Quando cita-se um dos melhores jogadores asiáticos da atualidade, o nome de Heung-min Son que atualmente joga pelo Tottenham da Inglaterra e também atua pela Seleção Sul-Coreana, deve ser levado em conta.

Heung-min Son nasceu em 08/07/1992 em Chuncheon, na Coreia do Sul. Antes de jogar na Inglaterra, o atacante sul-coreano teve passagem por duas equipes do futebol alemão. Porém, o que mais se sabe sobre a carreira de Son? Por quais clubes ele atuou? Quais feitos atingiu até aqui?

Juvenil

Heung-min Son é filho de Woong-jung Son, um jogador de futebol aposentado que se tornou treinador. Vale destacar que o pai de Son já jogou pela equipe nacional de futebol B da Coreia do Sul, contudo teve a sua carreira futebolística interrompida aos 28 anos de idade após sofrer uma grave lesão.

Como foi dito acima, Son nasceu na cidade de Chuncheon na Coreia do Sul e foi justamente na sua cidade natal que ele deu os seus primeiros passos no futebol ao lado de Heung-yun Son, seu irmão mais velho. Embora tenha seguido a mesma carreira que o irmão, Heung-Yun Son não teve o mesmo sucesso que o caçula e atualmente não joga mais futebol.

Posteriormente, vendo que o filho pegou gosto pelo esporte, Woong-jun Son perguntou ao garoto se ele realmente pretendia ter uma carreira como jogador de futebol e a resposta de Heung-min Son foi “sim” e sendo assim, seu pai passou a treiná-lo e baseando-se nas suas experiências como ex-jogador, passou todo o seu conhecimento e experiências vividas para o filho.

Da esquerda para a direita: Son aos 7 anos de idade e o mesmo com 25 anos de idade e com a camisa do Tottenham na temporada 2017-18

Quando Heung-min Son completou 14 anos de idade, em 2006, seu pai permitiu que ele começasse a seguir os seus objetivos e sendo assim Son ingressou nas categorias do FC Seoul, clube da capital da Coreia do Sul. Além disso, é importante mencionar que Young-pyo Lee, ex-defensor do Tottenham da Inglaterra, já havia defendido este clube. Nesta época, Son tinha como modelo o meio-campista Chung-yong Lee, jogador que atuou por 2 clubes ingleses, Crystal Palace e Bolton Wanderers. Seu agente, Thies Bliemeister, disse que Son estava tão determinado em se destacar no futebol europeu que ele aprendeu alemão assistindo aos episódios de Bob Esponja neste idioma.

Posteriormente, em agosto de 2008, Son viajou até a Alemanha para assinar com um dos maiores clubes do país, o Hamburger Sport-Verein e. V., clube que é popularmente conhecido como Hamburgo.

 

A Carreira de Heung-min Son em Números

 

Hamburgo

Categorias de Base

Em agosto de 2008, Son decidiu dar o seu primeiro passo para se tornar jogador de futebol quando abandonou a Dongbuk High School (antiga equipe sub-18 do FC Seoul) e ingressou nas categorias de base do Hamburgo da Alemanha. Isso aos 16 anos de idade através da Korean FA Youth Project, um projeto para jovens jogadores sul-coreanos. Depois de atuar pela Seleção Sul-Coreana na Copa do Mundo FIFA Sub-17 de 2009, Son ingressou formalmente nas categorias de base do clube alemão em novembro do mesmo ano (2009).

Depois de se destacar no time sub-17 do Hamburgo onde fez 9 gols em 15 partidas e depois se destacou no time sub-19 com 6 gols em 11 jogos, Armin Veh – técnico do time principal do Hamburgo naquela época – incluiu Son para os treinos da pré-temporada de 2010-11. Posteriormente, em julho de 2010, quando completou 18 anos de idade, Son assinou o seu primeiro contrato como profissional com os “Rothosen” – Hamburgo – e com isso, a sua estreia no time principal do clube era apenas uma questão de tempo. Porém, depois de marcar contra o Chelsea da Inglaterra em agosto num dos jogos da pré-temporada, ele ficou fora por 2 meses devido a uma lesão no pé, mas isso não o impediu de jogar profissionalmente nesta mesma temporada.

2010-11

Depois de ficar de fora dos treinos devido à uma lesão por quase 2 meses, em 27 de outubro de 2010, em partida válida pela 2ª fase da Copa da Alemanha, Son entrou em campo aos 17 minutos do segundo tempo no lugar de Marcell Jansen, porém sem ritmo de jogo, nada pôde fazer na partida que acabou com uma vitória do Eintracht Frankfurt por 5-2 sobre o Hamburgo. Três dias depois da eliminação na Copa da Alemanha, os “Rothosen” entraram em campo novamente, desta vez em jogo da 10ª rodada da Bundesliga (Campeonato Alemão), Armin Veh promoveu a estreia do sul-coreano como titular e ele não decepcionou e fez o seu primeiro gol como profissional no revés por 3-2 diante do Colônia.

Com o gol marcado diante do Colônia, Son se tornou o jogador mais jovem do Hamburgo a marcar um gol na Bundesliga aos 18 anos, quebrando o recorde que pertencia a Manfred Kaltz.

Em 20/11/2010, em jogo da 13ª rodada da Bundesliga, o atacante sul-coreano ganhou mais uma chance de iniciar entre os titulares e foi o principal destaque do Hamburgo na derrota por 3-2 ante o Hannover 96, pois marcou os 2 gols do time na partida.

Posteriormente, Son assinou um novo contrato como o Hamburgo no qual estendeu o seu vínculo com o clube até o ano de 2014. Especialistas disseram que ele tinha o que era necessário para se tornar o próximo Cha Bum-kun, um lendário atacante sul-coreano que atuou na Bundesliga.

Após sofrer uma goleada por 6-0 ante o Bayern de Munique em 12 de março de 2011, Armin Veh acabou sendo demitido do cargo de treinador do Hamburgo e com a saída dele, Michael Oenning assumiu o comando do time até o fim desta temporada e sob o comando de um novo técnico, Son jogou apenas 3 partidas como titular e na maioria das vezes, via os jogos do banco.

Em suma, na sua 1ª temporada como profissional na Alemanha, Heung-min Son marcou 3 tentos em 14 partidas disputadas. Quanto ao Hamburgo, terminou em 8º lugar no Campeonato Alemão e foi eliminado na 2ª fase da Copa da Alemanha.

  • Números de Son na sua 1ª Temporada no Hamburgo
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2010-11
14 *3 1 748

Pd – Partidas disputadas, Gm – Gols marcados, A – Assistências, CA – Cartões amarelos, CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

* Gols válidos pela Bundesliga

2011-12

Durante a pré-temporada 2011-12, Son teve um desempenho notável onde marcou 9 tentos em 18 partidas. Além desta novidade, Michael Oenning – até então auxiliar de Armin Veh – foi efetivado no cargo de treinador do Hamburgo para essa temporada.

Depois de ser ausência dos “Rothosen” devido à uma febre na estreia desta edição da Bundesliga, Son jogou a partida da 2ª rodada do campeonato em 13 de agosto de 2011 e fez o segudo gol do time no empate em 2-2 com o Hertha Berlim no Volksparkstadion (estádio do Hamburgo).

Em 27/08/2011, em jogo da 4ª rodada da Bundesliga, o atacante sul-coreano marcou o seu 2º tento na temporada na derrota por 4-3 ante o Colônia em pleno Volksparkstadion. Além do gol marcado, ele proveu assistência para o gol de Slobodan Rajković. Apesar da boa atuação, Son sofreu uma lesão nesse jogo e em decorrência disso, inicialmente projetava-se que ele ficaria de fora dos gramados por um período de 4 a 6 semanas, mas o sul-coreano conseguiu se recuperar antes do previsto e depois de perder uma rodada do campeonato, jogou na rodada seguinte, a qual o Hamburgo perdeu por 1-0 para o Borussia Mönchengladbach e com isso, Michael Oenning acabou sendo demitido.

Após a demissão de Oenning, Rodolfo Cardoso – técnico das categorias de base do Hamburgo – e Frank Arnesen, diretor esportivo, se revezaram no comando do clube e em 16/10/2011, o camisa 15 dos “Rothosen” – Son – marcou o seu 3º tento na temporada na vitória por 2-1 sobre o Freiburg fora de casa. Posteriormente, pouco tempo após esse resultado positivo, o Hamburgo anunciou que Thorsten Fink seria o novo treinador do clube.

No início, Son ficou mais no banco do que jogando como titular sob o comando do novo técnico e diferentemente da temporada anterior onde o clube terminou na metade de cima da tabela, essa temporada o clube brigou para não cair para a 2ª divisão do futebol alemão.

Em 14 de abril de 2012, em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Alemão, Son foi escalado entre os titulares e marcou o único gol da vitória do Hamburgo sobre o Hannover. Na rodada seguinte em 21/04/2012, o atacante sul-coreano marcou o seu 5º e último tento na temporada no empate em 1-1 com o Nuremberg. Vale ressaltar que esses 2 resultados foram cruciais na permanência do Hamburgo na 1ª divisão do futebol alemão.

Em suma, na sua 2ª temporada na Alemanha, Heung-min Son disputou 30 partidas, fez 5 gols e proveu uma assistência. Quanto ao Hamburgo, terminou em 15º lugar no Campeonato Alemão, uma posição acima da zona de rebaixamento, e chegou até as oitavas de final da Copa da Alemanha.

  • Números de Son na sua 2ª Temporada no Hamburgo
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2011-12
30 *5 1 1431

* Gols válidos pela Bundesliga

2012-13

Após as saídas de Mladen Petrić e Paolo Guerrero para Fulham da Inglaterra e Corinthians, respectivamente, e sendo assim o técnico Thorsten Fink optou por dar mais chances à Son.

Em 16 de setembro de 2012, em jogo da 3ª rodada da Bundesliga, o atacante sul-coreano marcou o seu primeiro tento na temporada no revés por 3-2 para o Eintracht Frankfurt fora de casa. Na rodada seguinte do campeonato nacional, em 22/09/2012, o novo camisa 40 do Hamburgo – Son – marcou o seu primeiro doblete nessa temporada no triunfo por 3-2 sobre o Borussia Dortmund no Volksparkstadion.

Em 06/10/2012, em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Alemão, Son marcou o único gol da vitória do Hamburgo fora de casa sobre o Greuther Fürth.

Em 26/10/2012, em jogo da 9ª rodada da Bundesliga, o atacante sul-coreano marcou o seu 5º tento na temporada na vitória por 2-0 sobre o Augsburg.

Em 9 de fevereiro de 2013, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Alemão, o camisa 40 dos “Rothosen” marcou o seu 2º doblete nessa temporada na goleada por 4-1 sobre o Borussia Dortmund em pleno Signal Iduna Park.

Em 13/04/2013, em jogo da 29ª rodada da Bundesliga, Son marcou o seu 3º e último doblete na temporada e com isso, o Hamburgo venceu o Mainz 05 fora de casa por 2-1.

Em 11/05/2013, em jogo da penúltima rodada (33ª) da Bundesliga, o sul-coreano marcou o seu último tento na temporada na goleada por 4-1 sobre o Hoffenheim em plena PreZero Arena (estádio do Hoffenheim).

Em suma, na sua última temporada com a camisa dos “Rothosen”, Heung-min Son disputou 34 partidas, fez 12 gols – todos estes tentos na Bundesliga 2012-13, o que fez dele o 9º maior goleador do campeonato ao lado de Artjoms Rudnevs, seu parceiro de ataque no Hamburgo, e de Mame Biram Diouf do Hannover 96 – e proveu duas assistências. Quanto ao Hamburgo, terminou em 7º lugar no Campeonato Alemão e caiu na 1ª fase da Copa da Alemanha.

  • Números de Son na sua 3ª e última Temporada no Hamburgo
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
34 *12 2 4 2786

* Gols válidos pela Bundesliga

  • O vídeo abaixo mostra todos os gols marcados por Son com a camisa do Hamburgo
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 31 de outubro de 2016 por HEUNG7 SON

 

Bayer Leverkusen

2013-14

Heung-min Son sendo apresentado como o novo reforço do Bayer Leverkusen

Em 13 de junho de 2013, o Bayer Leverkusen confirmou a transferência de Son por supostamente 10 milhões de euros (cerca de 59,7 milhões de reais). Convém lembrar que esta foi a maior taxa de transferência na história do Hamburgo naquela época. Além disso, Son assinou com os “Löwen” – Bayer Leverkusen – por 5 temporadas. Son se adaptou rapidamente ao seu novo clube na pré-temporada, marcando 3 gols nas 3 primeiras aparições pelo time em partidas de exibição (contra o 1860 Munique, Udinese e KAS Eupen, respectivamente).

Em 03/08/2013, em confronto válido pela 1ª fase da Copa da Alemanha, Sami Hyypiä – técnico do Bayer Leverkusen naquela época – promoveu a estreia do atacante sul-coreano o escalando como titular e ele não decepcionou e foi um dos destaques da goleada por 6-1 sobre o SV Lippstadt com 1 gol e passe para 1 dos 2 gols de Sidney Sam.

Em 10/08/2013, na estreia do Bayer Leverkusen nesta edição da Bundesliga, Son iniciou entre os titulares novamente e marcou o 2º gol do time na vitória por 3-1 sobre o Freiburg na BayArena (estádio do time de Leverkusen).

Em 24/09/2013, em confronto válido pela 2ª fase da Copa da Alemanha, o novo camisa 7 do Bayer Leverkusen – Son – marcou o seu 3º tento na temporada no triunfo por 2-0 sobre o Arminia Bielefeld fora de casa.

Em 09/11/2013, em jogo da 12ª rodada da Bundesliga, Son fez valer a “lei do ex” e marcou o seu primeiro hat-trick da carreira – ocorre quando um jogador faz 3 ou mais gols numa mesma partida – na vitória por 5-3 sobre o Hamburgo na BayArena. Além de ter feito 3 gols no jogo, o sul-coreano também proveu assistência para o gol de Stefan Kießling.

Em 30/11/2013, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Alemão, o camisa 7 dos “Löwen” marcou o seu primeiro e único doblete da temporada na vitória por 3-0 sobre o Nuremberg. Na rodada seguinte do campeonato, em 07/12/2013, o atacante sul-coreano fez o único gol da vitória sobre o Borussia Dortmund no Signal Iduna Park.

Em 7 de fevereiro de 2014, em jogo da 20ª rodada da Bundesliga, o jovem atacante de 21 anos marcou o seu 10º na temporada no triunfo por 1-0 sobre o Borussia Mönchengladbach fora de casa.

Após o revés por 2-1 ante o Hamburgo em 04/04/2014, Sami Hyypä acabou sendo demitido e com a saída dele, Sascha Lewandowski assumiu o comando do time até o fim desta temporada.

Em 10/05/2014, em partida válida pela última rodada (34ª) dessa edição da Bundesliga, Son encerrou essa temporada marcando de cabeça o tento que definiu o resultado da partida, vitória por 2-1 sobre o Wolfsburg na BayArena e também é importante mencionar que este resultado fez com que o Bayer Leverkusen terminasse na 4ª posição no campeonato e sendo assim, o clube obteve vaga na fase pré-eliminatória da UEFA Champions League.

Em suma, na sua 1ª temporada com a camisa dos “Löwen”, Heung-min Son disputou 43 partidas, fez 12 gols e proveu 7 assistências. Quanto ao Bayer Leverkusen, além do 4º lugar no Campeonato Alemão, também chegou até as quartas de final da Copa da Alemanha.

  • Números de Son na sua 1ª Temporada no Bayer Leverkusen
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
43 *12 7 3 3225

* 12 gols dos quais 10 foram pela Bundesliga e 2 pela Copa da Alemanha

  • O vídeo abaixo mostra 10 dos 12 gols de Son na temporada 2013-14 
  • Este vídeo foi publicado no YouTube há 6 anos atrás por Qcumber Films™

2014-15

Após o término da temporada 2013-14, Sascha Lewandowski deixou o comando do Bayer Leverkusen e sendo assim, o clube resolveu apostar as suas fichas em Roger Schmidt.

Na estreia do novo técnico em 15 de agosto de 2014, em confronto válido pela 1ª fase da Copa da Alemanha, Son entrou em campo aos 16 minutos da segunda etapa no lugar de Julian Brandt e pouco mais de 20 minutos depois, marcou o sexto gol da goleada por 6-0 sobre o Waldalgesheim. Quatro dias depois, no primeiro confronto da fase pré-eliminatória da Liga dos Campeões, Schmidt escalou o sul-coreano entre os titulares e ele marcou 1 dos gols do triunfo por 3-2 sobre o Copenhague da Dinamarca fora de casa.

Veja Também!  Assista aos lances e Melhores Momentos de Paragominas 3 x 2 Paysandu - Campeonato Paraense

Em 27/08/2014, no segundo confronto contra o Copenhague, o camisa 7 dos “Löwen” marcou o primeiro gol da goleada por 4-0 sobre o time dinamarquês na BayArena e com isso, com um placar agregado de 7-2, o time alemão assegurou a sua vaga na fase de grupos da UEFA Champions League 2014-15.

Em 12/09/2014, em jogo da 3ª rodada da Bundesliga, Son entrou em campo aos 16 minutos do segundo tempo no lugar de Levin Öztunalı e 12 minutos depois, fez o terceiro gol do time no empate em 3-3 com o Werder Bremen na BayArena.

Em 24/09/2014, em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Alemão, o atacante sul-coreano iniciou entre os titulares e foi o autor do único gol da vitória sobre o Augsburg na BayArena.

Em 18/10/2014, em jogo da 8ª rodada da Bundesliga, o camisa 7 dos “Löwen” marcou o seu primeiro doblete na temporada no empate em 3-3 com o Stuttgart. Além dos 2 gols marcados, também proveu assistência para o gol de Karim Bellarabi.

Em 04/11/2014, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da Champions League, Son marcou o seu 2º doblete na temporada e sendo assim, o Bayer Leverkusen venceu o Zenit São Petersburgo da Rússia fora de casa por 2-1.

Em 14 de fevereiro de 2015, em jogo da 21ª rodada da Bundesliga, o atacante sul-coreano marcou o seu primeiro e única hat-trick na temporada no revés por 5-4 ante o Wolfsburg em plena BayArena. Vale destacar que os “Löwen” chegaram a estar perdendo por 3-0.

Em 08/03/2015, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Alemão, o camisa 7 dos “Löwen” marcou o seu 3º e último doblete na temporada na vitória por 3-0 sobre o Paderborn fora de casa.

Em 11/04/2015, em jogo da 28ª rodada da Bundesliga, Son marcou o seu último tento nessa temporada no triunfo por 3-2 sobre o Mainz 05 na Opel Arena (estádio do Mainz).

Em suma, na sua 2ª temporada com a camisa dos “Löwen”, Heung-min Son disputou 42 jogos, fez 17 gols – 11 destes na Bundesliga 2014-15, o que fez dele o 10º maior goleador do campeonato ao lado de Karim Bellarabi, seu companheiro de clube, e de Max Kruse e Patrick Herrmann, ambos do Borussia Mönchengladbach – e proveu 4 assistências. Quanto ao Bayer Leverkusen, terminou o Campeonato Alemão em 4º lugar novamente, chegou até as quartas de final da Copa da Alemanha e caiu nas oitavas de final da UEFA Champions League.

  • Números de Son na sua 2ª Temporada no Bayer Leverkusen
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
42 *17 4 4 1 3181

* 17 gols dos quais 11 foram pela Bundesliga, 3 pela UEFA Champions League, 2 pela fase pré-eliminatória da UEFA Champions League e 1 pela Copa da Alemanha

2015-16

Na estreia do Bayer Leverkusen nesta edição da Bundesliga, Son jogou boa parte da vitória por 2-1 sobre o Hoffenheim na BayArena. Três dias depois, o atacante sul-coreano jogou o primeiro tempo do 1º confronto da fase pré-eliminatória da Champions League contra a Lazio da Itália fora de casa, ao qual o time italiano venceu por 1-0. Vale ressaltar que este foi o último jogo de Son com a camisa do Bayer Leverkusen e ao final do mês de agosto, foi anunciado que Son era o mais novo reforço de um clube da Premier League (Campeonato Inglês).

Posteriormente, mesmo sem poder contar com Son que acabará de ser negociado, o Bayer Leverkusen reverteu a desvantagem do primeiro confronto e venceu a Lazio na BayArena por 3-0 e com isso, se classificou para a fase de grupos da UEFA Champions League 2015-16.

  • Números de Son na sua 3ª e última Temporada no Bayer Leverkusen
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
2 109

 

  • O vídeo baixo mostra 5 dos 17 gols que Son marcou com a camisa do Bayer Leverkusen na temporada 2014-15
  • Este vídeo foi publicado no YouTube há cerca de 4 anos atrás por Bundesliga

 

Tottenham

2015-16

Heung-min Son sendo apresentado como novo reforço do Tottenham

Em 28 de agosto de 2015, Son ingressou no Tottenham da Inglaterra por 22 milhões de libras (cerca de 145,7 milhões de reais) com um contrato de 5 temporadas, sujeito a autorização de trabalho e autorização internacional. Após a sacramentação da sua contratação, Son se tornou o jogador asiático mais caro da história do futebol. O recorde foi mantido desde 2001 pelo japonês Hidetoshi Nakata, que se transferiu da Roma para o Parma, equipes italianas, por 25 milhões de euros.

Em 13/09/2015, em jogo da 5ª rodada da Premier League, Mauricio Pochettino – até então técnico do Tottenham – promoveu a estreia do atacante sul-coreano pelo novo clube o escalando entre os titulares na vitória por 1-0 sobre o Sunderland. Vale ressaltar que Son ficou em campo até os 17 minutos do segundo tempo, quando foi substituído por Andros Townsend.

Em 17/09/2015, na estreia dos Spurs – Tottenham – na fase de grupos da Europa League, o novo camisa 7 do time inglês marcou os seus primeiros 2 gols pelo clube na vitória por 3-1 sobre o Qarabağ do Azerbaijão no White Hart Lane, antigo estádio do Tottenham. Três dias depois, em partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Inglês, o atacante sul-coreano marcou o único gol da vitória dos Spurs sobre o Crystal Palace.

Após o gol marcado diante do Crystal Palace, Son passou por uma “seca de gols”, a qual ele pôs um fim em 28/12/2015, em jogo da 19ª rodada da Premier League, ao qual entrou em campo aos 23 minutos da segunda etapa no lugar de Tom Carroll e nos minutos finais, marcou o gol que deu a vitória aos Spurs sobre o Watford; o Tottenham venceu por 2-1.

Em 20 de janeiro de 2016, no segundo confronto, replay, da 3ª rodada da Copa da Inglaterra, o atacante sul-coreano foi o principal destaque do triunfo por 2-0 sobre o Leicester ao marcar o primeiro gol dos Spurs e além disso, também deu o passe para o gol de Nacer Chadli.

Em 02/05/2016, em jogo da 36ª rodada da Premier League, o camisa 7 dos Spurs marcou o segundo gol do time no empate em 2-2 com o Chelsea e com este resultado, o Tottenham não tinha mais chances de alcançar o Leicester. Na rodada seguinte do campeonato, em 08/05/2016, Son marcou o seu último tento na temporada no revés por 2-1 ante o Southampton em pleno White Hart Lane.

Em suma, na sua 1ª temporada na Inglaterra, Heung-min Son disputou 40 partidas, fez 8 gols e proveu 5 assistências. Quanto ao Tottenham, terminou em 3º lugar no Campeonato Inglês, chegou até as oitavas-de-finais da UEFA Europa League e da Copa da Inglaterra e caiu na 3ª rodada da Copa da Liga Inglesa.

  • Números de Son na sua 1ª Temporada no Tottenham
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
40 *8 5 1892

* 8 gols dos quais 4 foram pela Premier League, 3 pela UEFA Europa League e 1 pela Copa da Inglaterra

2016-17

Antes do início desta temporada, Son teria pedido permissão ao técnico dos Spurs, Mauricio Pochettino, para sair do clube na tentativa de obter mais tempo de jogo, mas ao invés disso, o técnico deu a ele a chance de lutar pelo seu espaço no time. Depois de disputar as Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro, no Brasil, Son se reapresentou ao Tottenham e na sua estreia pelo clube nessa temporada, em 10 de setembro de 2016, em jogo da 4ª rodada da Premier League, foi o principal destaque da goleada por 4-0 sobre o Stoke City em pleno bet365 Stadium – estádio do Stoke – com 2 gols e assistência para o gol de Harry Kane.

Em 24/09/2016, em jogo da 6ª rodada da Premier League, o atacante sul-coreano marcou o seu 2º doblete na temporada e sendo assim, os Spurs venceram o Middlesbrough por 2-1. Três dias depois, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, o camisa 7 do clube londrino – Tottenham – fez o único gol da vitória sobre o CSKA Moscou da Rússia fora de casa. Essas boas atuações de Son lhe renderam elogios de Pochettino, até então seu treinador, que deu a seguinte declaração: “uma pessoa diferente – ele é mais maduro e conhece a liga e se estabeleceu de maneira fantástica agora”.

Em 14/10/2016, Son foi eleito o “Jogador do Mês de Setembro” da Premier League 2016-17 e com isso, tornou-se no primeiro jogador sul-coreano e também o primeiro asiático a receber este prêmio.

Em 28 de janeiro de 2017, em confronto válido pela 4ª rodada da Copa da Inglaterra, o camisa 7 dos Spurs marcou o seu 3º doblete nessa temporada na vitória por 4-3 sobre o Wycombe.

Em 12/03/2017, em confronto pelas quartas de final da Copa da Inglaterra, o atacante sul-coreano marcou o seu primeiro e único hat-trick na temporada na goleada por 6-0 sobre o Millwall. Além dos 3 gols marcados, também proveu assistência para o gol de Vincent Janssen. Infelizmente, nesse mesmo jogo, Son foi abusado racialmente por uma seção dos torcedores do Millwall que entoavam “DVD” e “ele está vendendo três por cinco” sempre que tocava na bola, uma clara referência a um estereótipo para os asiáticos orientais. Posteriormente, o Tottenham foi eliminado pelo Chelsea na fase seguinte do torneio.

Em 01/04/2017, em jogo da 30ª rodada da Premier League, Son entrou em campo aos 28 minutos do segundo tempo no lugar de Vincent Janssen e 4 minutos depois, fez o gol que definiu o resultado do jogo; vitória dos Spurs por 2-0 sobre o Burnley no Turf Moor (estádio do Burnley). Nos 3 jogos seguintes do Tottenham no campeonato nacional, o atacante sul-coreanos marcou 4 tentos; 1 no triunfo por 3-1 sobre o Swansea fora de casa, 2 na goleada por 4-0 sobre o Watford e mais um em nova goleada por 4-0, desta vez sobre o Bournemouth.

Em 12/05/2017, o Tottenham anunciou que Son havia vencido o prêmio de “Jogador do Mês da Premier League” em abril da temporada 2016-17. Esta foi a segunda vez em sua carreira que é o vencedor deste prêmio, tornando-se o único jogador na temporada 2016-17 a ganhar o prêmio por duas vezes.

Em 18/05/2017, em jogo adiado da 34ª rodada da Premier League, o atacante sul-coreano foi um dos destaques da goleada por 6-1 sobre o Leicester no King Power Stadium (estádio do Leicester) com 2 gols e assistência para 1 dos 4 gols de Harry Kane.

Em suma, na sua 2ª temporada com a camisa dos Spurs, Heung-min Son disputou 47 partidas, fez 21 gols – 6 tentos pela FA Cup (Copa da Inglaterra), o que fez dele o artilheiro do torneio ao lado de Adam Morgan do Curzon Ashton – e proveu 9 assistências. Vale destacar também que o sul-coreano foi o 3º jogador com mais gols pelo clube na temporada, ficando atrás apenas de Harry Kane (35) e de Dele Alli (22) respectivamente.

Quanto ao Tottenham, foi vice-campeão do Campeonato Inglês, chegou até a semifinal da Copa da Inglaterra, terminou em 3º lugar na fase de grupos da UEFA Champions League e com isso, herdou vaga automática na fase de mata-mata da UEFA Europa League, contudo acabou eliminado logo na 1ª fase de mata-mata deste torneio. Além disso, os Spurs também foram eliminados logo na 4ª rodada da Copa da Liga Inglesa.

  • Números de Son na sua 2ª Temporada no Tottenham
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
47 *21 9 2 2972

* 21 gols dos quais 14 foram pela Premier League, 6 pela Copa da Inglaterra e 1 pela UEFA Champions League

2017-18

Em 13 de setembro de 2017, na estreia dos Spurs na fase de grupos desta edição da Champions League, Son marcou o seu primeiro tento na temporada na vitória por 3-1 sobre o Borussia Dortmund da Alemanha no estádio do Wembley, nova casa temporária do clube londrino enquanto o White Hart Lane estava passando por reformas.

Após o gol marcado diante do Borussia Dortmund na Liga dos Campeões, Son só voltou a balançar as redes em 22/10/2017, em jogo da 9ª rodada da Premier League, ao qual o Tottenham venceu o Liverpool no Wembley por 4-1.

Em 05/11/2017, em jogo da 11ª rodada da Premier League, o atacante sul-coreano marcou o único gol da vitória sobre o Crystal Palace. Com o gol marcado nesse jogo, Son chegou a marca de 20 gols na Premier League e com isso, se tornou o maior goleador asiático na história do campeonato, quebrando o que até então pertencia a Ji-Sung Park do Manchester United.

Em 21/11/2017, em partida válida pela 5ª rodada da fase de grupos da Champions League, o camisa 7 dos Spurs marcou o segundo gol do triunfo por 2-1 sobre o Borussia Dortmund na Alemanha.

Em 02/12/2017, em jogo da 15ª rodada da Premier League, Son marcou o seu 5º tento na temporada no empate em 1-1 com o Watford fora de casa. Posteriormente, nos 3 jogos seguintes do Tottenham na temporada, o atacante sul-coreano marcou 1 tento em cada um destes jogos; na vitória por 3-0 sobre o APOEL Nicosia do Chipre na última rodada da Liga dos Campeões, na goleada por 5-1 sobre o Stoke City na 16ª rodada da Premier League e na vitória por 2-0 sobre o Brighton na 17ª rodada do campeonato nacional.

Em 13 de janeiro de 2018, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Inglês, o camisa 7 dos Spurs marcou o primeiro gol do time na goleada por 4-0 sobre o Everton no Wembley. Além do gol, também proveu assistência para 1 dos 2 gols de Harry Kane. Com o gol marcado diante dos Toffees – Everton -, Son igualou-se a um recorde que pertencia a Jermain Defoe na temporada 2003-04, quando o atacante fez gols em 5 jogos consecutivos do Tottenham quando o clube era o mandante.

Em 28/02/2018, no segundo jogo, replay, contra o Rochdale nas oitavas de final da Copa da Inglaterra, o atacante sul-coreano marcou o seu primeiro doblete na temporada na goleada por 6-1 sobre o time citado acima. Além dos 2 gols, também contribuiu com assistência para 1 dos 3 gols de Fernando Llorente.

Em 03/03/2018, em jogo da 29ª rodada da Premier League, Son marcou o seu 2º doblete na temporada e com isso, os Spurs venceram o Huddersfield Town por 2-0. Nos 2 jogos seguintes do Tottenham nessa temporada – no segundo confronto das oitavas de final da Liga dos Campeões e na 30ª rodada da Premier League -, o sul-coreano marcou mais 3 tentos; o gol da derrota por 2-1 ante a Juventus da Itália no Wembley e 2 gols na goleada por 4-1 sobre o Bournemouth no Vitality Stadium.

Em suma, na sua 3ª temporada com a camisa dos Spurs, Heung-min Son disputou 53 partidas, fez 18 gols – 12 destes pela Premier League 2017-18, o que fez dele o 10º maior goleador do campeonato ao lado de Eden Hazard do Chelsea, Glenn Murray do Brighton e de Riyad Mahrez do Leicester e com isso, se tornou o primeiro jogador asiático na história do campeonato a chegar ao top-10 da artilharia – e proveu 11 assistências. Quanto ao Tottenham, terminou em 3º lugar no Campeonato Inglês, chegou até a semifinal da Copa da Inglaterra e caiu nas oitavas-de-finais da UEFA Champions League e da Copa da Liga Inglesa.

  • Números de Son na sua 3ª Temporada no Tottenham
Veja Também!  Assistir ao gol de Pašalić que fez Atalanta 1 x 0 Paris Saint-Germain no Esporte Interativo – Champions League
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
53 *18 11 2 3379

* 18 gols dos quais 12 foram pela Premier League, 4 pela UEFA Champions League e 2 pela Copa da Inglaterra

2018-19

Em 20 de julho de 2018, Son assinou um novo contrato com o Tottenham no qual estendeu o seu vínculo com o clube até o ano de 2023.

Em 26/09/2018, em confronto válido pela 3ª rodada da Copa da Liga Inglesa, o atacante sul-coreano entrou em campo aos 19 minutos da segunda etapa no lugar de Moussa Sissoko e após o término do jogo, ao qual Tottenham e Watford empataram em 2-2, a definição do time classificado para a fase seguinte saiu nos pênaltis onde o camisa 7 dos Spurs foi o primeiro do time a converter a sua penalidade e depois, mais 3 companheiros converteram e com isso, vitória por 4-3 nas penalidades.

Na fase seguinte da Copa da Liga Inglesa, em 31/10/2018, Son marcou os seus primeiros 2 tentos nessa temporada na vitória por 3-1 sobre o West Ham e sendo assim, os Spurs seguiram adiante na EFL Cup (Copa da Liga Inglesa).

Em 24/11/2018, em jogo da 13ª rodada da Premier League, o camisa 7 dos Spurs marcou o seu 3º tento na temporada no triunfo por 3-1 sobre o Chelsea no Wembley. Vale destacar que este foi o gol de número 50 de Son com a camisa do Tottenham e além disso, esta também foi a primeira derrota dos “Blues” – Chelsea – no campeonato nacional até então e como senão bastasse, o gol que Son marcou no jogo foi eleito o “Gol do mês de novembro da Premier League 2018-19”.

Em 05/12/2018, em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Inglês, o atacante sul-coreano marcou o seu 4º tento na temporada na vitória por 3-1 sobre o Southampton no Wembley. Três dias depois, na rodada seguinte do campeonato, o camisa 7 dos Spurs foi o principal destaque da vitória por 2-0 sobre o Leicester com 1 gol e assistência para o tento marcado por Dele Alli.

Em 23/12/2018, em jogo da 18ª rodada da Premier League, Son marcou o seu 2º doblete na temporada na goleada por 6-2 sobre o Everton em pleno Goodison Park. Além de ter feito 2 gols, o camisa 7 também contribuiu com assistência para 1 dos 2 gols de Harry Kane. Três dias depois, na rodada seguinte da Premier League, o sul-coreano marcou um doblete na goleada por 5-0 sobre o Bournemouth.

Em 13 de fevereiro de 2019, no primeiro confronto das oitavas de final da Champions League, o sul-coreano mostrou o porque é o carrasco do Borussia Dortmund e fez o primeiro gol da vitórias dos Spurs por 3-0 sobre o time alemão no Wembley. Posteriormente, o Tottenham venceu o Borussia Dortmund no Signal Iduna Park por 1-0 e com isso, seguiu adiante no torneio. Ainda convém lembrar que no final deste mês, fevereiro, Son foi nomeado o “Jogador do Ano da Premier League” no London Football Awards.

Em 03/04/2019, em jogo da 31ª rodada da Premier League, os Spurs jogaram contra o Crystal Palace no seu novo estádio, o Tottenham Hotspur Stadium, e Son foi o primeiro jogador a marcar um tento na nova casa dos Spurs de um jogo no qual o time venceu os Eagles – Crystal Palace – por 2-0.

Em 09/04/2019, no primeiro confronto das quartas de final da Liga dos Campeões, o Tottenham jogou no seu novo estádio mais uma vez e com o gol de Son, venceu o Manchester City; triunfo por 1-0 dos Spurs. Posteriormente, no segundo confronto entre as duas equipes em 17/04/2019, o camisa 7 do clube londrino marcou 2 tentos no revés por 4-3 ante o Manchester City no Etihad Stadium, mas apesar do placar, com o critério do gol fora de casa, os Spurs avançaram para a semifinal da UEFA Champions League 2018-19. Convém lembrar que esta foi a primeira vez que o Tottenham chegou às semifinais deste torneio desde a temporada 1961-62.

Além disso, Son também se tornou o jogador asiático com a maior média de gols na Liga dos Campeões  (12 gols) e com isso, ultrapassou o recordista anterior, Maxim Shatskikh.

Em 04/05/2019, em partida válida pela penúltima rodada (37ª) do Campeonato Inglês, o atacante sul-coreano, pela primeira vez desde a sua chegada ao Tottenham em 2015, levou um cartão vermelho no campeonato devido à um desentendimento com o volante Jefferson Lerma do Bournemouth. Quanto ao resultado da partida, vitória dos Cherries – Bournemouth – por 1-0 sobre o Tottenham.

Em suma, em mais uma temporada na Inglaterra, Heung-min Son disputou 48 partidas, fez 20 gols e proveu 10 assistências. Quanto ao Tottenham, terminou em 4º lugar no Campeonato Inglês, foi finalista da UEFA Champions League, perdendo para o Liverpool na final, chegou até a semifinal da Copa da Liga Inglesa e caiu na 4ª rodada da Copa da Liga Inglesa.

  • Números de Son na sua 4ª Temporada no Tottenham
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
48 *20 10 5 1 3292

* 20 gols dos quais 12 foram pela Premier League, 4 pela UEFA Champions League, 3 pela Copa da Liga Inglesa e 1 pela Copa da Inglaterra

2019-20

Devido ao ocorrido na temporada passada, a expulsão contra o Bournemoth na penúltima rodada da Premier League 2018-19, Son levou um gancho de 3 partidas e sendo assim, fez a sua estreia na temporada em 25 de agosto de 2019, em jogo da 3ª rodada da Premier League, ao qual os Spurs perderam por 1-0 ante o Newcastle em pleno Tottenham Hotspur Stadium.

Em 14/09/2019, em jogo da 5ª rodada da Premier League, o atacante sul-coreano marcou os seus primeiros 2 tentos na temporada na goleada por 4-0 sobre o Crystal Palace.

Em 01/10/2019, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da Champions League, o camisa 7 dos Spurs marcou o seu 3º tento na temporada no revés por 7-2 ante o Bayern de Munique da Alemanha em pleno Tottenham Hotspur Stadium.

Em 21/10/2019, Son foi nomeado na lista dos 30 jogadores para o prêmio FIFA Ballon d’Or de 2019. No dia seguinte após a nomeação, o atacante sul-coreano marcou o seu 2º doblete na temporada na goleada por 5-0 sobre o Estrela Vermelha da Sérvia em Londres.

Em 03/11/2019, em jogo da 11ª rodada da Premier League, o camisa 7 dos Spurs deu o passe para o gol de Dele Alli no empate em 1-1 com o Everton no Goodison Park, contudo essa partida ficou marcada pela expulsão de Son que depois de deslizar por André Gomes por trás, fazendo com que ele caísse desajeitadamente e sofresse uma grave lesão no tornozelo. A lesão provocou grande preocupação e angústia por parte dos jogadores e torcedores; Son ficou visivelmente angustiado com o incidente.

Depois de um cartão vermelho pela falta que cometeu em André Gomes, Son também recebeu suspensão por 3 jogos da Premier League. No entanto, muitos profissionais, incluindo Kevin Kilbane, ex-jogador do Everton, expressaram críticas à decisão da suspensão, e o Tottenham fez um apelo à Federação de Futebol contra isso e sendo assim, a FA finalmente aceitou o recurso e o cartão vermelho de Son foi rescindido 2 dias após esse incidente.

Em 06/11/2019, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da Champions League, o atacante sul-coreano marcou o seu 3º doblete na temporada na goleada por 4-0 sobre o Estrela Vermelha em Belgrado, na Sérvia. Vale destacar que ele não comemorou o primeiro gol, ao invés disso dirigiu-se à uma câmera e pediu desculpas pelo ocorrido no jogo contra o Everton.

Após o empate em 1-1 com o Sheffield United, time recém-promovido a Premier League, no Tottenham Hotspur Stadium na 12ª rodada do campeonato nacional, levou uma semana, mas esse não era o primeiro resultado ruim do clube nas últimas rodadas e sendo assim, após uma reunião entre técnico e diretoria, Pochettino acabou sendo demitido em 19/11/2019 e no dia seguinte, José Mourinho foi anunciado como novo treinador do Tottenham.

Na estreia do novo técnico em 23/11/2019, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Inglês, Son foi um dos destaques do triunfo por 3-2 sobre o West Ham com 1 gol e assistência para o tento marcado por Lucas Moura.

Em 07/12/2019, em jogo da 16ª rodada da Premier League, o camisa 7 dos Spurs correu de um extremo a outro do campo, passando por 7 jogadores do Burnley, para marcar o 3º gol do time na goleada por 5-0 sobre a equipe adversária. É importante mencionar que esse gol marcado por Son é um dos gols que concorre a “Gol da Temporada”. O modo como o sul-coreano enfileirou os jogadores do Burnley fez com que Mourinho o chamasse de “Sonaldo Nazario”, em referência ao tipo de gol que o ex-jogador brasileiro – Ronaldo Nazário – marcaria.

Em 22/12/2019, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Inglês, a qual os Spurs perderam por 2-0 para o Chelsea, Son foi expulso depois de levantar a chuteira contra as costelas de Antonio Rüdiger – zagueiro do Chelsea – e diferentemente do ocorrido contra o Everton, desta vez o sul-coreano não escapou da punição e como consequência, foi suspenso por 3 partidas pela Federação Inglesa.

No mês de janeiro de 2020, o gol de Son contra o Burnley em 07/12/2019 foi eleito o “Gol do mês de dezembro da Premier League 2019-20”.

Em 16 de fevereiro de 2020, em jogo da 26ª rodada da Premier League, o camisa 7 dos Spurs marcou o seu 4º doblete nessa temporada no triunfo por 3-2 sobre o Aston Villa e com isso, se tornou o primeiro jogador do futebol asiático a marcar 50 gols na história da Premier League. Ainda convém lembrar que o seu 2º gol nessa partida foi o de número 51 e no total, marcou 51 tentos em 151 partidas com a camisa do Tottenham. Porém, apesar de ter chegado a essa marca, vale ressaltar que Son jogou a partida inteira com um dos braços fraturados e após a constatação disso, a lesão poderia exigir cirurgia, o que o afastaria da equipe por várias semanas. O técnico José Mourinho declarou mais tarde que não estava otimista em relação à lesão de Son e que provavelmente, o sul-coreano teria de ficar de fora do time até o fim desta temporada.

Serviço Militar

Em 06/04/2020, enquanto a Premier League foi suspensa devido à pandemia do COVID-19 (Novo Coronavírus), foi confirmado que Son iria cumprir o serviço militar obrigatório na Coréia do Sul. Depois de completar uma quarentena de duas semanas em seu retorno ao seu país, ele serviu com o Corpo de Fuzileiros Navais por três semanas na ilha de Jeju.

Retorno aos gramados

Após um hiato de 3 meses, no primeiro jogo dos Spurs na Premier League, partida válida pela 30ª rodada do campeonato, Son jogou os 90 minutos do empate em 1-1 com o Manchester United no Tottenham Hotspur Stadium.

Até aqui, Heung-min Son marcou 16 gols e proveu 11 assistências – 9 destas na Premier League 2019-20, o que faz dele atualmente no 3º jogador com mais assistências no campeonato ao lado de Adama Traoré do Wolverhampton e está atrás apenas de Kevin De Bruyne do Manchester City (17 assistências) e de Trent Alexander-Arnold do Liverpool (12 assistências) – em 36 partidas disputadas.

  • Números de Son na sua 5ª e atual Temporada no Tottenham
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2019-20
36 *16 11 2 **2781

* 16 gols dos quais 9 foram pela Premier League, 5 pela UEFA Champions League e 2 pela Copa da Inglaterra

** a temporada 2019-20 está em andamento

  • O vídeo abaixo mostra 50 dos 51 tentos que Son marcou pela Premier League desde a sua chegada ao Tottenham em 2015
  • Este vídeo foi publicado no YouTube há cerca de 4 meses atrás por Tottenham Hotspur

 

Números de Son na Seleção Sul-Coreana

 

Coreia do Sul

Seleções de Base

Antes de jogar pela seleção principal da Coreia do Sul, Son teve passagens pelas seleções sub-15, sub-16, sub-17 e sub-18. Em 2009, fez parte do time que disputou a Copa do Mundo FIFA Sub-17 do mesmo ano, torneio realizado na Nigéria. Son marcou 3 gols nesse torneio.

Seleção Principal

Após as boas atuações pelas seleções de base da Coreia do Sul, em 24 de dezembro de 2010, Cho Kwong-rae – técnico da Seleção Sul-Coreana naquela época – convocou Son para a disputa da Copa da Ásia de 2011, competição que realizar-se-ia no Catar, e com isso, seis dias depois – 30/12/2011 -, promoveu a estreia de Son ao colocá-lo em campo após o intervalo do amistoso no lugar de Bo-kyung Kim. Quanto ao resultado do amistoso, a Coreia do Sul venceu a Síria por 1-0 no último jogo antes do início da Copa da Ásia.

Copa da Ásia 2011

Em 10 de janeiro de 2011, na estreia da Seleção Sul-Coreana na fase de grupos desta edição da Copa da Ásia, Son entrou em campo aos 23 minutos do segundo tempo no lugar de Dong-won Ji na vitória por 2-1 sobre o Barein. Na rodada seguinte da fase de grupos, Sonny – apelido pelo qual Son é conhecido – viu do banco o empate em 1-1 com a Austrália.

Por fim, na última rodada da fase de grupos em 18/01/2011, Son entrou em campo no lugar de Sung-yeung Ki logo após o intervalo e aos 36 minutos da segunda etapa, marcou o gol que definiu o placar da partida, goleada da Coreia do Sul por 4-1 sobre a Índia. Com este resultado, a Seleção Sul-Coreana somou 7 pontos e terminou em 2º lugar no grupo; mesmo número de pontos que a Seleção Australiana, contudo o saldo de gols dos australianos era maior; 5 a 4.

Nas quartas de final, Son viu do banco a Coreia do Sul vencer o Irã por 1-0 na prorrogação e com isso, seguir adiante no torneio. Na semifinal, a Coreia do Sul enfrentou o Japão e as duas seleções empataram em 1-1 no tempo regulamentar e depois 2-2 na prorrogação e na decisão dos pênaltis, os japoneses venceram os sul-coreanos por 3-1 e com isso, a Seleção Sul-Coreana teve de se contentar com a disputa do 3º lugar. Quanto a Son, jogou os minutos finais do tempo regulamentar e os 30 minutos da prorrogação.

Na disputa do 3º lugar com o Uzbequistão, Son jogou os últimos 30 minutos da vitória da Coreia do Sul por 3-0 sobre a Seleção Uzbeque.

  • Desempenho de Son na Copa da Ásia 2011
Pd Gm A CA CV Mj
4 1 131

Copa do Mundo FIFA de 2014

Em 07/10/2011, depois de perder os 2 primeiros jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2014 nos dias 2 e 6 de setembro devido à uma lesão no tornozelo, Son jogou em um amistoso contra a Polônia e foi novamente convocado para um jogo de Eliminatórias, contra o Emirados Árabes Unidos. A sua convocação para jogar pela Seleção Sul-Coreana foi motivo de preocupação para o pai de Son, que causou alvoroço ao pedir à Associação de Futebol da Coreia que não convocasse o seu filho para os jogos da seleção num futuro imediato, para que ele possa descansar e amadurecer mais como jogador, porém Cho Kwang-rae, então técnico da Coréia do Sul, respondeu dizendo que continuaria convocando Son quando necessário.

Veja Também!  Como assistir Ajax x FC Utrecht Futebol AO VIVO - Amistoso 2020

Posteriormente, após a derrota para a Austrália em um amistoso, Cho Kwang-rae anunciou a sua aposentadoria e com a saída dele, Choi Kang-hee assume o comando da Seleção Sul-Coreana.

Son recusou a oportunidade de disputar as Olimpíadas de Londres em 2012, optando por se concentrar em sua carreira no Hamburgo. Son foi citado como tendo dito: “Na Coréia, uma aparição olímpica tem um significado especial, mas eu quero melhorar o meu desempenho no Hamburgo. O que importa é dedicar todo o meu tempo ao treinamento em equipe”. Son jogou pelo a equipe nacional no outono de 2012 em 2 jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo da FIFA 2014 contra o Líbano e o Irã, e tornou-se um jogador regular nos amistosos e partidas de Eliminatórias da Copa do Mundo no ano de 2013.

Em 26 de março de 2013, em partida válida pela 7ª rodada das Eliminatórias, Sonny entrou em campo aos 36 minutos do segundo tempo no lugar de Keun-ho Lee e 15 minutos depois, fez o gol da vitória dos sul-coreanos por 2-1 sobre o Catar. Após a última rodada das Eliminatórias e um imbróglio com Carlos Queiroz, técnico da Seleção do Irã, Choi Kang-hee deixou o comando da Seleção Sul-Coreana, mas ainda assim conseguiu qualificar a Coreia do Sul para a disputa da Copa do Mundo FIFA de 2014 que realizar-se-ia no Brasil.

Em 24/06/2013, Hong Myun-bo é anunciado como o novo técnico da Seleção da Coreia do Sul. Sob o comando do novo treinador na séria de amistosos, Son marcou 4 gols, destaque para os 2 gols marcados na goleada por 4-1 sobre o Haiti.

Em junho de 2014, Sonny foi incluído na lista final dos jogadores convocados para a disputa da Copa do Mundo e no dia 18 do mesmo mês, a Coreia do Sul estreou na fase de grupos da Copa contra a Rússia na Arena Pantanal, em Cuiabá, onde as duas seleções empataram em 1-1. Na rodada seguinte da fase de grupos, Son jogou como titular novamente e inclusive, fez 1 dos gols da Coreia do Sul no revés por 4-2 ante a Argélia no Estádio Beira-rio, em Porto Alegre. Por fim, na última rodada da fase de grupos, a Coreia do Sul perdeu por 1-0 para a Bélgica na Arena Corinthians, em São Paulo, e como consequência, a Seleção Sul-Coreana acabou dando adeus à competição.

  • Desempenho de Son na Copa do Mundo FIFA de 2014
Pd Gm A CA CV Mj
3 1 1 246

Copa da Ásia 2015

Após a eliminação da Copa do Mundo de 2014, Hong Myun-bo foi demitido e com a saída dele, Shin Tae-yong, assumiu o comando da Seleção Sul-Coreana interinamente e em 24/09/2014, Uli Stielike assume o comando em definitivo da seleção da Coreia do Sul. Concomitantemente com a troca no comando de treinadores, a Associação de Futebol da Coreia do Sul solicitou ao Bayer Leverkusen que permitisse que Son disputasse os Jogos Asiáticos de 2014, pois a conquista da medalha de ouro no torneio concederia a isenção de Son do serviço militar. Apesar de Sonny afirmar o seu interesse e os esforços do KFA (Associação de Futebol da Coreia do Sul), seu clube na época, Bayer Leverkusen, recusou-se a liberá-lo, pois a sua ausência significaria que a equipe o perderia por pelo menos 6 partidas.

Por ter sido a 3ª colocada na Copa da Ásia de 2011, a Coreia do Sul não disputou as Eliminatórias da Copa da Ásia 2015, torneio que realizar-se-ia na Austrália, e sendo assim, usou os amistosos para se preparar para a disputa deste torneio.

Em 10 de janeiro de 2015, na estreia da Coreia do Sul na fase de grupos desta edição da Copa da Ásia, Son jogou os 90 minutos do triunfo por 1-0 sobre Omã. Na rodada seguinte, não jogou na vitória por 1-0 sobre o Kuwait. Por fim, na última rodada da fase de grupos, Son jogou o segundo tempo da vitória por 1-0 sobre a seleção anfitriã, Austrália, e com um total de 9 pontos somados em 3 rodadas, a Coreia do Sul terminou em 1º lugar no grupo A e com isso, se classificou para a fase de mata-mata do torneio.

Nas quartas de final, Son foi o principal destaque da classificação da Coreia do Sul para a fase seguinte ao fazer os gols da vitória por 2-0 sobre o Uzbequistão na prorrogação. Na semifinal, o camisa 7 da Seleção Sul-Coreana – Son – jogou os 90 minutos da vitória por 2-0 sobre o Iraque e com isso, se classificou para a final desta edição da Copa da Ásia.

Em 31/01/2015, a Coreia do Sul e a Austrália decidiram o título do torneio e mesmo com o gol de salvador de Son no final do tempo regulamentar, a Coreia do Sul levou mais um gol e perdeu essa partida por 2-1. Apesar do revés da Coreia do Sul na final, Son foi premiado, foi escolhido como um dos 3 melhores atacantes dessa competição.

  • Desempenho de Son na Copa da Ásia 2015
Pd Gm A CA CV Mj
5 3 461

Olimpíadas Rio de Janeiro de 2016

Em junho de 2016, Son foi um dos jogadores convocados para a disputa das Olimpíadas de 2016 do Rio de Janeiro. Apesar de ter mais de 23 anos nesta época – completou 24 anos no mês seguinte -, as seleções podiam levar no máximo 3 jogadores acima dos 23 e sendo assim, Son foi um dos 3 jogadores escolhidos por Shin Tae-yong.

Em 05/08/2016, na estreia da Seleção Sul-Coreana na fase de grupos das Olimpíadas, Son entrou em campo aos 25 minutos da segunda etapa no lugar de Chang-hoon Kwon e 2 minutos depois, marcou de pênalti o 5º gol da goleada por 8-0 sobre a seleção de Fiji. Na rodada seguinte, Son atuou como titular e marcou o 2º gol da Seleção Sul-Coreana no empate em 3-3 com a Alemanha. Na última rodada da fase de grupos, o jogador do Tottenham atuou como titular novamente no triunfo por 1-0 sobre o México e com um total de 7 pontos somados em 3 rodadas, a Coreia do Sul terminou em 1º lugar no grupo C e com isso, garantiu a sua vaga na fase de mata-mata desta edição dos Jogos Olímpicos.

Nas quartas de final, atuando como titular novamente, Son não conseguiu repetir as atuações dos 2 primeiros jogos e além disso, a Coreia do Sul foi derrotada por 1-0 por Honduras e com isso, a situação de Son estava se complicando e estava cada vez mais iminente que ele teria de se apresentar ao exército e ter de dar uma pausa na sua carreira futebolística.

  • Desempenho de Son nas Olimpíadas de 2016
Pd Gm A CA CV Mj
4 2 290

Copa do Mundo FIFA de 2018

Em 03/09/2015, em partida válida pela 2ª rodada da fase 2 das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, Son marcou o seu primeiro hat-trick com a camisa da Seleção Sul-Coreana na goleada por 8-0 sobre o Laos.

Em 17/11/2015, em partida válida pela 6ª rodada das Eliminatórias da fase 2 contra o Laos novamente, o camisa 7 da Seleção Sul-Coreana marcou um doblete em nova goleada sobre o Laos, por 5-0.

Em 6 de outubro de 2016, em confronto válido pela 3ª rodada da fase 3 das Eliminatórias, Son foi um dos destaques do triunfo por 3-2 sobre o Catar com 1 gol e assistência para o gol de Sung-yueng Ki.

Após o revés por 3-2 ante o Catar na antepenúltima rodada da fase 3 das Eliminatórias, a vaga para a Copa do Mundo ficou ameaçada e com isso, a Associação de Futebol da Coreia do Sul optou por demitir Uli Stielike e com isso, resolveu apostar as suas fichas no técnico que comandava a Seleção Olímpica do país, Shin Tae-yong e com um empate em 0-0 com o Uzbequistão na última rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo em 5 de setembro de 2017, a Coreia do Sul conseguiu garantir a sua presença nesta edição da Copa.

Ao término da última fase das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018, a Coreia do Sul somou 15 pontos em 10 rodadas – 4 vitórias, 3 empates e 3 derrotas – e com isso terminou em 2º lugar no grupo A, ficando atrás apenas do Irã, mas ainda assim a Seleção Sul-Coreana obteve vaga direta na Copa do Mundo FIFA de 2018 que realizar-se-ia na Rússia, pois os 2 primeiros colocados dos grupos A e B obtêm vaga direta, por outro lado os terceiros colocados de cada grupo tem de disputar a repescagem para disputar a Copa.

Em 4 de junho de 2018, Shin Tae-yong anunciou a lista final dos jogadores que iriam disputar essa edição da Copa do Mundo e obviamente, o nome de Heung-min Son estava presente nessa lista.

Em 18/06/2018, na estreia da Coreia do Sul na fase de grupos da Copa do Mundo, Son jogou os 90 minutos do revés por 1-0 ante a Suécia. Na rodada seguinte da fase de grupos, o camisa 7 da Seleção Sul-Coreana fez de pênalti o único gol do time, porém mesmo assim, derrota por 2-1 ante o México e com isso, a Coreia do Sul já estava virtualmente eliminada da Copa do Mundo. Apesar de estar eliminada, a Coreia do Sul tinha de cumprir tabela na última rodada e mesmo já estando de fora da fase de mata-mata, com um gol de Son do meio da área, a Seleção Sul-Coreana venceu a Alemanha por 2-0 e também eliminou a até então campeã mundial.

  • Desempenho de Son na Copa do Mundo FIFA de 2018
Pd Gm A CA CV Mj
3 2 1 270

Jogos Asiáticos de 2018

Para não ter a sua carreira futebolística interrompida devido ao serviço militar, Son teve de disputar os Jogos Asiáticos de 2018 da Indonésia. Vale ressaltar que o time que disputa essa competição não é o time principal e sim o sub-23. Depois de ver do banco a Coreia do Sul golear o Barein por 6-0, Son jogou boa parte do segundo tempo do revés por 2-1 ante a Malásia. Na última rodada da fase de grupos dos Jogos Asiáticos, Son capitaneou a seleção de seu país e além disso, também marcou o único gol da vitória sobre o Quirguistão e com um total de 6 pontos em 3 jogos – duas vitórias e uma derrota -, a Coreia do Sul terminou em 2º lugar no grupo E, mas ainda assim se classificou para a fase de mata-mata dos Jogos Asiáticos de 2018.

Nas oitavas de final, a Coreia do Sul enfrentou o Irã e com um triunfo por 2-0, os sul-coreanos seguiram adiante na competição. Nas quartas de final, Son proveu assistências para 2 dos 3 gols de Ui-jo Hwang no tempo regulamentar e na prorrogação, Hee-chan Hwang marcou o gol do triunfo por 4-3 sobre o Uzbequistão. Na semifinal, o camisa 7 e capitão da Seleção Sul-Coreana proveu assistência para o gol de Ui-jo Hwang na vitória por 3-1 sobre o Vietnã no tempo regulamentar e com isso, a Seleção sub-23 da Coreia do Sul se classificou para a final desta edição dos Jogos Asiáticos.

Em 01/09/2018, o Stadion Pakansari foi o palco da final entre Coreia do Sul e Japão e após um empate em 0-0 no tempo regulamentar, o capitão da Seleção Sul-Coreana proveu assistências para os gols de Seung-woo Lee e Hee-chan Hwang no triunfo por 2-1 sobre a Seleção Japonesa e com isso, os sul-coreanos conquistaram a medalha de ouro desta edição dos Jogos Asiáticos. Quanto a Son, obteve a isenção do serviço militar obrigatório.

Heung-min Son celebrando a conquista da Medalha de Ouro dos Jogos Asiáticos de 2018
  • Desempenho de Son nos Jogos Asiáticos de 2018
Pd Gm A CA CV Mj
6 1 5 1 525

Copa da Ásia 2019

Após a queda na fase de grupos da Copa do Mundo FIFA de 2018 na Rússia, Shin Tae-yong acabou sendo demitido do comando da seleção principal da Coreia do Sul e com a saída dele, a Associação de Futebol da Coreia do Sul resolveu apostar as suas fichas em Paulo Bento, técnico português.

Assim que o novo treinador assumiu o comando da Seleção Sul-Coreana ficou estabelecido que Son seria o capitão do time. Por ser a atual vice-campeã da Copa da Ásia, a Coreia do Sul já estava automaticamente classificada para a Copa da Ásia de 2019 que realizar-se-ia nos Emirados Árabes Unidos. Posteriormente, Son foi convocado para a disputa deste torneio, mas perdeu os dois primeiros jogos do grupo devido a um acordo com o Tottenham relacionado à sua convocação. Mesmo sem poder contar com o seu principal jogador, a Coreia do Sul venceu as duas primeiras rodadas da fase de grupos; vitórias por 1-0 sobre a Filipinas e o Quirguistão respectivamente.

Na última rodada da fase de grupos da Copa da Ásia, agora podendo contar com Heung-min Son, a Coreia do Sul venceu a China por 2-0. Vale destacar que mesmo sem fazer gols, o camisa 7 da Seleção Sul-Coreana foi um dos destaques desta vitória, pois sofreu o pênalti que foi convertido por Ui-jo Hwang e proveu assistência para o gol do zagueiro Min-jae Kim.

Nas oitavas de final, a Coreia do Sul enfrentou o Barein e venceu por 2-1 na prorrogação. Na fase seguinte – quartas de final -, a Coreia do Sul perdeu por 1-0 para a seleção que viria a ser a campeã deste torneio, seleção do Catar.

  • Desempenho de Son na Copa da Ásia 2019
Pd Gm A CA CV Mj
3 2 299

Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2022

Após a eliminação nas quartas de final da Copa da Ásia 2019, a seleção da Coreia do Sul disputou 10 partidas – 6 amistosos e 4 jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 – e até aqui, um ótimo aproveitamento, mas é importante mencionar que a única derrota da Seleção Sul-Coreana após a Copa da Ásia foi em um amistoso contra o Brasil, ao qual perdeu por 3-0.

Destaque para a 2ª rodada da fase 2 das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2022 em 10 de outubro de 2019, quando Son marcou um doblete na goleada por 8-0 sobre o Sri Lanka.

Títulos pela Seleção Sul-Coreana

  • Medalha de Ouro nos Jogos Asiáticos de 2018
  • O vídeo abaixo mostra 23 dos 26 gols que Son marcou pela seleção principal da Coreia do Sul
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 6 de dezembro de 2018 por No7Son

TOTAL

Pd Gm A CA CV Mj
89 26 15 6 6423

Prêmios individuais

  • Jogador Sul-Coreano do Ano: 2013, 2014, 2017 e 2019.
  • Melhor jogador da partida da Copa do Mundo de 2014: Rússia 1-1 Coreia do Sul.
  • Jogador Asiático do Ano: 2015, 2017 e 2019.
  • Melhor jogador do mês Premier League: Setembro de 2016 e Abril de 2017.
  • Premier League Gol do Mês: Novembro de 2018 e Dezembro de 2019.
  • Nomeação para o Prêmio FIFA Ballon d’Or 2019.

Considerações Finais

Com base em todos os números apresentados aqui pode-se concluir que Heung-min Son é um jogador de ritmo explosivo, o que fez com que o técnico José Mourinho o chamasse de “Sonaldo”. Além disso, Son também é preciso nas finalizações e isso o torna muito eficaz nos contra-ataques. Além disso, ele recebeu elogios dos colegas de equipe e da mídia por sua altruísta taxa de contribuição defensiva, e é capaz de prover assistências aos colegas de equipe, além de marcar os próprios gols.

E para vocês? Son é o melhor jogador do futebol asiático neste momento? Ele é um dos melhores atacantes da atualidade?

 
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui