Início Guia de Futebol Ao Vivo A Carreira de Alisson Becker em Números

A Carreira de Alisson Becker em Números

-

Quando cita-se um dos melhores goleiros da atualidade é inevitável não mencionar o nome de Alisson Becker, goleiro que atualmente defende o Liverpool da Inglaterra e a Seleção Brasileira.

Alisson Ramses Becker nasceu em 02/10/1992 no município de Novo Hamburgo, no estado do Rio Grande do Sul. Alisson é o segundo goleiro mais caro da história do futebol, ficando atrás apenas de Kepa Arrizabalaga que se transferiu do Athletic Bilbao para o Chelsea, porém o que mais se sabe sobre a carreira de Alisson? Por quais clubes ele jogou? Onde ele iniciou a sua carreira?

Juvenil

Da esquerda para a direita: Alisson Becker e o irmão Muriel Becker que atualmente é o goleiro titular do Belenenses de Portugal

Alisson começou cedo no futebol, com apenas 8 anos de idade – no ano 2000 – ele ingressou na escolinha de futebol do Sport Club Internacional, clube da cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Dois anos mais tarde (2002), já defendia o Colorado – Internacional – nas categorias de base, onde remanesceu até chegar ao profissional do clube de Porto Alegre.

Alisson Becker é o irmão caçula de Muriel que também é goleiro e inclusive, o irmão de Alisson já defendeu o Internacional e os 2 irmãos chegaram a disputar a titularidade do gol da equipe colorada (Internacional).

A Carreira de Alisson Becker em Números e os clubes em que jogou

 

Internacional

Categorias de Base

Em uma conversa com a reportagem da RBS TV [1], Alisson relatou a sua trajetória e tudo começou com as brincadeiras com o irmão mais velho, o Muriel: “Era uma cama para o Muriel em cima, e outra para mim, embaixo. Nosso apartamento era muito pequeno, então usávamos a cama como gol e ficávamos chutando, cruzando e fazendo brincadeiras. Vinham muitas reclamações dos vizinhos. Até derrubamos um lustre da vizinha de baixo. Também jogávamos no campinho de areia, por ter as amizades do meu irmão, eu era o menorzinho, sempre ficava no gol. Foi aí que começou. Ao ver o Muriel treinando, fui pegando gosto. Comecei a viver essa paixão. Eu e o Muriel incomodamos o pai, que nos colocou na escolinha, aos oito anos. Quando completei 10, entrei na categoria de base.”

Apesar do sucesso que ele conquistou ao longo de sua carreira, a vida de Alisson poderia ter tomado outro rumo, pois ele já recebeu uma proposta para abandonar os gramados quando ele tinha 18 anos; ele já recebeu uma proposta para ser modelo, mas ele preferiu ser goleiro.

Antes de jogar pela equipe principal do Internacional, Alisson também teve passagens pelas seleções de base do Brasil, mas somente no ano de 2013 que ele ganhou a sua primeira oportunidade no gol do Colorado.

2013

Alisson à esquerda e Muriel à direita, os 2 irmãos costumavam treinar juntos

Treinando nas categorias de base do Internacional desde os 10 anos de idade, Alisson já havia concluído as etapas anteriores e com isso, ele jogava regularmente pela equipe sub-23 do Colorado, mas em 17 de fevereiro de 2013, pela primeira vez na sua carreira, ele jogou pela equipe principal do Internacional em partida válida pela 8ª rodada da Taça Piratini (primeiro turno do campeonato gaúcho), a qual o Inter e o Cruzeiro-RS ficaram no empate em 1-1 no Complexo Esportivo da Ulbra, em Canoas.

Em 25/08/2013, Alisson fez a sua estreia pelo Internacional no Brasileirão – Campeonato Brasileiro – na 16ª rodada diante do Goiás, ao qual as duas equipes ficaram no empate em 3-3. Vale ressaltar que quem era o titular do Colorado naquele instante era o irmão de Alisson, Muriel, mas por opção de Dunga que comandava a equipe naquela época, o irmão caçula de Muriel jogou esta e mais 5 partidas e em apenas 2 destes 5 jogos ele não sofreu gols; no empate em 0-0 com o Coritiba na 17ª rodada e no triunfo por 1-0 sobre o Corinthians na rodada seguinte. No seu último jogo como profissional no ano de 2013, no empate em 2-2 com o Vitória, antes de Dunga substituir o Alisson pelo Muriel, o Inter vencia o jogo, mas com a saída dele, o time baiano empatou o jogo.

Naquele momento, Alisson e Muriel disputavam a titularidade do gol do Internacional, mas com a saída de Dunga do comando do Colorado, o novo técnico – Clemer – que assumiu a equipe até o fim do campeonato, optou por manter Muriel como o titular.

  • Números de Alisson na sua 1ª Temporada no Internacional
Pd Gs Jssg CA CV Mj no ano de 2013
9 10 2 1 789

Pd – Partidas disputadas, Gs – Gols sofridos, Jssg – Jogos sem sofrer gols, CA – Cartões amarelos, CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

2014

No ano de 2014, o jovem goleiro de apenas 21 anos de idade competindo pela titularidade com um goleiro que participou de 3 Copas do Mundo e que estava jogando no Grêmio antes de se transferir para o Internacional, Dida. Após a expulsão do lendário goleiro Dida na goleada sofrida por 5-0 diante da Chapecoense na 27ª rodada do Brasileirão 2014, o técnico Abel Braga escalou Alisson como titular em 12 de outubro de 2014 diante do Fluminense em jogo da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro e daí em diante, Alisson passou a ser o dono da posição. Das 11 partidas que jogou como titular no Brasileirão, o jovem goleiro só não sofreu gols no triunfo por 2-0 sobre o Bahia na 31ª rodada e na vitória por 1-0 sobre o Goiás na 34ª rodada deste Campeonato Brasileiro.

O Internacional terminou o Brasileirão 2014 na 3ª posição e como consequência por ter terminado o campeonato entre os 3 primeiros, o clube de Porto Alegre iria disputar a sua 10ª Libertadores, sem ter de passar pela Pré-Libertadores, em outras palavras, o Colorado estava classificado para a fase de grupos deste torneio.

  • Números de Alisson na sua 2ª Temporada no Internacional
Pd Gs Jggs CA CV Mj no ano de 2014
14 16 1 1 1260

2015

Diferentemente dos 2 anos anteriores (2013 e 2014), neste ano – 2015 -, Alisson iniciava a temporada como o goleiro titular do Internacional e ele não decepcionou.

Ele teve importante participação na campanha do Inter na Copa Libertadores da América de 2015, na qual o Colorado fez a 2ª melhor campanha da fase de grupos. A equipe comandada pelo técnico Diego Aguirre – atualmente é o treinador do São Paulo – eliminou o Atlético Mineiro nas oitavas-de-finais; em seguida eliminou o Independiente Santa Fe da Colômbia nas quartas-de-finais e venceu o primeiro confronto da semifinal diante do Tigres do México por 2-1, porém as coisas foram diferentes no segundo jogo com o time mexicano, pois o camisa 22 – Alisson – pegou um pênalti cobrado pelo Rafael Sóbis, mas mesmo tendo uma boa atuação ele não evitou a derrota do Internacional ante o Tigres pelo placar de 3-1. Contudo, ele conseguiu impedir uma derrota mais elástica.

Alisson defendendo um pênalti em partida válida pelas quartas de final da Copa do Brasil diante do Palmeiras

Pouco tempo depois da eliminação na Libertadores, Diego Aguirre foi demitido e com a sua saída quem assumiu o comando do Colorado foi Argel Fucks e com ele, o camisa 22 assumiu o posto de 3º capitão do time, ficando atrás apenas de Andrés D’Alessandro e de Alex. No dia 28 de outubro do mesmo ano, o empresário de Alisson disse que 6 clubes do primeiro escalão europeu estavam de olho no jovem goleiro, no entanto, mesmo com o assédio da Europa, o Inter ignorou o assédio dos europeus e garantiu o “fico” do jovem goleiro que além de se destacar no clube gaúcho, também passava a se destacar na Seleção Brasileira.

O Internacional terminou o ano de 2015 na 5ª colocação do Brasileirão 2015 e por não ter terminado o campeonato entre os 4 primeiros, o clube gaúcho teria de se contentar com a vaga da Copa Sul-americana.

  • Números de Alisson na sua 3ª Temporada no Internacional
Pd Gs Jssg CA CV Mj no ano de 2015
57 55 4 5 5056
Veja Também!  Como assistir AO VIVO Internacional x Grêmio - Gaúcho Sub-20

2016

Assim como no ano anterior, Alisson iniciou o ano de 2016 como o titular do gol do Sport Club Internacional, mas no dia 4 de fevereiro do mesmo ano (2016), ele assinou um pré-contrato com a Roma da Itália. O jovem goleiro de 23 anos fez o seu último jogo com a camisa do Colorado em 15/05/2016, em jogo válido pela 1ª rodada do Brasileirão 2016, onde o Inter e a Chapecoense ficaram no empate em 0-0.

Veja Também!  Paysandu x Luverdense AO VIVO pelo DAZN Futebol AO VIVO – Campeonato Brasileiro Série C

Durante os seus 4 anos jogando pelo time principal do Internacional, Alisson jogou 101 partidas em todas as competições, conquistou o título do Estadual nos 4 anos em que esteve na equipe principal, e no seu último ano com a camisa do Inter, ele teve a sua melhor média, pois no ano de 2013, das 9 partidas em que jogou ele sofreu 11 gols, média de 1,11 gols sofridos por partida, no ano seguinte (2014), ele sofreu 16 gols em 14 partidas disputadas, média de 1,14 gols por jogo, no ano de 2015, média de 0,96 gols sofridos por partidas e enquanto ele esteve atuando com a camisa do Internacional no ano de 2016, ele sofreu 8 gols em 21 jogos, média de 0,38 gols sofridos por jogo.

  • O vídeo abaixo mostra a “despedida solitária” do camisa 22 no estádio Beira-rio
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 8 de maio de 2016 por Áudios Inter

  • Números de Alisson na sua 4ª e última Temporada no Internacional
Pd Gs Jssg CA CV Mj no ano de 2016
21 8 7 1 1890

 

Títulos que conquistou no Internacional

  • Campeonato Gaúcho: 2013, 2014, 2015 e 2016
  • Recopa Gaúcha: 2016
  • Este vídeo mostra as melhores defesas de Alisson com a camisa do Internacional no ano de 2015
  • O vídeo abaixo foi publicado no YouTube em 7 de dezembro de 2015 por WorldOfFootballHD

Roma

2016-17

Alisson sendo apresentado como o mais novo reforço da Roma

Como já foi dito anteriormente, o Alisson já havia assinado um pré-contrato com a Roma em 4 de fevereiro de 2016, quanto aos valores, o clube italiano teve de desembolsar 7,5 milhões de euros (o equivalente a 30 milhões de reais) ao clube gaúcho para contratar o goleiro, mas mesmo já tendo assinado com o clube em fevereiro, ele só foi apresentado oficialmente como o mais novo reforço da Roma em 06/07/2016. Uma semana depois, o novo arqueiro do clube italiano fez a sua estreia em um amistoso de pré-temporada contra o Pinzolo, clube local da capital italiana.

Em 17/08/2016, em partida de play-off da UEFA Champions League diante do Porto, o novo camisa 19 – Alisson – do clube italiano fez a sua estreia em partidas oficiais pela Roma, porém os italianos e os portugueses ficaram no empate em 1-1 fora de casa, um bom resultado para a Roma. No entanto, o técnico Luciano Spalletti optou por dar uma chance para outro arqueiro, Wojciech Szczęsny (atualmente é o goleiro da Juventus) e mesmo com o empate obtido fora de casa, os Giallorossi – Roma – perderam por 3-0 jogando em casa e com isso, tiveram de se contentar com a vaga para a UEFA Europa League.

Em 15/09/2016, em jogo da 1ª rodada da fase de grupos da Liga Europa, o goleiro brasileiro voltou a ter uma chance entre os titulares e a Roma ficou no empate em 1-1 com o Viktoria Plzeň da República Tcheca. Além deste jogo, Alisson acabou sendo o goleiro titular do seu novo clube em todas as partidas da fase de grupos da UEFA Europa League até a eliminação nas oitavas de final diante do Lyon da França. O arqueiro brasileiro terminou a sua 1ª temporada pela Roma com 15 partidas e 19 gols sofridos; média de 1,26 gols sofridos por jogo.

  • Números de Alisson na sua 1ª Temporada na Roma
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2016-17
15 19 4 1350

2017-18

Na sua 1ª temporada como goleiro da Roma, Alisson foi o goleiro titular em jogos da UEFA Europa League e da Copa da Itália, mas com a venda de Szczęsny para a Juventus, o goleiro brasileiro acabou se tornando o goleiro titular da equipe romana e isso ajudou muito na ascensão dele em solo europeu e além de se tornar o “dono” da posição, ele também mudou a numeração da sua camisa de 19 para número 1.

Em 20 de agosto de 2017, a Roma fez a sua estreia na Serie A 2017-18 diante do Atalanta e venceu pelo por 1-0 e assim sendo, no seu primeiro jogo como camisa 1 pode-se dizer que ele estreou com o “pé direito” porque além de não ter sido vazado – não sofreu gols – nesta partida, o seu time estreou com uma vitória.

Em 12/09/2017, na estreia da equipe romana na fase de grupos da UEFA Champions League, uma ótima atuação do arqueiro brasileiro diante do Atlético de Madrid, pois ele “fechou o gol” diante dos espanhóis e com isso, os italianos e os espanhóis ficaram no empate em 0-0.

A Roma fez uma grande campanha na UEFA Champions League 2017-18 chegando a eliminar o Barcelona nas quartas de final, triunfo por 3-0 sobre a equipe catalã. O adversário da semifinal era o Liverpool da Inglaterra e depois de sofrer uma goleada por 5-2 no Anfield Road (estádio do Liverpool), a equipe italiana tentou fazer o mesmo que fez diante do Barcelona; – perdeu por 4-1 no Camp Nou e venceu por 3-0 no Estádio Olímpico de Roma. Convém lembrar que os Giallorossi não haviam sofrido sequer um gol no Estádio Olímpico até o jogo contra o Liverpool, mas mesmo assim, os italianos venceram os ingleses pelo placar de 4-2, no entanto com haviam perdido o primeiro confronto por 5-2, – o placar agregado foi de 7-6 para o Liverpool – a Roma estava eliminada da Liga dos Campeões.

Alisson recebeu elogios por suas performances durante toda a temporada de 2017-18 e das 49 partidas que disputou, ele não sofreu gols em 22 partidas, das quais 17 delas pelo Campeonato Italiano e 5 pela UEFA Champions League, em outras palavras, média de 0,95 gols sofridos por jogo. O camisa 1 da Roma provou o seu valor e se adaptou ao futebol europeu e as suas atuações despertaram o interesse de grandes clubes, dentre eles o Real Madrid e o Liverpool e uma destas duas equipes seria o destino do goleiro na temporada seguinte.

  • Números de Alisson na sua 2ª e última Temporada na Roma
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2017-18
49 47 22 1 4410

 

  • O vídeo abaixo mostra as melhores defesas de Alisson com a camisa da Roma
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 21 de julho de 2018 por robmusting GK

Liverpool

2018-19

Alisson assinando contrato com o seu novo clube, o Liverpool

Em 19 de julho de 2018, o Liverpool confirmou oficialmente a contratação do goleiro Alisson e para ter o brasileiro em seu plantel, os Reds – Liverpool – tiveram de desembolsar 66,8 milhões de libras (o equivalente a 320 milhões de reais) fazendo dele o goleiro mais caro de todos os tempos, superando as transferências de Ederson Moraes – transferiu-se do Benfica para o Manchester City – e de Gianluigi Buffon – transferiu-se do Parma para a Juventus. No entanto, convém lembrar que este recorde foi quebrado 4 semanas depois, quando o Chelsea contratou Kepa Arrizabalaga por 71 milhões de libras do Athletic Bilbao da Espanha.

Em 10/08/2018, o Liverpool confirmou em seu site oficial que o goleiro brasileiro iria vestir a camisa de número 13 na temporada 2018-19. Dois dias depois, na estreia dos Reds na Premier League (Campeonato Inglês), Alisson jogou a sua 1ª partida como o goleiro dos Reds e ele estreou com o pé direito, pois o Liverpool venceu o West Ham por 4-0; além da goleada, o goleiro brasileiro não sofreu gols neste jogo. Nos 2 jogos seguintes da Premier League, Alisson recebeu elogios por suas atuações em vitórias sobre o Crystal Palace e sobre o Brighton, nas quais ele não foi vazado. Ainda pelo mês de agosto, ele foi selecionado para o goleiro da temporada da UEFA Champions League 2017-18, terminando em segundo lugar, atrás de Keylor Navas do Real Madrid.

Veja Também!  Como assistir México x Irlanda Futebol AO VIVO – Torneio de Toulon

Em 01/09/2018, em partida válida pela 4ª rodada da Premier League, os Reds venceram o Leicester por 2-1, porém pela primeira vez desde que assinou com o seu novo clube, ele foi criticado, pois ao tentar sair jogando, ele deu a bola no pé de James Maddison que deixou Rachid Ghezzal em condições de fazer o gol do Leicester nesta partida.

Até este momento, das 13 partidas que disputou, ele sofreu 7 gols. Por outro lado, ele também saiu de campo 7 vezes sem ser vazado.

  • Números de Alisson na sua 1ª e atual Temporada no Liverpool
Pd Gs Jssg CA CV Mj na temporada 2018-19
13 7 7 *1170

* esta temporada ainda está em andamento

  • O vídeo abaixo mostra as melhores defesas de Alisson com a camisa do Liverpool
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 28 de agosto de 2018 por FCHD Football

 

Veja Também!  Como assistir AO VIVO Internacional x Grêmio - Gaúcho Sub-20
Os Números de Alisson na Seleção Brasileira

 

Brasil

Seleções de Base

Antes de ser conhecido, Alisson jogou pelas seleções de base do Brasil, vencendo a Copa Sendai em 2009 e 4 anos depois, o até então goleiro do Internacional venceu o torneio de Toulon, em ambas as competições ele atuou como o goleiro titular. Jogou como titular o Mundial Sub-17 de 2009 e esta equipe contava com a presença de Neymar, mas mesmo com os 2 futuros jogadores da Copa do Mundo FIFA de 2018, o Brasil foi eliminado ainda na primeira fase deste Mundia.

Seleção Principal

Em 2014, segundo um repórter [2], o técnico que comandou a seleção brasileira na Copa do Mundo FIFA de 2014, Luiz Felipe Scolari – atual treinador do Palmeiras -, cogitou levar o goleiro do Internacional que colocou o Dida no banco para dar experiência para ele, mas Felipão acabou não o convocando para a disputa da Copa do Mundo FIFA de 2014 e assim sendo os escolhidos pelo Felipão foram Julio Cesar, Jefferson e Victor.

A primeira convocação de Alisson para a seleção principal aconteceu um ano depois (2015) da saída de Luiz Felipe Scolari do comando da Seleção Brasileira e por coincidência, o técnico que o convocou pela primeira vez para a seleção principal foi o mesmo que deu a primeira chance para ele no Internacional, o Dunga.

Em 13/10/2015, em jogo válido pela 2ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018, pela primeira vez desde que passou a ser convocado pela seleção principal, ele foi o titular e pode-se dizer que foi uma estreia “quase perfeita”, pois o Brasil venceu a Venezuela por 3-1. Alisson assumiu a posição de Jefferson e o técnico Dunga justificou destacando a altura (1,93 metros de altura) e a habilidade de Alisson com os pés. Nos 2 jogos seguintes das Eliminatórias, Alisson também esteve presente e novamente como o goleiro titular.

Copa América Centenário 2016

Em 29 de abril de 2016, Dunga anunciou a lista jogadores pré-convocados para a disputa da Copa América Centenário 2016 e o nome de Alisson estava presente nesta lista. Seis dias depois, o Brasil fez a sua estreia neste edição da Copa América diante do Equador e Alisson mais uma vez, foi o titular do gol da Seleção Brasileira. Quanto ao jogo, Brasil e Equador ficaram no empate em 0-0. Nos 2 jogos seguintes, ele sofreu um total de 2 gols – o Brasil venceu o Haiti por 7-1 e perdeu para o Peru por 1-0 -, mas mesmo sofrendo poucos gols, o Brasil foi eliminado da Copa América Centenário 2016 ainda na primeira fase da competição e em decorrência desta campanha, o técnico Dunga foi demitido do cargo de treinador da Seleção Brasileira.

  • Desempenho de Alisson na Copa América Centenário 2016
Pd Gs Jssg CA CV Mj nessa Copa América
3 2 1 270

Copa do Mundo FIFA de 2018

Com a saída de Dunga do comando da Seleção Brasileira quem assume o cargo de técnico da “seleção canarinho” é Adenor Leonardo Bacchi (Tite) e sob o comando dele, o Brasil fez uma boa campanha nas Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018, Alisson sofreu apenas 9 gols em 17 jogos; uma média de 0,52 gols sofridos por partida, em outras palavras, a Seleção Brasileira foi a equipe que menos sofreu gols nas Eliminatórias.

Em maio de 2018, Tite anunciou os 23 nomes para a disputa da Copa do Mundo FIFA de 2018 na Rússia e obviamente, o nome de Alisson constava nesta lista.

Em 17/06/2018, o Brasil fez a sua estreia na fase de grupos da Copa do Mundo diante da Suíça, porém mesmo com a vantagem no placar, os suíços empataram logo no início do segundo tempo, um gol que gerou polêmica, mas o jogo ficou nisso mesmo, empate em 1-1. Nos 2 jogos seguintes, o Brasil venceu a Costa Rica e a Sérvia pelo mesmo placar, 2-0.

Nas oitavas de final diante do México, mais um triunfo pelo placar de 2-0, no entanto na fase seguinte, a Seleção Brasileira perdeu por 2-1 para a Bélgica e com isso, o sonho da conquista do hexacampeonato teve de ser adiado para a Copa do Mundo de 2022. Em suma, Alisson sofreu apenas 3 gols nos 5 jogos da Copa do Mundo FIFA de 2018; média de 0,6 gols sofridos por partida.

  • Desempenho de Alisson na Copa do Mundo FIFA de 2018
Pd Gs Jssg CA CV Mj nesta Copa
5 3 3 450

Pós Copa

Após a eliminação diante da Bélgica na Copa do Mundo, a Seleção Brasileira jogou 4 partidas e a última valia um título e novamente, Alisson não sofreu gols, o Brasil venceu a Argentina por 1-0 e se sagrou campeão do Superclássico das Américas 2018.

Títulos que conquistou na Seleção Brasileira

  • Copa Sendai 2009
  • Torneio de Toulon 2013
  • Superclássico das Américas 2018
  • O vídeo abaixo mostra as melhores defesas de Alisson durante a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA de 2018
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 22 de novembro de 2017 por WHAT A SAVE

Total

Pd Gs Jssg CA CV Mj 
33 14 22 2925
Prêmios Individuais
  • Craque da fase de grupos da Primeira Liga
  • Seleção da Liga dos Campeões da UEFA: 2017–18

Considerações Finais

Com base em todos os números e dados analisados até aqui pode-se concluir que Alisson Becker mostrou-se um ótimo goleiro desde o início da sua carreira, pois antes mesmo de ser conhecido ele conquistou títulos com a seleção brasileira sub-17 e sub-20 respectivamente e no ano de 2014, quando ele ainda tinha entre 21 e 22 anos ele colocou o Dida no banco do Internacional e não é por acaso que um dos maiores goleiros que a Seleção Brasileira já teve (Cláudio Taffarel) o elogiou e disse o seguinte: “Depois de 2014, Manuel Neuer (goleiro da seleção da Alemanha) mostrou uma linha a ser seguida. O Alisson está entrando nessa mesma linha, esse tipo de jogo, segurança, jogo perfeito com os pés. O Alisson está muito próximo desse nível.”

Além disso, Taffarel também disse que Alisson tem personalidade e é justamente isso que o ajudou a superar essa dificuldade de ficar no banco de reservas da Roma. Talvez no início tenha sido difícil, mas ele dava o máximo nos treinamentos, sabia que tinha que se preparar e aqui fica claro que este é um dos principais motivos pelo qual hoje ele é o goleiro titular do Liverpool da Inglaterra e também da Seleção Brasileira.

E para vocês? Alisson é um dos melhores goleiros do mundo?

SourceWikipedia

Inscreva-se

Siga o Futebol Stats também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
Marcelo Souza
Formado em Letras Inglês na Uniso em 2010, atualmente trabalha como professor PEB II de Inglês na rede pública do Estado de São Paulo, tem 29 anos de idade e também é um dos Redatores do site Futebol Stats.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui