção de muitos grandes clubes da Europa e recebeu elogios do técnico do Manchester United naquela época, Sir Alex Ferguson.

Seleção Principal

Em 29 de setembro de 2011, James foi convocado pelo técnico Leonel Álvarez para uma partida das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2014 e pelo fato do Brasil sediar esse evento, as Eliminatórias contavam com 9 seleções e não 10 e devido a isso, a Colômbia não jogou a 1ª rodada das Eliminatórias e assim sendo, a seleção colombiana estreou em 11 de outubro de 2011 diante da Bolívia em La Paz – capital da Bolívia – e isso não foi tudo, Álvarez escalou James entre os titulares e mesmo jogando como visitante na altitude dessa cidade, a Colômbia venceu a Bolívia por 2-1 e assim sendo, James estreou com o “pé direito” com a camisa da seleção principal da Colômbia.

Em 11/11/2011, em partida válida pela 3ª rodada das Eliminatórias, James jogou bem na partida diante da Venezuela, mas mesmo assim as duas seleções ficaram no empate em 1-1. Na rodada seguinte, mesmo jogando em solo colombiano, a Colômbia foi derrotada pela Argentina por 2-1.

Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2014

Após a derrota para a seleção argentina em solo colombiano, a FCF – Federação Colombiana de Futebol – demite Leonel Álvarez e para repor a saída deste treinador, a FCF opta por um técnico argentino, José Pékerman e na estreia do novo treinador em um amistoso em 1 de março de 2012, a Colômbia venceu o México por 2-0.

Em 03/06/2012, em jogo da 5ª rodada das Eliminatórias, James marcou o seu primeiro gol com a camisa da seleção colombiana; o gol da vitória sobre o Peru.

Em 11/09/2012, em jogo da 8ª rodada das Eliminatórias, o camisa 10 – James Rodríguez – da seleção colombiana marcou o primeiro gol do triunfo por 3-1 sobre o Chile. Depois de quase 1 ano, mais precisamente em 7 de setembro de 2013, James foi decisivo novamente e marcou o único gol da vitória sobre o Equador.

Ao término das Eliminatórias, a Colômbia somou 30 pontos – 9 vitórias, 3 empates e 4 derrotas – e com isso, terminou em 2º lugar, atrás apenas da Argentina que somou 32 pontos e com isso, a seleção colombiana se classificou para a Copa do Mundo FIFA de 2014 que realizar-se-ia no Brasil.

Copa do Mundo FIFA de 2014

Em 13 de maio de 2014, José Pékerman divulgou a lista preliminar dos 30 jogadores convocados para a Copa, mas depois de quase 3 semanas, o técnico divulgou a lista final – de 23 jogadores – e o nome de James Rodríguez estava nessa lista.

Na estreia da Colômbia na fase de grupos da Copa do Mundo FIFA de 2014 no Brasil em 14/06/2014, o camisa 10 da seleção colombiana marcou o seu primeiro tento na competição no triunfo por 3-0 sobre a Grécia no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Na rodada seguinte, James marcou o seu segundo gol nessa edição da Copa do Mundo na vitória por 2-1 sobre a Costa do Marfim. Na última rodada da fase de grupos, James viu do banco a Colômbia e o Japão terminarem o primeiro tempo empatados e logo após o intervalo, Pékerman o colocou no lugar de Quintero e o camisa 10 desequilibrou e além de marcar um dos gols da goleada por 4-1 sobre a seleção japonesa, também contribuiu com as assistências para os 2 gols de Jackson Martínez.

James celebrando um dos gols que marcou diante do Uruguai no estádio do Maracanã

Em 27/06/2014, após o término da fase de grupos, a FIFA – entidade máxima do futebol – elegeu James Rodríguez como o melhor jogador da fase de grupos da Copa do Mundo FIFA de 2014. No dia seguinte, a fase de mata-mata da Copa do Mundo teve início e a Colômbia entrou em campo para enfrentar o Uruguai em duelo válido pelas oitavas-de-finais da competição e com os 2 gols do camisa 10, sendo um deles um golaço e que foi escolhido como o gol mais bonito do torneio, a seleção colombiana eliminou a seleção uruguaia; em outras palavras, a Colômbia venceu o Uruguai por 2-0.

Nas quartas-de-finais, a Colômbia enfrentou a seleção anfitriã – o Brasil – e apesar da derrota por 2-1, James marcou o gol da seleção colombiana e com isso, tornou-se o jogador colombiano com mais gols (6) numa edição da Copa do Mundo e com isso, superou Bernardo Redin e Adolfo Valencia, cada um marcou 2 gols.

Ao término dessa Copa do Mundo, a lenda argentina Diego Maradona afirmou que James Rodríguez deveria ter levado a bola de Ouro do torneio ao invés do compatriota Lionel Messi.

  • Desempenho de James Rodríguez na Copa do Mundo FIFA de 2014
Pd Gm A CA CV Mj nessa Copa
 5 6  2  1 400

Copa América 2015

Depois de se destacar na Copa do Mundo FIFA de 2014 e de se transferir para o Real Madrid da Espanha, James voltou a ser convocado por Pékerman para a disputa da Copa América 2015 no Chile.

Em 14 de junho de 2015, a Colômbia estreou na fase de grupos dessa edição da Copa América com uma derrota por 1-0 para a Venezuela. Na rodada seguinte, a seleção colombiana se recuperou e venceu o Brasil por 1-0. No último jogo da fase de grupos da Copa América 2015, a Colômbia jogou contra o Peru e mesmo com um empate em 0-0 e terminando em 3º lugar no grupo, a Colômbia se classificou para a fase de mata-mata desse torneio.

Nas quartas-de-finais da Copa América 2015, a Colômbia enfrentou a Argentina e após um empate em 0-0 no tempo regulamentar, as duas seleções tiveram de decidir a vaga para a fase seguinte nos pênaltis e mesmo com o James convertendo a sua penalidade, a seleção colombiana perdeu por 5-4 para a seleção argentina nas penalidades e com isso, os “Cafeteros” – seleção colombiana – estava eliminada da Copa América de 2015.

  • Desempenho de James Rodríguez na Copa América 2015
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa América
 4  0  2 360

Copa América Centenário 2016

No mês de junho do ano seguinte, James voltou a ser convocado por Pékerman para a disputa de uma competição e assim sendo, definiu-se que haveria mais uma edição de Copa América, nesse caso esta edição celebrava os 100 anos da CONMEBOL – Entidade máxima do futebol sul-americano – e por esta razão essa competição levava o nome de Copa América Centenário. Antes do início da Copa América 2016, James foi escolhido como o capitão do time e assim sendo, em 03/06/2016, na estreia da Colômbia na Copa América Centenário, o camisa 10 marcou de pênalti um dos gols da vitória por 2-0 sobre os Estados Unidos.

Na rodada seguinte, James marcou o seu segundo e último tento nesse torneio no triunfo por 2-1 sobre o Paraguai e além do tento marcado, proveu a assistência para o gol de Carlos Bacca. Na última rodada da fase de grupos da Copa América Centenário, com a classificação para a fase seguinte garantida, Pékerman optou por poupar James e assim sendo, ele não jogou o primeiro tempo, porém como a Colômbia estava atrás do placar, o técnico o colocou para jogar logo no início do segundo tempo no lugar de Sebastián Pérez, mas mesmo com esta e mais outras alterações, os “Cafeteros” perderam para a Costa Rica por 3-2 e com esse revés, terminaram em 2º lugar no grupo A.

Nas quartas-de-finais, a Colômbia enfrentou o Peru e após um empate em 0-0 no tempo regulamentar, as duas seleções tiveram de decidir a vaga para a fase seguinte nos pênaltis e James foi o primeiro jogador da sua seleção a converter a sua penalidade e além disso, os colombianos levaram a melhor na disputa por pênaltis e venceram os peruanos por 4-2.

Na semifinal, a Colômbia enfrentou o Chile e perdeu por 2-0. Posteriormente, o Chile viria a ser o campeão desta edição da Copa América.

Por ter perdido para o Chile na semifinal, a Colômbia teve de se contentar com a disputa do 3º lugar contra os Estados Unidos e a seleção colombiana obteve uma vitória por 1-0 e com isso, foi a 3ª colocada da Copa América Centenário 2016.

  • Desempenho de James na Copa América Centenário
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa América
 6 2  1  1 478

Copa do Mundo FIFA de 2018

Devido a uma lesão, James Rodríguez não pôde jogar as duas primeiras rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018, mas em 13/11/2015, em jogo da 3ª rodada das Eliminatórias, em uma partida acirrada, o camisa 10 evitou a derrota da seleção colombiana diante do Chile em Santiago; em outras palavras, Chile e Colômbia empataram em 1-1.

Em 24/03/2016, em jogo da 5ª rodada das Eliminatórias, James marcou o primeiro gol da vitória colombiana por 3-2 sobre a Bolívia e além do tento marcado, deu o passe para Carlos Bacca fazer o gol dele no jogo.

Após a pausa nas Eliminatórias para a disputa da Copa América Centenário, em 01/09/2016, em partida válida pela 7ª rodada das Eliminatórias, o camisa 10 marcou um dos gols da vitória por 2-0 sobre a Venezuela e além do gol marcado, deu o passe para Mácnelly Torres fazer o gol dele no jogo. A atuação de James na vitória diante da seleção venezuelana só não foi perfeita porque Dani Hernández defendeu o pênalti cobrado por ele nos últimos minutos de jogo. Posteriormente, James marcou mais 2 gols antes da última rodada das Eliminatórias; marcou na vitória por 1-0 sobre a Bolívia e marcou 1 dos gols do triunfo por 2-0 sobre o Equador e também contribuiu com uma assistência para o gol de Juan Cuadrado.

Em 11 de outubro de 2017, em confronto da última rodada das Eliminatórias diante do Peru, James marcou o gol da seleção colombiana no empate em 1-1 com a seleção peruana e com este resultado, a Colômbia terminou em 4º lugar nas Eliminatórias e obteve a qualificação automática para a Copa do Mundo FIFA de 2018 na Rússia.

Em 14 de maio de 2018, Pékerman divulgou a lista dos 23 jogadores que iria levar para a Rússia e o nome de James estava lá, como já era de se esperar e assim sendo, em 19/06/2018, na estreia da Colômbia nessa edição da Copa do Mundo, o técnico da seleção colombiana optou por poupar James devido a uma lesão, mas como os “Cafeteros” estavam atrás do placar, Pékerman o colocou em campo aos 14 minutos da segunda etapa no lugar de Quintero, mas além do fato do camisa 10 não estar 100%, a Colômbia estava com um a menos em campo, pois Carlos Sánchez havia sido expulso logo no início da partida e com isso, a seleção colombiana perdeu para o Japão por 2-1.

Na rodada seguinte da fase de grupos da Copa do Mundo FIFA de 2018, o camisa 10 iniciou a partida entre os titulares e foi um dos destaques do triunfo por 3-0 sobre a Polônia ao prover assistências para os gols de Yerry Mina e de Juan Cuadrado. Na última rodada dessa fase, James teve de ser substituído ainda aos 31 minutos do primeiro tempo devido a uma lesão na panturrilha, mas mesmo com a ausência dele para o restante da partida, a Colômbia venceu o Senegal por 1-0 e como consequência, se classificou para a fase de mata-mata da Copa do Mundo FIFA de 2018.

Nas oitavas-de-finais, a Colômbia enfrentou a Inglaterra e sem poder contar com o seu camisa 10, empatou em 1-1 com a seleção inglesa no tempo regulamentar e este placar permaneceu o mesmo na prorrogação e com isso, as duas seleções tiveram de decidir a vaga para a fase seguinte nos pênaltis e os ingleses levaram a melhor e venceram a disputa por pênaltis por 4-3.

  • Desempenho de James Rodríguez na Copa do Mundo FIFA de 2018
Pd Gm A CA CV Mj nessa Copa
 3  2  1 152

Copa América 2019

Após a eliminação nas oitavas-de-finais da Copa do Mundo FIFA de 2018, José Pekerman deixou o cargo de treinador da seleção colombiana e para o lugar dele, Arturo Reyes assumiu provisoriamente e mesmo com a ausência de James dos primeiros amistosos pós-Copa do Mundo, a Colômbia venceu a Venezuela por 2-1 e empatou em 0-0 com a Argentina respectivamente.

No seu retorno a seleção colombiana em um amistoso diante da seleção dos Estados Unidos em 12/10/2018, o camisa 10 foi um dos destaques da vitória ao marcar 1 dos gols e também ao contribuir com uma assistência para o gol de Miguel Borja na partida.

Depois de comandar a seleção colombiana interinamente, Arturo Reyes dá lugar ao português Carlos Queiroz e após a disputa de 4 amistosos, em 30 de maio de 2019, o novo treinador anunciou os nomes dos jogadores que disputariam a Copa América de 2019 no Brasil e o nome de James era um deles e assim sendo, em 16/06/2019, na estreia dos “Cafeteros” nessa edição da Copa América diante da Argentina, James contribuiu com uma assistência para o gol de Roger Martínez na vitória por 2-0 sobre os argentinos.

Na rodada seguinte, James proveu a assistência para o gol de Duván Zapata na vitória por 1-0 sobre o Catar. Na última rodada da fase de grupos da Copa América 2019, o camisa 10 jogou os últimos 32 minutos da vitória da Colômbia por 1-0 sobre o Paraguai e com isso, a seleção colombiana terminou a fase de grupos em 1º lugar com 100% de aproveitamento.

Nas quartas-de-finais dessa edição da Copa América, a Colômbia empatou em 0-0 com o Chile no tempo regulamentar e com isso, as duas seleções tiveram de decidir a vaga para a fase seguinte nos pênaltis e a seleção chilena levou a melhor e venceu esta disputa por 5-4.

  • Desempenho de James Rodríguez na Copa América 2019
Pd Gm A CA CV Mj nesta Copa América
 4  2  1 302
  • O vídeo abaixo mostra 21 dos 22 gols de James Rodríguez com a camisa da seleção da Colômbia
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 7 julho de 2018 por MRC24

TOTAL

Pd Gm A CA CV Mj 
 76 22  25  10 6123
Prêmios individuais
  • Jogador revelação na Argentina: 2009
  • Melhor jogador jovem do Campeonato Argentino: 2009
  • Melhor jogador jovem da Copa Libertadores: 2010
  • Melhor jogador do Torneio de Toulon: 2011
  • Dragão de Ouro de Portugal (Jogador revelação do ano): 2011
  • Jogador revelação de Portugal no ano: 2012
  • 59º melhor jogador do ano de 2012 (The Guardian)
  • Melhor jogador jovem do Campeonato Português: 2011-12
  • Melhor jogador do mês no Campeonato Português: Agosto 2012 e Setembro 2012
  • Bola de Ouro do Campeonato Português (Liga ZON Sagres): 2012
  • Melhor jogador jovem da Liga Francesa: 2013-14
  • Jogador com mais assistências da Liga Francesa: 2013-14
  • Melhor jogador do Mônaco: 2013-14
  • MVP: Copa do Mundo FIFA: 2014 Colômbia 3 x 0 Grécia, Colômbia 2 x 1 Costa do Marfim e Colômbia 2 x 0 Uruguai
  • Melhor jogador da fase de grupos da Copa do Mundo FIFA: 2014
  • Melhor Gol da Copa do Mundo FIFA: 2014
  • Chuteira de Ouro da Copa do Mundo FIFA: 2014
  • Melhor jogador Sul-Americano: 2014
  • Prémio FIFA Ferenc Puskás: 2014
  • Melhor meia da La Liga de 2014–15
  • 87º melhor jogador do ano de 2016 (The Guardian)

Coletivos

  • Seleção Ideal do Campeonato Português (“Record” e “O Jogo”): 2012-13 e 2013-14
  • Seleção Ideal da Liga Francesa: 2013-14
  • Seleção Ideal da Copa do Mundo FIFA: 2014
Artilharia
  • Copa do Mundo FIFA de 2014 (6 gols)

Considerações Finais

Com base em todos os números apresentados até aqui pode-se concluir que James Rodríguez é um jogador versátil, habilidoso, técnico e dotado com uma capacidade de encontrar espaços e é devido à isso que ele consegue deixar os seus companheiros de times em condições de concluir a gol e também de marcar gols e isso lhe rendeu comparações a um meio-campista dinamarquês, Michael Laudrup.

E para vocês? James Rodríguez é um dos melhores meias da atualidade?

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui