Quando cita-se um dos melhores volantes brasileiros que atua no futebol europeu, o nome de Fabinho que atualmente joga pelo Liverpool da Inglaterra e também joga pela Seleção Brasileira, deve ser levado em conta.

Fábio Henrique Tavares nasceu em 23/10/1993 em Campinas, interior do estado de São Paulo. Antes de atuar pelo Liverpool, Fábio teve passagens pelas categorias de base do Paulínia e do Fluminense e com apenas 19 anos de idade, saiu do Brasil para jogar na Europa. Porém, o que mais se sabe sobre Fabinho? Por quais clubes atuou? Quais feitos atingiu até aqui?

Juvenil

Filho de João Roberto Tavares e de Rosangela Tavares, Fabinho é o filho mais novo deste casal que além dele, teve mais 2 filhos. Desde a infância, Fábio almejava se tornar um jogador de futebol e a partir dos 7 anos de idade, deu seus primeiros passos rumo ao seu objetivo; ingressou nas categorias de base do Paulínia Futebol Clube.

Erick Martins – técnico das categorias de base do Paulínia nesta época – foi só elogios a Fabinho e disse que o garoto reunia grandes qualidades, tais como: determinação, dedicação, comprometimento, disciplina e versatilidade. Posteriormente, aos 12 anos de idade, Fabinho passou a jogar futsal antes de considerar a ideia de se tornar jogador de futebol profissional e em 2011, próximo de completar 18 anos de idade, foi fazer testes para ingressar nas categorias de base do Fluminense Football Club do Rio de Janeiro.

 

A Carreira de Fabinho em Números

 

Fluminense

fluminense-hd-logo

Categorias de Base

Antes de ser convocado para os treinos com o time principal do Fluminense, Fabinho jogou pela equipe sub-20 do clube carioca em 2011 e em parte do ano seguinte. Logo no início do ano seguinte, Fabinho passou a treinar com o elenco principal do Tricolor Carioca – Fluminense – e em maio do mesmo ano (2012), foi relacionado pela primeira vez para uma partida oficial.

Fabinho sendo apresentado como novo reforço do Fluminense

 

2012

No dia 20 de maio de 2012, Abel Braga, técnico do Fluminense nesta época, relacionou Fabinho para o jogo contra o Corinthians – válido pela 1ª rodada do Brasileirão (Campeonato Brasileiro) -, ao qual o time carioca venceu por 1-0 no Pacaembu, em São Paulo. Vale ressaltar que Fabinho foi um substituto não utilizado por Abel nessa partida. Posteriormente, ele deixou o clube sem nunca ter entrado em campo pelo time principal do Fluminense.

  • Números de Fabinho na sua 1ª e única Temporada no Fluminense
Pd Gm A CA CV Mj no ano de 2012
00 0 0 0 0 00

Pd – Partidas disputadas, Gm – Gols marcados, A – Assistências, CA – Cartões amarelos, CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

 

Real Madrid

Real Madrid

2012-13

Em 8 de junho de 2012, Fabinho foi contratado pelo Rio Ave de Portugal, um contrato de 6 temporadas. Na época em que estava treinando pela equipe portuguesa, Fabinho conheceu o agente Jorge Mendes, o mesmo empresário que gerencia as carreiras de Cristiano Ronaldo, David De Gea, José Mourinho, Diego Costa, James Rodríguez e João Félix. Apesar de ser um jogador que acabará de ser contratado por um time profissional, o agente português o aconselhou a jogar pelo Real Madrid Castilla da Espanha – time B do Real Madrid – para que Fabinho pudesse alavancar sua carreira e sendo assim em 19/07/2012, foi anunciado o empréstimo do brasileiro para o Real Madrid Castilla.

Em 17/08/2012, na estreia do Real Madrid Castilla nessa edição da La Liga2 (2ª divisão do Campeonato Espanhol), Alberto Toril – técnico do Castilla nessa época – promoveu a estreia de Fabinho como titular, contudo esta foi uma estreia para se esquecer, pois o time B do Real Madrid foi derrotado por 2-1 pelo Villarreal.

Em 28 de abril de 2013, em jogo da 36ª rodada da La Liga2, Fabinho marcou seu primeiro gol como profissional no empate em 3-3 com o Numancia.

Em 08/05/2013, em partida válida pela 36ª rodada da La Liga (1ª divisão do Campeonato Espanhol), José Mourinho – técnico do time principal do Real Madrid nesta época – promoveu a estreia do então lateral-direito como profissional, quando o colocou em campo no lugar de Fabio Coentrão aos 31 minutos da segunda etapa e 15 minutos depois, deu o passe para Ángel Di María fechar o placar; goleada do Real Madrid por 6-2 sobre o Málaga.

Pela 40ª rodada da 2ª Divisão do Campeonato Espanhol, em 26/05/2013, Fabinho marcou seu 2º e último tento com a camisa do Real Madrid Castilla no empate em 1-1 com o Elche.

Em suma, na sua única temporada com a camisa do Real Madrid, Fabinho disputou apenas uma partida pelo time principal do clube, por outro lado, disputou 30 partidas pelo Real Madrid Castilla, onde fez 2 gols e proveu uma assistência. Quanto ao Real Madrid Castilla, terminou em 8º lugar na 2ª Divisão do Campeonato Espanhol.

  • Números de Fabinho na sua 1ª e única Temporada no Real Madrid
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
31 *2 2 10 0 2512

* Gols marcados na La Liga2

  • O vídeo abaixo mostra os melhores momentos de Fabinho com a camisa do Real Madrid Castilla
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 27 de agosto de 2019 por SEN31 Official

 

Monaco

2013-14

Fabinho sendo apresentado como novo reforço do Monaco

Em 19 de julho de 2013, Fabinho transferiu-se para o Monaco num empréstimo com de duração de 1 ano.

Em 10/08/2013, na estreia do Monaco nesta edição da Ligue 1 (Campeonato Francês), Claudio Ranieri promoveu a estreia do lateral-direito brasileiro entre os titulares e no primeiro jogo de Fabinho pelo novo clube, vitória por 2-0 sobre o Bordeaux. Na rodada seguinte do Campeonato Francês, em 18/08/2013, o novo camisa 2 do Monaco – Fabinho – proveu assistência para 1 dos 3 gols de Emmanuel Rivière na goleada por 4-1 sobre o Montpellier no Stade Louis II (estádio do Monaco).

O primeiro e único gol de Fabinho pelo Monaco nesta temporada foi o quinto da goleada por 6-0 sobre o Lens nas quartas de final da Copa da França, em 26 de março de 2014. Na fase seguinte deste torneio, em 16/04/2014, o camisa 2 da equipe monegasca – Monaco – deu o passe para o gol de Dimitar Berbatov no empate em 1-1 com o Guingamp no tempo regulamentar, contudo a equipe adversária venceu o Monaco por 3-1 na prorrogação e com isso, o Monaco estava fora da final da Copa da França 2013-14.

Em suma, na sua 1ª temporada com a camisa do time monegasco, Fabinho disputou 31 jogos, fez 1 gol e proveu 4 assistências. Quanto ao Monaco, foi vice-campeão do Campeonato Francês, chegou à semifinal da Copa da França e caiu na 3ª fase da Copa da Liga Francesa.

  • Números de Fabinho na sua 1ª Temporada no Monaco
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
31 *1 4 4 0 2420

* Gol marcado na Copa da França

2014-15

Após o término da temporada 2013-14, Claudio Ranieri não teve seu contrato renovado e com a saída do técnico italiano, o clube monegasco resolveu apostar suas fichas em um técnico português, trata-se de Leonardo Jardim.

Após o término do vínculo com o Monaco no final da temporada 2013-14, Fabinho voltou em 2 de julho de 2014 ao time em outro empréstimo de uma temporada.

Em 09/12/2014, em partida válida pela última (6ª) rodada da fase de grupos da UEFA Champions League (Liga dos Campeões), o lateral-direito brasileiro marcou seu primeiro tento nesta temporada na vitória por 2-0 sobre o Zenit da Rússia no Stade Louis II. Com um total de 11 pontos somados em 6 rodadas, o Monaco terminou na liderança do grupo C e sendo assim, classificou-se para as oitavas-de-finais deste torneio.

Pela 30ª rodada do Campeonato Francês em 22 de março de 2015, o camisa 2 do time monegasco marcou seu 2º e último tento nessa temporada no triunfo por 3-1 sobre o Stade Reims fora de casa.

Nesta mesma temporada, Leonardo Jardim adiantou Fabinho em algumas partidas. Apesar de ter atuado em boa parte da temporada como lateral-direito, o brasileiro também atuou como volante.

Em suma, na sua 2ª temporada com a camisa do time monegasco, Fabinho disputou 53 partidas, fez 2 gols e proveu uma assistência. Quanto ao Monaco, terminou em 3º lugar no Campeonato Francês, chegou à semifinal da Copa da Liga Francesa, foi eliminado nas quartas-de-finais da UEFA Champions League e da Copa da França.

  • Números de Fabinho na sua 2ª Temporada no Monaco
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
53 *2 1 7 0 4629

* 2 gols dos quais 1 foi pela UEFA Champions League e o outro pela Ligue 1

2015-16

No dia 19 de maio de 2015, após duas temporadas emprestado ao Monaco, o clube monegasco e o Rio Ave chegaram a um acordo que selou a transferência definitiva de Fabinho ao clube que disputa a Ligue 1. Também é importante mencionar que o brasileiro assinou um contrato com o Monaco pelas próximas 4 temporadas.

Por ter terminado em 3º lugar na Ligue 1 2014-15, o Monaco teria de disputar a fase pré-eliminatória da Liga dos Campeões e na estreia do time nesta fase, em 28/07/2015, Fabinho foi um dos destaques da vitória por 3-1 sobre o Young Boys da Suíça fora de casa ao dar o passe para o gol de Layvin Kurzawa. No segundo confronto entre as duas equipes, o time monegasco venceu a equipe suíça por 4-0 no Stade Louis II. Posteriormente, o Monaco enfrentou o Valencia da Espanha na última fase pré-eliminatória da Champions League e diferentemente da fase anterior, levou a pior e como consequência, teve de se contentar com uma vaga na fase de grupos da UEFA Europa League 2015-16.

Em 13/09/2015, em jogo da 5ª rodada da Ligue 1, Fabinho marcou de pênalti seu primeiro tento nessa temporada e com isso, o Monaco venceu o Ajaccio fora de casa por 1-0.

Pela 7ª rodada do Campeonato Francês, em 24/09/2015, o camisa 2 do time monegasco marcou de pênalti mais uma vez e com o tento marcado por ele no último minuto de partida, o Monaco venceu o Montpellier por 3-2.

Após o gol marcado contra o Montpellier na 7ª rodada da Ligue 1, Fabinho só voltou a balançar as redes em 13/12/2015, em jogo da 18ª rodada do campeonato nacional, ao qual o time monegasco venceu o Saint-Étienne por 1-0 no Stade Louis II.

Em 3 de janeiro de 2016, em confronto válido pela 1ª fase da Copa da França, o camisa 2 da equipe monegasca marcou de pênalti seu primeiro doblete da carreira – ocorre quando um jogador faz 2 gols numa mesma partida – na goleada por 10-2 sobre o JS Beaulieu.

Em 20/03/2016, em jogo da 31ª rodada da Ligue 1, Fabinho ganhou a chance de bater um pênalti quando sofreu falta dentro da grande área, o autor da falta foi o compatriota David Luiz, e converteu a penalidade e fechou o placar do jogo; vitória do Monaco por 2-0 sobre o Paris Saint-Germain em pleno Parc des Princes. Vale ressaltar que esta foi a primeira derrota do PSG no seu estádio desde maio de 2014.

Pela última rodada (38ª) desta edição do Campeonato Francês, em 14/05/2016, o camisa 2 do time monegasco encerrou esta temporada marcando o gol que fechou o placar da partida; vitória do Monaco por 2-0 sobre o Montpellier no Stade Louis II.

Em suma, na sua 3ª temporada com a camisa dos “Rouge et Blanc”, Fabinho disputou 47 partidas, fez 8 gols e proveu 5 assistências. Quanto ao Monaco, terminou em 3º lugar no Campeonato Francês, também terminou em 3º lugar na fase de grupos da UEFA Europa League – como consequência ficou de fora da fase mata-mata deste torneio – e caiu nas oitavas-de-finais da Copa da França e da Copa da Liga Francesa.

  • Números de Fabinho na sua 3ª Temporada no Monaco
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
47 *8 5 14 0 4321

* 8 gols dos quais 6 foram pela Ligue 1 e 2 pela Copa da França

2016-17

Assim como ocorreu na temporada anterior, o Monaco terminou em 3º lugar no Campeonato Francês e com isso, teria de disputar vaga para a fase de grupos da Liga dos Campeões através da fase pré-eliminatória e depois de estrear com derrota por 2-1 ante o Fenerbahçe da Turquia em 27 de julho de 2016, venceu por 3-1 na semana seguinte e garantiu-se na última fase pré-eliminatória da Champions League.

Em 17/08/2016, no primeiro confronto da última fase pré-eliminatória contra o Villarreal da Espanha, atuando como volante, Fabinho marcou seu primeiro tento nessa temporada de pênalti na vitória por 2-1 sobre a equipe espanhola fora de casa. No segundo confronto contra o time espanhol, em 23/08/2016, mais uma vez de pênalti, o camisa 2 do Monaco marcou o único gol da vitória sobre o Villarreal no Stade Louis II. Com um placar agregado de 3-1, o time monegasco se classificou para a fase de grupos da UEFA Champions League 2016-17.

Na estreia do Monaco nesta edição do Campeonato Francês, em 12/08/2016, o volante brasileiro marcou seu 3º gol, de pênalti novamente, no empate em 2-2 com o Guingamp fora de casa.

Em 28/08/2016, em jogo da 3ª rodada da Ligue 1, Fabinho marcou o segundo gol do triunfo por 3-1 sobre o Paris Saint-Germain no Stade Louis II. Na rodada seguinte do campeonato, o camisa 2 do time monegasco marcou seu 5º tento nessa temporada na goleada por 4-1 sobre o Lille fora de casa.

Pelo primeiro confronto das oitavas de final da Champions League contra o Manchester City da Inglaterra, em 21 de fevereiro de 2017, Fabinho proveu assistências para 1 dos 2 gols marcados por Radamel Falcao e para o gol marcado por Kylian Mbappé na derrota por 5-3 para a equipe inglesa no Etihad Stadium. No segundo confronto entre as duas equipes no Stade Louis II em 15/03/2017, com um cruzamento rasteiro de Benjamin Mendy, o camisa 2 do time monegasco marcou o segundo gol da vitória por 3-1 sobre o time inglês e com o critério do gol fora de casa, os “Rouge et Blanc” seguiram adiante na competição.

Na última rodada desta edição do Campeonato Francês, em 20/05/2017, o volante brasileiro encerrou esta temporada marcando o primeiro gol do triunfo por 3-2 sobre o Rennes fora de casa.

Em suma, em mais uma temporada com a camisa do time monegasco, Fabinho disputou 56 partidas, fez 12 gols e proveu 6 assistências. Quanto ao Monaco, foi campeão do Campeonato Francês, foi vice-campeão da Copa da Liga Francesa e chegou às semifinais da UEFA Champions League e da Copa da França.

  • Números de Fabinho na sua 4ª Temporada no Monaco
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
56 *12 6 15 0 4606

* 12 gols dos quais 9 foram pela Ligue 1, 2 pela fase pré-eliminatória da UEFA Champions League e 1 pela UEFA Champions League

2017-18

Em 27 de agosto de 2017, em jogo da 4ª rodada da Ligue 1, Fabinho converteu um pênalti aos 34 minutos do segundo tempo e fechou o placar do jogo; goleada do Monaco por 6-1 sobre o Olympique de Marselha no Stade Louis II. Além do tento marcado, também sofreu um pênalti que foi marcado por Radamel Falcao.

Pela 12ª rodada do Campeonato Francês em 04/11/2017, o camisa 2 do time monegasco marcou 1 gol de pênalti na goleada por 6-0 sobre o Guingamp.

Em 15/12/2017, em jogo da 18ª rodada da Ligue 1, assistido por Radamel Falcao, o volante brasileiro marcou seu 3º tento nessa temporada na vitória por 4-0 sobre o Saint-Étienne fora de casa. Além do gol marcado, deu o passe para o gol de Keita Baldé.

Em 6 de janeiro de 2018, em confronto válido pela 1ª fase da Copa da França, Fabinho marcou o 4º gol da goleada por 5-2 sobre o AS Yzeure.

Pela 23ª rodada do Campeonato Francês em 28/01/2018, o camisa 2 da equipe monegasca marcou o gol que fechou o placar desta partida; empate em 2-2 com o Olympique de Marselha no Orange Vélodrome (estádio da equipe de Marselha).

Em 12/05/2018, em jogo da penúltima rodada (37ª) desta edição da Ligue 1, o volante brasileiro marcou seu 8º e último tento nessa temporada e sendo assim, o Monaco venceu o Saint-Étienne por 1-0 no Stade Louis II.

Em suma, na sua última temporada com a camisa do time monegasco, Fabinho disputou 46 partidas, fez 8 gols e proveu 5 assistências. Quanto ao Monaco, foi vice-campeão do Campeonato Francês e da Copa da Liga Francesa, caiu na 2ª fase da Copa da França e terminou em último lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões.

  • Números de Fabinho na sua 5ª e última Temporada no Monaco
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
46 *8 5 13 0 4097

* 8 gols dos quais 7 foram pela Ligue 1 e 1 pela Copa da França

Títulos que conquistou pelo Monaco

  • Ligue 1 2016-17
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols que Fabinho marcou com a camisa do Monaco
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 21 de julho de 2018 por MrBoyWunder

 

Liverpool

2018-19

Fabinho sendo apresentado como novo reforço do Liverpool

Em 28 de maio de 2018, o Liverpool da Inglaterra anunciou que Fabinho assinaria um contrato de longo prazo com o clube, um contrato por uma taxa inicial de 39 milhões de libras (cerca de 285,5 milhões de reais) a partir de 01/07/2018.

Na estreia dos Reds – Liverpool – na fase de grupos da Champions League, em 18/09/2018, Jürgen Klopp promoveu a estreia de Fabinho quando o colocou no lugar de Sadio Mané a 1 minuto do fim do jogo, ao qual o Liverpool venceu o Paris Saint-Germain por 3-2 no Anfield Road (estádio do Liverpool).

Em 26/09/2018, em confronto válido pela 3ª rodada da Copa da Liga Inglesa, o volante brasileiro fez sua estreia como titular pelo novo clube no revés por 2-1 ante o Chelsea no Anfield Road.

Fabinho fez a sua estreia pela Premier LeagueCampeonato Inglês – no triunfo por 1-0 sobre o Huddersfield Town em 20/10/2018. Ele entrou em campo aos 24 minutos da segunda etapa no lugar de Adam Lallana. Na rodada seguinte da Premier League, em 27/10/2018, o novo camisa 3 dos Reds – Fabinho – fez sua estreia como titular e foi uma estreia em tanto; goleada do Liverpool por 4-1 sobre o Cardiff em Anfield. Fabinho compôs o meio-campo ao lado de Georginio Wijnaldum e teve uma atuação que lhe rendeu muitos elogios da “Sky Sports”.

Em 16/12/2018, em jogo da 17ª rodada da Premier League, o novo camisa 3 dos Reds foi eleito “The man of the Match” – homem da partida – após a grande atuação na vitória por 3-1 sobre o Manchester United. Inclusive, deu o passe para o gol de Sadio Mané no jogo.

Pela 19ª rodada do Campeonato Inglês, em 26/12/2018, Fabinho marcou seu primeiro e único tento nessa temporada na goleada por 4-0 sobre o Newcastle em Anfield.

Em 7 de janeiro de 2019, em confronto válido pela 3ª rodada da Copa da Inglaterra, Klopp escalou o camisa 3 como zagueiro contra o Wolverhampton e apesar do revés por 2-1, o treinador foi só elogios ao jogador brasileiro. Cinco dias depois, em jogo da 22ª rodada da Premier League, o treinador alemão escalou Fabinho como zagueiro novamente e com outra grande atuação dele, os Reds venceram o Brighton por 1-0 no AMEX Stadium. Com suas atuações, Klopp estava feliz, inclusive afirmou que “ganhou uma nova opção para a defesa”.

Em 01/06/2019, o Liverpool enfrentou o Tottenham na final da UEFA Champions League 2018-19 e Fabinho atuou como titular nesse jogo, ao qual os Reds venceram e sagraram-se campeões do torneio pela 6ª vez na sua história. A trajetória do Liverpool rumo ao título foi assim> após o sorteio dos grupos, definiu-se que os Reds integrariam o grupo C ao lado de Paris Saint-Germain da França, Napoli da Itália e Estrela Vermelha da Sérvia. Com um total de 9 pontos somados – 3 vitórias e 3 derrotas -, terminou em 2º lugar no grupo e se classificou para a fase de mata-mata do torneio.

Nas oitavas de final, o Liverpool enfrentou o Bayern de Munique da Alemanha e após um empate em 0-0 no primeiro confronto em Anfield, os Reds venceram a equipe alemã em Munique por 3-1 e seguiram adiante no torneio.

Nas quartas de final, o Liverpool enfrentou o Porto de Portugal e com a vantagem de 6-1 no placar agregado – vitórias por 2-0 e 4-1 respectivamente -, classificou-se para a fase seguinte.

Na semifinal, os Reds enfrentaram o Barcelona da Espanha e após um revés de 3-0 no Camp Nou, o Liverpool se superou, mesmo com desfalques importantes, e venceu o time espanhol por 4-0 e se garantiu na final da UEFA Champions League 2018-19.

Na final, outra equipe inglesa no caminho do Liverpool – o Tottenham – e contando com Fabinho, que jogou os 90 minutos, venceu por 2-0 e com isso, sagrou-se campeão do torneio.

Fabinho e o troféu da UEFA Champions League 2018-19

Em suma, na sua 1ª temporada na Inglaterra, Fabinho disputou 41 jogos, fez 1 gol e proveu duas assistências. Quanto ao Liverpool, além de ter sido campeão da Liga dos Campeões, foi vice-campeão do Campeonato Inglês e caiu logo nas primeiras fases de mata-mata da Copa da Liga Inglesa e da Copa da Inglaterra.

  • Números de Fabinho na sua 1ª Temporada no Liverpool
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
41 *1 2 10 0 2916

* Gol marcado na Premier League

2019-20

Em 14 de agosto de 2019, Fabinho jogou os 90 minutos da decisão da Supercopa da UEFA contra o Chelsea, ao qual as duas equipes empataram em 1-1 e posteriormente, o volante brasileiro também jogou a prorrogação e houve um novo empate, desta vez em 2-2 e com isso, houve disputa por pênaltis. Nas penalidades, Fabinho foi o segundo jogador a cobrar pelo Liverpool e também a converter seu pênalti e com isso, os Reds levaram a melhor e venceram por 5-4 na disputa por pênaltis e sagraram-se campeões da Supercopa da UEFA 2019.

Em 27/10/2019, em jogo da 10ª rodada da Premier League, o camisa 3 dos Reds recebeu diversos elogios dos fãs por seu desempenho na vitória por 2-1 sobre o Tottenham em Anfield.

O primeiro gol de Fabinho na temporada foi marcado contra o Manchester City em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Inglês, em 10/11/2019, ao qual os Reds venceram por 3-1 em Anfield.

Em 27/11/2019, em partida válida pela 5ª rodada da fase de grupos da Champions League, Fabinho sofreu uma lesão depois de disputar uma bola no ar com um jogador do Napoli da Itália e em decorrência disso, deixou o campo ainda aos 19 minutos da primeira etapa para dar lugar a Georginio Wijnaldum. Quanto ao resultado do jogo, as duas equipes empataram em 1-1. Dois dias depois, o clube anunciou que a lesão manteria Fabinho fora de ação até o início do ano de 2020 e como consequência, ficou de fora da disputa do Mundial Interclubes da FIFA.

Pela 29ª rodada do Campeonato Inglês, em 7 de março de 2020, Fabinho jogou os 90 minutos da vitória por 2-1 sobre o Bournemouth em Anfield. Após este jogo, a Premier League e a maioria dos campeonatos ao redor do mundo foram paralisados devido à pandemia de COVID-19 – Novo Coronavírus – e após um hiato de 3 meses, o campeonato retornou na segunda quinzena de junho.

Em 24/06/2020, em jogo da 31ª rodada da Premier League, o camisa 3 dos Reds marcou seu 2º e último tento nessa temporada na goleada por 4-0 sobre o Crystal Palace. Além do gol marcado, deu o passe para o gol de Mohamed Salah. Nessa mesma rodada, o Manchester City tropeçou contra o Chelsea e mesmo faltando 7 rodadas para o fim do campeonato, o Liverpool não podia mais ser alcançado e sendo assim, após um jejum de 30 anos, sagrou-se campeão nacional.

Em suma, na sua 2ª temporada na Inglaterra, Fabinho disputou 39 partidas, fez 2 gols e proveu 4 assistências. Quanto ao Liverpool, terminou o Campeonato Inglês, foi campeão do Campeonato Inglês, Supercopa da UEFA e do Mundial Interclubes da FIFA, foi vice-campeão da Supercopa da Inglaterra, chegou às quartas de final da Copa da Liga Inglesa e caiu nas oitavas-de-finais da UEFA Champions League e da Copa da Inglaterra.

  • Números de Fabinho na sua 2ª Temporada no Liverpool
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2019-20
39 *2 4 8 0 2925

* Gols marcados na Premier League

2020-21

Na estreia do Liverpool nesta edição da Premier League em 12 de setembro de 2020, Fabinho não marcou gol e também não proveu assistências na vitória por 4-3 sobre o Leeds United em Anfield, mas acabou sofrendo o pênalti que foi convertido por Salah aos 43 minutos da segunda etapa.

Até aqui, Fabinho proveu uma assistência em 8 partidas disputadas.

  • Números de Fabinho na sua 3ª e atual Temporada no Liverpool
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2020-21
8 0 1 1 0 **616

** a temporada 2020-21 está em andamento

Títulos que conquistou pelo Liverpool

  • Premier League: 2019-20
  • UEFA Champions League: 2018-19
  • Supercopa da UEFA: 2019
  • O vídeo abaixo mostra alguns dos melhores momentos de Fabinho com a camisa do Liverpool
  • Este vídeo foi publicado no YouTube há cerca de 1 ano atrás por Liverpool Edits

 

Números de Fabinho na Seleção Brasileira

 

Brasil

Seleções de Base

Antes de atuar pela seleção principal do Brasil, Fabinho teve passagens pelas seleções sub-20 e sub-23 do Brasil. Em suma, Fábio jogou 5 partidas pela seleção sub-20 e 6 partidas pela sub-23.

Seleção Principal

Após o corte do lateral-direito Maicon da Seleção Brasileira em 7 de setembro de 2014, Dunga – técnico da seleção principal do Brasil nesta época – chamou Fabinho para o lugar dele e 3 dias depois, viu do banco a vitória por 1-0 sobre o Equador no MetLife Stadium em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Em 7 de junho de 2015, Fabinho fez sua estreia com a “amarelinha” – Seleção Brasileira – ao substituir Danilo logo após o intervalo no amistoso contra o México, ao qual o Brasil venceu por 2-0 no Allianz Parque, em São Paulo. Quatro dias depois, fez sua estreia como titular no amistoso contra Honduras, ao qual o Brasil venceu por 1-0 no estádio do Beira-rio, em Porto Alegre.

Copa América 2015

Após as vitórias nos 2 amistosos, contra México e Honduras respectivamente, Fabinho integrou o elenco da Seleção Brasileira que disputou a Copa América no Chile. Na estreia do Brasil na fase de grupos dessa edição da Copa América, em 14/06/2015, o então atleta do Monaco viu do banco a vitória por 2-1 sobre o Peru. Deste jogo até a eliminação do Brasil nas quartas de final do torneio, Daniel Alves jogou todas as partidas como titular e sendo assim, Fabinho foi apenas um “mero espectador” que viu do banco a derrota por 1-0 ante a Colômbia na 2ª rodada da fase de grupos, a vitória por 2-1 sobre a Venezuela na última rodada da fase de grupos e por fim, a eliminação ante o Paraguai nos pênaltis nas quartas de final.

Copa América Centenário 2016

Mesmo com a eliminação nas quartas de final da Copa América 2015 ante o Paraguai, Dunga foi mantido como treinador da Seleção Brasileira e paralelamente a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, Fabinho fazia parte das convocações da Seleção Sub-23, mas ainda assim, ora ou outra jogava uma partida pela seleção principal e sendo assim, foi convocado para a disputa da Copa América Centenário, torneio que realizar-se-ia nos Estados Unidos.

Assim como ocorreu na edição anterior da Copa América, Fabinho viu todos os jogos do banco – empate em 0-0 com o Equador, goleada por 7-1 sobre o Haiti e derrota por 1-0 contra o Peru – e como reserva de Daniel Alves novamente. No entanto, com o revés contra o Peru, o Brasil sequer chegou a fase de mata-mata. Em outras palavras, foi eliminado na fase de grupos dessa edição da Copa América.

Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2022

Após a eliminação precoce na Copa América Centenário 2016, Dunga foi demitido do cargo de treinador da Seleção Brasileira e para o seu lugar, a CBF – entidade máxima do futebol brasileiro – resolveu apostar suas fichas em Adenor Leonardo Bacchi, popularmente conhecido como Tite. Contudo, Fabinho deixou de ser convocado para os jogos da Seleção Brasileira.

Após a eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018 diante da Bélgica, deu-se início a uma reformulação na Seleção Brasileira e em 8 de setembro do mesmo ano (2018), no primeiro amistoso do Brasil após a Copa, Fabinho jogou os 90 minutos da vitória por 2-0 sobre os Estados Unidos. Inclusive, sofreu o pênalti que foi convertido por Neymar.

Posteriormente, Fabinho jogou mais alguns amistosos pela Seleção Brasileira. No entanto, ficou de fora da Copa América 2019. Recentemente, viu do banco os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, jogos nos quais o Brasil venceu a Bolívia e o Peru por 5-0 e 4-2 respectivamente.

TOTAL

Pd Gm A CA CV Mj
12 0 1 1 603

Considerações Finais

Com base em tudo o que foi apresentado aqui, pode-se concluir que Fabinho é um jogador polivalente, pois mesmo tendo iniciado sua carreira atuando como lateral-direito, não vê problema algum em atuar como volante e recentemente, vem atuando até mesmo como zagueiro. Também é importante mencionar que Fabinho sabe antecipar os jogadores da equipe adversária, se sai muitos bem nos desarmes e tem o passe longo como outra característica.

E para vocês? Fabinho é um dos melhores volantes da atualidade? Rende mais em outra posição?

 
Ofertas de Uniformes de Futebol: https://amzn.to/36vetfs
Ofertas de Chuteiras e Acessórios: https://amzn.to/35n4JoA
Ofertas de Quadros Decorativos de Futebol: https://amzn.to/3ngWHDy
Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui